Vacinas

Tabela de vacinas para gatos: entenda como funciona o ciclo de imunização dos felinos

As vacinas para gatos são fundamentais para manter a saúde do animal. Veja como funciona a tabela de vacinação
As vacinas para gatos são fundamentais para manter a saúde do animal. Veja como funciona a tabela de vacinação

Manter um gato forte e saudável não é nenhuma missão impossível, principalmente quando eles são bem cuidados. Uma coisa essencial que não pode ser esquecida é a imunização. A vacina de gato é uma medida bastante eficaz para evitar a exposição dos felinos a doenças graves e zoonoses, que são patologias que podem ser transmitidas dos animais para os humanos. No entanto, a tabela de vacinas para gatos pode gerar algumas dúvidas, principalmente quanto ao intervalo de tempo entre cada dose. Para entender melhor como funciona o ciclo de imunização dos gatinhos, separamos algumas informações importantes a respeito desse tema. 

Quais as vacinas para gatos principais e como elas agem no organismo felino?

Existem diferentes tipos de vacinas para gatos, mas uma das principais é a polivalente. Trata-se de um imunizante que protege o felino das mais variadas doenças, e que possui diferentes versões, como a V3 (tríplice), V4 (quádrupla) e a vacina V5 para gatos, que também é chamada de quíntupla ou múltipla.

Com a V3, é possível evitar doenças como a rinotraqueíte, calicivirose e panleucopenia, enquanto a V4 também inclui a clamidiose, além das enfermidades já mencionadas. Já a vacina V5 para gatos é a mais completa de todas e, além de imunizar contra as mesmas doenças da V4, também protege os gatos contra a leucemia felina (FeLV). E não acaba por aí: além das polivalentes, os bichanos também precisam tomar a vacina antirrábica, que atua na prevenção do vírus da raiva, uma zoonose super perigosa.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A vacina V5 para gatos é considerada a mais completa das polivalentes
    A vacina V5 para gatos é considerada a mais completa das polivalentes

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Conheça melhor a tabela de vacinas para gatos

    Logo depois de nascer, o filhote de gato precisa ser levado ao veterinário para uma análise clínica da saúde e também para receber as primeiras orientações quanto à imunização felina. Normalmente, recomenda-se que os gatinhos recebam a primeira dose de vacina por volta da oitava semana de vida, próximo de completar 60 dias. A tabela de vacinas para gatos durante esse período em gatos deve respeitar a seguinte lógica:

    Vacina de gato polivalente (V3, V4 ou V5): a primeira dose é realizada a partir dos 60 dias de vida.

    Vacina de gato polivalente (V3, V4 ou V5): a segunda dose é realizada entre 21 a 30 dias após a primeira dose.

    Vacina de gato polivalente (V3, V4 ou V5): a terceira dose é realizada entre 21 a 30 dias após a segunda dose.

    Vacina de gato antirrábica: a primeira dose é feita a partir do quarto mês de vida.

    Depois disso, os animais devem receber  doses de reforço anualmente. Isso vale tanto para as vacinas polivalentes quanto para a vacina antirrábica.

    Será que tem problema atrasar a vacina de gato?

    Infelizmente sim. Para que a imunização seja completamente eficaz, é fundamental respeitar os prazos estabelecidos no calendário de vacinação dos gatos. Caso contrário, o animal ficará vulnerável e corre o risco de adoecer. Por isso, se a vacina já estiver atrasada, o mais indicado é procurar um médico veterinário o quanto antes para saber se a saúde do gato não foi comprometida e se é possível vaciná-lo novamente.

    Caso você tenha um pet que nunca foi vacinado, a orientação é que sejam aplicadas duas doses da vacina múltipla, com 21 dias de intervalo. Também é recomendado uma dose da vacina antirrábica no bichano, assim como os reforços anuais.

    Redação: Juliana Melo

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos
    Saúde

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos

    Uma das doenças gastrointestinais mais sérias e conhecidas entre os humanos também possui a sua versão no universo felino: a pancreatite em gatos tem uma ação bastante similar no corpo dos nossos bichanos e também precisa de tratamento imediato para não causar danos à saúde do gato. É claro que isso se torna motivo de preocupação para os gateiros, mas não se assuste! A pancreatite felina tem tratamento e é possível diminuir o avanço da doença com alguns cuidados simples. 

    Por que os gatos dormem tanto? Entenda as horas de sono dos felinos
    Comportamento

    Por que os gatos dormem tanto? Entenda as horas de sono dos felinos

    Não importa se você ainda está se acostumando com os hábitos de um gato ou se já tem a companhia de um deles em casa: todo mundo se espanta com a quantidade de tempo que os gatinhos passam dormindo durante o dia. A pergunta que é um clássico e deve bater recordes nos consultórios veterinários reforça a preocupação que muita gente tem com a rotina de sono dos felinos: afinal de contas, o sono em excesso é normal ou é preciso se preocupar? Descubra mais sobre a rotina de sono dos gatos que muitos de nós gostaríamos de copiar!

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >