close
Adestramento

5 problemas de comportamento canino que precisam da sua atenção

Atualizado · 23 de junho de 2020 · 19h51

Publicado · 23/06/2020 · 19h51

Comportamento canino: descubra o que pode significar alguns hábitos do seu amigo e o que fazer para evitá-los!
Comportamento canino: descubra o que pode significar alguns hábitos do seu amigo e o que fazer para evitá-los!

Não dá para negar: lidar com o comportamento canino pode ser, em muitos casos, desafiador. Por isso, é comum que alguns hábitos, como latir demais, morder e até mesmo puxar durante o passeio possam ser incompreendidos e mal conduzidos pelos tutores. Para evitar essas e outras atitudes do animal, o primeiro passo é entender por que elas acontecem e como tratá-las. Pensando nisso, listamos 5 problemas de comportamento do seu cachorrinho que merecem sua atenção e algumas dicas para amenizá-los. Veja só!

1) Cachorro latindo muito pode indicar que o seu amigo está carente ou entediado

Se você tem um cãozinho em casa, deve saber que os latidos fazem parte da rotina do animal. Afinal, eles são a principal forma que o seu amigo tem de se comunicar e expressar qualquer sentimento. Entretanto, em alguns casos, cachorro latindo muito pode estar relacionado à razões comportamentais. Um dog carente, por exemplo, pode usar o latido como um maneira de chamar a sua atenção, seja para uma brincadeira, um carinho ou passeio. É comum que isso aconteça quando os tutores passam o dia todo fora de casa.

Além disso, o hábito também pode indicar que o seu pet está entediado. Cachorros muito ativos ficam assim quando passam um longo período sem ter o que fazer. Nesses casos, a solução é uma só: dar mais atenção para o seu bichinho! Procure encaixar momentos de passeio ou brincadeiras diárias. Brinquedos de cachorro espalhados para casa também podem ajudar a distrair o animal enquanto você estiver fora.

2) Xixi de cachorro fora do lugar: problemas de saúde podem ser o motivo para o comportamento

Ver o seu cãozinho fazendo xixi ou cocô fora do lugar é sempre estressante, né? Mas, se ele tinha o hábito de fazer as suas necessidades no lugar certo e de repente isso mudou, é preciso ficar atento: pode ser um sinal de que algo não vai bem com a saúde do seu amigo. A incontinência urinária em cães, por exemplo, pode impedir que o animal consiga fazer xixi no banheirinho dele. Além disso, infecção urinária e doenças gastrointestinais também podem resultar neste comportamento. Por isso, caso o seu pet seja treinado e passe a adotar esse tipo de atitude, é importante consultar um médico veterinário de confiança para fazer um check-up e certificar de que está tudo bem.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O adestramento e o uso de coleiras adequadas podem ajudar a  controlar cachorro que puxa durante o passeio
    O adestramento e o uso de coleiras adequadas podem ajudar a controlar cachorro que puxa durante o passeio

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    3) Cachorro destruidor: hábito de mastigar e roer objetos pode estar ligado à estresse 

    Não é difícil encontrar um cãozinho que queira mastigar tudo que vê pela frente, certo? O hábito de mastigar é natural no universo canino, principalmente quando se trata de cachorro filhote. Entretanto, a mastigação excessiva pode facilmente se tornar um problema de comportamento canino se o seu amigo causar destruição. É comum que a principal motivação seja o estresse e, por isso, o animal “desconte”  nos móveis e objetos da casa. Para controlar a situação, o ideal é contar com o acompanhamento de um veterinário, que pode receitar medicamentos específicos para tratar os problemas ou orientar o uso de florais para cachorro. Os recursos medicinais em conjunto com o trabalho de um adestrador de cães também podem melhorar a comunicação com o cão e, assim, contribuir para o bem-estar do seu pet.

    4) Mordida de cachorro: atitude é comum em animais filhotes

    Assim como latido, a mordida de cachorro também é um hábito bastante presente na rotina do animal, principalmente os filhotes. Afinal, morder e beliscar é uma forma do seu cãozinho conhecer o mundo e até mesmo se comunicar. No entanto, quando o comportamento se torna excessivo, é preciso que o tutor saiba mostrar ao seu amigo que morder nem sempre é uma atitude aceitável. O uso de brinquedos para cachorro e mordedores específicos, por exemplo, pode ajudar nesse processo. Além disso, é importante que se o cachorro estiver mordendo você ou outras pessoas, mesmo em momentos de brincadeira, você o ignore. Dessa forma, ele não terá a resposta esperada e perderá o interesse em continuar. Apostar no adestramento positivo também é uma boa opção para corrigir esse comportamento. 

    5) Cachorro que puxa no passeio é sinônimo de ansiedade 

    Se o seu cãozinho tem o costume de puxar a coleira durante o passeio, saiba que isso pode ser um sinal de ansiedade. Por ser o momento mais feliz para um cachorro, é normal que ele não saiba dosar a alegria e, por isso, ela acabe se transformando em ansiedade e agitação. O resultado? É um cachorro que puxa a coleira e guia durante o passeio. Para eliminar esse comportamento, é importante ter paciência e utilizar as técnicas corretas. O primeiro passo é treinar o animal em casa. Quando o processo estiver funcionando, você pode avançar para outros lugares, como o corredor do prédio ou quintal. Além disso, é importante investir em uma coleira para cachorro que puxa muito, como a peitoral. O uso de petiscos para recompensar o pet quando ele andar direitinho também é bem-vindo. 

     

    Redação: Úrsula Gomes

    Signo de cachorro: o que esperar do pet de áries, touro e gêmeos?

    Próxima matéria

    Signo de cachorro: o que esperar do pet de áries, touro e gêmeos?

    5 zoonoses que precisam da sua atenção: raiva canina, leishmaniose em cães e outras
    Saúde

    5 zoonoses que precisam da sua atenção: raiva canina, leishmaniose em cães e outras

    Raiva canina, leptospirose em cães, leishmaniose canina... todas as essas doenças graves que atingem os cachorros têm algo em comum: são zoonoses. Esse é o termo usado para descrever infecções ou doenças que podem ser transmitidas de animais para os seres humanos. Prevení-las (tanto em você quanto no seu animal) não é difícil, bastam alguns cuidados simples!

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    5 fatos sobre a parvovirose canina que precisam da sua atenção
    Saúde

    5 fatos sobre a parvovirose canina que precisam da sua atenção

    A parvovirose canina é uma das doenças mais graves que podem atingir nossos amigos de quatro patas. O parvovírus é muito resistente e capaz de destruir as células intestinais dos cachorros. O problema é mais comum em filhotes, principalmente aqueles que nunca tomaram vacina. Já os sintomas mais comuns da parvovirose incluem vômitos, diarreia com sangue, alterações no apetite, febre e palidez nas mucosas. Como esses sinais são muito genéricos e também podem indicar outras doenças, o melhor é correr para o veterinário assim que perceber algo diferente no animalzinho.

    Ver Todas >

    5 coisas que gatos podem prever (de terremotos a doenças)
    Comportamento animal

    5 coisas que gatos podem prever (de terremotos a doenças)

    O misticismo envolvendo os bichanos não é novidade. Afinal, quem nunca ouviu dizer que gato preto dá azar ou que os gatos têm sete vidas? No primeiro caso, não passa de mera superstição (e quem tem um gatinho com essa cor de pelagem pode confirmar isso). Já o outro é claramente um mito, pois eles têm apenas uma vida, assim como nós. Mas uma coisa que ninguém pode negar é que os felinos têm uma sensibilidade e tanta, que vai muito além dos seus instintos felinos selvagens. 

    O que é preciso para se tornar um adestrador de cães? Saiba tudo sobre o assunto!
    Comportamento animal

    O que é preciso para se tornar um adestrador de cães? Saiba tudo sobre o assunto!

    O adestramento de cães é uma prática muito conhecida e necessária para quem convive com um amigo de quatro patas. É por meio dele que o cãozinho consegue distinguir o que é certo ou errado e aprende vários comandos básicos de obediência. Quem sabe como adestrar cachorro - filhote ou adulto - dificilmente terá problemas comportamentais em casa, já que o animal vai saber como se portar corretamente. 

    Cachorro bocejando sempre é sono?
    Comportamento animal

    Cachorro bocejando sempre é sono?

    O bocejo dos cães pode despertar muita curiosidade em quem tem um pet e flagra o animal no ato. Mas acredite: cachorro bocejando nem sempre é sinal de sono, e pode ter vários outros significados. Trata-se de uma forma de comunicação do universo canino e, apesar de muitas vezes ter relação com o cansaço e recarga de energia, também pode revelar um cachorro entediado ou ansioso.

    Caixa de areia para gatos: por que os felinos enterram a urina e fezes?
    Comportamento animal

    Caixa de areia para gatos: por que os felinos enterram a urina e fezes?

    Se você convive com um felino, é bem provável que a pergunta “por que os gatos enterram as fezes” já tenha passado pela sua cabeça. Afinal, é um hábito extremamente peculiar e que você não vê animais de outras espécies fazendo, como os cachorros. Então por que será que quando usam a caixa de areia para gatos, a maioria dos animais escondem os dejetos? Será que a explicação está ligada à higiene, ou é algo meramente instintivo? 

    Ver Todas >