Gato

As 10 cores de gato mais raras que existem

Publicado - 16 Abril 2024 - 11h47

Atualizado - 16 Abril 2024 - 11h47

Malhado, laranja, frajola, creme, lilás… existe uma grande variedade de cores de gato e compreender como elas são formadas pode ser um pouco mais complicado do que parece. Isso porque o padrão e a cor da pelagem dos felinos são formados pela genética, um ramo da biologia que estuda como os seres recebem características dos antepassados e passam aos descendentes. Na transmissão das cores de gato, porém, existem aquelas que são consideradas raras e especiais. O Patas da Casa decidiu te mostrar quais são as 10 cores de gato mais raras que existem. Vem conferir! 

Como funciona a genética das cores de gato?

Compreender a genética das cores dos gatos não é uma tarefa simples. Com tantas possibilidades de cores de gato, é preciso ter um pouco de atenção para entender o genótipo e fenótipo resultante do cruzamento. O genótipo refere-se à composição genética do indivíduo, sendo que nas fêmeas, os cromossomos por XX, enquanto nos machos XY. Já o fenótipo refere-se à expressão do genótipo, ou seja, às características físicas resultantes do cruzamento.

Em suma, a cor da pelagem do gato é definida pela genética e a melanina, uma proteína presente no cromossomo X que é responsável pelo pigmento do pelo. Ela pode ser dividida em eumelanina, que produz o castanho e o preto, e a feomelanina, que produz o vermelho e alaranjado. A combinação dessas proteínas é o que define a cor do animal. Contudo, quando falamos no gato branco, o assunto é diferente. A cor branca vem de um gene que não tem relação com o cromossomo X, e pode se manifestar no felino de três maneiras: a partir do gene de cor branca (dominante), do gene do albinismo (recessivo) ou do gene de mancha branca (dominante). 

Imagem Quiz:Qual raça de gato você é?

Qual raça de gato você é?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Veja a seguir quais são as cores de gato mais raras do mundo:

10) A maioria dos gatos laranjas são machos

gato laranja deitado no sofá

Embora não seja tão incomum encontrar um  gato laranja por aí, esses bichanos possuem uma particularidade referente a sua cor: apenas 20% dos gatinhos laranjas são fêmeas. Isso porque o cromossomo X é responsável por essa coloração, então para uma gata apresentar essa cor, ela precisa receber o gene da cor laranja tanto do pai quanto da mãe. Já os machos, só precisam do gene das mães. 

9) A maioria dos gatos tricolores são fêmeas 

gato de três cores deitado em cima de mesa

O gato tricolor chama atenção pela cor e padrão dos seus pelos. Assim como os laranjinhas, eles também têm uma característica diferenciada: a maioria dos tricolores são fêmeas. Para que o padrão dessa combinação de cores seja formado, o bichano precisa ter o gene da cor preta e laranja (presentes no cromossomo X ), além do gene da cor branca que vem à parte. 

Porém, como o gato macho possui o cromossomo XY, é muito improvável ele nascer com três cores. Para ser tricolor, ele precisa que as duas cores se manifestem no cromossomo X, além da cor branca. Como as fêmeas possuem o cromossomo XX, elas conseguem apresentar esse padrão de cor. Mas isso não significa que não existe gato macho tricolor. Uma anomalia genética chamada Síndrome de Klinefelter permite que os gatos nasçam com três cromossomos (XXY). Nesse caso, é possível manifestar o padrão tricolor e ainda ser um macho, devido a presença do cromossomo Y. Por isso, se você tiver um gato macho tricolor em casa, saiba que você tem um gatinho especial de cor rara. 

8) O Red Point é uma cor de gato super rara

Dois gatos de pelagem clara e extremidades do corpo alaranjadas deitados lado a lado

O red point é uma cor rara caracterizada pela coloração avermelhada nas extremidades do corpo do gato. A cor é uma variação do gato Siamês, mas em vez do padrão marrom nas extremidades, o bichano apresenta cores alaranjadas na extremidade. Além disso, a maioria dos gatos Red Point são machos, pois a coloração laranja está ligada ao cromossomo X. 

7) A cor creme não é tão comum nos gatinhos

gato de cor clara sentado no tapete com a boca aberta e um pote de ração na frente

Os gatinhos cor de creme apresentam uma coloração com um tom amarelado claro, como se fosse o amarelo pastel. Essa cor é causada por gene recessivo que produz pouca feomelanina, proteína responsável pela pigmentação vermelha e laranja nos felinos. Como essas cores não são tão produzidas no organismo do felino, a tonalidade dos pelos se manifesta menos, resultando na coloração creme no pelo do gato

6) Lilás é uma cor de gato diferenciada 

gato lilás dormindo em cima de arranhador

A coloração lilás na pelagem dos felinos é mais comum em gatos da raça Siamês, Persa e Balinês, e apresenta uma tonalidade próxima ao cinza. A diferença é que na luz a tonalidade roxa dos pelos se destaca, dando um aspecto de que os pelos do felino são lilás. Essa cor é resultado de um par de genes recessivos.

5) Gato marrom é resultado de uma mutação genética

gato marrom com olhos azuis deitado em encosto de poltrona

O gato marrom  chama bastante atenção por onde passa, especialmente por ser uma das cores mais raras nos felinos. Embora existam padrões de cores que incluam o marrom, como o tigrado, não é tão comum ver um gatinho com a pelagem completamente marrom. A coloração é resultado de uma mutação genética que diminui a produção de eumelanina, proteína responsável pela produção do castanho e o preto.

4) O gato escaminha - ou casco de tartaruga - é diferenciado

gato com a pelagem preta e laranja que lembra um casco de tartaruga deitado no chão

Os gateiros podem até estranhar o termo “casco de tartaruga" para se referir a uma cor, mas basta olhar uma foto de um gato com essa característica para entender o porquê desse nome. Com a pelagem preta e laranja que remete a um casco de tartaruga, os felinos que apresentam essa cor são popularmente conhecidos como gato escaminha. Há quem confunda os escaminhas como uma raça de gato, mas a verdade é que esse nome faz referência exclusiva à cor dos pelos dos bichanos. Assim como os tricolores, é mais comum encontrar uma fêmea escaminha do que um macho, justamente por essa cor ser resultado de dois cromossomos X.

3) O gato cinza chama atenção pela sua cor

Pessoa erguendo pelas mãos um gato cinza de olhos amarelos

O gato cinza é tão bonito que é impossível não ficar hipnotizado, ainda mais porque esses felinos possuem olhos super marcantes. Mas como a cor dos pelos desses gatos é formada? Para possuir essa cor, o gato precisa ter o gene da eumelanina em seu DNA, mas além dele, o bichano precisa ter outro gene que determina se a cor resultante do cruzamento vai ser densa ou suave. No caso dos cinzas, o felino vai ter uma cor suave, marcada pela presença de um gene recessivo que inibe a produção de eumelanina.

2) Gatos "chinchila" aparentam ter uma cor desbotada

Gato de pelagem clara e longa e olhos azuis sentado em chão de carpete cinza

Comum em raças como o Maine Coon e os Persas, chinchila está entre as cores de gato pouco comuns nos felinos. A principal característica dessa tonalidade é o aspecto desbotado nos pelos dos gatos, já que a raiz do pelo apresenta uma coloração “normal”, enquanto o restante do comprimento dos fios é completamente branca. Eles apresentam essa característica única e especial devido a presença de homozigotos recessivos em alguns pares de cromossomos.

1) O gato Albino é o mais raro de todos 

Gato albino sentado em meio a vegetação

Como o próprio nome já diz, o bichano Albino é um gatinho completamente branco e está no topo da lista de cores de gato mais raras. No caso dos animais albinos, não há nenhuma produção de melanina no organismo. Por essa razão, eles não apresentam nenhuma outra coloração em seu pelo. Isso acontece porque os gatos albinos possuem uma mutação no alelo que impede a produção da melanina. Para que o bichano seja albino, é preciso que ele tenha dois genes recessivos do albinismo, fazendo com que essa cor de gato seja a mais rara entre todas as outras. 
 

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Gato

Tutora registra o crescimento de filhote de Maine Coon laranja até ele virar um gato gigante

Quando o assunto é gato gigante, o Maine Coon é uma das raças de mais destaque. O gato Maine Coon é considerado a maior raça do mund...

Gato

As 7 raças de gatos que mais amam conviver com crianças - e os benefícios dessa relação são reveladoras

Para quem tem filhos e sempre quis ter um gatinho em casa, a boa notícia é que existem muitas raças de gatos que se dão bem com os p...

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Ver todas