Comportamento animal

Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

Publicado - 28 Outubro 2019 - 13h10

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

É claro que existem variáveis em relação a idade, porte, raça e até se o cãozinho tem predisposição para alguma doença, mas em todos os casos, o passeio é essencial para manter a saúde do seu pet. Para que você possa entender melhor os benefícios desse hábito, listamos 9 motivos para não deixar de passear com seu cachorro e aproveitar melhor esse momento!

1) Gasta a energia do seu peludo

Cachorro com energia acumulada é um prato cheio para destruição, principalmente se estamos falando de um filhote com ânsia para conhecer o mundo com seus dentinhos. Se o cão passa algumas horas sozinho em casa, então, as chances de aprontar aumentam mais ainda. Passear com cachorro é um aliado para evitar que ele fique entediado ou até muito agitado: latidos em excesso e móveis roídos são algumas manifestações desses comportamentos. Adestradores costumam dizer que o ideal é manter o cachorro cansado a maior parte do tempo. Depois de um longo passeio, tudo que seu peludo vai querer é água fresca e um lugar confortável para relaxar.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) Aflora o instinto natural do cão

Sabe quando seu cachorro cheira todos os lugares possíveis durante o passeio? Essa é uma característica natural dos caninos. O olfato é a melhor forma de conhecerem o mundo, um instinto herdado dos seus antepassados. Cães precisam conhecer novos lugares e cheiros a todo momento. Se você mora em uma casa com quintal, pode ajudar, mas ainda assim é importante que tenham a experiência de um novo contato com algo desconhecido.

3) Deixa o cachorro menos ansioso e estressado

Se engana quem pensa que os caninos não podem ter problemas psicológicos. Um dos fatores que mais causa ansiedade e estresse no cachorro é justamente a falta de atividades físicas. Cães precisam de estímulos diários e o passeio é uma forma de deixá-los mais tranquilos e felizes. Vale lembrar que eles também precisam brincar e receber carinho, combinado?!

4) Queima calorias e previne a obesidade canina

O cachorro obeso pode até ser associado a fofura, mas saiba que uns quilinhos a mais não é nada saudável para o seu amigo. A obesidade canina geralmente vem acompanhada de dores nas articulações, aumento da pressão cardíaca e frequência respiratória, acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos e outros problemas que podem comprometer o bem-estar do animal. Além de oferecer uma alimentação balanceada e adequada, passear com cachorro todos os dias é uma forma de queimar calorias e manter o bichinho no peso ideal.

O passeio contribui, ainda, para fortalecer os músculos do seu peludo e evita outros problemas de saúde. Se você não tiver disposição para acompanhar esse ritmo, vale contratar um passeador de cães para revezar com você!

 

Passear com cachorro ajuda a manter a saúde do peludo e evita a obesidade canina!O passeio com cães pode ser um momento para você relaxar na companhia do seu amigo!O passeio ajuda a estreitar os vínculos com o seu cachorro!Passear com cachorro é muito importante para ele socializar com outros animais, pessoas e ambientes!Você pode contratar um passeador de cães para revezar as caminhadas. Seu peludo vai adorar!

 

5) Socialização com humanos e outros animais

 

A socialização é um processo que determinará muitos comportamentos do seu cachorro. Geralmente, começa ainda na fase de filhote, quando o cãozinho é apresentado a outros animais, pessoas, barulhos e movimentos. Isso precisa continuar quando o cachorro é adulto: é uma garantia de relações saudáveis com tudo que esteja ao seu redor e evita o desenvolvimento de comportamentos agressivos, medos e traumas. Uma forma muito legal de promover a socialização é levando seu bichinho em parques de cachorros (que sejam fechados e seguros): ele vai pular, correr e brincar bastante com outros cães.

6) Cria vínculos com o tutor

O passeio é um momento muito especial para um tutor e seu cãozinho. Uma chance de estreitar vínculos e, até mesmo, criar uma relação de mais obediência, confiança e controle. É muito importante que o seu cachorro tenha você como um líder: portanto, não deixe que ele guie o passeio. Mas, você também precisa dar a atenção que ele merece durante as caminhadas. Deixe o celular em casa e aproveite esse momento com seu amigo de quatro patas.

7) Marcar território

O seu cachorro não marca território na rua por acaso: essa é uma forma de comunicação entre os caninos. Cada cãozinho tem um cheiro de urina único e isso permite mostrar que tem a dominância daquele espaço, identificar os mais submissos e, no caso das fêmeas, avisar para os machos que está no cio. 

8) Fazer as necessidades fisiológicas

Esse acaba sendo o motivo mais comum para os tutores levarem seus cachorros para passear, com exceção dos filhotes que precisam tomar todas as vacinas antes de sair na rua. E, de fato, esse hábito pode ser um aliado para manter a casa sempre limpa. Nesse caso, você precisa ter o compromisso de sair de duas a três vezes por dia com seu peludo, mas é muito importante não restringir o xixi e cocô à rua: mantenha o banheiro do cachorro em casa e o ensine a usar aquele espaço para as necessidades fisiológicas sempre que precisar. Não faz bem ele ter que esperar sair de casa para esvaziar a bexiga.

9) Você, humano, pode se exercitar também

Além de todos os motivos que listamos, passear com cachorro também pode livrar você, humano, do sedentarismo. Que tal usar esse momento para também se exercitar junto com seu peludo? Vale uma caminhada mais longa ou até uma corridinha. Tênis, garrafa de água cheia, guia de passeio no cachorro e partiu! Ah, lembre-se de sempre passear cedinho ou no fim do dia, heim?! A saúde dos dois agradece.

Redação: Luana Lopes

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Ver todas