Gato

6 sinais de que seu gato está triste ou estressado - e o que você pode fazer para consertar isso

Publicado - 14 Maio 2024 - 17h45

Atualizado - 14 Maio 2024 - 17h45

Um gato triste pode ter uma alteração brusca de comportamento — e o mesmo costuma acontecer com um gato estressado. Mesmo que os felinos sejam sutis em demonstrar como realmente se sentem, quem tem um gatinho consegue facilmente identificar quando o animal está passando por algum momento estressante ou então se sente triste. Mas, se você tem dúvidas sobre o assunto, não tem problema: o Patas da Casa reuniu 6 sinais que indicam que seu gato precisa de ajuda. Dá só uma olhada!

1) O gato triste e estressado dorme por muitas horas

Nem todo mundo sabe quantas horas um gato dorme por dia, mas, a título de curiosidade, são cerca de 12 a 16 horas. Os felinos não têm uma longa noite de sono igual os humanos: eles tiram vários pequenos cochilos ao longo do dia.  Porém, quando o gatinho passa mais do que 16 horas dormindo e parece não se interessar por outras atividades além do próprio sono, pode ser um alerta.

O isolamento é um sinal de um gato triste ou estressado, e requer muita atenção. Nessas situações, é comum que o bichano passe a maior parte do tempo longe da família, dormindo ou se escondendo.

Imagem Quiz:Seu gato é feliz? Faça o teste e descubra!

Seu gato é feliz? Faça o teste e descubra!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) Miados altos, longos e excessivos são típicos de um gato que não está bem

O miado de gato é uma das várias maneiras que esses animais têm de se expressar e se comunicar com outros animais e com os humanos. Existem até alguns gatos mais ‘falantes’ e comunicativos, mas quando os miados começam a tomar conta da casa, talvez haja algo de errado com o seu amigo. A vocalização excessiva, prolongada e em um tom mais alto normalmente acompanha um gato estressado com alguma coisa.

3) Agressividade pode ser comum em um gato estressado ou triste

Não é do feitio dos gatos serem agressivos com a família. Mesmo que alguns sejam mais reservados, eles nunca vão ‘atacar’ os donos gratuitamente. Por isso, se você notar uma mudança de comportamento do gato onde o pet está mais reativo, não deixa ninguém se aproximar e sempre revida as sessões de carinho, fique atento! Pode ser que você tenha um gato triste ou estressado.

gato dormindo na cama
O gato triste e estressado pode ter longas horas de sono

4) Aumento ou falta de auto limpeza são sinais para ficar de olho

Os gatos se lambem porque isso faz parte do processo de higiene pessoal desses animais. Essa é a maneira que eles “tomam banho” e ficam limpinhos — e acredite: a língua do gato é uma ferramenta poderosa para isso. No entanto, a partir do momento em que você observa que tem um gato se lambendo muito, é um sinal de que o gatinho não está legal. Essa atitude compulsiva, chamada de lambedura excessiva, indica estresse.

A falta de auto limpeza também deve ligar o alerta dos tutores. Geralmente esse comportamento é motivado pela tristeza. O gatinho fica tão desanimado por algum motivo que sequer tem forças de se limpar — e isso também não é bom.

5) O gato estressado ou triste sofre com a perda de apetite

A inapetência é outro sinal que deve chamar a atenção dos donos. Se o seu gato não quer comer de uma hora para outra, recusa tanto a ração seca quanto os sachês e petiscos, é porque tem algo de errado com ele. Essa perda de apetite repentina pode estar associada tanto com doenças, como também pode ser um simples sinal de estresse e tristeza. Vale investigar a verdadeira causa por trás do comportamento.

6) Gato urinando fora da caixinha de areia deve ligar o alerta

Alguns bichanos têm tendência a marcar território por meio da urina — e, nesses casos, a atitude não representa nada demais. Mas se o seu gatinho passou a fazer xixi fora da caixinha de areia do nada, e esse ‘incidente’ já se repetiu algumas vezes, pode ser um pedido de socorro. Talvez algo esteja incomodando a rotina do animal e ele está tão estressado e triste que não consegue usar o próprio banheirinho (e todo mundo sabe que os gatos são super higiênicos, então não é à toa que ele faz isso).

Como melhorar o humor de um gato triste ou estressado?

O primeiro passo para cuidar de um bichano nessas condições é desvendar os gatilhos que deixam o gato estressado ou triste. Mudanças na rotina do pet — como mudança de residência, dos móveis da casa, na alimentação ou até a chegada de um membro novo na família — muitas vezes são suficientes para causar um estresse danado nesses animais. A falta de estímulos adequados também provoca isso.

O mesmo vale para a ausência de alguém que o felino gosta muito. Os gatos sentem saudade dos donos quando eles ficam fora por muito tempo, como também podem ficar tristes e com saudades de outro gato que já faleceu ou que se mudou por algum motivo.

Em cada caso, uma ação diferente deve ser tomada. Nas mudanças, por exemplo, o ideal é sempre optar por processos graduais para, aos poucos, fazer o pet se acostumar com a nova rotina. Associações positivas com petiscos também funcionam bem.

Já quando o gato sente saudade, ou quando não recebe os estímulos adequados, a solução não é muito diferente: o bichano precisa de atenção e de enriquecimento ambiental. Tentar distraí-lo, usar brinquedos e acessórios a seu favor e oferecer suporte ao seu gatinho sempre que ele precisar são algumas atitudes que devem ser tomadas.

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Cachorro

Cruzamento de cachorro: tudo que você precisa saber sobre o assunto

O cruzamento de cachorro é um assunto que desperta a curiosidade da maioria dos tutores. Enquanto alguns se preocupam em evitar que ...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas