Cuidados dos animais

Unhas de cachorro: anatomia, função e cuidados... tudo o que você precisa saber sobre as garras caninas

Publicado - 12 Abril 2022 - 16h57

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Cortar a unha de cachorro faz parte da lista de cuidados essenciais com um pet. As unhas fazem parte da anatomia da pata do cachorro e cumprem funções importantes na locomoção e comportamento da espécie. O cachorro possui dez unhas dianteiras e oito unhas traseiras, isso de acordo com a quantidade de dedos em cada pata. Esse número pode variar em caso de cães que possuem má formações genéticas que os fazem ter menos ou mais dedos.

Conhecer a anatomia da unha canina e entender quais são os cuidados que a estrutura requer vai possibilitar cuidar corretamente das garras e poder apará-las sem causar estresse no animal. Por isso, reunimos tudo o que você precisa saber sobre a unha de cachorro para fazer a manutenção correta!

Entenda como é a anatomia da unha de cachorro

As unhas do cachorro cumprem um papel importante na anatomia das patinhas e, além de funcionarem como um mecanismo de defesa do animal, elas atuam na sustentação dele ao se movimentar. A unha é composta por basicamente duas partes: o sabugo e a unha propriamente dita. O sabugo é uma rede macia de vasos sanguíneos, que suprem a unha com nutrição e fluxo sanguíneo, uma estrutura altamente sensível. Quando as unhas são claras, o sabugo é bem mais visível e você pode identificá-lo como uma região rosada. Se as unhas são escuras, o sabugo não fica tão visível. Por isso, na hora de cortar unha preta de cachorro é necessário redobrar a atenção.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

A unha canina é uma estrutura externa e rígida, que é composta por uma proteína conhecida como queratina, que é a mesma composição das unhas humanas. Como há nervos apenas no sabugo, o cãozinho não sente dor quando você corta a unha corretamente, sem atingi-lo, mas se a região com fluxo de sangue for machucada poderá haver dor e sangramento.

Muita gente não sabe, mas existem diferenças entre as patas de cachorro dianteiras e traseiras. O cachorro tem cinco dedos em cada pata da frente, quatro nos dedos da região plantar - que tocam o chão - e um dedo vestigial, conhecido como ergô. Alguns cães usam o ergô às vezes como um polegar, uma ajuda para segurar brinquedos ou comida. As unhas do dedo vestigial precisam ser aparadas com mais frequência, porque raramente tocam o chão e, portanto, não se desgastam. Quando não aparados, eles crescem curvados e podem machucar o doguinho. Já as patas traseiras normalmente possuem apenas quatro dedos em cada pata, sem o dedo vestigial presente nas patas dianteiras. Malformações genéticas em algumas raças podem resultar no cachorro com cinco dedos plantares, mas são casos mais raros.

Por que é preciso cortar unha de cachorro?

As unhas impactam diretamente no equilíbrio e movimento dos cachorros, por isso, qualquer alteração significativa que ocorra pode afetar a sustentação do peludo. Quando ficam muito longas, podem causar dor ao andar e influenciar no desenvolvimento de problemas musculares e esqueléticos. Com o tempo, o animal pode apresentar problemas de coluna, postura (como sentar ou ficar de pé de forma estranha) e até dificuldade em andar devido à mudança frequente da sustentação do peso por causa do crescimento das unhas. Em geral, a falta de manutenção e corte pode acabar limitando os movimentos do cachorro. Além disso, o comprimento exagerado pode acabar deixando a unha encravada. Outro problema que pode ocorrer, se as garras ficarem muito compridas é que o doguinho pode acabar se ferindo ou arranhar outras pessoas sem querer.

pessoa cortando unhas de cachorro
Use um cortador de unha para cachorro na hora de aparar as garras do pé

 

Quando cortar a unha de cachorro?

 

O ideal é que as unhas do cachorro não toquem o chão quando ele está de pé sobre as quatro patas. Se você perceber que elas estão encostando no piso ou que fazem barulho quando o seu cãozinho anda,  é sinal de que estão longas demais e precisam ser aparadas. Um truque que ajuda a identificar quando é preciso aparar é tentar escorregar uma folha de papel por baixo da unha do doguinho quando ele estiver de pé. Se a folha passar, é sinal que está tudo ok e ainda não é preciso cortar, mas se o papel travar, pode ir pegando o cortador de unha para cachorro para tirar as pontinhas. 

Se você prefere manter uma rotina regular, o ideal é cortar a cada duas semanas para manter o comprimento ideal das unhas. A boa notícia é que, quanto mais você apara, mais o sabugo vai recuando em direção aos dedos. Por isso é tão importante manter uma frequência certinha desse cuidado.

Itens para cortar unha de cachorro

A primeira coisa que você precisa fazer antes de cortar a unha do seu amiguinho é escolher o cortador de unha de cachorro ideal para isso. Nesse caso, utilize apenas itens feitos exclusivamente para uso veterinário. Existem alguns tipos de alicate para cortar unha de cachorro. Os mais comuns são:

Cortador estilo guilhotina - Para cortar a unha do cachorro, posicione a ponta da unha de forma perpendicular ao orifício do aparador. Ao pressionar as hastes do cortador, duas lâminas se uniram na vertical, cortando a unha.

Cortador estilo alicate -  Esse modelo tem o formato parecido com o de uma tesoura. Para cortar a unha com ele, basta posicionar a unha entre as lâminas e apertar. Por ser mais simples de usar, este é um dos modelos mais escolhidos entre os tutores. 

Passo a passo de como cortar unha de cachorro

Cortar unha de cachorro é simples, no entanto, é um procedimento que precisa de bastante cuidado, atenção e paciência. Por isso, procure um momento em que o doguinho esteja mais tranquilo e que você tenha bastante tempo para fazer tudo com bastante calma. 

Passo 1: separe os materiais para cortar as unhas do cachorro

- Cortador de unhas para cachorro 

- Lanterna (para cortar unhas escuras)

- Petiscos

Quando tudo estiver pronto, deixe seu cão confortável. Se o seu cão estiver um pouco nervoso, acalme-o com biscoitos ou carinhos. Isso lhe dará uma sensação de segurança e o prepara para quando você começar a cortar. Colocar uma música para cachorro bem calminha também ajuda.

Passo 2: verifique até que ponto cortar as unhas do cachorro

Tenha muito cuidado ao decidir onde cortar, pois as unhas dos cães são supridas com sangue e  um corte acidental no local errado pode causar muita dor e sangramento. É mais fácil encontrar a linha certa para cães com unhas claras, onde o sabugo é visível, enquanto pode ser um pouco mais complicado para unhas escuras. Lembre-se de seguir sempre o formato da unha, inclinando o cortador de unha para cachorro em um ângulo de 45°.

Passo 3:  hora de cortar as unhas do cachorro

Definiu a faixa de corte? Deixe seu cãozinho em uma posição confortável, na qual você consiga realizar o corte no ângulo certo. Apare uma unha  de cada vez e, se necessário, dê recompensas para manter seu amigo confortável. Se não houver nenhum sangramento no final de todo o processo e seu doguinho se comportar bem, sem chorar ou parecer sentir dor, você fez tudo certo!

Passo 4: recompense o seu amigo!

Não se esqueça de recompensar seu doguinho com petiscos depois! Dessa forma o seu peludo pode associar o corte das unhas a algo positivo e se comportar melhor nas próximas vezes.

Dica extra! Para você saber como cortar unha preta de cachorro, utilize uma lanterna para tentar enxergar até onde o sabugo vai. Olhar pela parte de baixo pode ajudar, já que essa região costuma ser mais fina e clara, o que deixa os vasos mais aparentes.

 

O que fazer quando a unha do cachorro sangrar após o corte?

 

Mesmo quando você é muito cuidadoso, sempre é possível que algo dê errado durante esse processo e, sem querer, acaba cortando mais do que devia. Caso isso aconteça, tente interromper o fluxo sanguíneo com uma gaze e coloque um pouco de antisséptico no local para evitar que o machucado infeccione. Se o fluxo sanguíneo não parar após 20 minutos, entre em contato com seu veterinário. 

Problemas comuns em unhas de cachorros

Por ser uma região que fica mais escondida, alguns problemas comuns nas unhas podem acabar passando batido pelos tutores e serem detectados quando já estão incomodando demais o doguinho, Por isso, é importante sempre olhar a pata do cachorro em busca de qualquer sinal fora do comum, seja na hora do banho ou na hora de limpar as patinhas depois do passeio. Alguns problemas comuns, como traumas, fungos e inflamação podem ser identificados nesse exame, como:

  • Trauma - Os cães são animais agitados e cheios de energia, por isso, é comum que acabem quebrando ou fraturando uma unha de vez em quando. Se uma unha estiver quebrada, é possível que você note o problema por conta de lambidas excessivas e dificuldade ao andar.

  • Inflamação - A lambedura excessiva pode ser um sinal do cachorro com a unha inflamada. Nesse caso, a primeira coisa a se fazer é limpar o local e tentar observar de onde vem o desconforto. Em seguida, será preciso cortar a unha e passar um antisséptico no local. Caso o local da inflamação esteja muito inchado e quente ou o doguinho esteja muito incomodado, é melhor consultar o veterinário. 

  • Micose - Cachorros também podem desenvolver micose nas unhas. Apesar do fungo da micose ser mais comum em gatos, os cães também podem ser afetados. Caso note alguma alteração que indique infecção fúngica, procure um veterinário para fazer uma avaliação e prescrever o melhor tratamento

  • Unha encravada - As unhas de cachorro também podem ficar encravadas caso não sejam aparadas regularmente. Nesses casos, elas crescem tanto que podem se curvar e começar furar a pele, causando feridas, inflamação e até a infecção da região. Nesse caso, a melhor opção é levar o doguinho ao veterinário para que a situação seja resolvida com um corte preciso e a administração de remédios para combater a inflamação.

Redação:  Fernanda Orrico

Edição: Luana Lopes

Adote um animal

50 nomes para cadelas pretas: ideias criativas para te ajudar a nomear o pet recém-adotado

Encontrar uma lista com 50 nomes para cadelas recém-adotadas não é uma tarefa muito difícil. Afinal, existem milhares de inspirações...

Cachorro

O Pastor Belga é bravo? 10 características sobre a personalidade da raça para conhecer antes de levar um pra casa

Elegante, leal e imponente, o Pastor Belga é um cão admirado em todo mundo. Procurados tanto pela capacidade de proteger territórios...

Adote um animal

Spitz Alemão ou Lulu da Pomerânia: 10 curiosidades para conhecer um dos cachorros pequenos mais populares do Brasil

O Spitz Alemão é famoso por ser um cachorro pequeno e peludo bem fofo e simpático. Ele surgiu na Alemanha e é considerado uma das ra...

Cachorro

Cinomose: 7 fatos para entender melhor uma das doenças de cachorro mais graves que existem

A cinomose é uma das doenças caninas mais perigosas e sérias que existem. Altamente contagiosa e frequentemente fatal, essa doença p...

Comportamento

Como saber se o gato te escolheu como dono: 6 coisas para observar e descobrir se você é o humano favorito do seu pet

O sonho de todo gateiro é ser a pessoa favorita dos bichanos. Mas como saber se o gato te escolheu como dono? Será que existem indíc...

Adote um animal

50 nomes para cadelas pretas: ideias criativas para te ajudar a nomear o pet recém-adotado

Encontrar uma lista com 50 nomes para cadelas recém-adotadas não é uma tarefa muito difícil. Afinal, existem milhares de inspirações...

Comportamento

Sonhar com gato é bom ou ruim? Veja o que os especialistas têm a dizer sobre o significado desses sonhos

Existem diferentes formas de se interpretar um sonho, principalmente quando envolvem animais de estimação. Sonhar com gato, por exem...

Cachorro

O Pastor Belga é bravo? 10 características sobre a personalidade da raça para conhecer antes de levar um pra casa

Elegante, leal e imponente, o Pastor Belga é um cão admirado em todo mundo. Procurados tanto pela capacidade de proteger territórios...

Ver todas