Não é nada fácil agradar o paladar exigente dos felinos, mas quando se trata do cheirinho de milho, esses animais podem se empenhar para conquistar um pedacinho do alimento. Mas será que gato pode comer milho? Em um vídeo engraçado que está circulando na internet, um gato filhote muito fofo aparece agarrado a uma espiga de milho quase do seu tamanho e devorando os grãos com muita satisfação. Vem conferir o vídeo e descobrir se pode dar milho para o gato. 

Seu gato gosta mais de comida, sonecas ou de você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

@sorriiacmg Ama milho 🌽🤣 #foryou #gata #cat #gato #comendomilho #gatostiktok ♬ som original - Emanuelford 💈

Por que o gato filhote do vídeo fica tão animado com a espiga de milho? 

Não existe nenhum estudo científico que explique o fascínio dos filhotes de gato pela espiga de milho, mas algumas características do comportamento do felino pode nos ajudar a entender essa relação. O primeiro ponto é a grande curiosidade dos bichanos, especialmente do filhote. Os gatos adoram explorar novos itens, e a textura da espiga de milho pode ter despertado a curiosidade do pet pelo alimento. Além disso, a espiga pode ativar o instinto caçador do gato, devido ao seu formato e cor chamativa, como se o alimento fosse uma "presa" a ser devorada. Uma terceira hipótese para essa relação é a sensação agradável dos grãos de milho na boca do felino filhote. Pode ser que os bichanos se aproveitem da textura desse alimento para coçar a gengiva, como se fosse um mordedor de gato.

Por que os gatos gostam de milho?

Os felinos são animais estritamente carnívoros, ou seja, a base da alimentação do gato são as proteínas presentes em carnes, ovos e leite. Mas, então  por que os gatos gostam de milho? Não há nenhuma explicação científica que explique o interesse dos felinos pelo milho, um cereal composto basicamente por carboidratos, mas a hipótese é de que o cheiro do alimento desperte o interesse do animal em prová-lo. Isso porque os felinos, a partir do aroma, conseguem detectar sabores graças às 200 milhões de células olfativas presentes no nariz do gato. Ou seja, provavelmente o gato come milho porque o cheirinho do alimento é extremamente atrativo para eles. 

Pode dar milho para o gato?

A nutrição animal é um assunto que deve ser levado muito a sério, pois uma alimentação balanceada é fundamental para manter os pets saudáveis. Dessa forma, para oferecer todos os nutrientes que os felinos precisam, é preciso saber exatamente o que gato pode comer. Embora as proteínas na alimentação dos gatos seja o nutriente principal, isso não significa que eles não possam comer outros alimentos. Os gatos podem comer milho, mas como ele é composto basicamente por carboidratos, fibras e vitamina B, não há uma contribuição tão significativa para as exigências nutricionais do felino. Então pode dar milho para o pet, mas ele não deve ser oferecido com frequência e em grandes quantidades, pois as calorias diárias do gato devem vir principalmente de gorduras boas e proteínas.

Saiba como oferecer o milho e se pode dar milho enlatado para gato

Agora que você já sabe que pode dar milho para gato, é preciso saber a maneira correta de oferecê-lo para o animal. Existem duas maneiras de apresentar esse alimento para o gatinho: assado ou cozido. O gato pode comer milho cozido e assado, mas é preciso oferecer o alimento sem sal, sem casca e frio para o pet não se queimar. Além disso, em hipótese alguma pode dar milho enlatado para gato, pois esses produtos contém em sua composição adição de açúcar, sal e conservantes que podem irritar o sistema gastrointestinal do felino. A consequência disso são gatos vomitando, com diarreia e com indigestão. 

Como ele não é um alimento tão nutritivo para o pet, o milho in natura deve ser oferecido com cuidado para não ultrapassar o limite de calorias diárias que o pet pode ingerir. Uma vez ou outra, oferecer um pouco de milho pro gato não vai fazer mal, mas como ele é um alimento que não traz muitos benefícios nutricionais, não há necessidade de ser oferecido rotineiramente. O ideal é ofertar o milho em poucas quantidades e não uma espiga inteira. Para saber a  quantidade adequada a ser oferecida para o pet, você deve tirar as dúvidas com um veterinário especialista em nutrição felina.

Saiba como plantar milho de pipoca para gatos 

Embora exista uma crença de que os animais ingerem grama quando não estão se sentindo bem,  a explicação por trás desse hábito felino está associada ao comportamento instintivo da espécie que se manteve após a domesticação. Como forma de reproduzir esse instinto em caça, são encontrados à venda uma variedade de grama para gato, que pode ser de trigo, aveia, centeio e também de milho de pipoca. Essas são consideradas plantas que os gatos podem comer sem preocupação. A graminha que nasce do milho de pipoca é rica em fibras, o que pode ajudar a eliminar as bolas de pelo que ficam retidas no organismo felino e melhorar a digestão do animal. Confira o passo a passo de como plantar o milho de pipoca para gatos

  1. Escolha um recipiente que tenha um tamanho médio para plantar os milhos de pipoca
  2. Enche o recipiente até a metade com terra fértil
  3. Borrife água na terra até ela ficar úmida
  4. Disponha aproximadamente 200g de grãos de milho de pipoca sobre a terra 
  5. Cubra os grãos com mais terra e borrife água novamente
  6. Coloque o vaso em uma janela iluminada e regue dia sim e dia não

Em aproximadamente 3 dias, os brotos vão começar a nascer. O bichano já pode brincar com a graminha de milho em 1 semana, que é quando as folhas estarão totalmente crescidas.