Cachorro

Cachorro com frio: um guia com os principais cuidados com os cães no inverno

Publicado - 30 Maio 2023 - 15h38

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Apesar da pelagem densa e das características anatômicas bem diferentes dos humanos, o cachorro com frio é mais comum do que se imagina. Muitos pais de pets não dão a devida atenção aos cuidados com cachorro no inverno, o que pode desencadear uma gripe canina ou deixar o pet sofrendo com as baixas temperaturas. Ver o cachorro com frio, tremendo, ficando encolhidinho e procurando cantinhos para se aquecer são sinais típicos do inverno que demandam atenção redobrada dos tutores. 

Mas você sabe como cuidar do cachorro no frio? Para sanar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa reuniu as principais informações sobre os cuidados com cachorros no inverno!

Cachorro no inverno: com quantos graus os cães podem sentir desconforto?

Não há uma temperatura específica que indique quando um cão está com frio, mas independente da raça ou do porte do cachorro, é importante ficar de olho no animal em temperaturas menores que 10ºC - principalmente à noite e em dias com ventos fortes. É necessário uma atenção especial aos cães de pelo curto ou sem subpelo, filhotes e idosos.

Imagem Quiz:Seu cachorro dorme demais? Descubra com esse teste!

Seu cachorro dorme demais? Descubra com esse teste!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

“Meu cachorro está tremendo como se estivesse com frio”: como confirmar a suspeita?

A temperatura do cachorro considerada normal é de 38 a 39ºC e quando o pet está com frio a sua temperatura corporal tende a não diminuir. Isso acontece porque os mecanismos de termorregulação podem entrar em ação para ajudar a manter a temperatura corporal estável, mesmo com ele exposto ao frio durante muito tempo. 

Por isso, é mais importante observar os sinais comportamentais do cachorro no frio, do que checar a sua temperatura. Muitos tutores percebem que o cachorro dorme mais no frio, por exemplo. Isso acontece porque o sono é uma forma de conservar energia e manter o corpo do animal aquecido. Veja os principais comportamentos de cachorro com frio abaixo:

  • Tremor
  • Buscar abrigo para se manter aquecido
  • Ficar encolhido ou levantando as patas dianteiras para mantê-las aquecidas
  • Buscando áreas quentes, como locais onde bate sol
  • Aparência de cachorro triste
Cachorro deitado dormindo todo coberto
O cachorro dorme mais no frio porque é uma forma de ele se manter aquecido

Cachorro no inverno: quais raças precisam de mais cuidado na estação?

Todo cão sente frio. Entretanto, algumas raças de cachorro precisam de cuidados especiais no frio, como é o caso das mini raças, por terem pelos mais curtos e ralos, ou por serem raças de porte pequeno. Confira abaixo quais são as raças de cães que mais sofrem com as baixas temperaturas:

Essas são apenas algumas raças que podem precisar de mais atenção no inverno. No entanto, é importante lembrar que cada cachorro é único e pode responder de maneira diferente ao frio. Observe sempre o seu pet e esteja atento a sinais de desconforto ou frio excessivo, independentemente da raça.

Também é preciso levar em conta que cachorros idosos geralmente têm mais dificuldade em regular a temperatura corporal, por isso podem precisar de atenção extra durante o inverno para evitar o frio excessivo. Já os filhotes de todas as raças são mais sensíveis ao frio, pois ainda estão desenvolvendo sua capacidade de regular a temperatura corporal. Eles podem precisar de abrigo e proteção adicional durante o inverno.

5 dicas de como aquecer cachorro com frio

1) Fornecer abrigo adequado: certifique-se de que seu doguinho tenha um local coberto e isolado para se abrigar do frio. Isso pode ser uma casinha ou uma área protegida dentro de casa. Coloque cobertores ou almofadas extras para adicionar isolamento e conforto.

2) Roupa de inverno para cachorro: para cães que são mais sensíveis ao frio, como raças de pelo curto, considere vesti-los com roupas adequadas para cães, como suéteres e jaquetas. Isso ajuda a mantê-los aquecidos, principalmente durante os passeios ao ar livre. Veja algumas dicas de como fazer roupa de frio para cachorro em casa super fáceis.

3) Cobertores aquecidos: colocar cobertores aquecidos em locais estratégicos onde seu pet gosta de descansar, como na caminha de cachorro ou no sofá, pode fornecer calor adicional. Certifique-se de usar cobertores seguros e projetados especificamente para uso com animais de estimação.

4) Limitar o tempo ao ar livre: em climas extremamente frios, limite o tempo de exposição do seu cachorro ao ar livre. Passeios curtos e direcionados para suas necessidades básicas são suficientes e devem ser feitos nos horários mais quentes. Evite deixar seu cachorro no quintal por longos períodos durante o inverno.

5) Alimentação adequada: durante o inverno, alguns cães podem precisar de uma quantidade maior de comida para ajudar a manter seu metabolismo e temperatura corporal estável. Consulte o veterinário para determinar a quantidade adequada e a dieta apropriada para o seu amor de quatro patas.

Cachorro espirrando
Cachorros no inverno precisam de cuidados redobrados para não ficarem doentes

Como dar banho em cachorro no frio?

Dar banho em cachorro no frio pode ser desafiador, mas é possível fazer de maneira segura e confortável para o seu animal de estimação. A principal dica é deixar a água morninha para que o pet não fique com frio durante o banho. Use água na temperatura em que você se sentiria confortável ao tocar com a mão. 

Além disso, é importante usar produtos adequados para animais, como o shampoo para cachorro. Após o banho, seque seu cãozinho completamente, removendo o excesso de água com uma toalha macia. Certifique-se de secar especialmente as orelhas, as patas e outras áreas propensas a acumular umidade. Se necessário, você pode usar um secador de cabelo no modo frio ou baixo para secar completamente os pelos.

É importante lembrar que nem todos os cães precisam de banho com frequência durante o inverno. Se o seu cachorro não estiver sujo ou com odor desagradável, pode ser suficiente fazer uma limpeza a seco ou focar na higiene das patas e região anal. Caso tenha alguma preocupação específica sobre o banho de cachorro no frio, vale a pena consultar um veterinário para obter orientações adicionais.

Quais são as doenças mais comuns do cachorro no inverno?

Existem algumas doenças de cachorro que aparecem com mais frequência durante o inverno. É importante observar o seu cachorrinho de perto durante a época do ano e  procurar atendimento veterinário se você notar quaisquer sintomas preocupantes. A seguir, veja algumas informações sobre doenças comum para cachorro com frio:

Gripe canina: assim como os humanos, os cães também podem pegar gripe. Os sintomas incluem espirros, tosse, corrimento nasal e letargia. É importante manter seu cachorro aquecido e ter cuidados durante o outono e inverno para fortalecer o sistema imunológico.

Rachaduras nas patas: as almofadas das patas dos cães podem ficar secas e rachadas durante o inverno, por conta dos clima frio e seco. Isso pode causar desconforto e até mesmo inflamações. O uso de produtos como hidratantes para as patas de cachorro pode ajudar a prevenir rachaduras.

Dermatite: essa condição ocorre quando os cães lambem e mordem áreas irritadas da pele devido ao ressecamento causado pelo frio e pelo ar seco. A pele pode ficar inflamada, vermelha, úmida e dolorida. Manter o cachorro hidratado e utilizar produtos adequados para cuidar da pele pode ajudar a prevenir essa condição.

Hipotermia: a hipotermia em cachorro ocorre quando a temperatura corporal do cachorro cai perigosamente devido à exposição prolongada ao frio intenso. Os sintomas incluem tremores, letargia, pele fria ao toque e respiração lenta. É fundamental evitar que o cachorro fique exposto ao frio extremo por um longo período de tempo e garantir que ele esteja adequadamente protegido.

Redação: Hyago Bandeira

Ver mais:

Cachorro
Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Cachorro

"Hachiko - Para Sempre": novo filme inspirado na comovente história do leal cachorro japonês chega aos cinemas

Se você é uma daquelas pessoas que amam um bom filme de cachorro, temos uma boa notícia: um novo longa-metragem chegou aos cinemas n...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Adoção

8 características do Gato de Pelo Curto Inglês (British Shorthair)

Você conhece o gato de Pelo Curto Inglês? Esse é um felino bastante apreciado por gateiros no geral, principalmente por conta da sua...

Cuidados

Quantos anos vive um gato? 5 perguntas e respostas sobre a idade dos gatos

Uma pergunta que, mais cedo ou mais tarde, todo tutor faz é: quantos anos vive um gato? E a verdade é que se o pet receber todos os ...

Cachorro

"Hachiko - Para Sempre": novo filme inspirado na comovente história do leal cachorro japonês chega aos cinemas

Se você é uma daquelas pessoas que amam um bom filme de cachorro, temos uma boa notícia: um novo longa-metragem chegou aos cinemas n...

Ver todas