Você já se perguntou o motivo por trás do cachorro lambendo as patas? Às vezes, é normal o dono interpretar como um comportamento natural e não se preocupar. Aí está o erro: quando o cachorro fica lambendo a pata sem parar isso pode indicar algo mais grave, como um problema de saúde. Toda ação canina tem uma explicação e, se não for o caso de uma doença, é uma questão de comportamento ou transtornos emocionais. Para entender melhor por que os cachorros lambem as patas, conversamos com dois tutores que passaram pela situação e reunimos outras possíveis causas para o problema. Veja!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Problemas emocionais são as causas mais comuns do cachorro lambendo as patas

A ansiedade em cães, assim como o estresse, são problemas comuns e que geralmente estão entre os principais motivos porque o cachorro lambe a pata. Os transtornos emocionais podem acontecer por várias razões. A ansiedade canina costuma se manifestar principalmente quando o cachorro passa muitas horas sozinho e não tem estímulos físicos ou mentais no seu cotidiano, resultando em reações exageradas para chamar a atenção do dono. Além do cachorro lambendo as patas, outros sinais do problema são choro, uivos, irritação, latidos e destruição de móveis. Tudo isso acontece principalmente quando o tutor sai de casa ou não dá a devida atenção ao seu cãozinho no dia a dia.

Já o estresse é desencadeado por diferentes gatilhos - como mudanças de casa, um novo membro na família ou barulhos muito altos - e pode deixar o cachorro lambendo pata ferida ou mordendo a região com frequência. Tanto as lambidas quanto as mordidas são um sinal de alerta porque, além dos danos psicológicos, as feridas na pata do cachorro favorecem o desenvolvimento de inflamações e outros problemas na região.

A história de Lola, cachorra da Marcella Castoldi, é um típico caso de cachorro lambendo as patinhas por causa da ansiedade. A tutora percebeu há algum tempo que a cadelinha lambia tanto a região que ficava com a pata do cachorro vermelha entre os dedos, com irritação e machucados nos coxins. “De início, a gente achava que ela se lambia pelos machucados. Começamos a observar se não era alguma ferida feita durante um passeio, mas era o contrário. Ela se lambia tanto que estava machucando as patinhas. Foi aí que percebemos que os ataques de lambedura eram mais frequentes quando ela era contrariada ou não recebia atenção”, conta.

Já o Bruce, cãozinho da Cláudia Fernandes, passou por uma situação semelhante. A diferença é que o motivo do cachorro lambendo as patas foi o estresse, e não a ansiedade. Depois de observar o comportamento atípico de Bruce, Cláudia percebeu que a região começou a ficar escurecida. Bruce começou a choramingar e morder o local, como se estivesse com coceira na pata. “À princípio, ele foi diagnosticado como dermatite atópica. Podia ser alergia a produtos de limpeza ou ao próprio shampoo usado no banho. Fizemos várias ações, mas como a alergia não cessou, e então veio o diagnóstico de estresse”, explica.

Se o cachorro lambe a pata até ferir ou morde frequentemente o local, o ideal é buscar a ajuda de um veterinário. Em alguns casos de cachorro lambendo muito as patinhas, certos medicamentos podem ser indicados para melhorar a situação, como corticoides ou o uso de florais para ansiedade. Sprays para a pata de cachorro também são uma alternativa que ajuda a amenizar temporariamente a lambedura. É importante que o animal seja acompanhado por um especialista durante todo o tratamento.

 

Cachorro lambendo a pata: a Lola tem esse comportamento quando não recebe atenção. Por que cachorro lambe a pata? O Bruce faz uso de medicamentos para evitar a lambedura.

 

Por que o cachorro lambe as patas? Veja outras causas do comportamento

 

Outros fatores que podem explicar porque os cães lambem as patas são doenças de pele, queimaduras e a presença de corpos estranhos. A infestação de parasitas - como pulgas e carrapatos - na região também é algo que costuma incomodar bastante e causa muita coceira nas patas do cachorro. A seguir, veja como cada um desses problemas pode se manifestar e o que fazer quando cachorro lambe a pata nessas circunstâncias:

  • Parasitas: 

existência de pulgas e carrapatos no animal pode ser o porquê cachorro lambe as patas. Quando os parasitas mordem nas extremidades dos coxins, podem gerar feridas incômodas que os cães tentam aliviar com as lambidas. Para acabar com a infestação, remédios antipulgas e carrapatos são os mais recomendados. Em alguns casos, o bicho de pé também pode ser a causa da coceira. Se isso acontecer, a consulta com o veterinário é indispensável.

  • Queimaduras: 

Às vezes o cachorro fica lambendo a pata porque sente dor. Ao passear, caso o asfalto esteja quente, ele pode queimar as almofadinhas e a lambedura é a alternativa que ele encontra para amenizar isso. Para aliviar o problema, o hidratante para patas de cachorro é um ótimo aliado. E lembre-se: é importante escolher horários menos quentes para passear com o cachorro para evitar as queimaduras.

  • Alergias e problemas de pele: 

Vários tipos de alergias e dermatites podem causar coceira nas patas do cachorro. A dermatite atópica canina, por exemplo, é um transtorno muito comum nos cães e acontece após o contato com ácaros, poeira ou produtos de limpeza. É uma doença de caráter hereditário e que precisa de tratamento por toda a vida do animal com auxílio de veterinário e produtos específicos. Outra preocupação é a dermatite úmida em cães, caracterizada por lesões com aspecto inflamado e úmido. Para tratá-la, medicações tópicas e a limpeza da pata de cachorro ferida são cuidados importantes.

  • Presença de corpo estranho: 

Além das queimaduras, durante os passeios também existe o risco de alguma coisa prender na pata do seu pet (como vidro, farpas de madeira ou pedrinhas). Isso pode causar muito incômodo no animal, sendo um dos motivos porque o cachorro morde a pata na tentativa de retirar o corpo estranho das almofadinhas. Um outro sinal que pode indicar o problema é quando o cheiro “salgadinho” das patas do cachorro fica mais forte do que o habitual. Para reverter a situação, o ideal é retirar o objeto com o auxílio de uma pinça ou procurar um médico veterinário para fazê-lo.

Cachorro mordendo as patas: e se o hábito continuar mesmo depois do tratamento?

O cachorro lambendo a pata (ou mordendo) muitas vezes é um problema comportamental que precisa da orientação de um especialista. Uma suspeita de alergia ou problema de pele nem sempre é o verdadeiro motivo porque os cachorros mordem a pata, como na história de Bruce. Por isso, a observação e o acompanhamento de cada caso é fundamental para descobrir o que deve ser feito.

Quando transtornos psicológicos, como estresse e ansiedade, são os responsáveis por deixar o cachorro lambendo as patinhas compulsivamente, existem algumas táticas que ajudam a evitar esse tipo de atitude.

• Enriquecimento ambiental: um cão que não fica no tédio é um cão feliz! E para isso vale investir em passeios e brinquedos inteligentes que vão estimular seu peludo a caçar a própria comida.

• Creche ou passeador de cachorro: para quem não fica muito tempo em casa, a creche para cachorro é uma boa opção. Nela, seu peludo vai se distrair com atividades e a presença de outros animais, e não vai descontar na patinha. Se não for uma opção viável, um passeador de cachorro pode ajudar a gastar a energia acumulada do pet.

• Evite produtos de limpeza prejudiciais para pets: os cães sempre estão em contato com o chão e podem se intoxicar com produtos de limpeza que possuem muitos químicos. Nesse caso, vale a pena investir em produtos próprios para cães, que possuem ingredientes que não prejudicam os animais. 

Redação: Júlia Cruz e Juliana Melo

Publicada originalmente em: 29/10/2019

Atualizada em: 20/08/2021