Cuidados dos animais

Coxins das patas de cachorro: tudo que você precisa saber sobre as almofadinhas caninas

Publicado - 02 Outubro 2023 - 16h10

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

A pata de cachorro é muito além de um mero suporte para o corpo do animal. Na verdade, essa região — e, especificamente, os coxins — é responsável pela regulação térmica do corpo dos pets. Além disso, embora os cães não sejam saltadores natos como os gatos, as famosas almofadinhas também ajudam a amortecer os impactos de várias atividades do dia a dia. Mesmo com tantas funções importantes, a região é bem sensível e precisa ser bem cuidada.

O ressecamento, bem como calos, fungos e até cortes, são alguns dos problemas que podem atingir os coxins (ou almofadinhas). Para conhecer melhor essa parte do corpo do cachorro, o Patas da Casa preparou uma matéria especial sobre o assunto. Vem com a gente!

Como é a anatomia da pata de cachorro?

  • Almofadinhas ou coxins: é aquela parte mais “fofa” que fica logo embaixo da pata de cachorro e funciona como um amortecedor.
  • Coxins digitais: equivale aos dedos do cachorro.
  • Coxins metacarpais: equivale à palma da mão dos cães.
  • Coxins carpais: equivale ao punho do pet.
  • Garras: são as unhas do cachorro. Diferente dos gatos, elas sempre ficam expostas e precisam de alguns cuidados. Um deles é que elas não podem ficar compridas demais, ou podem incomodar o animal.
  • Ergô ou esporão: é o “quinto dedo” dos cães, como se fosse um polegar. É com ele que o pet consegue segurar a comida e outros objetos. Essa estrutura fica apenas nas patas de cachorro dianteiras.

Quais são as funções das almofadinhas das patas de cachorro?

Não existe apenas uma, mas várias funções que englobam a almofadinha (ou coxim). O cachorro usa essa parte da sola das patas para amortecer os impactos das caminhadas e corridas, proteção das articulações e regulação da temperatura corporal. Isso porque é na pata de cachorro que ficam as glândulas sudoríparas, eliminando o suor do corpo.

Imagem Quiz:Você sabe como limpar o ambiente que seu pet vive?

Você sabe como limpar o ambiente que seu pet vive?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Devido a grande quantidade de gordura presente nos coxins, os cães também conseguem andar por diferentes tipos de solo sem machucar as patinhas. Porém, é importante ficar atento com um chão com a temperatura muito quente ou com a presença de objetos cortantes. Para completar, o coxim carpal funciona como uma espécie de “freio”. Isso evita que os cães escorreguem sem querer. 

Pata de cachorro ressecada

Os problemas mais comuns na pata de cachorro

Pata do cachorro ressecada — Essa é uma situação mais comum do que a gente imagina. Normalmente acontece porque os cães costumam andar em superfícies mais ásperas e quentes durante os passeios, causando esse ressecamento. No inverno, também é comum ver a almofada da pata do cachorro ressecada por causa do clima.


Calo na almofada da pata do cachorro — Os calos costumam ser ocasionados por uma condição chamada hiperqueratose canina. Ela é mais comum em cachorros grandes e idosos, e tem como característica o espessamento da pele em regiões como joelho, cotovelo e patas de cachorro.


Queimadura nos coxins — Cachorro pode queimar as patinhas com muita facilidade durante os passeios. Isso acontece por causa do contato direto com o asfalto quente. Por isso, o mais indicado é passear com cachorro sempre nos horários de menos sol, como início da manhã e final da tarde.


Fungo na almofada da pata do cachorro — Por ser uma região que, naturalmente, acumula mais umidade, isso aumenta as chances de proliferação de fungos em cachorro. Portanto, é bom ficar atento a quaisquer alterações como feridas, coceira e cheiro desagradável. Se suspeitar de fungo, leve o animal ao veterinário.


Alergia nos coxins — Cachorro também pode ter reações alérgicas diversas na patinha. O contato com substâncias alérgenas, como pólen e poeira, já pode desencadear uma reação. Além disso, os produtos de limpeza, no geral, são bastante prejudiciais para a pele do cachorro (e como as patas entram em contato direto com o chão, acabam ficando mais vulneráveis).


Almofada da pata do cachorro cortada — Durante os passeios, é bom ter muito cuidado com o local onde o animal pisa. Vidros, pregos e outros objetos perfurantes podem estar espalhados pelo chão e acabar adentrando as almofadinhas do pet, cortando e causando muita dor. Nessas horas, é bom saber um pouco de primeiros socorros e, em seguida, levar o animal para uma emergência.


Infecções e traumas nas almofadinhas — Qualquer batida na região pode acabar deixando a almofada da pata do cachorro inchada. O inchaço também pode ter a ver com queimaduras do sol ou presença de fungos. No entanto, é sempre bom ter muita atenção, principalmente se perceber que as almofadinhas estão infeccionando: isso pode abrir portas para problemas mais sérios e deixar o animal bem debilitado.

Estresse e ansiedade também podem causar machucado na pata do cachorro

O cachorro ansioso ou estressado geralmente apresenta comportamentos compulsivos. Um deles é a lambedura. Nesses casos, você vê o cachorro lambendo a pata em excesso e, a longo prazo, isso pode provocar feridas na região. 

Vários gatilhos podem desencadear esse tipo de comportamento, desde mudanças na rotina — como uma mudança de residência ou a chegada de um membro novo — até falta de estímulos adequados. Por isso, é importante observar bem qualquer alteração comportamental do seu pet, identificando a causa e consultando um veterinário para saber como tratar a ansiedade canina.

Como tratar ferida na almofada da pata do cachorro?

Ao ver um machucado na almofada da pata do cachorro, é importante identificar a causa do problema antes de tomar qualquer decisão. Em alguns casos, somente o médico veterinário poderá resolver e indicar o tratamento mais adequado. Porém, saber um pouquinho de primeiros socorros também pode ser bem útil em certas situações.

Se for um corte na almofada da pata do cachorro, por exemplo, o primeiro passo é estancar o sangue e desinfetar a região com água e sabonete antisséptico. Em seguida, usar um pouco de soro fisiológico, e envolver a almofadinha com gaze para protegê-la no caminho para o veterinário. 

Vale lembrar que a consulta é fundamental para que o profissional avalie a gravidade da ferida e verifique a necessidade de um tratamento com medicamentos específicos, como antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos.

Em outros casos, como na presença de queimaduras, traumas, fungos, alergias em cachorro ou até mesmo calos, o diagnóstico e tratamento também devem ser feitos diretamente por um especialista. Qualquer tipo de automedicação, bem como a utilização de receitas caseiras, deve ser evitada para não piorar ainda mais o quadro clínico.

Tutora limpando as patas de cachorro

Almofada da pata do cachorro descascando e ressecada? Saiba quais são os principais cuidados no dia a dia!

De todos os problemas que podem afetar seu amigo, a almofada da pata do cachorro descascando e ressecada é a mais comum. No entanto, alguns cuidados básicos muitas vezes já são suficientes para evitar que isso aconteça. Investir em um hidratante para patas de cachorro é uma das melhores decisões que o tutor pode tomar. Para escolher o melhor produto, converse com um veterinário de confiança e peça sugestões.

Outros cuidados que também devem ser tomados são:

  • Passear com o cachorro em horários menos quentes, para evitar queimaduras nos coxins;
  • Ter cuidado com os lugares onde o cachorro pisa enquanto passeia;
  • Limpar as patas de cachorro com lenço umedecido após os passeios;
  • Secar bem a região sempre que molhar, para evitar a proliferação de fungos e bactérias;
  • Usar hidratante para pata do seu pet;
  • Cortar as unhas de cachorro regularmente;
  • Ter atenção com os produtos de limpeza que são usados em casa.

Os passeios são uma parte fundamental da rotina dos doguinhos. O ideal é que eles aconteçam no início do dia, antes das 10h da manhã, ou no final da tarde, após as 16h. Esses são os horários de menor incidência solar, tornando o passeio muito mais confortável para os cães. Ainda assim, preste muita atenção para evitar que ele pise em cacos de vidro e qualquer coisa que possa causar uma ferida na pata de cachorro.

Além dos passeios, os cuidados com a higiene do animal são essenciais. Limpar a pata, bem como secar e hidratar a região, são algumas atitudes que devem ser incluídas no dia a dia do seu aumigo, até para evitar o cheiro de "chulé" do seu cãozinho. Além disso, não esqueça de aparar as garras dele regularmente, pois unhas muito compridas também podem machucar as almofadinhas.

Por fim, é bom saber como limpar o lugar que seu pet vive! Os produtos de limpeza, no geral, são feitos com substâncias que podem causar alergias e problemas de pele no animal. Por isso, o ideal é manter o cãozinho longe dos cômodos que estão sendo faxinados para evitar que eles tenham contato direto com esses produtos.

Pode pegar na pata de cachorro?

Se você convive com um cãozinho e não resiste à fofura das almofadinhas, já deve ter reparado que o cachorro não gosta que pegue na pata dele. Isso acontece porque a área é muito sensível e repleta de terminações nervosas, fazendo com que esses animais sejam bastante protetores com a região. Além disso, traumas e associações negativas podem ser outro possível motivo para que o cãozinho não seja muito fã de carícias nessa parte do corpo. O ideal é fazer carinho no cachorro onde ele gosta, como é o caso das orelhas, barriga, pescoço e entre os olhos.

Esses são os 210 nomes de cachorro macho mais famosos: encontre a melhor ideia para chamar o pet que acabou de adotar

Escolher um nome de cachorro macho nem sempre é fácil, já que a variedade de opções pode deixar muitos tutores perdidos. É possível ...

O cachorro mais popular de todos: saiba qual é a raça mais pesquisada no Brasil em 2024

As raças de cachorro mais populares geralmente incluem nomes como o Shih Tzu, Golden Retriever e Yorkshire. Mas sabia que tem um cão...

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Lulu da Pomerânia, Spitz Alemão e Zwergspitz são a mesma raça? Diferentes nomenclaturas causam confusão entre adotantes

O Spitz Alemão é uma das raças de cachorro favoritas para quem vive em apartamento. Além de pequeno, esse cãozinho conhecido pela pe...

Esses são os 210 nomes de cachorro macho mais famosos: encontre a melhor ideia para chamar o pet que acabou de adotar

Escolher um nome de cachorro macho nem sempre é fácil, já que a variedade de opções pode deixar muitos tutores perdidos. É possível ...

O menor gato do mundo é selvagem, praticamente cabe na palma da mão e tem a pelagem laranja

Quando pensamos no menor gato do mundo, é inevitável não considerar algumas raças de gato domésticas que são famosas pela baixa esta...

O cachorro mais popular de todos: saiba qual é a raça mais pesquisada no Brasil em 2024

As raças de cachorro mais populares geralmente incluem nomes como o Shih Tzu, Golden Retriever e Yorkshire. Mas sabia que tem um cão...

Plantei essa grama de gato e meus pets ficaram loucos: dá pra fazer com um ingrediente barato que você tem em casa

A grama de gato é uma plantinha cheia de benefícios e totalmente segura, cultivada especialmente para os bichanos. Além de deixar os...

Ver todas