Cachorro

Sarna em cachorro: como tratar e quais os sintomas da doença?

Publicado - 19 Maio 2023 - 20h00

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

A sarna em cachorro é conhecida por provocar bastante incômodo no animal infectado. Mesmo sendo uma condição frequente, pouca gente sabe que existem três tipos de sarna canina causados por diferentes tipos de ácaros que se alojam na pele. Assim, os sintomas e tratamentos necessários variam dependendo de acordo com cada tipo. Para te ajudar a conhecer mais sobre a sarna de cachorro, o Patas da Casa juntou algumas informações essenciais sobre a doença. Confira!

Sarna em cachorro: o que é?

Sarna canina é uma doença de pele causada por ácaros. O parasita se aloja na pele do animal e se alimenta dela. Esse é um dos motivos da coceira em cachorro, já que, com a presença do ácaro que causa a sarna, cachorro se coça bastante e fica com a pele vermelha.

Além de saber o que é sarna em cachorro, é bom saber que ela pode ser causada por diferentes espécies de ácaro. São três tipos de sarna canina: sarna sarcóptica (escabiose), sarna otodécica (sarna de ouvido) e sarna demodécica (sarna negra). Dentre elas, a sarcóptica pode ser transmitida para humanos também - ou seja, é uma zoonose. Além das diferentes causas, os tipos de sarna em cachorro se diferenciam pelas regiões do corpo que afetam e pelos sintomas que apresentam.

Imagem Quiz:Como você escolhe a ração do seu cachorro? Faça o teste e descubra!

Como você escolhe a ração do seu cachorro? Faça o teste e descubra!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

10 sintomas de sarna mais comuns em cachorros

A sarna em cachorro pode ser causada por três tipos de ácaros e, consequentemente, se manifesta de três maneiras distintas. Cada um se aloja em uma determinada região do corpo, apresentando, assim, sintomas e reações diferentes. Porém, ainda assim é necessário saber identificar os sintomas de sarna.

Alguns dos principais sinais que indicam tipos de sarna de cachorro são:

  • Incômodo;
  • Coceira;
  • Feridas;
  • Erupções cutâneas;
  • Vermelhidão;
  • Queda de pelos;
  • Mau cheiro;
  • Descamação;
  • Manchas escuras;
  • Perda de peso.

Sarna sarcóptica em cães (escabiose)

Esse é um dos tipos de sarna em cachorro mais comuns nos animais. A sarna sarcóptica é causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei e pode ser transmitida tanto para humanos quanto para outros animais que entram em contato direto com o cão infectado. Para quem não sabe o que é escabiose, fotos podem ajudar a identificar o quadro.

O ácaro responsável por esse tipo de sarna de cachorro costuma agir no peito, barriga e ouvidos do animal, com diferentes erupções na pele que vão de manchas e bolinhas no corpo do cachorro até crostas amareladas. Além disso, as feridas favorecem o aparecimento de infecções causadas por bactérias e fungos.

Os sintomas mais comuns são:

  • Coceira;
  • Vermelhidão na pele;
  • Queda de pelos;
  • Perda de apetite.

Sarna canina demodécica (sarna negra)

É o único tipo de sarna de cachorro transmitida da mãe para o filhote. O ácaro causador - Demodex canis - já se encontra no animal e prolifera quando o pet está com a imunidade baixa. A sarna demodécica pode se manifestar em pontos isolados como cotovelos, calcanhares, queixo, região do focinho, perto dos olhos e perto da boca do animal (sarna canina localizada) ou acometer mais de cinco pontos de uma vez (sarna canina generalizada).

Dentre os sintomas mais comuns da sarna negra, estão:

  • Oleosidade;
  • Queda dos pelos;
  • Infecções;
  • Inchaço;
  • Descamação;
  • Vermelhidão da pele;
  • Manchas escuras;
  • Aspereza na região infectada.

Sarna de cachorro otodécica (sarna de ouvido) 

Esse tipo de sarna canina fica restrito à região auricular do animal, ou seja, à orelha do cachorro. Causada pelo ácaro Otodectes cynotis, os principais sintomas da sarna otodécica são acúmulo de cera e muita coceira tanto na orelha quanto no ouvido do animal. A partir destes sintomas da sarna, cachorro pode se ferir ao tentar aliviar o incômodo. Consequentemente, o cão pode também desenvolver inflamações como a otite canina.

Fotos de cachorro com sarna

Veja a seguir fotos de cachorro com sarna!Escabiose: imagens mostram como a doença deixa feridas no corpo do cachorroFotos de cachorro com sarna demodécica mostram que a região da face é uma das mais afetadasSarna em cachorro de ouvido causa feridas na região e pode desencadear a otiteEm foto, sarna é bastante perceptível quando há muitas feridasSarna de cachorro demodécica (ou sarna negra) é transmitida de pai para filhoFotos de sarna de ouvido podem se confundir com fotos de otite caninaA sarna canina otodécica afeta a região auricular do animalFotos de sarna em cachorro geralmente estão associadas a queda de pelosSarna: cachorro pode ficar com a região avermelhada e inchadaSarna: fotos geralmente mostram um cão com muitas erupções na pele

 

Qual é o remédio para sarna de cachorro ideal de cada tipo de infecção? 

 

Por trazer tantos problemas ao animal, a sarna em cachorro precisa ser controlada o mais rápido possível. Quanto antes for tratada, menor o incômodo no animal e o risco de contrair outras infecções. Mas após diagnosticar a sarna em cachorro, como tratar? Essa resposta varia dependendo do tipo de sarna canina. Tratamento para sarna de ouvido é diferente do tratamento para sarna negra que é diferente do caso da escabiose.

Veja abaixo algumas maneiras de como tratar sarna em cachorro (mas lembre-se sempre que somente um veterinário pode indicar o melhor tratamento para o animal):

  • Sarna sarcóptica: nesse tipo de sarna canina, tratamento é considerado mais tranquilo. Geralmente, medicamentos tópicos, como cremes e pomadas que devem ser aplicados nas regiões afetadas. Se houver necessidade, o veterinário também pode receitar um remédio para sarna de cachorro específico para o caso do animal. É ele que vai especificar exatamente o que é bom para sarna de cachorro em cada situação. Banhos antiácaros com sabonetes específicos também ajudam a aliviar a proliferação dos parasitas no corpo do pet.

  • Sarna de ouvido: para cuidar da sarna de cachorro otodécica, o tratamento é parecido com o da sarna canina sarcóptica. A diferença é que os medicamentos devem ser específicos para a região. O banho antiácaro também é uma boa maneira de controlar a sarna em cachorro. Uma consulta no veterinário é essencial para que ele explique exatamente o que é bom para sarna de cachorro de acordo com o grau do problema. Caso desenvolva otite canina, o tratamento deve ser voltado para essa condição também.

  • Sarna negra: esse é o único caso que não tem como curar sarna de cachorro completamente. Por ser transmitida da mãe para o filhote, se o animal não tiver nenhum problema no sistema imunológico durante a vida, a sarna canina pode ser controlada com o uso regular de shampoos e cremes antiácaro. Nos casos mais graves da sarna canina, tratamento deverá ser feito com medicamentos orais. Todo o processo deve ser acompanhado por um profissional, que saberá o que é bom para sarna de cachorro dependendo da gravidade e prescreverá os remédios e cremes ideais. 

Como prevenir a sarna em cachorro?

Os tipos de sarna canina sarcóptica e otodécica são transmitidas pelo contato com animais contaminados. Por isso, a principal maneira de prevenir esses tipos da doença é evitando esse contato. Na suspeita de um animal contaminado, não deixe seu pet se aproximar dele. Evite também locais e objetos contaminados.

Outra maneira de prevenir a sarna em cachorro é através da higiene. Os ácaros podem estar presentes no ambiente, então é importante saber como limpar o lugar que seu pet vive e manter sempre os locais higienizados. Também é necessário ter uma rotina de banhos frequente, sempre em espaços seguros. Aumentar a imunidade do cachorro através da alimentação também pode impedir a proliferação dos ácaros e ajuda na recuperação, caso contraia algum dos tipos de sarna canina.

Para os animais que já nascem com a sarna negra, o ideal é tomar todos os cuidados com a saúde desde filhote. Isso evitará os casos mais graves da doença. Como a sarna em cachorro demodécica se manifesta quando há uma baixa na imunidade, é fundamental estar sempre cuidando da saúde do animal. Uma boa alimentação e visitas frequentes ao veterinário são essenciais no controle e prevenção da doença. A castração também deve ser considerada, para evitar que a sarna canina passe para outros filhotinhos. 

12 perguntas e respostas sobre a sarna de cachorro

1) O que provoca sarna em cachorro?

A sarna canina pode ser provocada por três tipos diferentes de ácaros. São eles: o Sarcoptes scabiei, que provoca a sarna sarcóptica (escabiose); o Demodex canis, que causa a sarna negra (sarna demodécica); e o Otodectes cynotis, que é responsável pela sarna otodécica (sarna de ouvido).

2) Como a sarna é transmitida?

A principal maneira de transmissão da sarna em cachorro é pelo contato com animais, lugares e objetos contaminados. É assim que o animal contrai os tipos de sarna de cachorro sarcóptica e otodécica. Já a sarna negra é transmitida de mãe para filho, mas só se manifesta quando a imunidade está baixa.

3) Como saber se o cão está com sarna?

Os principais sintomas de sarna em cachorro são irritação, coceira e erupções cutâneas nas áreas afetadas. Ao coçar, podem surgir feridas em cachorro localizadas que, se não forem tratadas corretamente, podem virar porta de entrada para infecções mais graves. 

4) Como fica a pele do animal com sarna?

O cachorro com sarna pode ter diferentes regiões afetadas, mas costuma sempre deixar feridas. O local vai depender do tipo de sarna canina que o animal pegou. Na escabiose, a doença acomete principalmente o peito e a barriga, na otodécica fica no ouvido e na sarna negra pega a face e os membros.

5) Sarna de cachorro pega em humano? 

O único tipo de sarna canina que pode afetar os humanos é a sarna sarcóptica. Por isso, ela é considerada uma zoonose e, caso o pet seja contaminado, o tutor também precisa ir ao médico para tomar os remédios e cuidados necessários. Já a sarna em cachorro de ouvido ou sarna negra não passam para humanos, mas podem contaminar outros animais.

6) Pode dar banho todo dia no cachorro com sarna?

Os banhos são grandes aliados para combater a sarna em cachorro. A frequência, no entanto, deverá ser indicada por um médico veterinário, assim como os produtos a serem usados. Seguindo as orientações de um profissional à risca, o paciente logo se recupera.

7) O que é bom para dar banho em cachorro com sarna?

As indicações de medicamentos tópicos, bem como de shampoos e sabonetes específicos, é prescrita por um especialista. No entanto, em alguns casos, o sabonete de enxofre pode ser indicado, e deve ser passado suavemente pelas áreas infectadas.

8) Qual o remédio caseiro para sarna de cachorro?

Não existe um tratamento caseiro para tratamento de sarna. Fotos mostram que essa é uma doença séria e que precisa de acompanhamento veterinário. A automedicação, portanto, deve ser evitada, ou pode agravar ainda mais o estado do animal.

9) O que é bom para curar a sarna de cachorro?

O tratamento mais comum para a sarna em cachorro, independentemente de qual for o tipo, normalmente são os banhos com produtos especiais. Aumentar a imunidade do cachorro também ajuda, principalmente no caso da sarna negra, que se manifesta sempre que o imunidade cai. Em todo caso, sempre que se tratar da sarna em cão, como tratar é algo que vai depender de indicações médicas.

10) Pode surgir sarna em filhote de cachorro? 

A sarna em filhote de cachorro também pode acontecer. É muito importante cuidar da higiene nessa fase e fortalecer o sistema imunológico, principalmente através de uma boa alimentação. Assim, o animal ficará mais forte e menos propenso a contrair. No caso dos filhotes que contraíram a sarna negra de sua mãe, o cuidado deve ser redobrado. Nessa fase, o sistema imunológico do animal está em desenvolvimento, então é preciso um bom acompanhamento médico para evitar que fique ainda mais suscetível à proliferação dos ácaros.

11) Como tratar a sarna no cachorro?  

Na sarna canina, tratamento costuma ser à base de medicamentos, cremes e pomadas especiais nas regiões afetadas. Banhos antiácaros, sabonetes para cachorro e shampoos específicos também são fundamentais no tratamento.

No caso da sarna negra, que não há cura, o uso frequente de shampoos e cremes especiais ajudam a evitar a proliferação. Caso fique doente, medicamentos também serão prescritos para controlar os sintomas.  Lembrando que apenas o veterinário pode dizer o que é bom para sarna de cachorro em cada caso. 

12) Quanto tempo dura a sarna em cachorro? 

Nos tipos de sarna de cachorro sarcóptica e de ouvido, a doença costuma permanecer por até quatro semanas. As feridas, porém, podem demorar mais para cicatrizar. Já a sarna negra não tem cura, então o tratamento deve ser frequente ao longo de toda a vida. Quando a sarna canina se manifesta, o cão precisa receber os cuidados logo a fim de controlar os sintomas.  

Redação: Ariel Cristina Borges e Maria Luisa Pimenta

Publicada originalmente em: 05/08/2019
Atualizada em 19/05/2023

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Adote um animal

Cane Corso filhote: o que esperar do cãozinho de porte gigante?

O Cane Corso filhote é um cachorro cheio de energia e que precisa de muita atenção, especialmente nos dois primeiros anos de vida. A...

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Ver todas