Viajar com gato é algo muito mais complicado do que com cachorros. É por isso que, conforme as férias vão se aproximando, sempre bate aquela dúvida nos donos de gatinhos: onde posso deixar o meu animal durante a viagem? Felizmente, hoje em dia existem mais opções de hospedagem para gatos que oferecem segurança e conforto aos bichanos enquanto você curte as férias sem preocupações. Para que tudo ocorra da melhor forma, você deve pesquisar bem sobre o local que o seu gatinho vai ficar e tomar alguns cuidados. Para entender melhor sobre os serviços, separamos alguns cuidados que você deve ter na hora de escolher o melhor local para deixar o seu gatinho durante uma viagem. Confira!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Um bom hotel para gatos deve ser muito seguro

Antes de escolher um hotel de gatos, você deve tomar alguns cuidados. O melhor é sempre visitar o local da hospedagem e observar alguns detalhes importantes, entre eles:

  • O espaço é telado?

O principal cuidado é se certificar de que o local escolhido é seguro e se há telas de proteção que vão impedir a fuga do seu e de outros felinos que se hospedarem naquele local. Gatos podem ser bem curiosos em um novo ambiente e todo o cuidado é necessário para que eles explorem o lugar em segurança.

  • O hotel é misto? Existem cachorros nesse local?

Algumas creches e hospedagem para gatos podem ser mistas. Isso é, há um espaço para cães e outro espaço para gatos. Se o seu gatinho não é acostumado com cães, pode ficar muito estressado. Assim, talvez seja melhor procurar um local que só receba gatinhos. 

 

Viajar com gato nem sempre é fácil, então uma hospedagem pode ser uma boa solução

Viajar com gato nem sempre é fácil, então uma hospedagem pode ser uma boa solução

 

 

  • Em caso de emergência, há veterinários disponíveis para atender o seu gatinho?

 

Certos serviços de hospedagem já colocam no valor um custo adicional para emergências veterinárias. Procurar por um hotel para gatos que tenha esse adicional é a melhor alternativa, afinal, você não estará por perto para socorrê-lo. Além disso, nesse tipo de hotel, gatos vão receber o melhor atendimento veterinário possível e você, como tutor, será informado de todos os procedimentos.

  • O hotel de gatos possui uma área recreativa?

Não vale a pena deixar o seu animal hospedado em um lugar que não possua uma estrutura completa para recebê-lo. É melhor pesquisar com calma e procurar um local que entenda de gatos e que seja bastante gatificado - com brinquedos, prateleiras, arranhadores e outros estímulos que vão deixar o seu gatinho confortável. Afinal, se não for para ele ir para um lugar completo, é melhor ficar em casa.

 

Se o hotel para gatos não é uma boa opção, você pode contratar um catsitter para cuidar do seu gatinho em casa

Se o hotel para gatos não é uma boa opção, você pode contratar um catsitter para cuidar do seu gatinho em casa

 

 

Hotel para gatos não é uma opção? Busque um catsitter para cuidar do seu amigo

 

Felinos mais medrosos, que não se adaptam a mudanças ou não convivem muito bem com outros animais podem ficar bem estressados durante a estadia em um hotel de gatos. O catsitter (em tradução, babá de gatos) é uma boa opção para esses casos. A pessoa contratada vai na sua casa e cuida do seu gatinho, incluindo brincadeiras, alimentação e limpeza da caixa de areia. Você só precisa explicar como é a rotina do animal e orientar o profissional para que tudo ocorra bem. Outra vantagem do catsitter é o preço, que é muito mais em conta do que o hotel para gatos. 

Outra alternativa é pedir a um amigo ou familiar que olhe o seu gatinho quando você viajar. Dependendo de quem seja, você não vai gastar nada com isso e o seu bichano vai se sentir mais confortável em casa com uma pessoa que ele conheça. Essa acaba sendo uma solução mais confiável!

Redação: Júlia Cruz