close
Pulga

Remédio ou coleira antipulgas? Veja qual o método mais adequado para o seu cãozinho

Atualizado em 16 de novembro de 2021 às 19h14

Publicado em 16 de novembro de 2021 às 19h14

A prevenção e o tratamento de pulgas no cachorro precisam de atenção do tutor
A prevenção e o tratamento de pulgas no cachorro precisam de atenção do tutor

A coleira antipulgas e o remédio palatável costumam ser as primeiras opções cogitadas pelo tutor na hora de tratar uma infestação de parasitas. O cachorro com carrapatos ou pulgas ficam bem desconfortáveis com a coceira, que pode até causar feridas na pele, por isso o tratamento tem que começar o quanto antes. O remédio comprimido é a opção mais clássica e que a maioria das pessoas conhece. Já a coleira antipulgas para cachorro tem se tornado cada vez mais popular, principalmente por conta da sua duração que costuma ser bem maior em algumas versões. Mas afinal, o que é melhor: coleira antipulgas para cães ou o comprimido? Nós te explicamos as vantagens e desvantagens dos dois modelos e te ajudamos a decidir. Afinal, para escolher entre coleira antipulga e remédio, é preciso ver qual é mais adequado para o seu cão.

A coleira antipulgas para cães libera substância que elimina os parasitas

coleira antipulgas possui uma substância que elimina os parasitas sem afetar o cachorro. Ao entrar em contato com a pele, a coleira antipulgas para cães começa a liberar os ativos. A substância fica apenas na camada externa da pele, sem riscos de entrar no organismo do pet, e é capaz de combater as pulgas existentes e prevenir novas infestações. Além de proteger contra pulgas, algumas variações da coleira também agem contra carrapatos e outros problemas, como a coleira contra leishmaniose

Apenas lembre-se de comprar do tamanho ideal para seu pet e cortar qualquer parte que esteja sobrando. O ideal é que a coleira antipulga possua um espaço de dois dedos entre o pescoço e a coleira para evitar que fique muito apertada ou que a substância não consiga entrar em contato com o animal. É bom ficar atento também ao período de proteção: é possível encontrar coleira antipulgas que protege de 30 dias até cerca de oito meses. Além da versão para cães, a coleira antipulgas para gatos também existe com um princípio de funcionamento parecido. 

Além da coleira antipulgas, remédio em comprimido é eficaz no tratamento do parasita

Ao contrário da coleira antipulga, o remédio para pulgas age de dentro para fora. Trata-se de um comprimido que possui um princípio ativo capaz de matar pulgas e carrapatos sem causar danos ao cão. Quando o cachorro ingere o comprimido palatável (ou seja, que tem um gosto mais atrativo para os cães), o ativo é liberado na corrente sanguínea e absorvido pelo copo do animal. Assim que um carrapato ou pulga entra em contato com a pele do animal e a morde, fica exposto à ação do ativo e morre. Além de matar pulgas e carrapatos que tentem atacar o cão, o remédio comprimido antipulgas também tem efeito preventivo. Normalmente o comprimido palatável tem ação que varia de 30 dias a três meses.

Coleira antipulgas para cachorro X remédio palatável: saiba quais são as vantagens e desvantagens de cada um

A coleira antipulgas para cachorro possui a vantagem de ter uma duração maior de proteção. Existem modelos que deixam seu pet protegido por até 8 meses! Já o remédio possui um tempo menor, protegendo por, no máximo, até 12 semanas. O comprimido tem a vantagem de ser mais fácil de aplicar, sendo uma boa saída quando a infestação já está bem instaurada. Porém, é preciso ter certeza que o pet engoliu completamente, já que só assim o efeito será completo. Então, se seu cão tem muita dificuldade em engolir comprimidos, essa pode não ser a melhor escolha.

A coleira antipulgas também é prática, mas não deve ser usada por cadelas que estejam amamentando e por filhotes na fase de amamentação. Para usar a coleira antipulgas, o cachorro deve ter a partir de 6 semanas de vida. A coleira antipulgas para cachorro não traz problemas ao animal. Porém, se o pet tiver alguma reação alérgica à ela, é preciso removê-la e procurar outro modelo ou opção de tratamento com o veterinário. Além disso, se houver mais de um animal na casa, é preciso ficar de olho para que um não fique lambendo o corpo do que está com a coleira antipulgas. Cachorro pode acabar ingerindo o ativo se não houver atenção.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    A coleira antipulgas para cachorro pode proteger o pet por até 8 meses contra parasitas
    A coleira antipulgas para cachorro pode proteger o pet por até 8 meses contra parasitas

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Coleira antipulgas: preço é mais elevado do que o comprimido, mas tem melhor custo-benefício

    No caso da coleira antipulgas, o preço varia de acordo com o tempo de proteção do produto. Os modelos que protegem por um mês são mais baratos que aqueles que protegem por mais tempo. A coleira antipulgas normalmente custa de R$60 a R$250 - existem variações de idade, porte, modelo e tempo de ação que podem diminuir ou aumentar o valor. Já o remédio antipulgas para cachorro varia principalmente de acordo com a dosagem e com a marca. É possível encontrar opções por R$50 e outras por R$150. Ou seja, não há muita diferença de valores entre os dois. Porém, analisando o custo-benefício, a coleira antipulgas tem uma duração bem maior.

    Limpeza do ambiente é fundamental para manter as pulgas longe do seu pet

    Não importa se você optou pela coleira antipulgas e carrapatos ou pelo remédio comprido: é preciso fazer a limpeza do ambiente. Pulgas e carrapatos ficam no local por bastante tempo, então é preciso fazer o controle ambiental para que novas infestações não ocorram. Não adianta tratar o pet se os parasitas continuam no ambiente. É com essa limpeza que os ovos dos parasitas vão sumir e acabar de vez com as pulgas, impedindo que tanto seu pet quanto outros animais contraiam o parasita. Tanto a coleira antipulgas para cães quanto o remédio são eficazes no combate às pulgas. Basta escolher a opção que mais se adequa ao seu caso.

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Como acabar com pulgas de cachorro: um guia completo sobre tipos de remédios e coleiras antipulgas
    Pulga

    Como acabar com pulgas de cachorro: um guia completo sobre tipos de remédios e coleiras antipulgas

    Quem tem um cachorro sociável, que costuma frequentar lugares com outros animais, sabe que o cuidado com a higiene do animal é necessário não apenas por causa do conforto, mas também é uma questão de saúde. Em ambientes como esses, as infestações de insetos como o carrapato e a pulga de cachorro acontecem com a maior facilidade do mundo e, depois disso, cada dono vai ter que escolher a melhor maneira de lidar com o problema. Se você ainda não sabe como acabar com pulgas de cachorro na sua casa, descubra mais sobre as diferentes soluções para esse problema!

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia
    Saúde

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia

    Já pensou em ter uma consulta com um veterinário online? Embora seja um serviço relativamente recente, esse tipo de atendimento chegou para facilitar a vida dos tutores. O grande diferencial é que, com a possibilidade de um veterinário gratuito online, fica muito mais fácil tirar eventuais dúvidas sobre o comportamento e cuidados com o animal sem precisar sair de casa.

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?
    Pulga

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    A coleira antipulgas para cachorro tem se tornado uma das formas mais procuradas por tutores para acabar com infestações no cãozinho. Só quem já teve um bichinho que sofreu com pulgas e carrapatos sabe como é muito importante cuidar para que isso não aconteça mais e tratar da maneira mais rápida possível. Com cada vez mais gente apostando na coleira para cachorro antipulgas e carrapatos, é importante saber como exatamente ela funciona e quais cuidados precisam ser tomados para que ela cumpra sua função da melhor forma possível.

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >