Comportamento

Miado de gato: aprenda a identificar o que os felinos querem expressar!

Miado de gato: um som fofo, mas que pode significar muitas coisas. Saiba como identificar o que seu bichano quer!
Miado de gato: um som fofo, mas que pode significar muitas coisas. Saiba como identificar o que seu bichano quer!

O miado de gato pode ser uma das coisas mais fofas do mundo! Apesar de usar essa comunicação bem pouco quando comparado aos caninos, os gatinhos sabem a hora e o momento de se expressarem, e por isso você deve prestar bem atenção ao tom que acompanha esse miado. Enquanto alguns felinos são bem silenciosos - causando até espanto nos donos quando soltam algum miado -, outros podem usar esse artifício para sinalizar tudo o que quiserem. O gato miando pode significar muitas coisas, entre elas que está com fome, dor, raiva, indicar a outros felinos que se está no cio e até para pedir carinho. Alguns cientistas dizem que gatos podem possuir até 70 tipos de miados diferentes! 

Preparamos uma matéria com os diferentes tipos de miados que o seu gato pode emitir. Preste bem atenção aos sinais para ter uma comunicação ainda melhor com o seu amigo. 

Por que o gato mia? 

O gato mia porque essa é a maneira que ele tem de se expressar. Às vezes, só ronronar ou se esfregar nos donos não é suficiente para ele indicar como se sente. Até mesmo porque não é todo gatinho que é tão íntimo de seu dono - sim, existem gatos mais independentes que só se dirigem ao seu humano quando estão precisando de alguma coisa. Nesse caso, a solução é miar para que ele seja compreendido. Por isso, é muito importante saber identificar quais os tipos de miado e o que eles significam. 

Miado de gato bravo vem acompanhado de rosnados

O miado do gato bravo é bem característico. Costuma ser um miado longo e agudo, que vem acompanhado de rosnados, grunhidos e até mesmo de pequenas patadas (em outros animais ou humanos). É um som único produzido somente nesses momentos de raiva e estresse, por isso não é difícil antecipar quando um gato está se sentindo furioso. Observe o miado e também a postura corporal. Dê um tempo para o seu gatinho se acalmar e não brigue com ele, afinal, se ele está se expressando desta forma é porque algo o está incomodando. 

É da natureza dos felinos serem territorialistas e brigarem para proteger o que consideram deles. Esse miado pode ser usado também para se defender de outros gatos, indicando que, caso o outro felino insista, ele vai atacá-lo para se proteger.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O gato miando é uma forma dele se expressar quando quer algo, seja carinho ou comida, e até mesmo para indicar se está bravo ou com dor.
    O gato miando é uma forma dele se expressar quando quer algo, seja carinho ou comida, e até mesmo para indicar se está bravo ou com dor.

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Gato miando também pode ser um sinal de amor

    Um miado suave e carinhoso pode ser uma forma do gato te cumprimentar, já que estudos mostram que o som de gato miando assume um tom próximo ao som da voz de seus humanos. Nesse tipo de miado, costumam também “amassar” o local onde estão com as patinhas, um ato bem comum para expressar carinho. Em outros casos, o gato pode usar o miado para pedir que você faça carinho nele: observe se o bichano deita no chão ou fica se “enroscando” em você ao miar. Se sim, é hora de usar suas infalíveis táticas para afofar a barriguinha e orelhas do seu gatinho.

    Miado de gato para pedir comida

    Além de indicar que a comida no pote acabou, os gatinhos também podem ser muito gulosos, assim como os cachorros. Alguns ficam desesperados ao ouvir o barulho de um pacote de petisco ou sachê se abrindo. É um miado mais alto, quase desesperado, que é aguçado pelo cheiro saboroso daquela comida. Se o seu bichano ama esses alimentos, pode ser uma boa investir nesse agrado de vez em quando. 

    Gato miando muito alto pode ser para chamar atenção

    No caso de gatos miando muito alto, é importante observar o animal, pois ele pode estar chamando a sua atenção para indicar muitas coisas, inclusive que está sentindo dor. Nesse caso, além de querer e precisar chamar a atenção, o gatinho está tentando pedir ajuda. O som é o mesmo de um miado de gato alto quando está em apuros ou preso em algum lugar. Ao perceber que o miado do seu animal está cada vez mais alto e frequente, considere levá-lo ao veterinário para uma consulta, principalmente se estiver acompanhado de outros sinais. 

    Miado de gato no cio: como identificar?

    Quando estão no cio, as gatas fêmeas indicam essa condição aos gatos machos. Para isso, elas miam sem parar em um tom melancólico e estridente, podendo até vir acompanhado de um pequeno choro (muitas vezes, até parece com o som de um bebê chorando). Esse miado é facilmente identificado por um gatinho do sexo masculino, que mia em resposta para tentar achar a fêmea. O barulho pode ser ensurdecedor!  

    Durante a reprodução, então, o barulho é ainda pior! As gatas fêmeas costumam gritar quando se acasalam porque o pênis do gatinho macho possui espinhos. Por esse e outros motivos, a castração é muito importante. Além de evitar esse desconforto nas gatinhas, a esterilização vai evitar os miados extremamente altos durante o cio (e, às vezes, até problemas com os vizinhos,  já que o período da noite e madrugada costuma ser o horário escolhido pelos gatos para essas aventuras). 

    Redação: Júlia Cruz

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Próxima matéria

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Como identificar um gato de raça? Veja alguns padrões físicos que definem uma linhagem de felinos
    Raças

    Como identificar um gato de raça? Veja alguns padrões físicos que definem uma linhagem de felinos

    Antes de ter um bichinho, várias questões podem surgir na cabeça do futuro tutor. Será que é melhor comprar/adotar um gato filhote ou adulto? É necessário fazer a gatificação da casa para receber o animal? Como saber se o gato é de raça ou não? Bom, essa última pergunta pode ser facilmente respondida se o bichano for adquirido em um pet shop ou em um gatil de confiança. Mas quando o gato é adotado ao acaso, fica realmente mais difícil de saber a procedência do animal e, consequentemente, a sua raça. Entretanto, existem algumas técnicas de observação que ajudam a identificar se o gato é de raça ou vira-lata. Confira!

    Ver Todas >

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?
    Comportamento animal

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?

    É bem provável que você já tenha visto um cachorro na janela do carro curtindo o ventinho no rosto ou até tenha presenciado o seu doguinho fazer isso. Essa é uma situação super comum, principalmente quando os donos decidem viajar com cachorro de carro ou nas idas para o veterinário. Mas já parou para se perguntar por que esses bichinhos gostam tanto de ficar com a cabeça na janela? Será que é só por uma questão de aventura, ou existe explicação por trás do comportamento?

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?
    Comportamento animal

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?

    Quem nunca viu um cachorro correndo atrás de uma bola? A  bolinha para cachorro  é clássica e um dos brinquedos preferidos desses animais. Qualquer cãozinho quando vê uma bola se diverte bastante, principalmente aqueles mais energéticos e ativos. Porém, engana-se quem pensa que toda bolinha é igual, porque há uma infinidade de modelos que podem ser comprados. Não existe um melhor que o outro, mas sim o que é mais adequado para cada tipo de cachorro, levando em conta a idade, tamanho e nível de energia.

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)
    Comportamento animal

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)

    O adestramento de cachorro é super conhecido por aí, mas algumas pessoas não sabem que os gatos domésticos também pode ser treinados. Adestrar gato também promove muitos benefícios à rotina do pet, além de aproximá-lo do tutor e mudar comportamentos inadequados. No entanto, o processo de adestramento do gato é bem diferente do que já estamos acostumados com os cães. 

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil
    Comportamento animal

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil

    Um dos grandes desafios que vários tutores enfrentam é não saber como socializar gatos corretamente, o que pode desencadear problemas de convivência, como ciúmes e brigas. Normalmente, o período mais indicado para fazer a socialização é quando o gato ainda é um filhotinho, porque ele ainda está se adaptando ao mundo e fica mais fácil de apresentá-lo a novas experiências. 

    Ver Todas >