Gato

Coleira antipulgas para gatos funciona?

Publicado - 02 Janeiro 2020 - 17h04

Atualizado - 23 Abril 2024 - 10h39

As pulgas também podem atingir os gatos, mesmo aqueles que não têm acesso a rua ou contato com outros animais. Assim como nos cães, os parasitas causam muito incômodo nos felinos. Elas costumam ficar na região das costas, patas traseiras, rabo e pescoço, e podem ser difíceis de visualizar. Em todos os casos, se o seu gatinho está se coçando ou fazendo a autolimpeza em excesso, é bom ficar atento. Para evitar esse problema, é essencial que você inclua na rotina de cuidados algo para controlar os parasitas: uma opção é a coleira antipulgas para gatos. Como o produto ainda não é muito comum entre os pais de gatinhos, explicamos tudo que você precisa saber aqui embaixo. Confira!

Antipulgas para gatos: como funciona a coleira?

Acabar com as pulgas em gatos não é uma tarefa difícil. Dentre todas as opções (spray, comprimidos, shampoos medicamentosos ou sabonetes), a coleira antipulgas para gatos tem a vantagem de durar mais: o intervalo mínimo é de dois meses, mas há modelos que prometem proteção por até oito meses. Mas como funciona? A coleira, quando colocada no pescoço do seu gatinho, começa a liberar uma substância que se espalha por todo o corpo do animal. Os componentes do produto são tóxicos para os parasitas (alguns modelos também agem contra carrapatos e ácaros), mas não oferecem risco para os felinos.

No ponto de vista financeiro, a coleira antipulgas para gatos pode até ser mais cara, mas é vantajosa por ter um efeito mais prolongado - logo, você não precisará fazer a troca todo mês. A Carol Loss, do Rio de Janeiro, usa coleira antipulgas na gatinha Mimi. Por ter a pelagem escura, é mais difícil ainda localizar as pulgas. Apesar da felina viver dentro de casa, sua tutora optou pela coleira para deixá-la mais protegida. “Na primeira vez que ela usou, estranhou o cheiro, mas rapidamente se acostumou e não teve nenhuma reação alérgica. Ela sobe nas camas e nunca achei nada em casa. A coleira funcionou bem”, conta Carol.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Gato na natureza usando coleira antipulgas
Antipulgas para gatos: é muito importante fazer o controle do ambiente para que o felino não seja infestado novamente

 

Coleira antipulgas para gatos funciona, mas também é preciso controlar o ambiente

A coleira antipulgas para gatos costuma ser eficaz, mas o produto não faz o controle dos parasitas no ambiente. Por isso, não adianta tratar o animal se ele voltará a ter contato com as pulgas. O local onde ele vive deve estar sempre limpo e higienizado. Sofás, camas, almofadas e outros estofados merecem um cuidado especial: precisam ser lavados com produtos hipoalergênicos. Uma capa protetora também pode ajudar a evitar que as pulgas se instalem nesse tipo de móvel. Além disso, apartamentos e casas com pisos de taco de madeira precisam de um cuidado extra: as pulgas se escondem nas frestas. Produtos específicos podem ser aplicados no ambiente, mas lembre-se de buscar aqueles que não são tóxicos para o animal ou crianças.

Qual é o melhor antipulgas para gatos?

Antes de escolher um antipulgas para gatos, é importante avaliar as opções junto com o veterinário. O profissional vai verificar o histórico do animal (alergias, doenças etc) e recomendar as melhores opções. Em todos os casos, vale testar o que melhor se adapta com o gatinho - e com o seu bolso, claro.

Redação: Júlia Cruz

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Ver todas