Adoção animal

Husky Siberiano: filhotes, origem, alimentação, cuidados, saúde e comportamento desse cão de raça grande

Publicado - 31 Janeiro 2024 - 15h38

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

A semelhança física com os lobos selvagens faz com que o cachorro Husky Siberiano tenha a fama de ameaçador e traiçoeiro, mas quem já teve contato com um deles por um período de tempo suficiente para o animal pegar confiança, sabe que a realidade não é bem assim. Forte, atlético, carinhoso e muito apegado aos donos, o cachorro Husky Siberiano vem de uma tribo chamada Chukchi, na Sibéria, onde era responsável por puxar trenós com mantimentos, remédios e qualquer outra coisa que precisasse ser transportada.

Hoje em dia, a rotina mudou bastante, mas a raça Husky continua sendo amada por onde quer que vá. Não é à toa que essa é uma das raças mais populares do mundo - e também um dos cachorros mais bonitos! Ficou curioso para saber mais? Preparamos um guia com tudo que você precisa saber sobre o Husky Siberiano (preço, características, cuidados e muito mais). Confira!

Raio-X do Husky Siberiano

  • Origem: Sibéria
  • Grupo: Spitz e Tipos Primitivos
  • Pelagem: lisa, longa e macia, sem cachos
  • Cores de Husky: branco e subtons preto, cinza, marrom, prata, bege e castanho a partir da tonalidade mais clara
  • Personalidade: extrovertido, amigável, teimoso, inteligente e alerta
  • Altura: 51 a 60 cm
  • Peso: 16 a 27 kg
  • Expectativa de vida: 12 a 15 anos
  • Preço de um Husky Siberiano: valor da raça vai de R$ 1.000 a R$ 3.000

Husky Siberiano: origem e história da raça

A origem do Husky Siberiano já é anunciada pelo nome. Esse cachorrinho surgiu na Sibéria, uma província russa, durante a pré-história. As características do Husky eram ideais para puxar trenós e resistir ao intenso frio da região. O reconhecimento da raça fora do local de origem foi acontecendo aos poucos.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Em 1909, um comerciante chamado William Goosak levou alguns exemplares da raça Husky para o Alasca. Lá, os pets participaram da Grande Corrida do Alasca e obtiveram um excelente desempenho na competição. A partir disso, o cachorro da raça Husky Siberiano começou a ganhar mais notoriedade e reconhecimento mundial. Até que em 1930 a raça foi oficialmente reconhecida pelo American Kennel Club (AKC).

Por conta da fisionomia, muita gente acredita que esse doguinho possui parentesco e descendência dos lobos selvagens do Ártico. Por isso, muitos o chamam de lobo siberiano. Segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), essa é uma das raças de cachorro que compõem o grupo 5, da família Spitz. Akita, Samoieda e Malamute do Alasca são algumas das raças mais próximas do cachorro Husky. O Husky Siberiano e o Malamute do Alasca se parecem tanto que frequentemente são confundidos, apesar de serem raças distintas.

Cachorro da neve: Husky Siberiano possui pelagem capaz de resistir a temperaturas baixíssimas

Além de uma grande gama de possibilidades de cores, a pelagem do cachorro siberiano é dupla e bem densa, justamente porque ele vem de um local em que as temperaturas negativas fazem parte do dia a dia. O Husky Siberiano possui até mesmo pelos entre os dedos para aquecer e proteger as almofadinhas. Por isso, a temperatura média do lugar onde você mora deve ser sempre levada em consideração antes de você levar um Husky para casa.

Ele pode até se adaptar ao calor, mas provavelmente vai sofrer um pouco no verão, principalmente porque precisa fazer exercícios diariamente: por que não escolher uma raça que vai ter uma qualidade de vida mais alta no clima quente? O cachorro Husky é descendente de uma região em que as temperaturas chegam a cerca de -15ºC. Por isso, o Husky Siberiano no Brasil não é tão comum e, quando existe, precisa de cuidados especiais para não sofrer com o calor.

Husky siberiano preto, branco, marrom, cinza: as cores e características físicas do animal

Quando se fala em Husky Siberiano, é bem comum imaginar um cachorro com os pelos brancos e pretos, mas essa está longe de ser a única possibilidade de coloração para esses animais. Mesmo o Husky Siberiano branco e o Husky cinza sendo os mais populares, outros tipos de Husky têm se tornado bem conhecidos. O Husky Siberiano marrom filhote, por exemplo, está se tornando mais comum. As principais cores do Husky Siberiano são:

  • Husky Siberiano branco
  • Husky Siberiano cinza
  • Husky Siberiano marrom
  • Husky Siberiano castanho
  • Husky Siberiano agouti

As tonalidades prata, bege, cobre e castanho também podem se apresentar na raça. Seja o Husky marrom ou das demais cores, a tonalidade é sempre adicionada à cor mais clara. As cores do Husky são sempre muito marcantes. Vale lembrar também que na hora de pegar um Husky Siberiano filhote, preço costuma ser influenciado pelas cores da pelagem. As mais raras - como o cachorro Siberiano branco e o agouti - costumam ser as mais caras.

O cachorro Husky possui um olhar sério que se alinha com seu porte robusto. O animal possui um rosto arredondado com as orelhas eretas, bem curtinhas e pontudas. O rabo de cachorro do Husky filhote ou adulto costuma ficar para cima quando o pet está em estado de alerta e para baixo quando ele está em descanso. A raça é considerada de tamanho médio, medindo de 51 a 60 cm e pesando de 16 a 27 kg. Sim, a pelagem densa e longa do Husky Siberiano engana. 

 

Olho do Husky Siberiano muda de cor? 

Muitas pessoas acreditam que o olho do Husky Siberiano muda de cor. Na verdade, as variadas tonalidades também podem chegar aos olhos do Husky: a heterocromia em cães, mutação genética em que cada olho é de uma cor, é bem comum entre os cachorros dessa raça. Por isso, todos os tipos de Husky podem ter olhos azuis, castanhos, verdes ou um de cada (e sim, é impossível não se apaixonar mais ainda quando isso acontece).

Veja algumas fotos de Husky que exibem beleza da raça

Husky Siberiano com heterocromiaHusky Siberiano andando ao ar livre com língua de foraHusky Siberiano branco com coleira vermelhaHusky filhote cinza e brancoHusky Siberiano marrom e branco na florestaFilhotes de Husky Siberiano juntosHusky SIberiano preto e branco na neveHusky Siberiano lambendo a mão de tutorHusky SIberiano marrom e branco visto de ladoHusky Siberiano tomando banhoHusky Siberiano passeando ao ar livreDois Huskies juntos com a língua de fora

 

Husky Siberiano: cachorro da raça tem personalidade surpreendente

  • Convivência:

Uma das maiores provas de que as aparências enganam no mundo animal, o Husky Siberiano não é um cachorro traiçoeiro que vai te atacar durante o sono: pelo contrário, o Husky é muito companheiro e apegado ao dono. As crianças também ganham o coração do cachorro filhote Husky Siberiano com facilidade, mas com estranhos o processo é um pouco mais demorado, já que ele é bem desconfiado.

Com o instinto preparado para a vida em matilha, o cachorro Husky Siberiano filhote e adulto é um pet que precisa da figura do líder bem estabelecida — no caso, esse precisa ser você. Ainda assim, é comum que o Husky tente ultrapassar os limites e fazer o que bem entender por causa da mistura da personalidade forte com a independência. Por isso, o adestramento positivo e a educação desse animal é importante desde os primeiros meses de vida.

  • Socialização:

A independência do Husky Siberiano que pode fazer com que ele saia numa caçada se alguma coisa chamar a atenção não impede que o cachorro dessa raça seja sociável, já que ele gosta de interagir com outros animais e crianças. Por isso, o filhote de Husky Siberiano precisa ser socializado desde cedo: assim, ele não vai crescer agressivo ou com medo sempre que for colocado numa situação dessas. A socialização dos cães da raça Husky também é importante para que ele aprenda a se comportar bem na companhia de pessoas desconhecidas e outros cachorros. Tudo isso são peças chaves de como criar um Husky Siberiano com qualidade de vida.

  • Adestramento: 

Mesmo que o cão seja inteligente e ame a companhia do dono, o Husky Siberiano é teimoso e independente. Ou seja: treinar o lobo Siberiano não é a tarefa mais simples do mundo porque, naturalmente, ele não faz o menor esforço para te agradar. Ainda assim, é justamente por causa da personalidade forte que ele precisa aprender a ter limites. Por isso, o ideal é não se cansar e repetir os mesmos comandos diariamente até que ele aprenda.

Nesse caso, contar com a ajuda de um adestrador profissional que vai te orientar em detalhes sobre como agir pode ser a melhor opção para treinar o Husky. Cachorro está entre as raças mais teimosas e difíceis de educar, mas com paciência e recompensas é possível ter ótimos resultados.

 

@gudan_ohusky os brinquedu que tavam estragadu? #husky #pet #cachorro #humor #gudanzinho ♬ som original - Gudan, o husky cinzento

Latido? Não, o cachorro Husky gosta mesmo é de uivar

Outra característica bem marcante do cão Husky Siberiano é a forma de comunicação que ele prefere com as cordas vocais: o uivo do cachorro é reconhecido de longe. Inclusive, é por isso que muita gente acha que eles são lobos domesticados! O motivo por que os cachorros uivam é simples: o animal está apenas tentando se comunicar mas, ao invés de latir, ele atinge um volume mais alto e contínuo. O Husky Siberiano é um cachorro que late pouco, mas acaba uivando quando outros cachorros, normalmente, latiriam. Inclusive, uma das características do cachorro Siberiano é que ele ainda pode dar umas “resmungadas” e parecer que está falando pelos cantos: não precisa se assustar, é super normal!

As atividades físicas precisam fazer parte do dia a dia do Husky Siberiano

Por ser uma das raças de cães mais usadas para trabalho, o Husky Siberiano tem disposição, energia e precisa que ela seja gasta diariamente. Apesar de ser um animal grande e energético, não há contraindicações para criar o cachorro em apartamento, desde que o tutor compense isso em longos passeios e brincadeiras.

O Husky ama correr e pode ser uma ótima companhia para você na hora dos seus exercícios diários. Inclusive, ele é super indicado para esportes de tração, como o canicross e bikejoring (em que o cachorro Husky puxa o tutor de bicicleta). Para isso, no entanto, treinamentos e equipamentos adequados, como a coleira para correr com cachorro, são essenciais. Lembre-se que o cachorro Siberiano é forte e com alta habilidade para esse tipo de atividade, portanto, sempre pense na segurança de todos. 

7 curiosidades sobre o Husky Siberiano

  1. Acredita-se que os uivos dos Huskys Siberianos podem ser ouvidos a 16 km de distância.
  2. Quem gosta de filmes de cachorro já está cansado de ver esse cães nas telinhas, principalmente em filmes de neve como Resgate Abaixo de Zero e Neve pra Cachorro.
  3. Um outro filme em forma de animação que retrata o cachorro Husky Siberiano é "Balto", que conta a história real de animais da raça que salvaram a cidade de Nome, no Alasca, em 1925.
  4. O cachorro Siberiano pode enfrentar temperaturas baixíssimas de até -30ºC.
  5. Apesar de não serem bons cães de caça, o Husky é um bom caçador.
  6. Quando ainda é filhote, Husky Siberiano pode demorar entre 10 e o 15 dias para abrir o olho depois de nascer.
  7. Na hora de escolher nomes para Husky Siberiano, vários tutores optam por palavras que remetem à pelagem do pet. Nuvem, Olaf, Neve e Algodão, por exemplo, são ótimas ideias de nomes para Husky Siberiano branco.

Husky Siberiano filhote: como cuidar e o que esperar do cãozinho?

A primeira coisa que você deve estar pensando se sua cadela está prenha é: quantos filhotes um Husky Siberiano pode ter? A média da ninhada é de 6 a 10 filhotinhos. O Husky Siberiano fêmea passará pelo processo de gestação e amamentação dos filhotes. O leite materno é essencial para o filhote de Husky Siberiano recém-nascido crescer forte e saudável, por isso, nunca faça o desmame antes do tempo recomendado.

A retirada da amamentação costuma ocorrer entre as 4 a 7 semanas de vida, logo você precisa aprender como alimentar um filhote de Husky Siberiano. Em um primeiro momento, o cãozinho se alimentará de papinhas até conseguir mastigar uma ração para filhote de Husky. Assim como qualquer pet, o Husky filhote precisa tomar todas as vacinas, tomar vermífugo para cachorro e remédio para carrapato para poder passear na rua.

Em questão de preço, filhote Husky Siberiano costuma ser mais caro do que um adulto. Também é importante levar em consideração todos os gastos que vão acompanhar o animal, desde o enxoval até consultas com o veterinário, vacinas, ração, brinquedos e muito mais. Por isso, não basta apenas pesquisar por "Husky Siberiano preço filhote" na internet, e sim se planejar financeiramente para oferecer tudo que o animal precisa em todas as fases da vida.

Veja algumas imagens de Husky Siberiano filhote

Filhote de Husky Siberiano branco com a língua de foraHusky SIberiano filhote pulandoFilhote de Husky andando na neveVários filhotes de Husky juntos em cima da gramaFilhote de Husky sendo acariciado por uma mãoHusky Filhote olhando sérioFilhote de Husky na neveHusky Siberiano filhote deitado em almofada laranjaFilhote de Husky com olhos escurosFilhote de Husky Siberiano olhando para o tutorTrês filhotes de Husky juntos em cima do sofáHusky filhote correndo na ruaHusky filhote com bolinha azul do ladoFilhote de Husky sendo examinado por veterinário

 

Husky Siberiano: como cuidar dos pelos da raça?

Se você busca saber como cuidar do cachorro Husky Siberiano, precisa saber que a pelagem vai precisar de uma atenção especial. Diferente de outras raças, esse cãozinho faz troca de pelos duas vezes por ano, normalmente nas transições de outono para inverno e primavera para verão. Ou seja, mesmo sendo originalmente um cachorro da neve, o Husky Siberiano consegue se adaptar a períodos mais frios e mais quentes. Nesse intervalo, a escovação precisa ser feita diariamente e é é um dos cuidados com Husky Siberiano mais importantes.

Fora desse período, a escovação do Husky filhote ou adulto pode ser feita três vezes na semana. Muita gente acha que a escovação depende da cor da pelagem do pet, mas não é verdade. Para realizar esse cuidado, a escova para cachorro deve ser específica para pets e ideal para a pelagem densa do Husky. Uma dúvida muito comum é se pode tosar Husky Siberiano. A resposta é não! A dupla pelagem da raça já protege o animal tanto do frio quanto do calor. Seja adulto ou filhote, Husky Siberiano perde essa proteção se for tosado, ficando exposto aos perigos das temperaturas extremas. 

Husky Siberiano: cuidados gerais que a raça precisa

  • Dentes: os problemas com tártaro atingem quase todas as raças de cachorro e Husky não fica de fora. Por isso, é essencial que o tutor esteja atento à saúde bucal do Husky Siberiano. Cuidados como a escovação dos dentes devem ser feitos periodicamente. Dessa forma, além do tártaro em cachorro, outras doenças que afetam a boca do cãozinho podem ser evitadas.

  • Unhas: a unha do Husky Siberiano precisa ser aparada com frequência, já que o crescimento pode prejudicar a locomoção e o bem-estar do bichinho. Por conta disso, se você ainda não sabe como cortar unha de cachorro em casa, vale a pena procurar um profissional especializado para fazer o serviço.

  • Banhos: Esse cachorro possui uma higiene de dar inveja. O Husky faz sua limpeza de forma independente, dispensando totalmente os banhos de cachorro convencionais. Entretanto, se o seu animal de estimação se sujar muito em alguma brincadeira ou entrar na água, por exemplo, o banho é necessário. Isso é ainda mais importante no Husky branco, que se suja mais. Você apenas deve se certificar que os produtos usados sejam específicos para pets, principalmente no caso do Husky Siberiano filhote.

Saúde do Husky Siberiano bebê e adulto precisa de atenção do tutor

Ter atenção com o bem-estar do animal de estimação, seja ele da raça de cachorro Husky Siberiano filhote ou não, é muito importante. Por isso, é essencial que o tutor esteja sempre visitando o veterinário de confiança para check-ups. A saúde do Husky Siberiano precisa de atenção principalmente pela predisposição para algumas doenças, como dermatites, hipotireoidismo, deficiência de zinco e problemas oculares (catarata, glaucoma, entre outros).

Para que o cãozinho mantenha a disposição para todas as atividades físicas, existe uma coisa que o tutor não pode deixar de se preocupar quando se trata de Husky Siberiano: a quantidade de comida. A ração para Husky Siberiano filhote ou adulto deve ser de qualidade.

No caso dos adultos, o tutor deve oferecê-la duas vezes ao dia. Já no caso do filhote, Husky Siberiano precisa se alimentar mais. Por isso, sirva três refeições por dia para o filhote de Husky recém-nascido até seus três meses de idade, quando a quantidade deve ser reduzida para duas vezes. A comida para Husky Siberiano é sua principal fonte de energia.

Husky Siberiano: preço da raça varia de acordo com alguns fatores

Afinal, quanto custa um Husky Siberiano? O valor do Husky Siberiano possui variação de R$ 1.000 a R$ 3.000, e depende de uma série de características físicas e genéticas do animal. É uma margem bem ampla, mas muitos fatores influenciam no preço. Husky Siberiano de olhos azuis, por exemplo, é mais requisitado e pode valer mais, assim como o cachorro Siberiano branco.

Já o valor do Husky Siberiano macho normalmente é menos elevado que o de uma cachorra Siberiana fêmea. Por fim, a idade também tem forte impacto no preço. A média de um filhote de Husky é sempre bem mais alta do que a de um adulto, chegando a números bem próximos de R$ 3.000.

O mais importante é ter cuidado na hora de comprar um cãozinho da raça. Procure saber quanto custa um filhote de Husky Siberiano e desconfie de valores muito baixos, pois podem indicar uma criação inadequada. Tenha sempre certeza da procedência do animal, pedindo informações sobre o passado do pet. Sabendo qual o valor do Husky Siberiano e tendo certeza de sua história e criação, pode partir para a compra. Lembre-se de sempre escolher canis reconhecidos de Husky Siberiano no Brasil. 

Perguntas e respostas sobre o Husky Siberiano

O que você precisa saber antes de ter um Husky?

Antes de se perguntar quanto custa um Husky Siberiano filhote para venda, o ideal é pensar em como um animal dessa raça exige do dono. Além de passear com o cachorro diariamente e incentivar exercícios, que precisam ser frequentes, ele precisa de atenção, deve ser escovado todos os dias e não fica muito bem em locais quentes. Depois disso, pense no planejamento financeiro para o Husky. Preço da ração, caminha de cachorro, gastos com veterinário… tudo isso deve ser levado em conta antes de adotar para não ter surpresas. 

É difícil cuidar de um Husky Siberiano?

Mesmo precisando de alguns cuidados, o Husky é um cachorro fácil de lidar no dia a dia. A raça é muito amigável e divertida, mas precisa de pulso firme durante os treinamentos, principalmente por causa da teimosia. No entanto, com reforços positivos, paciência e persistência, os resultados têm tudo para serem satisfatórios.

Qual é o Husky mais raro?

Os Huskys Siberianos mais raros são os da cor agouti. É o tipo de Husky que mais se assemelha fisicamente aos lobos por causa do padrão da pelagem. São cães cujos rostos são cobertos por uma espécie de máscara preta. A cor cobre a cabeça e depois segue em direção ao corpo, onde se mistura com outros tons.

Por que Husky é teimoso?

O Husky Siberiano, filhote ou adulto, tende a ser independente e um tanto teimoso. Faz parte do temperamento da raça e não é algo que deve ser um empecilho na hora de levar um cachorro da raça para casa, mas que exige certa paciência no processo de educação, pois é bem provável que o Husky não aceite receber ordens de primeira.

Como fazer um Husky Siberiano obedecer?

O adestramento positivo é a chave para tornar o Husky mais obediente. Ao ser recompensado com petiscos, carinho e elogios, o animal se sente estimulado a repetir o comportamento. Também é importante não desistir, pois como é um cachorro teimoso, o processo costuma ser demorado. Vale lembrar que castigos e punições não devem fazer parte dos treinamentos, pois podem traumatizar o cãozinho.

Qual é a diferença entre um lobo e um Husky Siberiano?

São espécies diferentes, com características diferentes e, principalmente, tamanhos diferentes. Enquanto o Husky pode medir até 60 centímetros de altura, um lobo é muito maior e costuma medir mais de 80 centímetros, por exemplo. Além disso, lobos são selvagens, enquanto o Husky é um cachorro que foi domesticado e convive em harmonia com humanos.

Pode deixar Husky Siberiano sozinho?

Na lista de cachorros mais independentes, o Husky é um dos que se sobressaem. A raça consegue lidar bem com a ausência do tutor e não sofre muito quando precisa ficar sozinha em casa por algumas horas. Por isso, o cachorro Husky é uma das melhores opções para quem vive em apartamentos e trabalha fora, por exemplo.

Quanto tempo vive um Husky Siberiano no Brasil?

A expectativa de vida de um Husky é de 12 a 15 anos de idade. A média de quantos anos vive um Husky Siberiano é alta, mas para que isso se mantenha ele precisa de cuidados ao longo da vida.

Por que o Husky Siberiano solta muito pelo?

Os Huskys Siberianos têm uma pelagem dupla feita para suportar uma clima bem frio. Por isso, em regiões de clima quente, como no Brasil, essa é considerada uma das raças de cachorro que soltam muito pelo. As quedas são ainda mais intensas durante os períodos de troca, que acontecem no outono e primavera.

Publicado originalmente em: 30/10/2019
Atualizado em: 31/01/2024

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas