Cachorro

Sangue nas fezes do cachorro: tudo sobre o sintoma e quais doenças pode indicar

Publicado - 16 Agosto 2022 - 16h12

Atualizado - 21 Abril 2024 - 21h00

Ver sangue nas fezes do cachorro sempre assusta qualquer tutor. Por não ser normal, logo se imagina que o cocô com sangue é sinal de que algo muito grave está acontecendo na saúde do cachorro. O sangue nas fezes do cachorro - filhote ou adulto - é algo que precisa ser investigado com toda a atenção. A verdade é que existem inúmeras possibilidades para o que pode ser sangue nas fezes do cachorro, algumas delas bem perigosas e outras mais fáceis de serem curadas. O Patas da Casa te explica tudo sobre esse sintoma e conta que doenças essa condição pode estar indicando. Confira!

Sangue nas fezes do cachorro: de onde vem?

A aparência do sangue nas fezes do cachorro pode ser um indicativo da origem do problema. Dependendo da causa, a consistência e a cor sofrem modificações, o que ajuda - e muito - no diagnóstico. Para saber o que pode ser sangue nas fezes do cachorro, é importante aprender a identificar de que parte do trato digestivo ele vem.

Hematoquezia: mais fácil de identificar, acontece quando há um sangramento no trato digestivo inferior. Como o sangue se origina no final do trato, ele não chega a ser digerido. Por isso, tem uma coloração avermelhada bem vívida, podendo ser encontrado nas fezes em grande quantidade ou apenas em gotinhas.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Melena: mais difícil de identificar, acontece quando o sangramento ocorre no trato digestivo superior. Nesse caso, o sangue chega a ser digerido antes de ser expelido nas fezes. Por isso, acaba deixando as fezes bem mais escuras que o normal. Nesses casos, há um mau cheiro característico.

O sangue nas fezes do cachorro nem sempre é tão visível. Por isso, ao sentir um odor diferente do habitual e perceber outros sintomas no animal - como indisposição, por exemplo - coloque uma amostra das fezes do cachorro em um pedaço de papel branco. Dessa forma, você conseguirá visualizar melhor o sangue, caso ele seja do tipo melena. Observar o cocô do cachorro é importante para explicar ao veterinário qual a sua aparência exata, o que agiliza o diagnóstico.

Sangue nas fezes do cachorro pode ser verme

O primeiro palpite do que pode ser sangue nas fezes de cachorro costuma sempre ser verme. A maioria dos vermes em cachorro parasitam os órgãos do seu sistema digestivo. Por isso, ao notar o cachorro com diarreia com sangue, o diagnóstico que vem a seguir costuma ser a presença de verminoses. Fique atento ainda a outros sinais, como vômito, pelos fracos e caindo, barriga d’água, perda de peso e perda de apetite. Se o pet apresenta esses sintomas, o sangue nas fezes do cachorro pode ser verme sim.

Cachorro fazendo cocô mole com sangue? Pode ser giárdia ou parvovirose

Assim como o sangue nas fezes do cachorro pode ser verme, outras doenças também podem causar essa condição. Uma das mais conhecidas é a parvovirose canina, doença viral altamente contagiosa que ataca principalmente órgãos como a medula e o intestino. Além do sangue nas fezes do cachorro, a parvovirose canina causa uma grave anemia, vômito, desidratação, febre, perda de peso e de apetite, apatia e náusea. A parvovirose canina é mais comum em filhotes não vacinados e costuma progredir rapidamente, o que faz com que a maioria dos casos precise de internação para garantir um melhor tratamento.

Além da parvovirose, o sangue nas fezes do cachorro pode ser giárdia. A giárdia canina é uma infecção parasitária causada por um protozoário que se aloja principalmente no intestino delgado, onde se multiplica. Seus principais sintomas são cocô mole com sangue, vômito, queda de pelo, dores abdominais, apatia, desidratação, perda de apetite e perda de peso. Se não for tratada, a doença pode se tornar bem grave. Felizmente, a giárdia canina tem cura e ainda pode ser prevenida com a vacinação.

Inflamações no trato intestinal também podem ser causadoras do sangue nas fezes do cachorro

Os órgãos do sistema digestivo do cachorro podem sofrer diversas inflamações ao longo da vida. Um exemplo é a pancreatite, que é a inflamação do pâncreas. O excesso de gorduras no organismo acaba sobrecarregando o órgão, que precisa trabalhar mais do que o normal. Tamanho esforço pode resultar em uma inflamação. Já a gastrite em cachorro é a inflamação da mucosa do estômago, causada normalmente por uma má alimentação ou por fatores emocionais, como estresse e ansiedade.

A gastroenterite canina, por sua vez, é a inflamação de todo o trato digestivo inferior do animal, tendo as causas mais variadas possíveis: infecções (virais, bacterianas, parasitárias), alergia ou intoxicação alimentar, má alimentação, obstrução do intestino, ou qualquer outro problema que afete os órgãos do sistema digestivo. O sangue nas fezes do cachorro é um sintoma comum a todas essas inflamações que acometem o trato intestinal e normalmente vem acompanhado de sintomas clássicos como vômito, apatia e perda de apetite.
 

sangue nas fezes do cachorro: cão doente deitado no sofá
<strong>A causa do sangue nas fezes do cachorro pode ser verme, bactéria, vírus ou até mesmo uma intoxicação alimentar</strong>

Muitas vezes, o sangue nas fezes do cachorro é sinal de intoxicação ou alergia 

Nem sempre o sangue nas fezes de cachorro é sinal de parasitas ou infecções. É muito comum que essa condição aconteça por conta de um quadro de alergia ou intoxicação alimentar. O corpo do pet não está preparado para receber certos alimentos proibidos para cachorro. Como consequência, o animal tem uma reação alérgica ou uma intoxicação. Uma das consequências é o sangue nas fezes do cachorro, o que pode ser bem perigoso se ele não receber os cuidados adequados rapidamente. 

Vale ressaltar que não são apenas os alimentos que podem intoxicar o cão. Existe ainda intoxicação por medicamentos, produtos de limpeza e até por causa de plantas tóxicas para cães. Independentemente do que o intoxicou, costumamos ver o cachorro vomitando e evacuando sangue, salivando em excesso, com problemas na pele ou até mesmo convulsões. 

Quando pet engole objeto estranho, também é possível observar sangue nas fezes do cachorro

Um outro motivo que explica o que pode ser sangue nas fezes do cachorro é a presença de objetos estranhos perfurando órgãos do sistema digestivo. Sabe quando o cachorro morde brinquedos, móveis, chinelos ou qualquer outro objeto que vê pela frente? Dependendo do que está sendo mordido, alguma parte do objeto pode acabar sendo ingerida pelo animal. Com isso, esse objeto pode acabar obstruindo ou até mesmo perfurando alguma parte do trato digestivo. Assim, há um sangramento que resulta em sangue nas fezes do cachorro. Isso é comum quando temos um cachorro mordendo osso, plástico ou objetos de madeira. Nesses casos, o sangramento normalmente é do tipo hematoquezia.

Sangue nas fezes do cachorro filhote deve ser sempre muito bem investigado 

Já sabemos que o sangue nas fezes do cachorro sempre indica que há algo errado na saúde do animal. Trata-se de um sintoma comum a diversas doenças e, por isso, não podemos dizer que é mais comum em determinada raça ou idade. Cachorros filhotes, adultos ou idosos podem sofrer com o problema. Porém, o sangue nas fezes do cachorro filhote requer uma atenção especial. Os filhotes de cachorro estão em fase de desenvolvimento. Isso quer dizer que seu corpo não está preparado para lidar com doenças da mesma forma que o corpo de um adulto. O sistema imunológico ainda não está fortalecido e, portanto, o tratamento deve ser iniciado sempre o mais rápido possível.

As causas mais frequentes de sangue nas fezes do cachorro filhote são giárdia canina e parvovirose canina, além de verminoses. Essas doenças são bem preocupantes para o cãozinho pequeno porque, como ele não está preparado fisicamente para lidar com elas, podem até mesmo levar o animal à morte. Por isso, ao ver o sangue nas fezes do cachorro filhote, não hesite em levá-lo ao veterinário. Quanto mais cedo o problema for descoberto, melhores são as chances de um tratamento rápido e eficaz. 
 

sangue nas fezes do cachorro filhote: cão deitado doente
<strong>O sangue nas fezes do cachorro filhote precisa ser investigado rapidamente</strong>

Diagnosticar o que pode ser sangue nas fezes do cachorro é o primeiro passo para um tratamento eficaz

É importante levar o pet imediatamente ao veterinário sempre que observar sangue nas fezes do cachorro. Como tratar o animal, porém, vai depender do que está causando o problema. Por isso, é fundamental alcançar um diagnóstico preciso. Ao chegar no veterinário, conte ao especialista todos os sintomas que o pet apresenta, tanto físicos quanto comportamentais. Se possível, fotografe o sangue nas fezes do cachorro e mostre ao médico. Dessa forma, ele já saberá qual é o seu tipo e poderá eliminar algumas possibilidades. O veterinário vai pedir exames e, então, você terá um diagnóstico exato. Vale ressaltar que jamais se deve automedicar seu animal. Nos casos de sangue nas fezes do cachorro, o que pode ser uma doença bastante grave muitas vezes parece apenas uma leve indigestão no início, e vice-versa. Por isso, sempre converse com o veterinário e siga apenas as suas orientações. 

Sangue nas fezes do cachorro: como tratar o animal com esse sintoma?

Descobri a causa do sangue nas fezes do cachorro: como tratar agora? Siga as recomendações do veterinário para cada situação. Em casos de intoxicação, por exemplo, pode ser necessário realizar uma lavagem gástrica e usar carvão ativado. Já para inflamações e infecções, costumam ser prescritos antibióticos e analgésicos para a dor. Se a causa for parvovirose, o tratamento também é medicamentoso e normalmente é necessária uma internação.

A giárdia canina costuma ser tratada com antibióticos, além de uma higienização profunda do ambiente para acabar com o parasita no local. Se a causa for verme, são aplicados vermífugos para cachorro. Na maioria dos casos de cachorro fazendo cocô mole com sangue também é preciso fazer fluidoterapia, pois a diarreia deixa o cão desidratado. Assim, é necessário repor os líquidos e eletrólitos no corpo. Podemos ver que o tratamento do sangue nas fezes do cachorro é muito amplo e, por isso, apenas um profissional pode indicar o que precisa ser feito. 

Dicas para evitar um quadro de sangue nas fezes do cachorro

Como o sangue nas fezes do cachorro é sempre um sintoma de questões de saúde pré-existentes, a melhor forma de evitar esse quadro é prevenindo que o animal contraia esses problemas. Como as possibilidades do que pode ser sangue nas fezes do cachorro são extremamente variadas, é fundamental estar atento a pequenos detalhes na saúde e na higiene do animal. Um dos principais cuidados é manter a vermifugação e as vacinas do cachorro em dia. Dessa forma, você evita que o pet contraia vermes e doenças como parvovirose e giárdia canina. 

Além disso, o tutor não pode passear com cachorro antes das vacinas e dos vermífugos serem aplicados. É muito mais fácil que o filhote não vacinado contraia alguma doença se ele estiver em locais públicos que podem conter agentes infecciosos. Mas vale ressaltar que, mesmo com a vacina em dia, é importante evitar que o animal tenha contato com objetos e animais desconhecidos, pois eles podem estar contaminados. Por fim, cuide da alimentação dos cães. Ofereça ração de qualidade para aumentar sua imunidade, não dê alimentos proibidos para cachorro e evite excesso de gordura. Além disso, mantenha produtos de limpeza e remédios fora do alcance do animal para evitar intoxicação.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Edição: Mariana Fernandes

 

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Adote um animal

Fiapo de manga: a nova "raça" de cachorro vira-lata que tem feito sucesso na internet

Há quem diga que vira-lata caramelo representa mais o Brasil do que samba e futebol - não à toa que existem propostas de lei para el...

Cachorro

Cruzamento de cachorro: tudo que você precisa saber sobre o assunto

O cruzamento de cachorro é um assunto que desperta a curiosidade da maioria dos tutores. Enquanto alguns se preocupam em evitar que ...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas