Vômito

Gastroenterite canina: veterinária explica as características, sintomas e tratamento da doença

A gastroenterite canina pode ter diferentes causas: descubra mais sobre elas aqui
A gastroenterite canina pode ter diferentes causas: descubra mais sobre elas aqui

A gastroenterite canina é uma doença que pode ser causada por uma série de fatores e, dependendo do tipo, pode debilitar o animal o suficiente para ser fatal. Os principais sinais são o cachorro vomitando ou cachorro com diarreia. A doença pode ser tratada com facilidade se for detectada cedo e, em alguns casos, pode até ser prevenida. Para falar e entender um pouco mais sobre a gastroenterite em cachorro, nós conversamos com a veterinária Débora Nunes, do Rio de Janeiro. Vem ver o que ela nos contou! 

Gastroenterite canina: como o cachorro pode pegar essa doença? 

Uma das maiores dificuldades de evitar a gastroenterite em cães é, justamente, o fato de que o animal pode adquirir a doença de diferentes formas. “A gastroenterite tem várias etiologias: pode ser viral, bacteriana e até mesmo por intoxicação ou inflamatória. A parvovirose é um tipo de gastroenterite hemorrágica viral que pode ser evitada com a simples vacinação correta estipulada pelo médico veterinário de confiança”, explica Débora. 

Depois de infectado ou intoxicado, os sintomas da gastroenterite não demoram a aparecer no animal: “Os sintomas da doença geralmente podem começar com simples quadro de vômito, tendo evolução para diarreia (podendo ter cheiro fétido ou não)”, conta Débora. Junto com eles, o animal também pode ficar mais apático e abatido, desidratado (por causa da diarreia em cachorro) e sem apetite. Além disso, as fezes dele também podem conter sangue, em alguns casos. 

Como o veterinário confirma o diagnóstico de gastroenterite canina? 

Quando o animal apresenta um dos sintomas citados aí em cima, a ida ao veterinário se torna necessária e, para confirmar o diagnóstico de gastroenterite, é comum que ele leve em consideração a situação do animal, o histórico de vacinas e vermífugos e peça alguns exames — a veterinária nos disse o que é comum nesses casos: “geralmente, são exames de sangue e ultrassonografia. Em caso de suspeita de doença inflamatória intestinal, o veterinário também pode pedir exames mais específicos, como colonoscopia e biópsia intestinal”.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A gastroenterite canina é mais comum em filhotes de cachorro não vacinados
    A gastroenterite canina é mais comum em filhotes de cachorro não vacinados

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    O tratamento da gastroenterite canina depende da causa

    Por ser uma doença que pode ser iniciada no organismo do animal por uma série de fatores, é comum que o tratamento também seja variado. “Quando um paciente chega ao consultório apresentando diarreia e vômito, o veterinário tenta entender a causa da gastroenterite. Muitas vezes, como tem acometimento de bactérias intestinais, o veterinário já entra com antibiótico. O tratamento, então, é à base de antibiótico, probiótico e vitaminas. Se a causa for inflamatória existem também outras medicações que podem ser receitadas”, explica a profissional.

    Quando a gastroenterite é causada por vírus, bactérias ou por intoxicação, o tratamento é suficiente para que ele seja completamente curado, mas quando a causa é inflamatória, ele precisa ser acompanhado de perto pelo veterinário pelo resto da vida. Por isso, o ideal é contar com a ajuda profissional e não tentar administrar um remédio para vômito de cachorro ou outros sintomas de forma independente em hipótese alguma. 

    Como o tutor pode evitar que o cachorro pegue a gastroenterite canina

    Assim como uma série de outras doenças que podem ser sérias e causar além de muito incômodo, danos a longo prazo para a saúde do animal, a melhor forma de evitar a gastroenterite é mantendo a carteira de vacinação dele em dia. Olha o que a Débora explicou: “a causa mais comum de gastroenterite ainda é a parvovirose e ela pode ser evitada apenas com a vacina. É importante não deixar que seu amigo ingira nada além da ração. Alimentos como chocolate, cebola, alho e outros temperos, que para humanos não fazem mal, para eles podem ser causa de intoxicação. Também é bom evitar trocar a ração do seu pet. Se for trocar, fazer com a ajuda de um médico veterinário e não oferecer ao cão ração a granel”.

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde

    Próxima matéria

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral
    Saúde

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral

    Uma das doenças virais de cachorro mais sérias e comuns que existem, o vírus da parvovirose atinge, principalmente, animais que não foram imunizados contra este e outros vírus. Entre os principais sintomas da parvovirose, o vômito, a diarreia com sangue, e a desidratação podem ser destacados, ou seja: mesmo que o diagnóstico chegue bem cedo, o tratamento deve começar o quanto antes, já que a parvovirose pode ser fatal. Para esclarecer todas dúvidas sobre a parvovirose canina, nós conversamos com a veterinária Jackeline Ribeiro. Dá uma olhada no que ela contou!

    Leishmaniose canina: o que é, sintomas, tratamento, vacina e formas de prevenção da doença
    Saúde

    Leishmaniose canina: o que é, sintomas, tratamento, vacina e formas de prevenção da doença

    A leishmaniose canina é uma doença causada por um protozoário chamado Leishmania. Mesmo que seja comum em animais, a leishmaniose também pode ser transmitida para humanos e, nos dois casos, pode debilitar o organismo o suficiente para ser fatal. Para falar mais sobre a doença e esclarecer dúvidas sobre o contágio, remédios, prevenção e tratamento para leishmaniose canina, nós conversamos com Priscila Larrussa, veterinária do grupo Vet Popular.

    Gripe canina, tosse canina ou tosse dos canis: conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamento da doença
    Saúde

    Gripe canina, tosse canina ou tosse dos canis: conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamento da doença

    Em algumas regiões do país, dizer que alguém está com “tosse de cachorro” é sinal de que a pessoa está com tosse seca, geralmente provocada por alguma irritação na garganta. O que muita gente não sabe é que, no mundo dos animais, o cachorro com tosse muitas vezes está doente — e a condição dele é bem parecida com algo comum para humanos: a gripe. Mesmo que, geralmente, a gripe canina

    Osteossarcoma em cães: veterinária explica as causas, sintomas, cuidados e tratamentos da doença
    Saúde

    Osteossarcoma em cães: veterinária explica as causas, sintomas, cuidados e tratamentos da doença

    O osteossarcoma canino é um dos tumores malignos mais comuns e a principal neoplasia de origem óssea nos cães. Assim como os seres humanos, os cachorros também podem ter câncer, especialmente à medida que envelhecem. Além da pele, sistema digestivo e mama, essa enfermidade que tanto preocupa os tutores pode afetar também os ossos do cachorro.

    Ver Todas >

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!

    A preocupação com a saúde dos gatos é inevitável, afinal os bichanos são praticamente como se fossem filhos de quatro patas para os seres humanos. Por isso, além de oferecer uma boa alimentação para esses animais, muitos tutores também procuram por alternativas de como melhorar a imunidade do seu gato para evitar problemas de saúde. Como muitos sabem, a vitamina C é indispensável nessa missão, mas onde ela pode ser encontrada? 

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?
    Saúde animal

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    O sistema digestivo do cachorro é composto por boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus e cada um desses órgãos possui uma atividade específica durante a digestão dos alimentos. O problema é que, assim como ocorre com os humanos, os cães também podem sofrer com algumas doenças que atingem o sistema digestivo canino e que são causadas por fatores que variam desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. 

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Saúde animal

    "Meu cachorro tem muita fome": quando a fome em excesso passa a ser uma compulsão alimentar?

    Quando se trata da alimentação do cachorro, normalmente a situação que mais aflige os tutores é quando o animal não quer comer ração. Contudo, é importante ter muita atenção se o comportamento do seu amigo for o contrário disso, porque às vezes o cachorro comendo muito é um sinal de compulsão alimentar - o que pode trazer prejuízos para a saúde do pet a longo prazo. 

    Ver Todas >