Comportamento

Por que o olho de gato brilha no escuro? Veja essa e outras curiosidades sobre o olhar felino

Veja porque o olho do gato brilha no escuro
Veja porque o olho do gato brilha no escuro

Quem nunca se perguntou se o gato enxerga no escuro ou até mesmo se assustou com o olho felino brilhando à noite? O olhar de gato é cheio de particularidades, assim como outras partes do seu corpo. Pais de primeira viagem podem estranhar essas alterações no olhar que são comuns em todos os felinos. Para esclarecer de uma vez por todas essas dúvidas, o Patas da Casa reuniu uma série de curiosidades que vão te ajudar a entender melhor por que a pupila do gato muda de acordo com o ambiente e como os gatos enxergam no escuro. Veja!

Olho de gato brilhando no escuro: veja a explicação!

Quem já encontrou um gato no meio da noite, provavelmente tomou um susto ao perceber que o olho felino estava brilhando. Essa é uma situação bastante comum, mas que é interpretada erroneamente: na verdade, o olho de gato não brilha no escuro em qualquer situação. Esse “brilho” que a gente vê nada mais é do que o reflexo da luz captada por uma membrana que se situa na parte de trás dos olhos do gato, chamada de tapetum lucidum. Então qualquer raio de luz presente no ambiente é facilmente capturado por essa membrana (mesmo no escuro), fazendo com que o brilho no olhar de gato se sobressaia. Em um ambiente que não tem nenhum resquício de luz, os olhos dele não vão brilhar.

Como os gatos enxergam no escuro?

Os felinos são animais com hábitos noturnos, então eles precisam encontrar uma forma de ver o que está acontecendo mesmo em ambientes com pouca luminosidade. Mas como os gatos enxergam no escuro? A boa visão desses animais é explicada porque eles possuem uma grande quantidade de células, chamadas de bastonetes, que ajudam a captar a luz. Além disso, a membrana presente na parte de trás do olho felino é outra ferramenta que ajuda os gatos a enxergarem no escuro, pois o reflexo da luz aumenta a capacidade visual dos felinos. A pupila do gato dilata quase que completamente em busca de qualquer resquício de luz, os bastonetes então captam isso e, em seguida, o tapetum lucidum transforma-a em uma espécie de refletor.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A pupila do gato fica mais retraída em ambientes muito claros
    A pupila do gato fica mais retraída em ambientes muito claros

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Os olhos dos gatos enxergam as cores de forma limitada

    Existem muitas especulações sobre os tipos de cores que os gatos enxergam, mas nenhuma pesquisa científica chegou a um consenso ainda. O que se sabe é que o olho felino é, de fato, mais limitado do que o dos humanos na questão de espectros de cores. As células responsáveis pela distinção de cores são chamadas de cones, e enquanto nós possuímos três tipos dessas células que nos ajudam a visualizar o azul, vermelho e o verde, os gatos possuem apenas duas dessas células. Sendo assim, os felinos não enxergam simplesmente uma escala de branco e cinza, como algumas pessoas acreditam; mas eles também não conseguem enxergar uma ampla gama de cores. Sabe-se que o verde é uma cor que não é captada pelo olho dos gatos, mas não se sabe ao certo qual escala de cores esses animais conseguem visualizar.

    Por que a pupila do gato dilata à noite e fica pequena durante o dia?

    Como a parte da noite normalmente tem menos luminosidade do que durante o dia, a pupila do gato tende a dilatar quando está escuro para tentar buscar qualquer sinal de luz no ambiente. Quando está claro, não há essa necessidade, e é por isso que a pupila do animal costuma ficar retraída, geralmente mostrando apenas um “fiozinho” no olho do gato. Então, se você não sabe o que significa quando a pupila do gato dilata, não precisa se preocupar: na verdade, essa é uma reação natural do corpo dos felinos quando eles estão imersos em lugares escuros. No entanto, é importante ter atenção com a pupila semi dilatada, que pode acontecer quando o gato está com medo ou quando ele está adotando um comportamento mais agressivo.

    Redação: Juliana Melo

    Próxima matéria

    "Meu cachorro destrói tudo": o que fazer e como direcionar o comportamento do pet?

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ragdoll: cuidados, personalidade e curiosidades... Conheça mais sobre essa raça de gatos gigantes
    Raças

    Ragdoll: cuidados, personalidade e curiosidades... Conheça mais sobre essa raça de gatos gigantes

    O Ragdoll é uma raça de gatos gigantes, bem peludinhos e muito ativos. A raça nasceu nos Estados Unidos, a partir de uma série de cruzamentos, e só chegou ao Brasil no início da década de 1980. A história é bem curiosa, mas o que chama a atenção mesmo é o resultado: um gato enorme e super fofo. O Ragdoll é uma raça muito carinhosa e que gosta daquele colinho gostoso do dono. Ou seja: é uma ótima companhia para outros animais (incluindo cães), crianças, adultos e idosos. Conheça mais sobre essa raça e se apaixone também!

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos
    Saúde

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos

    A esporotricose em gatos é uma das doenças mais graves que pode atingir os felinos. Isso porque ela evolui muito rápido para a fase disseminada, causando sérios riscos à vida do gatinho. Provocada por um fungo presente em vegetações, a “micose” apresenta feridas bem características na pele do felino, sendo esse um dos principais sintomas da doença. Apesar da complexidade da infecção, o tratamento correto é capaz de curar essa doença de gato. Esporotricose também pode ser prevenida com alguns cuidados específicos no dia a dia do seu felino. Para saber mais sobre a doença, nós conversamos com o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro.

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato
    Raças

    Norueguês da Floresta: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    O gato Norueguês da Floresta chama a atenção por onde passa, principalmente por conta do seu porte. Essa é uma raça de gato grande e que tem o corpo bem robusto, coberto por pelos longos e lisos, que deixam o bichano com uma aparência bem fofa e apertável. Também é um animal super gentil e carinhoso, e por isso consegue conquistar a todos com facilidade. 

    Ver Todas >

    6 sons que os cachorros odeiam
    Comportamento animal

    6 sons que os cachorros odeiam

    Sabia que existem sons que os cachorros odeiam? É isso mesmo: alguns ruídos e barulhos simplesmente são insuportáveis para os ouvidos dos pets. A explicação para isso está na audição canina, que é extremamente sensível. Para se ter uma ideia, os humanos são capazes de identificar frequências entre 16 e 20.000 Hz, enquanto um cãozinho chega a escutar até 40.000 Hz. 

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?
    Comportamento animal

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

    “Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro
    Comportamento animal

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro

    A anatomia canina é tão fascinante que sempre aparece uma nova curiosidade para nos surpreender. Afinal, o universo dos cães é repleto de segredos! Todas as partes do corpo do cachorro possuem características, funções e estruturas completamente diferentes e igualmente interessantes. No caso da anatomia externa do cachorro, o foco fica em todas as partes que enxergamos só de olhar para o animal. 

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado
    Comportamento animal

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

    A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. 

    Ver Todas >