Nas festas de fim de ano é comum que os tutores viajem e tenham um pouco de dificuldade em saber o que fazer com os pets. Com cães, o processo costuma ser mais fácil, já que viajar com cachorro sempre é uma possibilidade. Viajar com gato, por outro lado, até é possível, mas tende a ser bem estressante para os felinos e, por isso, muitos evitam. Dessa forma, se você planeja uma viagem, é fundamental saber quantos dias um gato pode ficar sozinho e quais cuidados ter com os bichanos.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Afinal, será que pode deixar gato sozinho por 3 dias? Esse intervalo deve ser diferente com os filhotes? Para te ajudar nesse período de festividades, o Patas da Casa reuniu 5 dicas de como deixar o gato sozinho em casos de viagens e outros compromissos.

1) É bom saber quanto tempo um gato pode ficar sozinho em casa

Para isso, é importante levar em consideração a idade do gato. Quanto mais novo for o pet, menor é o tempo que ele pode ficar sem companhia. Um gato filhote de 2 meses pode ficar sozinho por, no máximo, uma hora. Já um gato de 4 meses pode ficar até quatro horas sem os humanos; e um gato de 6 meses até oito horas. 

O gato adulto, por outro lado, aguenta um período de tempo maior sem os tutores. Se ele não for um gato carente e já estiver acostumado a passar algum tempo só, os gatos podem ficar sozinhos por até 48 horas — ou seja, dois dias! Mas não pode passar disso.

2) Como gatos podem ficar sozinhos por pouco tempo, o ideal é procurar hospedagens para pets

Procurar um hotel para gatos muitas vezes é a melhor alternativa para evitar ultrapassar o máximo de quanto tempo um gato pode ficar sozinho. Ou seja, se você pretende fazer uma viagem de mais de dois dias e seu bichano tem uma personalidade amigável, uma boa ideia é deixá-lo sob os cuidados de alguma hospedagem para pets. 

Lá, terão profissionais qualificados para cuidar do gato e de todas as necessidades dele. No entanto, também é importante que o tutor faça uma “malinha” com alguns pertences do animal, como caminha, pote de comida, bebedouro e brinquedinhos.

Pessoa limpando a caixa de areia de gato

3) Cat sitter é outra opção interessante para evitar deixar o gato sozinho

Como a maioria dos gatinhos é mais reservada e pode ficar bastante estressada ao sair de casa, outra opção para evitar deixar os gatos sozinhos é contratar o serviço de cat sitter. Nesse caso, os bichanos não saem do conforto de casa e é o profissional contratado que vai até a residência cuidar das necessidades do animal. 

Ele vai colocar ração, trocar a água, limpar a caixa de areia de gato, substituir a areia e até dar medicamentos, caso o felino esteja realizando algum tratamento específico. Além disso, também poderá dar atenção e estimular fisicamente o pet com algumas brincadeiras. O preço de cat sitter costuma ser entre R$ 30 e R$ 40 a hora.

4) Gatos podem ficar sozinhos por até 48h, desde que tenham tudo de que precisam ao seu dispor

Ao ficarem em casa sozinhos — mesmo que uma cat sitter vá visitá-los —, é importante tomar algumas providências para cuidar do bem-estar animal e evitar um gato estressado, ansioso ou até mesmo doente. Os principais deles são:

  • Abastecimento de água e comida
  • Deixar a caixa de areia limpinha
  • Apostar no enriquecimento ambiental para gatos (nichos, prateleiras, brinquedos)
  • Minimizar riscos de acidentes (desligar o gás, desplugar aparelhos das tomadas, ter telas de proteção nas áreas que dão acesso às ruas, deixar janelas entreabertas, jogar o lixo fora, colocar pesos nas portas para evitar que elas fechem acidentalmente, guardar fios expostos, etc.)

Mas se você está se perguntando como deixar gato sozinho por 4 dias, saiba que esse não é o recomendado. O máximo de quanto tempo um gato pode ficar sozinho é 48 horas (ou 2 dias). Qualquer intervalo superior a isso pode comprometer a saúde e o bem-estar do pet. Por isso, o mais recomendado nesses casos é ver uma hospedagem, pet sitter ou pedir para algum amigo ou familiar visitar o animal durante a sua viagem.

5) A saudade pode afetar os bichanos, por isso vale deixar uma peça de roupa com os pets

O que o gato sente quando o dono viaja? Saudade! Sim, é isso mesmo: os gatos sentem saudades, especialmente quando o tutor passa muito tempo fora. Pode parecer que não, porque os felinos são bem sutis na hora de demonstrar sentimentos, mas o amor de gato existe e os bichanos costumam sentir falta dos donos depois de alguns dias longe. Por isso, se o seu gatinho vai ficar em casa sozinho por alguns dias, uma dica é deixar peças de roupa com o seu cheirinho para deixá-lo mais confortável e fazê-lo se lembrar de você.