Gato

Alergia em gato: quais os tipos e como evitar?

Publicado - 24 Fevereiro 2022 - 12h36

Atualizado - 17 Maio 2024 - 12h58

A coceira em gatos muitas vezes está relacionada a quadros alérgicos. Um dos motivos que torna essa condição tão frequente é a variedade de tipos de alergia em gato. Em todos os casos, porém, os problemas de pele em gatos são bem incômodos e desconfortáveis para o pet. Quer saber quais são os sintomas que o gato com alergia apresenta? Conhecer seus tipos e como evitar cada um deles? Então confira a matéria que o Patas da Casa preparou a seguir para tirar todas as suas dúvidas sobre alergia em gatos! 

Tipos de alergia em gato: conheça as mais comuns 

A alergia em gatos é causada por uma reação do organismo a algum agente externo. Por isso, existem diferentes possíveis causas para uma alergia. Gatos com o sistema imunológico enfraquecido ficam ainda mais expostos e propensos a desenvolver o problema. Dentre os tipos de alergia em gatos mais comuns, podemos destacar: 

Alergia em gatos por alérgenos no ambiente: assim como acontece com os humanos, alguns alérgenos expostos no ambiente podem incomodar o bichano e causar alergia. Dentre os mais comuns que deixam o gato com alergia podemos citar poeira, ácaros, fungos e pólen (este último principalmente na primavera).

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Alergia em gatos de origem alimentar: alguns alimentos têm substâncias que não são bem recebidas pelo organismo. Ao ingeri-las, o corpo apresenta uma reação como forma de combater esse componente que está fazendo mal. A alergia em gato de origem alimentar normalmente ocorre quando há a ingestão de proteínas que o corpo não consegue reconhecer. O organismo reage principalmente por meio de coceira e diarreia, além disso existem casos de gatos vomitando ração decorrente da alergia alimentar. Além das proteínas, conservantes ou qualquer outra substância também podem causar alergia em gatos. 

Alergia em gatos por pulgas: o gato com alergia a pulga é muito comum em regiões de muita mata ou com pouco saneamento. Porém, também acontece em regiões urbanas e requer atenção. O gato com alergia a pulga tem uma reação à saliva do parasita que entra em contato com seu corpo por meio da picada do inseto. Essa saliva causa a alergia em gatos, trazendo muita coceira e vermelhidão no local. Além do gato com alergia a pulga, também existe gato com alergia a carrapato ou outros insetos, sofrendo com as mesmas reações após a picada. 

O gato com alergia apresenta muita coceira e vermelhidão na pele

A alergia em gatos apresenta alguns sinais que podem variar de acordo com o tipo de alergia de gato. No geral, o gato com alergia na pele sente bastante coceira. A pele também sofre com descamações vermelhidão e queda de pelo. Além disso, é comum ocorrer perda de apetite e, consequentemente, perda de peso. Assim, o bichano entra em um ciclo: por conta da alergia, gato não come e, sem nutrientes, sua imunidade enfraquece fazendo a alergia piorar e causando ainda mais lesões na pele. No caso de uma alergia em gato de origem alimentar, o bichano também pode apresentar, além desses sintomas, diarreia e vômito. 

 

Gato cinza e branco se coçando
O gato com alergia na pele apresenta coceira, descamações, vermelhidão e queda de pelo

 

Alergia em gatos: como tratar cada tipo da doença?

 

Ao identificar um quadro de alergia em gatos, como tratar? O primeiro passo é levar o animal ao veterinário para ser diagnosticado. O especialista vai avaliar o gato com alergia na pele e perguntar se há outros sintomas. Se for constatado um gato com alergia à pulga, por exemplo, o médico receitará remédio ou uma coleira antipulgas para acabar com a infestação do parasita. Nesse caso de alergia em gatos, como tratar requer também a eliminação total das pulgas do ambiente em que o pet vive.

No caso de um componente alimentar ser a causa da alergia, o gato deverá passar por mudanças na dieta. É preciso identificar que substância está causando a reação no corpo e removê-la da alimentação. Além disso, podem ser receitados medicamentos para aliviar a coceira causada pela alergia. Gatos que sofrem com alérgenos presentes no ambiente também podem precisar de medicamentos e shampoos para gatos prescritos pelo médico.

É possível evitar a alergia em gato com alguns cuidados na rotina

Sem dúvidas, um gato com alergia é um problema desconfortável. Felizmente, é possível evitar que a alergia de gato se manifeste com alguns cuidados bem simples. O corpo do gato com alergia a pulga, por exemplo, só vai reagir se houver a presença do parasita no ambiente. Por isso, a melhor forma de evitar o problema é com medidas de prevenção contra pulgas, como o uso de coleira antipulgas e a limpeza frequente da casa. Um gato com alergia alimentar também não manifestará a doença se o componente causador da alergia não fizer parte da sua dieta. Já para evitar a alergia em gatos causada por alérgenos do ambiente, também é essencial manter a higiene da casa para evitar acúmulo de poeiras, fungos e ácaros. Por fim, seja qual for o tipo de alergia, o gato com imunidade baixa terá mais chances de desenvolver o problema. A alimentação do gato balanceada e as visitas frequentes ao veterinário são fundamentais para evitar que a alergia em gato se manifeste.

Bônus: como saber se tenho alergia a gato?

A alergia a gatos também é bastante comum. Nesse caso, o contato com felinos pode provocar uma reação no organismo dos humanos. Muitas pessoas são sensíveis ao contato frequente com os pelos do gato, principalmente por causa da saliva do felino presente na pelagem, já que os gatinhos têm costume de se lamber. Mas como saber se tenho alergia a gato? Fique atento aos sinais:

  • Coceira
  • Espirros
  • Lacrimação
  • Secreção nasal
  • Garganta seca

Redação: Maria Luísa Pimenta

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Comportamento

Meu gato está intimidando meu cachorro: 7 dicas aprovadas por um vet para lidar com a situação

Ter um cachorro e gato convivendo em harmonia em casa é o sonho de qualquer tutor - mas a realidade pode ser bem diferente. Por sere...

Adoção

Parece que a internet está obcecada pelo gato marrom: saiba porque todo mundo quer um!

Você já viu um gato marrom por aí? Diferente dos gatos pretos, malhados e frajolas, esses peludinhos são bem raros e, ao mesmo tempo...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Ver todas