Adoção animal

Akita: saiba tudo sobre a raça de cachorro grande

Publicado - 29 Fevereiro 2024 - 14h45

Atualizado - 24 Maio 2024 - 12h22

Uma mistura equilibrada de dominância e apego ao dono, o Akita Inu - ou simplesmente Akita - é um cachorro perfeito tanto para famílias grandes quanto para quem mora sozinho e precisa de companhia. Brincalhão e cheio de energia para gastar, o cachorro Akita tem tudo para ser um excelente amigo de quatro patas, principalmente por conta de toda a sua lealdade e devoção aos humanos. Mas é importante ter espaço em casa para recebê-lo, hein? A raça Akita tem um porte grande e faz parte da família Spitz, assim como o Husky Siberiano, o Chow Chow e o Shiba Inu.

Se você pensa em abrir um espaço na sua casa para um cão da raça, é bom saber tudo sobre ele! O Patas da Casa reuniu uma série de informações importantes, como características físicas, comportamento do Akita japonês, cuidados, preço e várias outras curiosidades do cachorro!

Raio-X do cachorro Akita

  • Origem: Japão
  • Grupo: Spitz e cães do tipo primitivo
  • Pelagem: externo duro e reto com subpelo macio e denso
  • Cores: vermelho-fulvo, sésamo (pelos vermelho-fulvo com pontas pretas), tigrado e branco
  • Personalidade: companheiro, brincalhão, independente e protetor
  • Altura: 58 a 71 cm
  • Peso: 32 a 60 kg
  • Expectativa de vida: 10 a 14 anos

Qual é a origem do Akita?

O Akita Inu é um cachorro japonês que teve os primeiros registros oficiais no início do século XVII em Akita, província ao norte da ilha do Japão. Na época, a raça era utilizada principalmente para proteger terrenos e os senhores feudais. Os cães também eram bem resistentes em combates e rinhas, prática que se tornou proibida.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Estima-se que a raça do jeito que é hoje tenha se originado a partir do cruzamento entre vários cães japoneses, até chegar aos chamados Akitas Matagis (cães de tamanho médio e que eram usados para caça de ursos). A partir disso, os Akitas Matagis foram cruzados com as raças Tosa e Mastiff, aumentando o porte do cachorro e deixando-os mais parecidos com o que eles são atualmente.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Akita japonês quase entrou em extinção. Sua sobrevivência só foi possível graças a tutores que mantiveram seus cães, mesmo com a guerra, e aos soldados americanos que exportaram exemplares da raça para os Estados Unidos - posteriormente, isso daria origem ao Akita Americano. O Akita Inu só foi reconhecido oficialmente pelo American Kennel Club em 1972.

Akita: cachorro tem porte grande e aparência felpuda

Com pelos densos, o Akita é um cachorro que desperta a vontade intrínseca de abraçar por causa da aparência confortável e fofinha. Enquanto a primeira camada dos pelos, que corresponde ao subpelo, é mais macia e densa, a camada externa é mais longa, dura e reta.

O conjunto de cores de cachorro mais normal para a raça é o chamado ““urajiro”: um tom avermelhado com toques de branco no peito, pescoço, bochechas, patas, rabo e dorso. Você também pode encontrar o Akita tigrado, que mescla preto com cinza e tem partes mais claras na mesma região que o vermelho. Além deles, também existe o Akita branco, que tem os pelos totalmente da mesma cor.

Em questão de tamanho, o cachorro da raça Akita tem porte grande. As fêmeas medem cerca de 61 cm, e os machos em torno de 68 cm. Uma tolerância de 3 cm para mais ou para menos é aceita. Já o peso do animal varia entre 32 e 60 kg.

Akita Inu x Shiba Inu: as semelhanças e diferenças entre as duas raças da família Spitz

Com pelagem dupla, cores em comum, comportamento parecido, descendência japonesa e características da família Spitz, o Akita e o Shiba Inu podem ser facilmente confundidos. A primeira diferença entre eles é o tamanho: enquanto o primeiro é um animal de porte grande, o Shiba pode ir de pequeno a médio, pesando, no máximo, 15 kg. Colocando os dois animais lado a lado, você consegue perceber a diferença com facilidade.

Enquanto o Akita tem o rosto mais achatado, com olhos e focinho bem centralizados e as bochechas largas, o Shiba é mais proporcional e tem o rosto mais delicado. As duas raças têm os rabos para cima, mas o do Akita é enrolado e o do Shiba fica mais reto por cima do dorso do animal.

Além disso, a personalidade das duas raças também difere. O cachorro grande costuma ser independente e bem ligado aos donos, mas tem um lado mais reservado. Já o cachorro pequeno, apesar de também ser independente, costuma ser mais carinhoso.

 

Cão Shiba Inu se coçando em gramado ensolarado
O Akita e o Shiba são facilmente confundidos, mas têm algumas diferenças entre si

 

Akita Inu: personalidade forte combinada com muito amor e companheirismo

  • Convivência:

O Akita é um cachorro territorialista, corajoso e também uma das raças mais independentes. Essa combinação garante o status de personalidade forte. Ao mesmo tempo, ele também é muito ligado ao dono, protetor e companheiro. Ou seja: é um cão intenso nos dois lados da moeda. Por isso, mesmo sendo um cachorro grande, o Akita Inu não deve ser tratado como um “cão de quintal” e precisa fazer parte do convívio familiar. Ele gosta de estar perto dos donos e age como um excelente cão de companhia, sendo sempre muito leal, brincalhão e carinhoso.

Apesar da fofura, a dominância é uma das principais características da personalidade dos cães Akita e, por isso, é importante que eles sejam ensinados a lidar com diferentes situações desde cedo para evitar reações agressivas. Mas não se preocupe: a ideia de que o Akita é bravo não é verdade. Esse cão nunca vai atacar as pessoas gratuitamente. Ele só precisa de uma boa dose de socialização para deixá-lo mais amigável perto de quem ele não conhece.

Outro fato importante na rotina do Akita: raça de cachorro é cheia de energia. Ele não é necessariamente um animal hiperativo, mas precisa se exercitar diariamente e é um dos cachorros mais brincalhões. No geral, o cachorro é calmo e silencioso, sem tendências destrutivas, mas pode sofrer com ansiedade de separação se os tutores não dedicarem uma parte do seu tempo a ele.

  • Socialização:

A raça de cachorro Akita não costuma confiar muito em estranhos — sejam pessoas ou outros animais — e, por isso, precisam bastante de socialização durante toda a vida. Tudo fica muito mais fácil quando o processo acontece enquanto ele ainda é um filhote, já que assim o animal cresce “acostumado” a conviver com diferentes tipos de pessoas e bichinhos desde cedo.

Com crianças pequenas, o cãozinho não costuma ter grandes problemas, mas os momentos de interação devem ser sempre supervisionados por um adulto. Eles geralmente se portam muito bem perto dos menores - desde que sejam educados -, mas também é importante ensinar às crianças sobre respeito e limites com os animais. É por isso que a socialização é essencial para que o cãozinho se acostume com crianças e pessoas estranhas que se aproximam de seu dono.

  • Adestramento:

O adestramento positivo é uma das melhores maneiras de conseguir bons resultados com o Akita. Raça, ao mesmo tempo em que é muito inteligente e aprende truques com facilidade, também é independente e às vezes prefere seguir suas próprias regras. Isso faz dele um cão que precisa de um pouco mais de tempo para ser adestrado, já que não gosta de seguir ordens alheias.

Mesmo assim, ele gosta de agradar o dono, então recompensas como petiscos e brinquedos são perfeitas para estimular e facilitar esse processo. O ideal, inclusive, é dar início tanto à socialização quanto ao adestramento durante a fase de Akita Inu filhote.

 

O cachorro Akita pode ser avermelhado ou tigradoO Akita branco é uma das variações de pelos dessa raça de cachorro grandeCom personalidade forte, o Akita é dominador e protetorAkita Inu precisa de socialização para aprender a lidar com estranhos Akita não se adapta bem ao calor e precisa de cuidados no verãoCachorro Akita: rabo arredondado é uma das principais características da raçaO Aka Inu tem o rosto largo e olhos e focinho centralizadosCachorro Akita é apegado e gosta de agradar o donoCachorro Akita branco é muito charmoso, mas difícil de ser encontradoO Akita é uma raça muito brincalhona e ativa

 

5 curiosidades sobre o Akita Inu

  1. Desde que surgiu, a raça sempre foi muito apreciada no Japão. Em 1931, nove exemplares da raça foram escolhidos e designados como Monumentos Históricos.
  2. Um cão que se tornou muito conhecido em todo o mundo e até deu origem ao filme de cachorro “Sempre ao Seu Lado” foi Hachiko. Raça da história era justamente um Akita!
  3. Ainda inspirado no Hachiko, raça Akita ganhou uma estátua em sua homenagem na estação de trem de Shibuya, local onde o cachorro esperou por seu dono todos os dias até o final da vida.
  4. O cão recebe esse nome porque “Akita” se refere à região onde a raça surgiu; e “Inu” significa cachorro em japonês.
  5. Mesmo sendo um cachorro com registros a partir do século XVII, acredita-se que o Akita seja uma das raças de cachorro mais antigas do mundo, datando de pelo menos 3 mil anos atrás.

Akita filhote: como cuidar e o que esperar do cãozinho?

A fofura do filhote de Akita Inu encanta qualquer pessoa, mas é importante ter em mente que esse doguinho é super energético e ativo no primeiro ano de vida. Cabe ao tutor saber como gastar a energia do pet da melhor forma, com brincadeiras, brinquedos e passeios (que só devem acontecer depois que o Akita filhote tomar todas as vacinas e estiver vermifugado). Outro cuidado importante é oferecer uma dieta balanceada, nutritiva e apropriada para a faixa etária do cachorro Akita filhote.

Na hora de receber um filhote de cachorro na sua casa, não esqueça que esses animais precisam de um espaço confortável para viverem. Por isso, prepare-se para gastar com cama, brinquedos, bebedouro, comedouro e itens básicos de higiene - como tapetes higiênicos, shampoo para cachorro e um cortador de unhas.

As atividades físicas são super importantes para a saúde do Akita Inu

Como já foi dito, uma característica forte do Akita é a grande quantidade de energia para gastar. Por isso e para evitar que ele fique entediado dentro de casa, caminhadas, corridas e brincadeiras de alta intensidade precisam fazer parte do dia a dia do seu animal. Além disso, por ser muito grande, mantê-lo sempre em movimento vai ajudar a evitar o sedentarismo e a obesidade. A alimentação balanceada também é super importante no desenvolvimento do animal — e os cuidados devem começar desde filhote.

Cuidados básicos com a rotina do cachorro Akita

  • Banho: esse é um daqueles cachorros que não têm um odor característico, e por isso os banhos não têm uma periodicidade fixa. É importante observar e verificar a necessidade a cada dois ou três meses, e sempre lembrar de secá-lo muito bem.
  • Escovação: os pelos da raça precisam de certa paciência, pois se soltam com facilidade. A escovação deve ser frequente, em dias alternados ou diariamente, se possível.
  • Unhas: geralmente os cães Akita Inu desgastam a unha de forma natural, sem precisar de cortes. No entanto, é bom dar uma checada mensalmente e, se for preciso, não deixe de apará-las.
  • Dentes: os cães também sofrem com problemas bucais, como o tártaro, e a melhor forma de prevenir isso é escovando os dentes do cachorro de duas a três vezes por semana.
  • Orelhas: recomenda-se limpar os ouvidos do seu cãozinho regularmente e verificar se está tudo bem. Isso ajuda a prevenir uma série de problemas na região, como infecções.

 

O Akita filhote deixa qualquer um apaixonadoO filhote de Akita precisa ser socializado desde cedoCachorro Akita filhote é muito divertido e amigávelQuando filhote, o Akita tem ainda mais energiaFilhote de Akita: preço vai depender das características do petO filhote de Akita é uma grata surpresa para muitas famíliasQuanto antes o filhote de Akita tiver contato com outros pets, melhor será!O Akita branco filhote tende a ser mais caro que outras variações de corFilhote de Akita: cuidados com a raça devem começar desde cedoAkita Inu filhote gosta de brincar e deve ser estimulado

 

O cachorro Akita precisa de atenção durante os meses mais quentes do ano

Por ser uma raça que tem como habitat natural lugares com temperaturas mais baixas — a pelagem dupla é um dos principais sinais disso —, o Akita se adapta tranquilamente ao nosso inverno e dificilmente sente frio. Quando chega o verão, porém, a história é diferente: ele tem um pouco mais de dificuldade de viver bem em temperaturas mais altas. Por isso, você pode precisar tomar alguns cuidados para garantir o bem estar da raça, como:

  • Hidratação: assim como acontece com a gente, a água para cachorro é essencial nos dias de calor. Vale a pena manter o potinho do seu pet sempre com água fresca (se for possível, pode colocar umas pedrinhas de gelo no recipiente de vez em quando);
  • Ambiente: por ser um animal de porte grande, é normal que o Akita seja um cachorro de quintal. Por isso, o ideal é que ele tenha um abrigo arejado e protegido do sol para ficar durante o dia. Se você puder colocar ele para dentro de casa nas horas em que o sol estiver mais quente, é ainda melhor;
  • Passeios: mesmo que a raça precise de socialização e de atividades físicas constantes, durante o verão o ideal é que os passeios sejam feitos de manhã bem cedo ou à noite para evitar que ele passe mal e para proteger as patinhas dele do contato direto com o chão quente;
  • Bacia de água fresca: quando o calor estiver realmente forte, você pode improvisar um lugar para o cachorro se refrescar com uma bacia grande ou uma piscina infantil. Depois disso ele só vai precisar ficar num ambiente seco por tempo suficiente para que os pelos sequem completamente.

O que você precisa saber sobre a saúde do Akita Inu?

Apesar de ser um cachorro saudável e resistente, a displasia coxofemoral em cães e a displasia de cotovelo são condições relativamente comuns na raça Akita. Cachorro também pode sofrer com problemas oculares - como a atrofia progressiva da retina, doença degenerativa que leva à cegueira - e por isso precisa fazer exames periódicos para controle.

O acompanhamento frequente com o veterinário é sempre a melhor forma de saber sempre como anda a saúde do seu cachorro. Raça Akita também deve ter atenção com o calendário de vacinação: não esqueça de manter as vacinas para cachorro sempre em dia, bem com o vermífugo e remédios antiparasitários.

Akita: preço da raça varia de R$ 1 mil a R$ 6 mil

Se você quer ter um cachorro Akita, preço deve ser uma das suas maiores dúvidas. Então quanto custa um cãozinho da raça? O filhote de Akita pode ser encontrado em canis por valores entre R$ 1.000 e R$ 6.000, dependendo das características do animal.

Existe uma explicação para a variação do Akita Inu: preço é mais caro se o cachorro for fêmea, pertencente a uma linhagem de campeões ou com padrão de pelagem considerado “raro”, como no caso da raça de cachorro Akita branco. Além disso, se o pet já tiver sido vacinado, vermifugado ou até mesmo castrado, também pode custar um pouco mais caro.

Lembramos que antes de comprar um filhote de Akita, preço não deve ser o mais importante! O tutor deve se atentar às condições do espaço e pesquisar se eles são confiáveis, comprometidos com o bem-estar dos animais. Se puder, faça algumas visitas ao canil de cachorro antes de fechar a compra!

Perguntas e respostas sobre o Akita

Qual o valor de um Akita?

O preço do Akita geralmente é de R$ 1.000 a R$ 6.000, de acordo com os principais canis brasileiros. Essa é uma raça relativamente rara no país, por isso o valor costuma ser mais caro. Além disso, para ter um cão Akita, características físicas e genéticas do filhote também podem influenciar no preço.

Como o Akita escolhe seu dono?

Essa é uma raça que normalmente escolhe o dono como líder da matilha. É a esse dono que os cachorros Akita vão dedicar toda a sua lealdade. No geral, a raça é muito amigável e companheira da família, mas também é protetora e desconfiada com quem eles não conhecem.

O que você precisa saber antes de ter um Akita?

O cachorro Akita Inu é muito energético e precisa de passeios e atividades físicas diariamente. Uma dica é apostar em corridas e passeios mais longos. Além disso, brincadeiras que incentivam a interação do cãozinho com os donos deixam esse cachorro feliz. Com os cuidados certos, a raça pode chegar a viver 14 anos.

Tem Akita no Brasil?

É totalmente possível encontrar um cachorro de raça Akita no Brasil. Para isso, basta pesquisar um canil de cachorro de confiança que seja credenciado e regulamentado pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC). Uma dica é procurar por canis que sejam bem avaliados e, se possível, você deve visitar o espaço antes de concluir a compra.

Qual a diferença entre o Shiba e o Akita?

O Shiba Inu é um cachorro pequeno, enquanto quando falamos do Akita, cachorro é grande. Além disso, o temperamento dos dois cães também é distinto. Mesmo que eles sejam naturalmente independentes, um é mais carinhoso com o dono enquanto o outro é mais reservado.

Publicado originalmente em: 01/10/2019
Atualizado em: 29/02/2024

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Cachorro

Esses são os 6 sinais que seu cachorro te ama mais visíveis - e provam que você é a "casca de bala" dele e vice-versa

Frases para cachorro de amor podem revelar muito sobre os sentimentos humanos sobre os fortes vínculos que são criados com os pets. ...

Cuidados

Direitos dos animais em condomínios: advogada lista o que os condomínios podem proibir ou não sobre a presença de cães e gatos

Já ouviu falar nos direitos dos animais? Pois saiba que, assim como nós, os nossos pets também são protegidos pela lei. Existe a lei...

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Ver todas