Adoção animal

Quais exames um cachorro de rua resgatado precisa fazer?

Publicado - 08 Dezembro 2023 - 11h15

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Resgatar um cachorro de rua é um lindo ator de amor e carinho com os animais. Além de não terem casa e alimentação adequada, os cães abandonados ficam expostos a muitos perigos do dia a dia. Todos esses fatores contribuem para que o cachorro resgatado das ruas desenvolva problemas de saúde. É exatamente por isso que uma das primeiras coisas que se deve fazer ao resgatar um cachorro abandonado é levar o animal ao veterinário.

Mas quais exames o cachorro de rua precisa fazer? O Patas da Casa responde essa pergunta e ainda dá dicas de como fazer o resgate de cachorros abandonados a seguir!

Cachorro resgatado das ruas precisa fazer exames para avaliar como está sua saúde

Um cachorro rua fica exposto a diferentes agentes causadores de doenças, como vírus e bactérias. Feridas pelo corpo também podem ser frequentes, seja por conta de brigas com outros animais, maus-tratos ou acidentes.

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Há ainda muita incidência de vermes em cachorros de rua, que constantemente entram em contato com água suja, lixo e objetos contaminados. Ou seja: são muitos os problemas de saúde que o cachorro de rua pode apresentar, já que ele não recebeu cuidados médicos ao longo da vida.

Mesmo que ele não aparente ter nenhum problema, é fundamental averiguar, já que muitas doenças são silenciosas e demoram a apresentar sintomas.

Além disso, sempre há o risco de o animal portar zoonoses (como raiva canina e leishmaniose). Levar o cão ao médico logo após o resgate de cachorro para realizar exames pode salvar a vida do animal e também a dos humanos que vão conviver com ele.

O que o veterinário avalia na consulta após o resgate de cachorros abandonados?

O cachorro de rua que foi resgatado precisa ser levado ao médico veterinário antes de ir para a casa nova ou ter contato com outros pets. Essa rapidez faz toda a diferença pois, caso o animal esteja doente, quanto mais cedo se chegar a um diagnóstico melhores são as chances de cura.

Após o resgate de cachorros abandonados, o veterinário vai realizar um check-up. Ele vai avaliar a condição física do animal, comportamentos, se há feridas expostas pelo corpo etc. Após o check-up, o especialista vai definir quais exames mais específicos serão necessários.

Os principais exames que um cachorro de rua deve fazer após o resgate

Um dos principais exames que o cachorro deve fazer é o que detecta a cinomose, grave doença canina com alto nível de contágio. O exame de sangue em cachorro também consegue identificar infecções, anemia e até mesmo a doença do carrapato. Outro exame comum é o de de urina e fezes, que checa se o cachorro resgatado apresenta doenças no sistema urinário e intestinal, diabetes e verminoses.

Se o cachorro de rua estiver mancando e com suspeitas de problemas nos ossos, o veterinário também pode pedir um raio-X. Já a ultrassonografia para cachorro ajuda a identificar se há alguma doença ou lesão nos órgãos abdominais e, por isso, também é um exame recorrente após resgates. 

 

O veterinário vai avaliar se o cachorro resgatado apresenta machucados pelo corpo
O veterinário vai avaliar se o cachorro resgatado apresenta machucados pelo corpo

O cachorro resgatado precisa fazer todo o ciclo de vacinas

 

Depois de receber o resultado dos exames, cachorro receberá orientações mais específicas do veterinário. Se o cachorro resgatado estiver com algum problema de saúde, o médico vai explicar qual tratamento deve ser feito de acordo com a condição do pet.

Se ele não apresentar nenhuma doença, segue para o ciclo de vacinas para cachorro. Mesmo os cachorros adultos devem tomar todas as doses, já que não dá para saber o histórico de saúde do animal que vivia na rua. É importante também que o cachorro tome vermífugos para tratar e prevenir parasitas. 

Castrar o cachorro resgatado faz parte dos cuidados essenciais

A maioria dos cães que vivem na rua não são castrados. Por isso, outro procedimento bastante indicado após o resgate é a castração do cachorro. Além de evitar crias indesejadas e mais animais abandonados, o procedimento diminui as chances do animal desenvolver doenças como câncer de mama em fêmeas, piometra e câncer de próstata nos machos. Os comportamentos como marcação de território e tentativa de fuga para acasalar também diminuem consideravelmente.

Resgate de cachorro abandonado: saiba como proceder

Na hora de fazer o resgate de cachorros, é muito importante manter a calma. O primeiro passo é deixar que o cão se aproxime. Você não sabe como é o comportamento do animal, então ter cautela é fundamental. Em seguida, siga o passo a passo abaixo:

Passo 1: Dê petiscos e trate o cachorro de rua com carinho para que ele sinta confiança.


Passo 2: Quando ele se aproximar, deixe que ele faça o primeiro contato e cheire o dorso da sua mão.


Passo 3: Se ele estiver cheirando e tudo parecer tranquilo, você pode fazer o resgate de cachorro.


Passo 4: Lembre-se que cães desconhecidos podem ter doenças que você não sabe. Por isso, o ideal é utilizar luvas na hora de pegar o cão para prevenir a contaminação. Caso não tenha luvas, você pode improvisar com algum tecido ou peça de roupa.

Antes de pegar o cachorro abandonado, confira se ele apresenta machucados. Nesse caso, tenha cuidado extra na hora de segurá-lo. Enrole o animal em uma toalha ou uma mantinha para fazer o transporte até o veterinário com conforto e segurança.  Se no calor do momento você estiver em dúvidas sobre como realizar o resgate de cachorro de rua, telefone para um veterinário de confiança para que ele te explique com calma o que deve ser feito. Não hesite em buscar ajuda para salvar a vida do animal.

Outras dúvidas sobre um cachorro de rua

O que fazer com cachorro em situação de rua?

Adotei um cachorro de rua, o que fazer? O primeiro passo para fazer o resgate do animal é tirá-lo das ruas e levá-lo a um veterinário. Lá, será feito um check-up geral da saúde do animal com a realização de diversos exames. Cachorro, se estiver saudável, está livre para ir para a casa ou para um abrigo.

Para não faltar nada ao pet, não esqueça de montar um enxoval para cachorro com tudo que ele precisa: ração, comedouro, bebedouro, brinquedos e tapetinhos higiênicos.

Quanto tempo vive um cachorro de rua?

Quantos anos vive um cachorro vira-lata vai depender dos cuidados que o animal recebe. A expectativa média de vida de cães sem raça definida (SRD) é de até 16 anos. E como saber a idade de um cachorro de rua? Uma dica é avaliar os dentes do cachorro: cães mais velhos normalmente têm o dente mais amarelado e com acúmulo de tártaro. Além disso, considere também o porte do animal e os pelos próximos ao focinho.

Pode fazer carinho em cachorro de rua?

O ideal é não se aproximar de um cachorro de rua sem saber como ele vai se comportar. A aproximação deve ser gradual, pois alguns cães podem ser desconfiados e partir para o ataque. A mordida de cachorro de rua pode transmitir algumas doenças, por isso é importante ter muito cuidado.

"Fui mordido por um cachorro de rua, o que fazer?" O mais recomendado nesses casos é correr para a emergência e consultar um médico, principalmente se houverem sintomas como febre, inchaço e pus. No hospital, você receberá todas as orientações para tratamento e recuperação.

Publicado originalmente em: 23/01/2023
Atualizado em: 08/12/2023

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Adote um animal

Esses são os gatos mais caros do mundo - e filhote de um deles pode custar mais de R$600 mil

Os gatos de origem genética rara e aparência exótica conquistam cada vez mais o coração dos gateiros. Além de encantadores na aparên...

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Ver todas