Gato

Gato pega cinomose? Descubra a resposta!

Publicado - 24 Junho 2022 - 17h00

Atualizado - 20 Maio 2024 - 22h02

Você já ouviu falar de cinomose em gatos? Muito se sabe sobre a cinomose em cães, doença altamente contagiosa e que traz diversas complicações à saúde do cachorro. Essa condição é temida por muitos tutores de cães, mas também tutores de gatinhos. Existe uma doença conhecida por “cinomose em gatos”, que parece ser exatamente igual à que atinge os cães. Porém, existem muitas dúvidas se esse termo é realmente o mais adequado para se referir a essa condição. Afinal, a cinomose pega em gato ou a doença acontece unicamente com cães? O Patas da Casa te explica tudo sobre a “cinomose em gatos”!

Cinomose pega em gato?

O termo “cinomose em gatos” se popularizou por definir uma doença em felinos que seria semelhante à cinomose em cachorro. Porém, dizer que cinomose pega em gato está errado. A famosa “cinomose em gatos” e a cinomose canina são doenças que possuem sintomas parecidos e são de alta gravidade. Além disso, são causadas por vírus extremamente resistentes, que conseguem viver por bastante tempo no ambiente. Porém, não podemos afirmar que o gato pega cinomose por um simples motivo: os vírus causadores das duas doenças são diferentes.

A cinomose canina é causada por um vírus da família Paramyxovirus. Enquanto isso, a “cinomose em gatos” é causada por um vírus da família Parvoviridae, o Parvovírus felino. Como seus agentes causadores são diferentes, não é certo dizer que a cinomose dá em gatos, apesar de a doença lembrar bastante a de cachorro. O termo correto para definir a “cinomose em gatos” é panleucopenia felina.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

O que é panleucopenia felina? Conheça melhor a doença que leva o apelido de “cinomose em gatos”

Não podemos dizer que gato tem cinomose, mas sim que o gato tem panleucopenia felina. Mas afinal, o que é a panleucopenia felina? Trata-se de uma doença viral altamente contagiosa causada pelo Parvovírus felino. A contaminação ocorre pelo contato com fezes, urina e saliva de animais contaminados, normalmente após brigas ou compartilhamento de objetos. Como explicamos, o vírus permanece por muito tempo no ambiente e, por isso, o risco de contaminação é tão elevado. Normalmente, a “cinomose” pega em gato filhote não vacinado, mas a doença pode acometer bichanos de qualquer idade, principalmente se não tiverem a vacinação completa.

“Cinomose em gatos”: sintomas da panleucopenia lembram bastante os da cinomose canina

Muita gente acha que cinomose dá em gatos justamente porque os seus sintomas são praticamente os mesmos da cinomose canina. A panleucopenia felina age de maneira muito rápida e, por isso, diagnosticar a doença logo no início é a melhor forma de curá-la com sucesso. Quando falamos de panleucopenia - ou “cinomose em gatos” - sintomas mais comuns são febre, vômito, desidratação, anorexia, diarreia com ou sem sangue, icterícia, depressão, mucosas pálidas e sensibilidade na região do abdômen. Na “cinomose em gatos”, sintomas aparecem de forma súbita após uma semana do período de incubação do vírus. A velocidade com que a doença se manifesta faz com que o bichano fique rapidamente debilitado. Por isso, quando o gato pega “cinomose” é tão importante que o tratamento se inicie rapidamente.

 

Veterinário aplicando vacina em gato em consultório
A cinomose pega, principalmente, em gato filhote não vacinado e por isso a vacinação é tão importante

 

Quando o gato tem “cinomose”, tratamento é possível

Outro motivo que explica porque não podemos afirmar que gato tem cinomose é o fato de que a “cinomose em gatos” tem cura, enquanto a canina não tem. A cinomose em cachorro pode deixar sequelas graves e não existe um tratamento específico para ela, sendo feito apenas um controle de suporte dos sintomas. Já a panleucopenia felina pode ser tratada com antibióticos específicos. Além disso, quando a “cinomose” dá em gato também é realizada a fluidoterapia, já que a doença deixa o bichinho bem desidratado. Outro fator importante no tratamento da panleucopenia é a limpeza do ambiente. Como explicamos, o vírus causador da doença é super resistente. Se o gato tem “cinomose” quer dizer que foi exposto ao vírus e a probabilidade de ainda ter parvovírus no ambiente é bem grande, possibilitando novas contaminações. Por isso, desinfectar o local é essencial. 

A vacina é a melhor forma de prevenir a “cinomose em gatos” 

Quando falamos de prevenção, a da “cinomose em gatos” é igual à canina. Nos dois casos, a doença é prevenida com vacinação. A vacina quádrupla é a que protege a panleucopenia felina e deve ser tomada a partir dos dois meses de idade. São três doses administradas com cerca de 20 a 30 dias de diferença. Além disso, todo ano é necessário tomar um reforço para manter o pet sempre protegido. A vacinação do gato é essencial para evitar não só a panleucopenia felina (ou “cinomose em gatos”) mas também diversas outras doenças.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas