Adoção animal

Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

Publicado - 26 Fevereiro 2024 - 17h05

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo?

Para te ajudar com isso, preparamos uma matéria repleta de informações importantes sobre cachorro Dogo Argentino: quanto custa, características físicas, personalidade, como é a saúde dele e quais são os principais cuidados com a raça. Vem que a gente te conta tudinho!

Raio-X do cachorro Dogo Argentino

  • Origem: Argentina
  • Grupo:  Pinscher e Schnauzer - Raças Molossóides - Cães Montanheses Suíços e Boiadeiros
  • Pelagem: uniforme, curta, lisa e densa
  • Cores: branco (ou no máximo marfim)
  • Personalidade: protetor, alegre, leal e dominante
  • Altura: 60 a 68 cm
  • Peso: 40 a 45 kg
  • Expectativa de vida: 10 a 15 anos

Por trás da origem do cachorro Dogo Argentino

Como o próprio nome já indica, a raça de cachorro Dogo Argentino é originária da Argentina - isso mesmo, bem pertinho da gente! - e também é conhecida como Doggo Argentini pelos ‘hermanos’. O criador e idealizador da raça foi Antonio Nores Martinez, que procurava um cão de caça que fosse rápido, forte e com um faro apurado.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Na tentativa de conseguir isso, o argentino, junto com seu irmão Augustin Nores Martinez, começou um processo de cruzamento entre diversas raças de cães que tinham algumas das características que buscava. As seguintes raças fizeram parte da criação do Dogo Argentino: Dogue Alemão, Bulldog Inglês, Boxer, Bull Terrier, Mastiffs, Pointer Inglês, entre outras. Mas atenção: ele não é um dos tipos de Pitbull!

Embora os irmãos tenham iniciado o cruzamento entre as raças por volta de 1910, o cachorro Dogo Argentino só atingiu o padrão desejado em 1928. Ainda assim, demorou algum tempo para que a raça fosse reconhecida oficialmente pela Federación Cinológica Argentina (FCA), o que só ocorreu em 1964.

Hoje em dia, esses cães já não exercem as mesmas funções de antes, que era caçar pumas e javalis. No entanto, eles ainda servem como excelentes cães de guarda, auxiliando em diversas atividades policiais e militares. Eles também são ótimos companheiros para se ter em casa.

Conheça algumas características físicas da raça de cachorro Dogo Argentino

Muita gente costuma confundir o Dogo Argentino com um Pitbull, e não é à toa: esses cães têm, de fato, algumas semelhanças físicas que levantam essa dúvida. Entretanto, o porte da raça Dogo Argentino é maior do que a do Pitbull. Além disso, o crânio dele é proporcionalmente maior e o focinho mais largo.

Com um corpo robusto e musculoso, esse é um cachorro grande. Quando falamos do Dogo Argentino, altura varia entre 60 e 68 cm e ele pode pesar de 36 a 45 kg. A pelagem do cãozinho é curta, lisa e branca. O o Dogo Argentino branco é a única cor possível nesta raça, então não se engane por aí se alguém disser que tem um Dogo Argentino preto.

O que pode acontecer, porém, é que alguns cãezinhos apresentam manchas pretas na pele do cachorro ao redor dos olhos. Isso geralmente não compromete o padrão de raça do cachorro, mas para participar de competições, por exemplo, o ideal é que essas marcas não cubram uma área de 10% do rosto do animal. 

Fotos de Dog Argentino

 

Dogo Argentino com flores atrásDogo Argentino filhoteDogo Argentino com mancha preta no olhoDogo Argentino sentado em parqueDogo Argentino filhote com coleiraDogo Argentino filhotes correndoDogo Argentino olhando sério para a câmeraDogo Argentino filhote com bolinhaDogo Argentino deitado no parqueDogo Argentino correndo feliz

 

Dogo Argentino: personalidade do cachorro é calma e tranquila

  • Convivência

Apesar da aparência séria e um tanto intimidadora, o cachorro Dogo Argentino é extremamente sensível, amoroso, fiel e corajoso. Isto porque, embora tenha sido criado inicialmente para ser um cão de guarda, Dogo Argentino também desenvolveu uma personalidade bastante calma, tranquila e com uma sensibilidade bastante particular. Ao mesmo tempo, ele não poupa esforços para cuidar bem da sua família e protegê-la de qualquer ameaça.

Esses cães fazem de tudo para agradar seus tutores e carregam um amor incondicional pela família. Eles dificilmente vão te decepcionar e sempre vão estar ao seu lado quando você precisar. E não se preocupe: o Dogo Argentino não tem o hábito de latir muito, somente quando é extremamente necessário e ele quere te avisar alguma coisa. Mas há um ponto importante sobre o Dogo Argentino: temperamento da raça depende muito de como o pet é tratado. Se ele for criado com amor e carinho, tende a responder da mesma forma. Mas se for criado de forma agressiva, pode se tornar reativo.

Além disso, o Dogo Argentino precisa de longos exercícios físicos diariamente para gastar toda a sua energia e se manter saudável. Como os cachorros de grande porte têm maior tendência a obesidade canina, essa é a melhor maneira de evitar que isso aconteça. Por isso, os passeios são fundamentais e devem fazer parte da rotina desses animais todos os dias. Embora sejam cães de grande porte, se eles se exercitarem adequadamente, conseguem se adaptar a apartamentos e casas que não têm um espaço tão grande.

  • Socialização

O Dogo Argentino age como um cachorro dominante. Por esse motivo, ele tende a não se relacionar bem com outros animais da mesma espécie, em especial machos. Ele também pode ter um pouco de dificuldade em aceitar estranhos e até mesmo crianças. Portanto, o processo de socialização se torna indispensável para esse pet. É necessário que ele esteja acostumado a lidar com diferentes tipos de pessoas e pets desde filhote, ou a convivência se torna complicada. Faça isso sempre utilizando reforços positivos nos momentos de apresentação.

  • Adestramento

Se você tem um cachorro desta raça, é importante ter em mente que a melhor forma de treinar o seu amigo é com o adestramento positivo. Assim, o Dogo Argentino aprende muito mais fácil os comandos e corresponde melhor às suas expectativas. Tratamentos mais duros que se baseiam em punições e castigos não costumam ser muito bem recepcionados por estes animais. Além disso, os cachorros da raça Dogo Argentino têm uma inteligência e tanta, o que facilita ainda mais o processo de treinamento, principalmente de obediência. 

4 curiosidades sobre o Dogo Argentino

  1. Essa é uma das únicas raças originárias da Alemanha. Outros cães do país são o Pila Argentino, o Cão Polar Argentino e o Cão de Briga de Córdoba.
  2. Por causa da fama de bravo e do porte imponente, a criação e comercialização do Dogo Argentino é proibida em alguns países, como Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido.
  3. Como o Dog Argentino é uma raça relativamente recente, foi só no ano de 2020 que ele teve o reconhecimento oficial do American Kennel Club.
  4. Raça Dog Argentino é muito utilizada como cão policial ou de guarda.

Dogo Argentino filhote: como cuidar e o que esperar do cãozinho?

Não dá para negar: um Dogo Argentino filhote é uma das coisas mais fofinhas que existem. Mas antes de ter um desses em casa, é preciso ter em mente que alguns cuidados são fundamentais para manter o bem-estar do animal. Mesmo que ele ainda seja um pequeno filhote, o Dogo Argentino é um cachorro ativo e que precisa de bastante espaço para correr, pular, brincar e fortalecer toda a musculatura do seu corpo.

Para completar, quando você tem um Dogo Argentino filhote, a ração também deve ser específica para essa fase de vida do animal. Em caso de dúvidas, vale pedir algumas sugestões para um veterinário de confiança. Mas lembre-se: o filhote de Dogo Argentino só se alimenta com a ração depois de ter passado pelo processo de amamentação e transição alimentar com a papinha, o que acontece por volta de 45 ou 60 dias de vida.

Esse é o momento ideal para iniciar os treinamentos com o seu doguinho: com o Dogo Argentino filhote, o adestramento é bastante facilitado. Esses animais aprendem muito melhor se forem reconhecidos pelo bom trabalho que estão fazendo, então evite ao máximo se estressar com o pequeno cãozinho se ele não acertar todos os comandos logo no início.

Dogo Argentino no campo olhando para trásDogo Argentino passeando com coleiraDogo Argentino brincando de cabo de guerraDogo Argentino filhote passeandoQuatro filhotes de Dogo Argentino juntos em cima de banco

Dogo Argentino: cachorro precisa de alguns cuidados básicos

  • Banho: Por ter uma pelagem curta e lisa, esses cachorros não precisam de banhos tão frequentes quanto outras raças. O mais indicado é que essa limpeza mais profunda aconteça uma vez por mês ou se o cachorro estiver realmente muito sujo.
  • Escovação: uma vez por semana é suficiente para deixar o seu amigo bem bonito! Assim é possível remover toda a pelagem morta acumulada, mas sem grandes preocupações, porque o Dogo Argentino não costuma soltar muito pelo.
  • Unhas: recomenda-se cortar as unhas do cachorro pelo menos uma vez por mês para evitar que elas fiquem muito compridas e, consequentemente, causem danos ao bichinho e aos humanos.
  • Dentes: a escovação dos dentes também deve ser feita de forma regular, com cremes dentais e escovas específicas indicadas pelo veterinário para prevenir contra problemas bucais como tártaro e placas.
  • Orelhas: quanto aos ouvidos do Dogo Argentino, vale fazer uma limpeza semanal com produtos próprios para isso.

O que você precisa saber sobre a saúde do Dogo Argentino

Alguns dos problemas mais recorrentes na raça de cachorro Dogo Argentino são a surdez e a displasia coxofemoral. Esta última é uma doença que geralmente afeta grande parte das raças que passaram por muitos cruzamentos ao longo da vida. Além disso, também é importante ficar de olho em algumas enfermidades que acometem os olhos destes cães, como glaucoma e catarata em cachorro.

Por possuírem uma pele muito sensível, recomenda-se que os passeios com o Dogo Argentino aconteçam, preferencialmente, em períodos do dia em que o sol não está tão forte. Caso contrário, o seu amigão pode acabar sofrendo com algumas queimaduras, já que a sua pele não tem uma proteção muito eficiente contra a incidência dos raios solares. Verifique a possibilidade de usar um protetor solar para cachorro.

Para prevenir, diagnosticar e tratar qualquer um desses problemas, o ideal é consultar um médico veterinário regularmente. Somente com a ajuda de um profissional da área é possível garantir que o seu cãozinho está forte e saudável. E também não se esqueça de sempre manter o calendário de vacinação, controle de parasitas e a vermifugação do seu doguinho em dia!

Dogo Argentino: preço do cachorro pode chegar a R$ 4 mil

E quanto custa um Dogo Argentino? Para ter um cão desta raça, o preço do Dogo Argentino normalmente varia de R$ 1.000 a R$ 4.000. Esse valor geralmente depende da linhagem e do sexo do animal. As fêmeas, por exemplo, costumam custar mais caro. Em questão de valor, Dogo Argentino descendente de campeões também tende a ter um preço mais elevado.

A má notícia é que esse é um cachorro que não é tão popular aqui no Brasil. Na realidade, a raça é até proibida no país. Portanto, para quem deseja ter um pet desse, o ideal é apostar em cães com um perfil parecido, mas que são liberadas por aqui, como o American Pit Bull Terrier e derivados. 

Perguntas e respostas sobre o Dogo Argentino

É permitido ter um Dogo Argentino no Brasil?

O Dogo Argentino é uma das raças proibidas no Brasil. Isso por conta da fama de agressivo e corpo musculoso do animal. Portanto, quando se fala desta raça, nem vale a pena pesquisar na internet por "Dogo Argentino preço filhote", já que a raça não é comercializada por aqui.

Qual é o valor do Dogo Argentino?

Quem pretende adquirir um Dog Argentino, valor é de até R$ 4.000. Esses cães, porém, não são permitidos em solo brasileiro, por isso é importante não se animar muito com o preço da raça.

Qual é a função do Dogo Argentino?

O Dogo Argentino, originalmente, era usado como cão de caça e tem grandes habilidades com isso, graças ao faro apurado e à força da raça. No entanto, tempos depois, esse cão passou a trabalhar como cão policial, cão de guarda, cão de resgate e, em alguns casos, até como cão-guia. Eles são fáceis de serem treinados.

Como saber se o Dogo Argentino é puro?

As principais características que definem o padrão do Dogo Argentino são o tamanho, que é sempre grande, e a pelagem, que é sempre curta e de cor branca. Em alguns casos, o pet pode apresentar uma mancha escura na cabeça, mas sem ultrapassar 10% do total. Para ter certeza da pureza do cão, é importante solicitar o pedigree de cachorro no ato da compra.

Publicado originalmente: 12/06/2020
Atualizado em: 26/02/2024

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Cachorro

Esses são os 6 sinais que seu cachorro te ama mais visíveis - e provam que você é a "casca de bala" dele e vice-versa

Frases para cachorro de amor podem revelar muito sobre os sentimentos humanos sobre os fortes vínculos que são criados com os pets. ...

Cuidados

Direitos dos animais em condomínios: advogada lista o que os condomínios podem proibir ou não sobre a presença de cães e gatos

Já ouviu falar nos direitos dos animais? Pois saiba que, assim como nós, os nossos pets também são protegidos pela lei. Existe a lei...

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Ver todas