Raças

Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

O Pinscher é uma ótima companhia para se ter dentro de casa! Saiba mais sobre a raça
O Pinscher é uma ótima companhia para se ter dentro de casa! Saiba mais sobre a raça

Dentre as raças de cachorro mais populares que existem, não dá para esquecer do Pinscher. O cãozinho é a prova viva de que tamanho não é documento, já que, apesar de ser um cachorro pequeno, ele ocupa um espaço enorme no coração dos brasileiros. A fama de bravo que carrega faz com que muita gente associe o Pinscher a um cachorro problemático, mas a verdade é que ele tem mais valentia do que raiva: o Pinscher vai fazer de tudo para proteger o seu lar de qualquer ameaça. Se você ficou curioso, temos muitas coisas para esclarecer sobre a raça. Afinal, como é a personalidade e o temperamento do cachorro Pinscher? Será que a convivência com ele é tranquila ou pode ser um problema? Que cuidados são necessários com a raça, e como é possível diferenciar os vários tamanhos do animal (Pinscher 0, 1, 2 e miniatura)? Para desvendar todas essas informações, preparamos uma matéria super especial sobre o cachorro Pinscher. Dá só uma olhada!

Cachorro Pinscher: a origem do cãozinho

Ao contrário do que muitos pensam, a origem do Pinscher não está ligada a raça de cachorro Doberman. Não dá para negar que, fisicamente, esses cães apresentam certas semelhanças, mas a verdade é que a raça Pinscher apareceu bem antes. Especialistas apontam que o animal surgiu na Alemanha há mais de 200 anos, apesar de quase não existirem vestígios disso. O que se sabe é que o pequeno cãozinho já foi retratado em diversas pinturas antigas, o que leva a crer que ele já existe há muito tempo. Além disso, embora o cachorro Pinscher seja bem parecido com o Doberman, na realidade o cãozinho é, basicamente, o resultado do cruzamento entre as raças Dachshund, Greyhound e cachorros Terriers.

Raça de cachorro Pinscher: conheça as principais características físicas do animal

Quem nunca se apaixonou por fotos de Pinscher, não é mesmo? Pequeno e leve, o Pinscher é um cachorro que é facilmente reconhecido por ter características físicas bem particulares. Ele possui um rosto triangular, com orelhas pontiagudas e olhos escuros e redondos. Além disso, a pelagem do cãozinho é curta, lisa e bastante sedosa. A cor dos pelos, inclusive, pode se apresentar da seguinte forma: ou o cãozinho tem uma única cor, que pode variar entre os tons de marrom e vermelho, ou ele pode ser preto com manchas marrons e avermelhadas

Pinscher: um cachorro com diferentes tamanhos

Outro ponto importante é que o tamanho desse cãozinho pode variar entre Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura. Embora as nomenclaturas não sejam reconhecidas oficialmente por nenhum órgão internacional, os criadores brasileiros criaram essa subdivisão para estabelecer o crescimento máximo de cada tipo de Pinscher. Desta forma, a raça pode variar de 2,5 a 6 kg na vida adulta, e atingir o tamanho entre 25 e 30 cm.

- Pinscher 0: considerado o menor tamanho da raça, o Pinscher 0 pode atingir um peso de até 2,5 kg quando adulto.

- Pinscher 1: um pouco maior, o Pinscher 1 pode atingir até 3kg.

- Pinscher 2: ainda maior e até um pouco mais alto que o Pinscher 1, o Pinscher 2 pesa em torno de 4kg.

- Pinscher miniatura: é o maior tamanho da raça, o Pinscher miniatura pode chegar a aproximadamente 6kg.

Como é a personalidade e o temperamento do cachorro Pinscher?

Não é novidade que os cachorros da raça Pinscher carregam a fama de “esquentadinhos”, mas isso não é totalmente verdade. Embora estes cães sejam, de fato, bastante corajosos e destemidos, não quer dizer que eles vão atacar qualquer pessoa ou animal gratuitamente. O que pode acontecer é que, em alguns casos, o Pinscher se sente ameaçado e, mesmo que ele seja um cachorro pequeno, não é de abaixar a cabeça ou ficar no cantinho dele. Muito pelo contrário: esse doguinho tem uma personalidade muito forte e um grande instinto protetor, então ele fará de tudo para proteger a si e as pessoas que ama. 

E não para por aí! Mesmo que eles sejam pequenos como um Yorkshire, os cachorros da raça Pinscher são super ativos e com muita energia para gastar. Adoram se divertir e brincar, principalmente ao lado de sua família. No entanto, é preciso ter certo cuidado, já que brincadeiras brutas podem acabar machucando o cãozinho, que é extremamente sensível. Outro ponto que vale ressaltar é que o Pinscher, embora seja desconfiado por natureza, também pode ser um cachorro bastante sociável e que se dá bem com todo mundo. Para que isso seja possível, a socialização deve acontecer desde cedo.

Veja algumas fotos de cachorro Pinscher!

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    O Pinscher miniatura é o maior tipo da raça
    O Pinscher miniatura é o maior tipo da raça
    O Pinscher é um cachorro muito ativo e que adora atividades ao ar livre
    O Pinscher é um cachorro muito ativo e que adora atividades ao ar livre
    O Pinscher também pode ter diferentes tamanhos: Pinscher 0, 1, 2 ou 3 (também chamado de miniatura)
    O Pinscher também pode ter diferentes tamanhos: Pinscher 0, 1, 2 ou 3 (também chamado de miniatura)
    O cachorro Pinscher se adapta muito bem a qualquer lugar, especialmente apartamentos
    O cachorro Pinscher se adapta muito bem a qualquer lugar, especialmente apartamentos
    A raça Pinscher precisa de caminhadas diárias e uma alimentação controlada para evitar a obesidade
    A raça Pinscher precisa de caminhadas diárias e uma alimentação controlada para evitar a obesidade
    Pinscher: cachorro pode ter as cores marrom, avermelhado e preto
    Pinscher: cachorro pode ter as cores marrom, avermelhado e preto
    O Pinscher pode ser meio barulhento, mas ele só costuma latir quando precisa se comunicar com seu tutor
    O Pinscher pode ser meio barulhento, mas ele só costuma latir quando precisa se comunicar com seu tutor
    Como não se apaixonar por um filhote de Pinscher?
    Como não se apaixonar por um filhote de Pinscher?
    O cachorro Pinscher sempre está em alerta e pronto para defender sua família
    O cachorro Pinscher sempre está em alerta e pronto para defender sua família
    Pinscher: filhote precisa de cuidados redobrados, pois são mais frágeis ainda
    Pinscher: filhote precisa de cuidados redobrados, pois são mais frágeis ainda
    O Pinscher miniatura é o maior tipo da raça
    O Pinscher é um cachorro muito ativo e que adora atividades ao ar livre
    O Pinscher também pode ter diferentes tamanhos: Pinscher 0, 1, 2 ou 3 (também chamado de miniatura)
    O cachorro Pinscher se adapta muito bem a qualquer lugar, especialmente apartamentos
    A raça Pinscher precisa de caminhadas diárias e uma alimentação controlada para evitar a obesidade
    Pinscher: cachorro pode ter as cores marrom, avermelhado e preto
    O Pinscher pode ser meio barulhento, mas ele só costuma latir quando precisa se comunicar com seu tutor
    Como não se apaixonar por um filhote de Pinscher?
    O cachorro Pinscher sempre está em alerta e pronto para defender sua família
    Pinscher: filhote precisa de cuidados redobrados, pois são mais frágeis ainda

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Como é a convivência com um Pinscher?

    Antes de comprar ou adotar cachorro da raça Pinscher, muita gente carrega dúvidas sobre como é a convivência com esse cãozinho. A fama de territorialista e estressado não costuma ajudar, mas é importante desmistificar essa ideia. Até mesmo porque esses cachorros são muito amorosos, brincalhões e fazem de tudo pela sua família - inclusive, protegê-la quando percebe algum tipo de ameaça por perto. Sobre a convivência, é importante ter em mente que o Pinscher também pode ser um pouco barulhento e ter o costume de latir muito. Mas isso acontece só quando eles querem avisar o tutor de alguma situação, ou quando querem atenção. Aliás, é muito importante separar sempre um tempinho do seu dia para se dedicar ao seu amigo de quatro patas: invista em momentos de brincadeira, carinho e passeios.

    Pinscher: cachorro precisa de cuidados específicos no dia a dia?

    - Banho e escovação dos pelos: 

    O pelo do cachorro Pinscher é bem curtinho e liso e não requer tantos cuidados. Eles caem em um nível moderado, mas é possível evitar isso com escovações frequentes da pelagem (1x por semana já é suficiente). Inclusive, uma boa recomendação para esses animais são as luvas para tirar pelo de cachorro. Já sobre os banhos, eles podem ser semanais ou quinzenais. Tudo vai depender do nível de sujeira do seu Pinscher. 

    - Unhas e dentes de cachorro: 

    Assim como cachorros de outras raças, o Pinscher também deve receber uma atenção especial quando se trata de suas unhas. Como elas podem crescer muito rapidamente, as chances do animal se ferir ao se coçar são altas, então é importante cortar as unhas do cachorro regularmente. Além disso, outro cuidado importante é escovar os dentes da raça Pinscher semanalmente para evitar problemas bucais, como o tártaro.

    - Alimentação: 

    Todo cãozinho precisa de uma boa alimentação. Mas com o cachorro Pinscher, esse cuidado deve ser redobrado. Isso porque o bichinho tem tendência a engordar e, por isso, é de extrema importância que a ração de cachorro seja oferecida de maneira bastante equilibrada. Além disso, é fundamental verificar se o alimento contém realmente todos os nutrientes essenciais para manter a boa saúde do cachorro. 

    - Exercícios físicos: 

    Embora pequeno, o Pinscher é um cachorro muito ativo e que precisa se exercitar todos os dias. Seja com brincadeiras interativas em casa ou com os passeios, o importante é que o animal gaste toda a energia acumulada. Mas nada de sobrecarregar o bichinho: ele precisa de caminhadas moderadas, caso contrário pode ficar muito cansado. Por isso, procure parques e lugares ao ar livre onde o cãozinho possa correr até ficar satisfeito. Além disso, o estímulo de brincadeiras dentro de casa também pode ajudar!

    A saúde da raça de cachorro Pinscher

    Geralmente, não há muito com o que se preocupar em relação a saúde do cachorro Pinscher. Se o tutor tiver os cuidados necessários com o animal, dificilmente o cãozinho vai apresentar qualquer problema de saúde, mas é importante ficar atento. A luxação na patela, por exemplo, é uma condição considerada bem comum em cães de pequeno porte e pode acometer o Pinscher. Além disso, outro problema que também pode vir a ocorrer é a atrofia progressiva da retina, sendo importante o acompanhamento de um veterinário oftalmologista sempre que possível. Por isso, o melhor a se fazer é não se descuidar e levar o cachorro ao veterinário regularmente para garantir que não há nada de errado com ele.

    Pinscher filhote: o que você precisa se preocupar nos primeiros meses de vida?

    Se um Pinscher já é pequeno na fase adulta, imagina um filhotinho! Ainda mais pequenino e frágil, é preciso ter cuidados redobrados com o Pinscher filhote. Além de providenciar tudo que um cachorro precisa (cama, potes de comida e água, brinquedos etc), é importante cuidar também da saúde do animal, principalmente nessa fase inicial da vida. Por isso, a maior recomendação é levá-lo ao veterinário o quanto antes para dar início ao calendário de vacinação. O médico poderá dar as orientações necessárias a respeito disso e de outras dúvidas que possam surgir, como a vermifugação e controle de parasitas. Vale lembrar que os banhos devem ser evitados nos dois primeiros meses de vida do animal, já que o sistema imunológico do cachorro ainda não foi totalmente desenvolvido. Além disso, na consulta também é possível pedir algumas recomendações sobre a melhor ração para oferecer ao Pinscher filhote.

    Qual é o preço médio de um cachorro Pinscher?

    Para quem pensa em ter a companhia de um Pinscher em casa, pode ficar despreocupado. O custo desta raça não costuma ser muito elevado e, na maioria das vezes, o preço de um filhote de Pinscher costuma variar entre R$2.000 e R$5.500. A diferença acontece, principalmente, por causa da linhagem do animal. Além disso, é importante destacar que o ideal é sempre procurar um canil ou criador de cachorro com boas referências para evitar qualquer tipo de frustração.

    Redação: Juliana Melo

    Cachorros pequenos: tutores contam como é conviver com mini raças em casa

    Próxima matéria

    Cachorros pequenos: tutores contam como é conviver com mini raças em casa

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Raças

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Ver Todas >

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça
    Adote um animal

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça

    Dentre as raças de cachorro preferidas entre os brasileiros, o Border Collie é uma das que mais se destaca. E não é para menos, né? Extremamente amável e brincalhão, ele é capaz de trazer ainda mais alegria para rotina de qualquer família. Mas, na hora de dar as boas vindas a esse cãozinho na sua casa, surge sempre uma dúvida: qual nome de cachorro escolher? 

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais
    Adote um animal

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais

    É praticamente impossível não se apaixonar por um cachorro da raça Pug! Com os famosos olhos esbugalhados, focinho achatado e corpo compacto e rechonchudo, o cãozinho é um dos queridinhos dos brasileiros. São tantas características que fazem do Pug um animal único, que fica até difícil saber por onde começar. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria bem especial para todos os amantes da raça Pug. A seguir, descubra mais sobre a origem, personalidade, cuidados com a saúde e qual é o preço desse doguinho tão carismático!

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros
    Adote um animal

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros

    O Brasil certamente é um dos países que mais ama os cachorros. Eles estão em praticamente todos os lares e ganharam o título de membros da família, conquistando privilégios e até mesmo direitos na sociedade. E tem cachorro de todo jeito: pequeno, grande, peludo, com focinho achatado ou dobrinhas pelo corpo. O que importa é compartilhar a vida com esses seres que trazem tanta alegria para a casa.

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão
    Adote um animal

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão

    Quem tem um animal de estimação em casa, sabe bem o quanto esses bichinhos podem fazer um bem danado para nós. Em meio a correria, os cachorros fofos e os gatinhos carinhosos podem tornar a rotina mais leve e prazerosa. Mas, o que poucos sabem é que, muita das vezes, eles podem ser grandes aliados para lidar com quadros mais difíceis, como a depressão. Sim, isso mesmo! Algumas pesquisas já comprovaram a teoria de que o convívio com animais auxilia no tratamento de depressão. Para entender um pouco mais sobre o assunto, conversamos com duas tutoras que contaram como os pets mudaram suas vidas e ajudaram a lidar com a doença. Veja só!

    Ver Todas >