Cuidados dos animais

Cachorro na primavera: tudo sobre os principais cuidados com os pets na estação

Publicado - 27 Setembro 2023 - 12h27

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Saber como cuidar de um cachorro é dever de todo tutor. Mas sabia que cada estação do ano demanda cuidados diferentes? Na primavera, por exemplo, o clima já começa a esquentar e exige uma rotina diferente do inverno, que tem o clima mais frio. O corpo do animal também sente essas mudanças, e por isso é comum ver os pets passarem pela famosa troca de pelos. Cachorro também pode ficar mais suscetível à infestação de pulgas, alergias e até o cio de cadela sofre a influência do tempo.

Então como cuidar de filhote de cachorro ou de cães adultos na estação mais florida do ano? O Patas da Casa te ajuda com isso! Veja abaixo um guia com tudo que você precisa saber sobre os principais cuidados com cachorro na primavera.

Cachorro soltando muito pelo na primavera é normal?

Sim! O cachorro troca de pelo durante todo o ano, mas na primavera e no outono essa troca se intensifica. Na primavera, é como se o corpo do cãozinho estivesse se preparando para receber o calor do verão; e no outono, é a preparação para o inverno. Um cachorro soltando muito pelo nessa época é totalmente normal, já que eles estão substituindo a pelagem mais densa por uma mais leve.

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Por isso, não se preocupe se encontrar um monte de pelo de cachorro espalhado pela casa. Para os pets, esse é um processo totalmente natural de troca de pelo. Cachorro, nesses casos, só precisa de um cuidado importante, que é a escovação frequente dos fios. Se ele tiver uma pelagem mais rasteira, a escovação pode ser feita cerca de três a quatro vezes por semana. Já se for um cachorro que solta muito pelo e é bem peludo, o ideal é escovar diariamente.

Passear com cachorro na primavera: qual o melhor horário para os passeios?

Os passeios são uma parte importante da rotina dos cães. É nesse momento que eles gastam energia, socializam e recebem vários estímulos. Mas é bom ter um cuidado especial na hora que você for passear com cachorro na primavera. Assim como no verão, as temperaturas ficam mais altas e podem ser bem incômodas para os pets.

O ideal é ficar de olho na previsão do tempo, mas preferir sempre horários mais amenos para os passeios. O início da manhã e o final da tarde são as horas mais adequadas para dar aquela voltinha com o seu aumigo pelo parque ou quarteirão. Assim você evita que ele queime as patinhas no asfalto e não sofra com tanto calor.

Cachorro soltando muito pelo deitado no sofá
O cachorro troca de pelo na primavera e pode soltar muito pelo por isso

Infestação de pulgas pode ser um problema para o cachorro na primavera

Os pelos de cachorro são o ambiente perfeito para a proliferação de pulgas, e na primavera essa preocupação fica ainda maior. Isso porque esses ectoparasitas — assim como os carrapatos — se reproduzem com maior facilidade e frequência durante as estações mais quentes. Ou seja, é ainda maior a probabilidade de você encontrar uma pulga de cachorro nesses meses, se não tiver os cuidados certos.

O remédio de pulga para cachorro costuma ser bastante eficaz no tratamento e combate de parasitas. Ele pode ser encontrado em pet shops no formato de comprimidos palatáveis. Além deles, shampoos e sabonetes especiais também podem ajudar em casos leves, bem como pomadas e medicamentos líquidos.

Outra dica de como acabar com pulgas de cachorro é com a coleira antipulgas. Ela libera uma substância por toda a extensão dos pelos do animal (do pescoço para baixo) e elimina todas as monstrinhas por completo em um período de 24 a 48 horas. Uma das maiores vantagens desse método é o tempo de proteção, que pode chegar a 8 meses, dependendo da marca. Na dúvida, sempre verifique a pelagem do seu cão após os passeios.

Alergia em cachorro também precisa de atenção na estação

Mesmo sabendo que o cachorro troca de pelos, é importante saber distinguir uma queda “natural” de uma queda problemática. Se você reparar que seu cachorro apresenta falhas na pelagem, é porque essa queda localizada não faz parte do processo de troca e indica algum problema. Geralmente, esse é um caso de cachorro com alergia. Os sintomas, além da queda de pelos, também incluem vermelhidão, coceira, descamação e lesões na pele.

Para descobrir a causa da alergia em cachorro, não deixe de consultar um especialista! Vários tipos de dermatites podem deixar o animal dessa forma, inclusive a dermatite alérgica à picada de ectoparasitas. Por isso, o diagnóstico e tratamento indicados por um veterinário de confiança é imprescindível.

É hora de redobrar o cuidado com as plantas tóxicas para cachorros na primavera

A primavera é uma estação bem florida, o que rende lindas paisagens. Mas é bom ter cuidado com as flores: por mais bonitas que sejam, existem várias plantas tóxicas para cachorros. Por isso, é importante deixar o seu cãozinho não chegar perto de qualquer matinho, a não ser que você tenha certeza de que ali é seguro para ele. 

Como os cães são arteiros e adoram explorar as coisas com a boca, corre o risco de ele comer acidentalmente alguma planta “proibida” e ficar intoxicado. E o que dar para cachorro que comeu planta tóxica? A melhor saída é levar o animal em uma emergência para que ele seja examinado e tratado. O cachorro intoxicado não pode comer nem beber nada que não seja prescrito por um profissional, ou isso pode piorar o quadro de intoxicação.

Além das plantas tóxicas, também é bom ficar atento com a polinização das flores (mesmo aquelas que não são prejudiciais aos cães). Muitos doguinhos sofrem com a dermatite atópica canina, que nada mais é do que uma alergia à substâncias presentes no ambiente, como poeira e pólen. Como resultado, você pode ter um cachorro espirrando e com a pele irritada.

Cachorro cheirando girassol
Para evitar alergia em cachorro e outros problemas, cuidado com as flores e plantas

Banho e tosa são outros cuidados com o pelo de cachorro

Como o tempo começa a esquentar, esse também é um dos melhores momentos para dar um trato geral nos pelos do cachorro. O banho e tosa podem ser feitos em pet shops, mas a frequência indicada varia de cãozinho para cãozinho. 

A tosa higiênica costuma ser uma das melhores soluções para cuidar do pet, já que apara superficialmente os pelos, mas sem deixar a pele do animal muito exposta. Quanto aos banhos, não esqueça de investir em produtos específicos para cães e de usar uma água morninha!

Como cuidar de um cachorro na primavera: ofereça bastante água para ele

Dar água para cachorro é importante em qualquer época do ano, mas nos dias mais quentes esse cuidado deve ser ainda maior. Os cães não falam, mas podem mostrar o incômodo que sentem quando a temperatura aumenta demais. E, nessas horas, a melhor maneira de lidar com um cachorro com calor é sabendo exatamente como refrescá-lo. A água ajuda a hidratar e aliviar minimamente isso, e uma dica que funciona super bem é colocar pedrinhas de gelo no bebedouro do pet. Petiscos gelados, assim como sachês, também são bem-vindos!

Cadela no cio é mais comum na primavera

Nem todo mundo sabe de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio, mas uma curiosidade ainda mais impressionante sobre o assunto é que as estações do ano impactam diretamente nisso. Geralmente, é na primavera que os cios acontecem. Como o processo é bem diferente dos gatos, a cadela entra no cio, aproximadamente, a cada seis meses, o que significa que o próximo cio possivelmente seria somente no outono.

Alguns comportamentos típicos da cadela no cio são: carência, agitação e uma pitada de agressividade. A fêmea também fica mais receptiva ao macho. Para evitar problemas, como uma gravidez inesperada e abandono de filhotes, o mais recomendado é fazer a castração de cachorro logo no primeiro ano de vida.

6 dicas de como cuidar de cachorro na primavera

  1. Pelos de cachorro devem ser escovados com frequência — Como é comum ver o cachorro soltando muito pelo nessa época, não esqueça de dedicar um tempo para manter a pelagem saudável do pet. Isso vai ajudar a evitar os pelos pela casa também!
  2. Os passeios precisam ser feitos nos horários mais amenos — Assim você garante que o cãozinho não vai machucar as patinhas no asfalto quente, e nem ficar incomodado com a temperatura.
  3. Cuidado com a pulga de cachorro — Adotar medidas preventivas é a melhor forma de não sofrer com o problema. Por isso, aposte em um remédio de pulga para cachorro e faça a limpeza regular dos espaços que seu pet frequenta.
  4. Alergias e contato com plantas tóxicas — Qualquer alteração na pele do cachorro deve ser observada atentamente. Em casos de contato com plantas potencialmente tóxicas, não esqueça de consultar um veterinário.
  5. Água para cachorro — A hidratação dos cães é outro ponto importante quando a primavera e o verão se aproximam. Sempre carregue uma garrafinha de água para cachorro nos passeios e ofereça líquido fresco para o pet.
  6. Castração e vacinas — A castração é uma boa aliada para não sofrer com o cio. Como cuidar de cachorro é cuidar também da saúde dele, não esqueça de manter o calendário de vacinas atualizado.  
Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Adote um animal

Fiapo de manga: a nova "raça" de cachorro vira-lata que tem feito sucesso na internet

Há quem diga que vira-lata caramelo representa mais o Brasil do que samba e futebol - não à toa que existem propostas de lei para el...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas