Adoção animal

American Bully: característica físicas, temperamento e saúde... saiba tudo sobre a raça de cachorro

Publicado - 20 Fevereiro 2024 - 18h22

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O American Bully Terrier - também chamado simplesmente de American Bull ou Bully Americano - é uma raça de cachorro que parece Pitbull, e em um primeiro momento, pode ser intimidante para muitas pessoas. Mas, ainda que carregue a fama de cachorro bravo pela sua aparência, o American Bully é dócil, carinhoso e muito companheiro da família, por isso tem ganhado certa popularidade entre as famílias brasileiras.

Essa raça de cachorro musculoso também chama a atenção por conta do seu tamanho. American Bully tem diferentes variações, mas, apesar disso, todos possuem características bem semelhantes na questão de personalidade e temperamento. Para conhecer tudo sobre o American Bully (tamanhos, origem, cuidados, preço e outras informações), é só vir com a gente e acompanhar na matéria abaixo!

Raio-X do cachorro American Bully

  • Pelagem: curta, brilhante e levemente áspera
  • Cores: todas as cores são permitidas, exceto o merle
  • Temperamento: dócil, sociável, brincalhão, carinhoso e um pouco teimoso
  • Nível de inteligência: sem classificação no ranking de inteligência canina
  • Nível de energia: alto
  • Saúde: catarata, hipotireoidismo e displasia de anca são comuns 
  • Expectativa de vida: 14 anos

American Bully: cachorro tem origem nos Estados Unidos

Considerada uma das mais recentes raças de cachorro, o American Bully surgiu nos Estados Unidos e por isso há quem se refira a ele como "America Bull”. Não existem registros de quando isso ocorreu exatamente, mas estima-se que esse é um cãozinho que já está entre nós há vários anos.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Por conta da sua aparência, muitas pessoas falam que essa é uma raça que parece Pitbull. Existe uma explicação lógica para essa comparação: assim como qualquer outro cão, o American Bully Terrier é resultado do cruzamento entre várias raças de cachorro. Sendo assim, acredita-se que o que deu origem a esse doguinho foi a mistura entre o American Pitbull Terrier - o clássico Pitbull que conhecemos - e American Staffordshire Terrier. O Bulldog Americano também está incluído nessa lista.

Justamente por ser uma raça de cachorro igual Pitbull em muitos aspectos, o American Bull logo ganhou notoriedade entre os fãs de cães fortes e imponentes. Assim, o pet acabou conquistando o mundo e foi reconhecido oficialmente em 2013 pelo United Kennel Club (UKC). No entanto, apesar do reconhecimento em alguns países, como o Brasil, o American Bully ainda não é reconhecido pela Federação Cinológica Internacional (FCI).

Pitbull x American Bully: entenda as diferenças entre as duas raças

Muitas pessoas pensam que American Bully é Pitbull, e isso não está totalmente errado, uma vez que o Bully é considerado um dos tipos de Pitbull (e algumas pessoas até se referem a ele como Pitbull Bully Terrier). Mas ainda que um tenha dado origem a outro, cada uma dessas raças têm características próprias e, por isso, são classificadas de maneiras diferentes. Então, qual a diferença entre Pitbull e American Bully? 

Para começar, quando comparamos lado a lado um American Bully e Pitbull, diferença começa pelo tamanho. Enquanto o American Pitbull é considerado um cão de porte médio que mede em torno de 50 cm, o American Bully possui pelo menos seis variações de altura e definição do corpo. Aliás, outra diferença entre Pitbull e American Bully é a sua estrutura corporal, de forma que o Pitbull é um pouco mais musculoso do que o Bully.

De resto, não existe muita diferença entre American Bully e Pitbull, até mesmo na questão de comportamento. Aqui cabe destacar que o estereótipo de cachorro agressivo é um tanto injusto com ambas as raças, principalmente porque tudo depende da criação do pet (seja ele um American Bully ou Pitbull).

American Bully: características reúnem corpo atlético com “cara de mau”

O combo de corpo musculoso e formato de cabeça grande é a marca registrada do cachorro American Bully. Aliás, para muitas pessoas, é justamente isso que faz com que o cão tenha a aparência de bravo e intimista. Mas, além da carinha de American Bully “bravo”, outro aspecto que chama atenção na raça é a sua estrutura forte e compacta. A mandíbula acentuada e a cauda curta também são características marcantes do pet.

A pelagem do cachorro Bully é curta, brilhante e levemente áspera. É bem comum encontrar um cachorro desta raça com padrão de cores marrom, no entanto todas as cores são aceitas e reconhecidas, exceto o merle (um aspecto manchado bem específico). Uma curiosidade sobre a raça é que alguns exemplares possuem o que é chamado de “Red Nose”, denominação para as narinas avermelhadas do cão.

E qual o porte do American Bully, afinal? Essa é uma questão que pode causar certa confusão nos apaixonados pela raça, porque não existe apenas um único tamanho de American Bully. Tipos variam entre micro, standard, extreme, entre outros. No entanto, a classificação oficial determina que esse cachorro pertence ao grupo de cães de porte médio.

Cachorro American Bully tem muita energia e precisa de passeios regulares

Ainda que não seja um cão para corridas longas, o American Bully precisa de uma rotina especial de passeios. O ideal é que você caminhe com o cachorro dessa raça pelo menos três vezes ao dia. Desta forma, é possível garantir a saúde e o bem-estar do seu amigo. Além das caminhadas ao ar livre, existem outras atividades que podem ajudar na boa forma do American Bully. A natação, por exemplo, é uma ótima opção para trabalhar a agilidade e obediência do animal de forma divertida.

O enriquecimento ambiental é outra iniciativa que ajuda a manter o American Bully estimulado. Além disso, para quem se pergunta se dá para criar American Bully em apartamento, a resposta é positiva: desde que o pet gaste energia com passeios e brincadeiras, isso é totalmente possível. Como ele quase não late (apenas quando é necessário), não causará problemas com vizinhos, por exemplo.

 

American Bully preto ao ar livreAmerican Bully branco e cinza com língua de foraAmerican Bully marrom olhando para trásAmerican Bully brincando ao ar livreAmerican Bully deitado no gramado com bola de tênis na bocaAmerican Bully com língua de foraTrês filhotes de American Bully juntosAmerican Bully sentado na gramaAmerican Bully deitado na gramaAmerican Bully olhando para o horizonte

 

A raça American Bully apresenta seis variações de tamanho

 

O tamanho do American Bully possui algumas variações reconhecidas. É comum, inclusive, que algumas pessoas se refiram às versões menores como um “cachorro que parece Pitbull pequeno”. Tem dúvidas de qual o tamanho do American Bully? confira quais são as seis variações da raça:

  • American Bully Micro: tamanho é de até 35 cm para os machos e até 33 cm para as fêmeas. É a menor versão da raça e pode ser chamado também de Micro Bully;

  • American Bully Pocket: tamanho varia entre 35 e 43 cm de altura para os machos, enquanto a fêmea tem altura entre 33,01 cm e 40,5 cm. Também é conhecido como Pocket Bully; 

  • American Bully Classic: tamanho varia entre 43,01 cm e 51 cm para os machos, enquanto a fêmea tem altura entre 40,6 cm e 48 cm. Possui o mesmo tamanho que o Standard, mas é menos musculoso;

  • American Bully Standard: tamanho varia entre 43,1 cm e 51 cm para os machos; enquanto a fêmea tem altura entre 40,6 cm a 48 cm. Ao contrário do Classic, tem um corpo mais robusto e musculoso;

  • American Bully Extreme: tamanho aqui também é parecido com o Standard, sendo a maior diferença sua estrutura corporal que é ainda mais musculosa e forte do que a versão anterior;

  • American Bully XL: tamanho varia entre 51,1 cm e 58 cm para os machos; enquanto a fêmea tem altura entre 48,1 cm e 56 cm. É o cão mais alto e mais pesado da raça; 

American Bully: temperamento e personalidade da raça vão além da cara de bravo

  • Convivência:

Tem gente que pensa que o American Bully é perigoso, mas basta alguns dias convivendo com um cão da raça para perceber que ele, na verdade, é sinônimo de proteção e muita dedicação. Isso porque, quando se trata de um American Bully, personalidade é marcada por muita fidelidade, companheirismo e doçura.

Contrariando todo o estereótipo que diz que o American Bully é bravo, esse cão demonstra muito amor e carinho pelos humanos. Comportamentos agressivos são altamente indesejáveis e não fazem parte da característica da raça. Pelo contrário, o cachorro Bully é um amigão para todas as horas, sempre gentil e parceiro.

Por isso, engana-se quem pensa que em questão de temperamento, American Bully é bravo ou agressivo, porque a realidade está longe disso! Mas, claro, tudo depende também da forma como o cachorro é criado - e é aqui que entra a responsabilidade do tutor. Se o American Bull crescer em um ambiente com afeto, é assim que ele vai retribuir isso. Já se ele for criado com violência, pode adotar uma postura mais agressiva para se defender.

Ainda assim, quando se trata do Bully, cachorro é uma ótima companhia. Para quem busca um animal resistente, alegre e camarada, essa é a raça ideal. Assim como qualquer outro pet, ele vai precisar de alguns cuidados - especialmente exercícios físicos -, mas tirando isso, tem tudo para fazer a felicidade da família.

  • Socialização:

A raça de cachorro que parece com Pitbull tem uma personalidade bem amistosa! Isso quer dizer que o American Bully não é territorialista como outros cachorros e consegue conviver facilmente com outros animais da casa, inclusive gatos. Com estranhos, ele também é bem receptivo e não vai ficar na defensiva - na verdade, é super dócil e aceita super facilmente as visitas.

Ah, e uma curiosidade é que essa é uma das raças de cachorro que se dão muito bem com as crianças! O American Bully é brincalhão e vai adorar passar um tempo ao lado dos pequeninos, se tornando grandes amigos. A questão é que como ele é bem grandalhão, é bom supervisionar esse contato, porque ele pode acabar machucando acidentalmente crianças muito pequenas.

A agressividade está longe de ser algo normal para o American Bully, mas, assim como qualquer outro pet, é recomendável que ele seja socializado no primeiro ano de vida. Dessa forma, o cãozinho cresce acostumado com outras pessoas e animais.

  • Adestramento:

Dificilmente você terá algum problema com o comportamento do American Bully, mas o adestramento deve ser levado em consideração para garantir que tudo corra bem. Afinal, os hábitos do animal são o reflexo da educação que ele recebeu. Sendo assim, é importante que você assuma a posição de líder e imponha algumas regras, corrigindo qualquer atitude ruim do Bully American filhote. 

Apesar de ser um cão bem inteligente, o American Bull pode ser um pouquinho teimoso, então é importante ter calma e persistência. A repetição de comandos deve acontecer algumas vezes até que ele aprenda comandos e truques. Uma dica para que os resultados sejam satisfatórios é apostar no adestramento positivo. Ou seja, o tutor deve utilizar recompensas para incentivar o bom comportamento. Isso pode ser feito com petiscos, carinho, elogios e palavras de incentivo!

5 curiosidades sobre o cachorro American Bully

  1. A raça de cachorro American Bull é uma das mais recentes que existem, e é por isso que muita gente confunde com o American Pitbull. 
  2. O termo “Bully” remete a ideia de “valentão” em inglês, mas a verdade é que o American Bully é dócil e extremamente carinhoso com sua família.
  3. Na hora de escolher um bom nome para cachorro Bully, muitos tutores procuram refletir a grandeza do pet: Zeus, Thor e Brutus são algumas opções populares.
  4. A conchectomia - corte das orelhas do animal - infelizmente é uma prática muito comum no cachorro Bully. No entanto, isso é um crime previsto em lei. Para ter um American Bully, orelha "normal" deve ser mantida.
  5. Um American Bully se tornou muito famoso no Instagram e alcançou a marca de mais de 1 milhão de seguidores na rede social. Seu nome é Hulk!

 

American Bully com outro cachorro do ladoAmerican Bully feliz como se estivesse sorrindoAmerican Bully perto das pernas do tutorAmerican Bully filhote com fundo rosadoAmerican Bully filhote ao ar livreFilhote de American Bully em pé com a boca abertaAmerican Bully filhote sentado em gramadoAmerican Bully de pé de ladoAmerican Bully com a língua de fora deitado na gramaFilhotes de American Bully juntos

 

Filhote de American Bully: como cuidar e o que esperar do cãozinho?

Pequeno, fofo e super gordinho, o American Bully filhote é um daqueles cães que amolecem o coração de qualquer pessoa. O que melhor define o pet nessa faixa etária é gentileza, dengo e muita energia! Desde cedo, o cachorro Bully já mostra o pique que tem, e por isso é necessário que aqui se inicie o adestramento da raça. Já a socialização com outros cães, por exemplo, deve ocorrer somente após as primeiras vacinas para cachorro, bem como vermifugação, para garantir a boa saúde do filhote de American Bully.

Além disso, é bom preparar a casa para receber o novo integrante da família! Assim como qualquer bichinho, o American Bully precisa de alguns cuidados importantes nesse momento. Portanto, o tutor deve se encarregar de arrumar um cantinho aconchegante para acomodar o novo membro: caminha para cachorro, brinquedos, comedouro, bebedouro, ração e itens básicos de higiene não podem faltar na lista. Ter um dog é uma responsabilidade, e é importante pensar nos gastos mensais e anuais que vão ser necessários para manter o American Bull até o final de sua vida.

Raça de cachorro American Bully precisa de cuidados no dia a dia

  • Banho: o ideal é que os banhos de cachorro Bully aconteçam a cada 15 dias ou pelo menos uma vez por mês para mantê-lo sempre limpinho e cheiroso. Por ter tendência a dermatites, escolha produtos específicos para sua pele;

  • Escovação: como tem uma pelagem curta e que quase não cai, o American Bull pode ser escovado uma vez por semana;

  • Unhas: certifique-se de que as garras do pet estejam sempre curtas para evitar desconfortos nele. Você pode cortar a unha do cachorro em casa ou no pet shop; 

  • Dentes: como o American Bully pode desenvolver problemas bucais, como o tártaro, a recomendação é escovar os dentes do cachorro duas ou três vezes na semana;

  • Orelhas: para fechar a higiene do American Bull, não esqueça de limpar e verificar a orelha do cachorro a cada 15 dias.

O que você precisa saber sobre a saúde do cachorro Bully?

O cachorro American Bully pode sofrer com algumas doenças específicas. Ainda que seja conhecido como um cão saudável e forte, os constantes cruzamentos entre raças próximas têm provocado o aparecimento de quadros hereditários, como a catarata em cachorro. Neste caso, o tamanho da catarata e o avanço da idade costumam definir o nível de impacto no animal. 

Além disso, outras doenças, como hipotireoidismo e displasia da anca, podem afetar o cão. Para evitar estes quadros, o ideal é fazer um check-up a cada seis meses no pet. O acompanhamento médico e o reforço das vacinas são a melhor maneira de cuidar da saúde do pet, assim como manter uma alimentação balanceada e nutritiva. Com os cuidados certos, o cãozinho pode atingir uma expectativa de vida de 14 anos.

Cortar as orelhas do American Bully é perigoso

A conchectomia - isto é, a prática de cortar as orelhas de um cachorro - é uma das maiores maldades que podem afetar o American Bully. Raças semelhantes, como Pitbull, Doberman e Dogue Alemão, também tendem a sofrer com isso. No entanto, o corte das orelhas do cachorro é altamente contraindicado e considerado um crime ambiental previsto por lei no Brasil. Além de submeter o animal a uma dor intensa durante o processo, ainda existe o risco de infecções cirúrgicas após a conchectomia. Por isso, nada de cortar as orelhas do seu pet!

American Bully: preço do filhote requer um planejamento financeiro

Se o seu objetivo é ter um American Bully para chamar de seu, é preciso ter o mínimo de planejamento. Isso porque o preço de um filhote dessa raça não é dos mais baixos, então você precisa estar muito decidido para adquirir o doguinho. Para um macho da raça American Bully, preço varia entre R$ 2.500 e R$ 7.500; enquanto no caso de uma fêmea, valor fica na faixa de R$ 3 mil a R$ 8.500. Além do sexo, outras características podem influenciar no valor do pet, como a cor da pelagem e a linhagem hereditária.

Não esqueça de escolher um canil de confiança nessas horas! Desconfie de preços muito abaixo da média, porque é bem provável que seja uma mistura do American Bully com outras raças. Além do mais, peça para ver não apenas fotos do cãozinho, mas também do lugar onde são criados. Não financie maus-tratos contra os animais.

Perguntas e respostas sobre o American Bully

Qual o valor de um American Bully?

O cachorro American Bully pode custar entre R$ 2.500 e R$ 8.500, de acordo com os principais canis do país. Essa variação acontece com base no tamanho, subtipo, sexo, cores e linhagem do animal. A American Bully fêmea pode custar mais caro do que um macho, por exemplo.

Como é o comportamento do American Bully?

Por serem cachorros que parecem Pitbull, muitas pessoas pensam que o American Bully é perigoso, mas a verdade é que esse cãozinho é bem tranquilo. Ele é amigável e é brincalhão, mas para ter um bom comportamento é importante apostar no adestramento positivo enquanto ele for filhote.

É bom ter um American Bully?

O American Bully é dócil e muito companheiro, além de ser fiel e obediente. Por isso, apesar da aparência intimidante do cãozinho, ele é uma ótima escolha para se ter ao lado da família. 

Qual a diferença do American Bully para o Pitbull?

O American Bully é um cachorro parecido com Pitbull. Mas, embora façam parte do mesmo "grupo" de cães, o American Pitbull Terrier é mais forte e musculoso, enquanto o cachorro Bully tem uma cabeça ligeiramente maior e pernas mais curtas.

Pode criar American Bully em apartamento?

Sim, cães dessa raça podem ser criados em apartamento. O mais importante é que o tutor leve em consideração as necessidades de gasto de energia do pet com passeios e atividades dentro de casa. Mas, de uma maneira geral, o cachorro Bully não é tão ativo quanto outras raças grandes.

Publicado originalmente em: 13/01/2020
Atualizado em: 20/02/2024

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas