Raças

7 raças de cachorro mais independentes

Algumas raças de cachorro são mais independentes e não sofrem tanto com a ausência do dono. Mas atenção: você precisa compensar a atenção e carinho quando estiver em casa, combinado?!
Algumas raças de cachorro são mais independentes e não sofrem tanto com a ausência do dono. Mas atenção: você precisa compensar a atenção e carinho quando estiver em casa, combinado?!

Além das diferenças físicas que são percebidas com facilidade, as variadas raças de cachorro também têm traços muito característicos na personalidade que devem ser levados em consideração. Um grande exemplo disso são os cachorros mais independentes, que não vão encontrar tantos problemas em passar o dia sem companhia, ou seja: são perfeitos para quem trabalha e precisa deixar o animal sem supervisão por várias horas.

Ainda assim, o cachorro precisa passear, receber atenção e, até mesmo, se exercitar fora do espaço onde passa o dia quando você chegar em casa — isso é necessário tanto para a socialização, quanto para a saúde do animal. Porém, optando por uma dessas raças, você corre menos risco de ter um cãozinho entediado ou com problemas psicológicos, como a ansiedade de separação, pelo tempo passado sozinho. Conheça as raças de cachorro mais independentes aqui embaixo!

1) Shih Tzu

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    O Shih Tzu é muito dócil e independente. O cãozinho consegue passar mais tempo sozinho sem reclamar.
    O Shih Tzu é muito dócil e independente. O cãozinho consegue passar mais tempo sozinho sem reclamar.

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Um dos cachorros de porte pequeno mais popular da atualidade, o cachorro Shih Tzu tem uma personalidade super dócil e tranquila. Justamente por isso ele consegue ”se virar” bem quando está sozinho e dificilmente vai se entediar e latir demais. Ainda assim, ele é apegado ao dono e gosta de carinho: não decepcione o seu amigo quando tiver oportunidade de ficar juntinho dele!

    2) Akita

    Akita: apesar de ser um cachorro mais independente, demanda um cuidado maior na hora de ser educado.
    Akita: apesar de ser um cachorro mais independente, demanda um cuidado maior na hora de ser educado.

    A independência é um dos principais traços da personalidade do cão Akita Inu. Com descendência japonesa, ele tem o instinto de caça e proteção aos donos e, por isso, se não for bem socializado desde a fase de filhote, os cães da raça de cachorro Akita podem acabar ficando ariscos e, até mesmo, agressivos em alguns casos. Mesmo assim, ele é companheiro e também precisa de atenção, ok? 

    3) Husky Siberiano

    O cachorro Husky Siberiano é super sociável e não tem problema em ficar sozinho.
    O cachorro Husky Siberiano é super sociável e não tem problema em ficar sozinho.

    O cachorro Husky Siberiano também faz parte do time de animais de grande porte que são super independentes. Ao contrário do Akita, porém, o Husky Siberiano filhote, adulto ou idoso é super sociável e costuma conviver bem com outros animais e em casas movimentadas. Por isso, os dois lados da personalidade dele devem ser bem explorados para evitar algum possível trauma psicológico no animal. 

    4) Schnauzer

    O cachorro Schnauzer é conhecido pela inteligência e independência. Ideal para donos que precisam passar mais tempo fora de casa.
    O cachorro Schnauzer é conhecido pela inteligência e independência. Ideal para donos que precisam passar mais tempo fora de casa.

    Conhecido pelo “bigodinho” no focinho, o cachorro Schnauzer é super carinhoso, ama brincar e gosta de atenção, mas também tem independência e é inteligente o suficiente para ficar sozinho por algumas horas. Por ser muito apegado ao dono, esses momentos de solidão devem ser equilibrados com bastante atenção e carinho para que ele não se sinta abandonado: é comum que você ganhe uma “sombra” em todos os momentos em que estiver em casa! 

    5) Beagle

    O Beagle requer muita atenção para gastar a energia. Se bem treinado e com o estímulo certo, ele não sofre nos momentos que precisa ficar sozinho em casa.
    O Beagle requer muita atenção para gastar a energia. Se bem treinado e com o estímulo certo, ele não sofre nos momentos que precisa ficar sozinho em casa.

    Muito ativo, animado e, geralmente, até um pouco teimoso, o cachorro Beagle também tem a  independência como um traço de sua personalidade, mas cuidado: a curiosidade e a energia comum às raças de cães de caça pode fazer com que ele acabe se encantando pelo que não deve nos momentos em que fica sozinho em casa. O adestramento é necessário para que o cão aprenda o que pode ou não mordiscar, ou seja, o tutor precisa ter paciência para educar um amigo dessa raça.

    6) Lhasa Apso

    O Lhasa Apso é conhecido pela fofura extrema. Eles lidam super bem com ambientes tranquilos, mas precisam gastar a energia com passeios diários.
    O Lhasa Apso é conhecido pela fofura extrema. Eles lidam super bem com ambientes tranquilos, mas precisam gastar a energia com passeios diários.

    Pequeno, peludo e o sonho de qualquer pessoa que ama viver abraçada a um cachorro aconchegante, o Lhasa Apso também é super independente. No dia a dia, o cachorro Lhasa é bem tranquilo e, por isso, vai ficar sozinho numa boa, mas a história é a mesma das outras raças: ele também precisa de atenção sempre que for possível. 

    7) Pinscher

    Apesar da fama de bravinho, o pinscher não se importa em ficar sozinho em casa por algumas horas. Mas, quando você chegar em casa, ele vai querer compensar com muito carinho e brincadeiras!
    Apesar da fama de bravinho, o pinscher não se importa em ficar sozinho em casa por algumas horas. Mas, quando você chegar em casa, ele vai querer compensar com muito carinho e brincadeiras!

    Com fama de bravo apesar do tamanho, o cachorro da raça Pinscher é bem carinhoso e cheio de energia para gastar. A independência acaba vindo de sua autoconfiança super aflorada: na cabeça do Pinscher 0 e de outros tamanhos, ele é, na verdade, um Rottweiler. Ainda assim, ele gosta de carinho do dono: não negue o colo e as brincadeiras quando ele pedir!

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Próxima matéria

    Descubra em infográfico como o rabo de cachorro funciona na linguagem corporal canina!

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?
    Comportamento animal

    Comportamento canino: como fazer um cachorro parar de comer a ração dos outros animais da casa?

    Quem tem mais de um pet provavelmente tem que lidar com o intrigante comportamento do cachorro de comer a ração dos outros animais da casa, seja com o cachorro comendo a ração do gato, ou o cachorro grande comendo a ração do filhote e vice-versa. Muitos tutores ficam sem saber o que fazer com esse comportamento de cachorro, que pode ser comum. Para saber como resolver essa situação e sanar todas as dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa conversou com a veterinária Renata Bloomfield. Vem dar uma olhada no que ela contou!

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar
    Comportamento animal

    Seu gato come barata e outros bichinhos? Veja quais os perigos desse hábito do bichano e como evitar

    Todo tutor se preocupa com a saúde do gato. Não é à toa que muitos investem em uma alimentação de qualidade e sempre procuram a melhor ração para dar aos bichanos. No entanto, parece que às vezes mesmo com as melhores comidas à sua disposição, os gatos insistem em procurar outros bichinhos para se alimentar. Baratas, ratos e até mesmo passarinhos acabam sofrendo nas mãos de um gato caçador. Mas por que isso acontece? Esse comportamento pode trazer prejuízos para o organismo do felino? Como evitar gato comendo rato, barata e outros bichos? Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, preparamos uma matéria especial para você. Veja a seguir!

    Por que o cachorro
    Comportamento animal

    Por que o cachorro "cisca" depois de fazer as necessidades? Entenda esse comportamento canino!

    De todos os comportamentos do cachorro mais inusitados, um que chama bastante atenção é o ato de “ciscar” depois de fazer xixi e cocô, principalmente na rua. Alguns doguinhos nascem sabendo fazer isso, já outros cachorros filhotes podem adquirir esse comportamento observando cachorros adultos. Em todos os casos, é algo que desperta muita curiosidade nos tutores.

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!
    Comportamento animal

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!

    Passear com cachorro na rua é essencial para saúde e o bem-estar do doguinho. Mas o que fazer com o cocô de cachorro? Certamente deixar na rua não é a forma mais educada. Você deve estar se perguntando: existe algum problema com os saquinhos de plástico? A resposta é sim! Acontece que esses materiais demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Por isso, uma possível solução é buscar opções mais sustentáveis na hora de descartar o cocô de cachorro. 

    Ver Todas >