A pata de gato é um verdadeiro charme e é muito apreciada pelos amantes de felinos. Mas você já se perguntou para que serve a almofadinha do gato? Conhecido também como coxins, existem várias curiosidades acerca dessa bolinha firme e resistente, que mais parece um courinho. Confira tudo que você precisa saber sobre os coxins, gato e suas patinhas. 

Você sabe como limpar o ambiente que seu pet vive?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O que tem dentro da patinha do gato?

Você já parou para pensar o que tem dentro da patinha do gato? As patas de gato são formadas por estruturas que exercem funções importantes na locomoção, proteção e hábitos felinos. As almofadinhas da pata de gato são a parte mais fofinha e sensível do animal que absorve impactos.

Os coxins metacarpo e carpal, que agem, respectivamente, como se fosse a “palma da mão” e o “punho” do gato, funcionam como um freio para proteger o felino de escorregões. O esporão é como se fosse o “polegar” do felino e permite que ele segure objetos. Já as unhas de gato parecem pequenas garras e normalmente ficam escondidas, só  aparecem ao afofar superfícies ou para defesa, é uma estrutura muito importante que preserva o instinto do felino.

Curiosidades sobre a pata de gato

Existem várias informações super bacanas sobre a anatomia do gato, inclusive de suas patinhas, que explicam porque os felinos são animais tão incríveis e diferenciados. Confira as principais curiosidades relacionado a pata do gato:

  • Número de dedos: enquanto as patas dianteiras dos felinos têm cinco dedos, as traseiras possuem apenas quatro. Mas por que existe essa diferença? A pata da frente sofreu uma mutação do gene dominante que determina o número de dedinhos no gato para auxiliá-lo em escaladas e na captura de presas. 

  • Arranhar: todo tutor sabe que uma dos hobbies favoritos dos gatinhos é arranhar tudo que eles veem pela frente, inclusive os móveis de casa. Mas será que o gato arranhando é apenas para afiar as unhas? Acredita-se que esse hábito ajuda a desestressar um gato estressado, pois permite que o felino explore seus instintos naturais. Por isso, muitos tutores acabam investindo nos arranhadores para gatos para animar o bichano e preservar os móveis de casa.


  • Andar silencioso: você já se perguntou por que os felinos são tão silenciosos ao andarem? Os gatos são digitígrados. Ou seja, ao invés de andarem com toda a pata encostada no chão, eles andam na ponta dos pés, o que permite uma movimentação super silenciosa — vantagem e tanto para um gato caçador


  • Pulo do gato: os saltos dos gatinhos estão relacionados com o comportamento predador da espécie. Uma curiosidade super bacana sobre o “pulo do gato”, é que os felinos são capazes de saltar sete vezes a própria altura sem correrem o risco de se machucar, pois a estrutura corporal do felino amortece os impactos da queda. As patas traseiras, por exemplo, tem dedos mais compridos que ajudam o felino a pegar impulso para o pulo do gato.

  • coxins gato

1) Coxins: gato transpira pelas almofadinhas

As glândulas sudoríparas dos bichanos e cachorros ficam localizadas na pata do animal. Dessa forma, eles transpiram pelas patas. O suor das patinhas exala um cheirinho — conhecido como feromônio — que o animal esfrega em superfícies, um sinal de gato marcando território. O clássico e fofo ato do gato amassando pãozinho também pode significar que ele está marcando território. 

2) Coloração dos coxins de gato

A melanina, pigmento que dá cor à pele do animal, também é responsável pela cor das patinhas, que, normalmente, são da mesma cor do pelo do gato. Ou seja, a cor do cor felino, interfere na coloração do coxim. Gato preto pode apresentar a coloração mais escura e acinzentada nas almofadinhas. Já um gato laranja, apresenta coxins mais rosados. Os mesclados, como o gato frajola, podem apresentar as duas cores nas almofadinhas. 

3) Para que serve a almofadinha do gato?

Agora que você já sabe o que são as almofadinhas do gato, é hora de entender para que servem. Além de deixar o gatinho ainda mais fofo e cativante, os coxins servem para amortecer e auxiliar no impacto das corridas e saltos. As almofadinhas da pata do gato também servem para proteger as articulações do bichano e evitar derrapadas.

4) Coxim de gato: quais cuidados tomar?

Embora os felinos tenham o hábito de arranhar superfícies para afiar suas garrinhas, é fundamental cortar a unha de gato quando ela está grande, pois atrapalha o felino a andar e pode provocar dores e incômodos no animal. Além disso, apesar dos felinos realizarem a higiene do corpo sozinhos, é indispensável limpar as patinhas regularmente para evitar a proliferação de bactérias e microorganismos, especialmente devido ao contato das patas com o xixi e com as fezes na caixa de areia para gatos.

O que passar nas almofadinhas do gato? Para remover as sujeiras do coxim e da patinha, o tutor só precisa molhar um pano limpo em água morna e limpar entre os dedinhos e as almofadinhas. Após a limpeza, você pode — e deve — utilizar um hidratante para patas de gato para não ressecar as almofadinhas.  

patinha de gato

5) Problemas comuns nos coxins de gato

Como a pata de gato fica em contato direto com o chão, com possíveis objetos cortantes e parasitas, uma série de problemas pode afetar esse membro tão importante para o felino. É muito comum bichanos que vivem soltos chegarem em casa com as patas feridas, provocadas especialmente por objetos perfurantes.

como cuidar de ferida na pata do gato? Se a ferida for superficial, você pode fazer a limpeza da região com água morna e esterilizar com água oxigenada. Porém, se a ferida for um pouco mais grave, não hesite em levar o bichano para uma consulta com o veterinário. As queimaduras nos coxins também são super comuns quando o verão chega, e dependendo da gravidade do caso, também vai precisar de orientação médica. 

Além disso, na hora de limpar o lugar em que seu pet vive, atente-se ao uso de produtos químicos muito fortes, porque algumas substâncias podem ser tóxicas e provocar alergia em gato.