Gato

5 partes do corpo do gato que todo tutor precisa prestar atenção

Publicado - 11 Junho 2021 - 14h34

Atualizado - 13 Maio 2024 - 12h26

Você já parou para olhar o dente do seu gato hoje? E as patas de gato? A boca também foi verificada? Durante o dia, dificilmente paramos para analisar essas partes do corpo dos nossos animais de estimação, mas a verdade é que elas merecem muito cuidado. Muitas vezes deixamos passar uma ferida na orelha do gato ou um tártaro no dente, e isso pode estar incomodando o bichinho. Por isso, é importante separar um tempo na rotina para sempre checar algumas partes do seu bichano.

1) Patas de gato: não esqueça de checar sempre se há feridas ou outra coisa incomodando

As patas de gato são as partes do corpo de um felino que mais entram em contato com diferentes superfícies. Por isso, o risco de um machucado nessa região é grande. Enquanto anda, as patas do gato acabam pisando em objetos que arranham e ferem o local. Também não é raro que pulgas e carrapatos grudem nas patas de gato.

Às vezes, produtos de limpeza e plantas causam alergias na pele, as chamadas dermatites, que merecem atenção - e podem atingir outras regiões como o rabo. Os próprios gatos podem causar lesões nas patas ao arranhar e morder, comportamento comum da ansiedade felina. Outros problemas comuns nas patas de gato são fratura, machucados nas unhas e disfunções musculares. Para evitar esses problemas ou tratar o mais rápido possível, fique de olho em sinais de dor e na coloração das patas de gato - se estiverem vermelhas, feridas e com pus, pode ser uma infecção. 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) Dente de gato: a higiene bucal é fundamental para evitar problemas

O dente de gato é uma das partes mais importantes para o processo de alimentação. Por isso, merece muita atenção para evitar problemas que comprometam a mastigação correta. Um dos problemas mais comuns no dente de gato é a reabsorção dentária, que se assemelha à cárie humana. O quadro causa muita dor no dente e inflamação na gengiva. Além dele, existe o tártaro, causado pelo acúmulo de resíduos de alimentos e que gera mau hálito e escurece os dentes. Quando não tratado, pode levar à doença periodontal, que é quando as bactérias se desenvolvem e atacam os dentes, fazendo com que eles caiam. Para evitar esses problemas, é importante manter uma boa higiene bucal, escovando os dentes do gato frequentemente e checando se há problemas evidentes e sinais de dor. Além disso, uma alimentação adequada, de acordo com a idade do animal é fundamental, pois o dente de gato precisa de componentes essenciais, que variam conforme o animal cresce.

 

Gato com curativo na pata e colar elizabetano
Tire um momento para analisar se há machucados nas patas de gato e em outras partes do corpo

 

3) Boca de gato: úlceras e mau hálito podem indicar outras doenças

É muito comum surgirem problemas na boca de gato. Ela é usada para morder e alimentar, então está sempre muito exposta. Além disso, a boca de gato ajuda a evidenciar problemas que podem estar acontecendo no corpo do bichano. As úlceras são feridas vermelhas que podem acometer a boca de gato. Podem aparecer externa ou internamente, atingindo até mesmo a língua. A úlcera é um sintoma de doenças como estomatite, calicivírus felino e acne felina. Outro problema é a gengivite, causada principalmente pelo acúmulo de placas bacterianas na boca de gato, que liberam toxinas. Ela gera dor, sangramento e inflamação, além de dificuldade de se alimentar e mau hálito. O mau hálito, inclusive, pode significar também problemas gastrointestinais, nos rins, fígado e até mesmo diabetes. Porém, muitas vezes, a causa é somente falta de escovação adequada. Uma boa higiene e limpeza bucal são fundamentais para evitar esses problemas na boca de gato.

4) Orelha de gato: infecções são comuns nessa região do corpo

A orelha de gato pode ser uma porta de entrada para agentes estranhos que causam inflamação. A mais comum é a otite felina. Essa inflamação atinge o canal auditivo do felino, gerando grande incômodo, coceira, pus, vermelhidão e ferida na orelha do gato. Ela pode ser externa - na região do ouvido do gato antes do tímpano -, média - no ouvido médio - ou interna - no ouvido interno, que é a mais grave. Causada por bactérias ou ácaros, é comum que a otite na orelha do gato o faça sacudir muito a cabeça. Os ácaros no ouvido do gato, aliás, causam uma coceira intensa na região, além de grande incômodo. Eles são muito comuns em animais de pelos longos e podem se alojar na orelha do gato. Uma boa limpeza no ouvido de gato é fundamental para evitar esses e outros problemas. 

5) Olho de gato é uma região sensível que precisa de atenção

O olho do gato é uma parte muito sensível do corpo dos bichanos. Muitas infecções podem acometer essa região. Uma das mais comuns é a conjuntivite, que causa secreção excessiva, irritação nos olhos e vermelhidão. O gato sente bastante coceira e desconforto, então fique atento para tratar logo. Outra inflamação comum é a uveíte, que atinge a parte inferior do olho. Ela pode atingir diretamente o animal ou surgir por conta de outras doenças. Causa vermelhidão, inchaço e fotofobia e deve ser tratada rapidamente para evitar a perda da visão. O glaucoma e a catarata também são problemas que podem surgir nos olhos de gato, então é fundamental sempre verificar a região e fazer exames preventivos.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas