A raça Collie pode ser confundida com um outro cãozinho de nome muito parecido, que é o Border Collie. Mas, embora essas duas raças de cachorro “Collie” possuam alguns traços físicos parecidos e sejam de origem escocesa, existem muitas diferenças. O cachorro Collie - também conhecido como cachorro Rough Collie - tem lá suas particularidades. Se você nunca ouviu falar na raça Collie ou não sabe muitas informações, chegou a hora de conhecer todos os detalhes: o Patas da Casa te mostra algumas das suas principais características! Te explicamos desde a origem do Collie, seus aspectos físicos, personalidade e como cuidar de um cachorro Collie, caso esteja pensando em adotar um. Prepare-se para se apaixonar!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

A raça Collie tem sua origem na Escócia

A história da raça de cachorro Collie começa na Escócia, através de cruzamentos entre cães trazidos pelos romanos e cães locais. Esses cruzamentos levaram a duas possibilidades de Collie: tipos de pelo longo e tipos de pelo curto. Porém, o primeiro registro de um cachorro da raça Collie vem dos anos 1800. Esses cães eram usados para trabalho, principalmente de pastoreio. Acredita-se que o nome da raça, inclusive, tem relação com isso, já que o termo Collie significa “útil” em gaélico.

Os cachorros Collins atuavam em atividades de pastoreio, serviam como cães de guarda e ainda trabalhavam com tração, puxando carroças. A popularidade do Collie - que às vezes é chamado de Colliou - aumentou no final dos anos 1800, quando a Rainha Vitória da Inglaterra se apaixonou por um cãozinho da raça, fazendo sua popularidade crescer muito.

Os pelos do cachorro da raça Collie são o que mais chamam atenção

A raça de cachorro Collie é dona de uma juba incrível que chama a atenção de qualquer um. O que poucas pessoas sabem é que é possível encontrar dois tipos de Collie: com pelo longo ou curto. Os cachorros Collie de pelos longos são os mais conhecidos - principalmente por conta da famosa personagem Lassie, a cachorra da raça criada pelo escritor Eric Knight e eternizada em séries e filmes. Seus pelos são compridos, densos e ásperos e possuem um subpelo bem macio.

Já os Collie de pelo curto tem a pelagem menos densa e com comprimento menor. Os dois cachorros da raça Collie podem aparecer nas cores sable (dourado com detalhes brancos), tricolor (preto, castanho e branco), azul-merle e branco. O Collie, raça de cachorro de porte médio, possui ainda a cabeça em formato triangular com focinho alongado.

Cuidados com o Collie: saiba como manter o pet sempre bem tratado

  • Pelagem e escovação:

Se prepare para encontrar muito pelo do cachorro Collie escocês pela casa! Além disso, os Collie com pelo longo também tendem a ter nós espalhados pelo corpo. Devido a essas duas situações, e para evitar alergias, recomenda-se que o tutor escove o pet pelo menos uma vez por dia para remover a pelagem morta e evitar que os pelos fiquem embaraçados. Já o Collie de pelo curto, assim como seu quase xará Border Collie, solta muito pelo apenas na época de troca. Normalmente, a queda é menor que a do Collie de pelo longo. Por isso, a escovação pode ser feita de duas a três vezes por semana, podendo aumentar no período de troca de pelos. 

  • Banho:

Cuidar da higiene do Colin, cachorro que possui muitos pelos, é essencial para mantê-lo limpinho. O banho frequente é fundamental para evitar que sujeiras e microorganismos se acumulem na pelagem, assim como ajuda a evitar o aparecimento de dermatites pelo corpo. Dar banho no cachorro Collie uma vez por mês é essencial para manter sua higiene em dia. Lembre-se também de sempre secá-lo bem após os banhos.

  • Dentes:

Todo cachorro - raça Collie ou não - precisa escovar os dentes com frequência. Isso é fundamental para evitar que a sujeira se acumule provocando doenças como o tártaro. O ideal é escovar os dentes do Collie todos os dias ou ao menos quatro vezes por semana.  

  • Unhas:

É importante manter as unhas do cachorro Collie sempre aparadas. Como a raça Rough Collie gosta de estar sempre em movimento e se exercitando, é importante deixá-las cortadas para evitar dificuldades nos exercícios. Aparar as unhas do cãozinho também ajuda a evitar arranhões durante as brincadeiras. 

  • Exercícios físicos:

Se você pretende ter um cachorro da raça Collie em casa, não esqueça de dedicar uma parte do seu dia para levá-lo para passear. Como foram treinados inicialmente para servirem como cães de pastoreio, são muito ativos e precisam de uma rotina com exercícios físicos para “extravasar” o acúmulo de energia. Caso contrário, o Collie pode se tornar um cachorro bagunceiro para compensar. Por isso, passear com o cachorro Collie ou investir em brinquedos interativos é essencial na rotina para gastar a energia dele.

O cachorro Collie possui uma personalidade sociável e extrovertida

O Collie é um cachorro extrovertido e amigável. Ele ama brincar e se divertir com a família, pois tem energia de sobra. Quem tem um cãozinho da raça tem um verdadeiro companheiro, já que, além de amar ficar junto da sua família, ele é muito fiel. O que pode surpreender algumas pessoas é que o cachorro da raça Collie ama agradar e tem um bom instinto protetor, muito por conta de sua origem de pastoreio. Isso faz com que queira estar sempre cuidando de todos.

Bem humorado, o Collie tem uma personalidade muito tranquila e se adapta facilmente em diversos ambientes. Além disso, por ser trabalhador, gosta de se sentir útil, então atividades físicas são essenciais para o Collie. Raça é uma daquelas que precisa de atenção constante da família. Ele pode até ficar sozinho uma vez ou outra, mas isso não é algo que pode acontecer com muita frequência, ou o cachorro Collie tende a se sentir abandonado e frustrado. Isso, por sua vez, pode desencadear comportamentos como latidos excessivos. O Collie escocês é incrivelmente apegado com a família e precisa se sentir amado e querido por seus membros.

  • Convivência com estranhos:

O cachorro Collie é extremamente sociável e costuma se dar bem com estranhos. Ele tem um jeitinho simpático que deixa todos apaixonados pelo pet. O Collie não é agressivo e não vai atacar pessoas desconhecidas. Ele pode, no máximo, ficar alerta caso sinta algum tipo de perigo.

  • Convivência com outros pets: 

Com o jeito extrovertido da raça Collie, cachorro não se dá bem apenas com humanos. No geral, o Collie é simpático e sociável com outros animais também. A convivência é muito tranquila, então não trará nenhum problema para a casa. 

  • Convivência com crianças:

O Collie é uma das melhores raças para quem tem crianças em casa! Esses cães têm energia, disposição e paciência de sobra para lidar com os pequenos e não se incomodam nem um pouco com as brincadeiras. Pelo contrário, o cachorro da raça Collie adora brincar e se divertir! Com crianças ou com adultos, uma coisa é certa: o doguinho vai amar interagir com toda a família, principalmente se tiver uma bolinha para ele ir atrás. Outras brincadeiras que podem funcionar muito bem com o Collie são frisbee ou objetos arremessados para o animal buscar.

  • Socialização:

Assim como qualquer raça, Collie precisa de uma boa socialização. Isso ajuda a trabalhar a obediência e o temperamento do Collie. Cachorro, porém, gosta de estar sempre em companhia naturalmente, o que faz o processo de socialização não ser muito complicado. 

  • Adestramento:

O adestramento do cachorro Collie não costuma dar muito trabalho. Essa é uma raça considerada bastante inteligente e que, com a técnica do reforço positivo, tende a responder muito bem aos comandos. Iniciar o treinamento com o Collie filhote é recomendado, mas nada impede que um cão mais velho também seja treinado, já que obediência é praticamente o segundo nome desta raça. De toda forma, lembre-se sempre de fazer isso com muito amor e evitando broncas caso o animal cometa algum erro. O cachorro Collie é uma raça muito sensível e qualquer tom de voz mais agressivo pode acabar deixando ele triste e assustado.

 

O Collie precisa se exercitar diariamente para gastar toda sua energiaO cachorro Collie pode ter diferentes cores de pelagemA pelagem volumosa do cahorro da raça Collie é uma de suas características mais marcantesO cão da raça Collie ama uma boa brincadeira ao ar livre

 

Curiosidades do Collie: conheça algumas informações que vão te deixar surpreso

 

  • A cachorra da raça Collie Lassie estreou na TV em 1954 e se tornou um dos animais mais queridos da televisão, ganhando o título de bicho mais popular do cinema em 2002. Por isso, o nome Lassie se tornou um clássico, não só entre cachorros Collie como de qualquer raça!

  • O Collie já recebeu outros nomes como Colley, Coally e Collis

  • O Collie é um cachorro de muitas relações com o mundo do entretenimento! Robert Plant, do Led Zeppelin, escreveu a música “Bron Y Aur Stomp” como uma homenagem ao seu cachorro Collie!

  • Como o cachorro da raça Collie gosta de atenção, possuem grandes chances de adquirirem depressão caso sejam deixados de lado ou maltratados.

  • A partir dos anos 1960, o Collie começou a participar de várias exposições de cães na Inglaterra, muito por conta da Rainha Vitória, o que o fez ganhar popularidade ainda maior.

Saúde e expectativa de vida do Collie: raça de cachorro pode sofrer com alergias e problemas de visão

Os problemas de saúde mais comuns que podem atingir a raça Collie estão relacionados a alergias em cachorro. Por sua pelagem densa, os pelos tornam-se um local propício para o acúmulo de sujeira e fungos, levando a dermatites. Por isso a escovação dos pelos do cãozinho é tão fundamental. Além disso, carrapatos e pulgas podem se aderir facilmente à pelagem do Collie. Cachorro precisa ser sempre inspecionado.

O cachorro da raça Collie tem ainda predisposição a um problema ocular hereditário que pode levar à cegueira. Por isso, exames frequentes são recomendados. Outro ponto importante na saúde é que muitos cachorros Collie possuem uma mutação que causa alergia a certos medicamentos. Por isso, é muito importante visitar o veterinário e nunca automedicar seu pet. A raça Collie possui, em média, uma expectativa de vida de 12 anos. 

O Collie precisa de uma alimentação de qualidade para se manter saudável

Investir em uma boa alimentação do cachorro Collie é essencial para que ele tenha uma vida muito saudável. É necessário escolher rações adequadas ao seu porte e também à sua faixa etária. A alimentação de qualidade para a raça Collie ajuda a manter sua imunidade alta e ainda deixa a pelagem mais saudável. Você pode pedir ajuda para o veterinário para que ele possa te indicar o tipo de ração que melhor atende seu pet de acordo com suas necessidades. 

Preço do cachorro Collie: valores podem variar de acordo com o pelo

O cachorro Collie não é muito comum no Brasil, mas ainda assim é um cão que chama muita atenção. O preço de um Collie costuma variar de acordo com sua pelagem, sendo os de pelo longo os mais procurados da raça. Cachorro Collie normalmente custa entre R$1500 e R$3000. Antes de comprar um Collie, lembre-se de procurar um canil de cachorro de confiança, que garanta o bem estar e uma boa qualidade de vida aos seus animais. 

Raio-X do Collie: saiba as principais características da raça

  • Porte: Médio
  • Média de altura: 55 a 60 cm
  • Peso: 25 Kg
  • Cores: Sable, tricolor, azul-merle, branco
  • Pelagem: Pelo liso e denso ou curto
  • Expectativa de vida: 12 anos

Redação: Juliana Melo e Maria Luísa Pimenta

 

Publicada originalmente em: 14/09/2020

Atualizada em: 22/09/2021