close
Cuidados

Olho de gato: como os felinos enxergam, doenças oculares mais comuns, cuidados e mais

Atualizado · 19 de abril de 2022 · 17h17

Publicado · 19/04/2022 · 17h17

Como os gatos enxergam? Descubra tudo sobre o olho de gato
Como os gatos enxergam? Descubra tudo sobre o olho de gato

Já se perguntou como é a visão de um gato? Há quem diga que os felinos enxergam tudo em preto e branco, enquanto outros dizem que não. Além disso, outra dúvida muito comum é se os gatos enxergam no escuro (e, nesse caso, muitos se questionam sobre como funciona a visão noturna desses animais). O que ninguém pode negar é que o olho de gato exerce um papel fundamental na vida dos bichinhos, e por isso é nosso dever tentar entender mais sobre o assunto.

Para te ajudar nessa missão, o Patas da Casa reuniu tudo que você precisa saber sobre a visão felina: como os gatos enxergam, o que alguns comportamentos significam (como a pupila de gato dilatada), principais doenças no olho do gato e cuidados com a região. Dá só uma olhada!

Como os gatos enxergam?

Quando o assunto é o olho de gato, uma das principais dúvidas é quais cores que estes animais enxergam. Apesar da teoria de que os gatos veem tudo em preto e branco, isso está longe de ser verdade. Na verdade, a visão felina não é muito diferente da nossa, de forma que eles conseguem perceber quase todas as cores, com exceção de uma, que muitos acreditam ser o verde.

Mas mesmo que a crença seja essa, não há um consenso ou pesquisa definitiva que esclareça quais cores os gatos enxergam exatamente. O que se sabe é que enquanto os humanos possuem três células fotorreceptoras que captam as cores vermelho, azul e verde, os gatos possuem apenas duas dessas células. Logo, uma dessas cores - em tese, o verde - não é captada pelo olho de gato, então objetos com essa coloração acabam assumindo um tom de cinza.

Outro ponto importante sobre como os gatos enxergam é a visão periférica. Já percebeu que quase nada surpreende os felinos? Bom, isso se deve ao fato de que eles têm uma visão muito mais ampla do que a nossa: enquanto os seres humanos conseguem enxergar tudo em um ângulo de até 180º, a visão periférica felina chega aos 200º. O único ponto cego desses animais fica abaixo do queixo. Apesar disso, o olho de gato tem um pequeno “defeito”: por ter um número menor de cones na retina, a visão à distância dos pets não é muito boa. Ou seja, os gatos veem tudo embaçado e sem foco se estiverem longe - mas isso não é um grande problema para a espécie, pois isso se equilibra com a ajuda de outros sentidos.

Gato enxerga no escuro?

Basta anoitecer para perceber que, sim, os gatos enxergam no escuro (e muito melhor do que a gente imagina, inclusive). A explicação é simples: os felinos são animais com hábitos noturnos, então faz todo o sentido que eles tenham uma visão noturna mais aprimorada para guiá-los no escuro.

Cientificamente, é necessário saber um pouquinho de anatomia felina para entender melhor essa aptidão. A retina é uma fina camada do olho de gato formada por estruturas que captam e decodificam as imagens, chamadas de cones e bastonetes. Os cones são responsáveis pela percepção de cores e visão diurna, como já foi visto. Já os bastonetes desempenham um papel importante na visão noturna, pois eles ajudam a captar a luz do ambiente, mesmo se não houver muita claridade.

Outra estrutura que auxilia nisso é o tapetum lucidum, uma membrana presente na parte de trás do olho de gato que reflete qualquer raio de luz. De uma maneira geral, as pupilas se dilatam em busca de qualquer luminosidade, os bastonetes “captam” a luz - se houver - e o tapetum lucidum transforma isso em um refletor, aguçando a visão noturna desses animais.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A pupila de gato dilatada pode ser um sinal de que o animal está relaxado e tranquilo
    A pupila de gato dilatada pode ser um sinal de que o animal está relaxado e tranquilo
    Quando a pupila de gato dilata também pode ser um convite para brincadeiras
    Quando a pupila de gato dilata também pode ser um convite para brincadeiras
    A pupila de gato parcialmente dilatada pode indicar medo e apreensão
    A pupila de gato parcialmente dilatada pode indicar medo e apreensão
    A pupila de gato se retrai em ambientes com muita luminosidade
    A pupila de gato se retrai em ambientes com muita luminosidade
    Dependendo da circunstância, a pupila de gato pode ficar retraída se ele estiver em alerta
    Dependendo da circunstância, a pupila de gato pode ficar retraída se ele estiver em alerta
    A pupila de gato dilatada pode ser um sinal de que o animal está relaxado e tranquilo
    Quando a pupila de gato dilata também pode ser um convite para brincadeiras
    A pupila de gato parcialmente dilatada pode indicar medo e apreensão
    A pupila de gato se retrai em ambientes com muita luminosidade
    Dependendo da circunstância, a pupila de gato pode ficar retraída se ele estiver em alerta

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Pupila de gato dilatada ou retraída: o que significa e por que acontece?

    As pupilas de gato podem dilatar ou retrair por causa da quantidade de luz de um determinado ambiente, mas também podem assumir esse formato de acordo com as emoções do animal. No primeiro caso, é fácil entender porque isso acontece: quando o gato está em um local pouco iluminado, a pupila dilata em busca de qualquer luminosidade para fazer o animal enxergar melhor. Esse fenômeno se chama midríase e acontece de forma natural. Já o contrário, quando a pupila de gato retrai, é o que chamamos de miose, sendo comum em lugares com muita claridade.

    Em alguns casos, é importante avaliar se a pupila de gato dilatada ou retraída foi motivada pelos sentimentos do seu amigo de quatro patas. Mesmo que pareça inusitado, o comportamento do gato também pode ser lido pelo olhar do pet. Veja o que significa cada situação abaixo: 

    Pupila de gato dilatada totalmente: geralmente é um sinal de que o animal está relaxado e empolgado, com vontade de brincar.

    Pupila de gato dilatada parcialmente: costuma ser um sinal de gato com medo, apreensivo e ansioso.

    Pupila de gato retraída: é comum em situações de tensão e significa que o felino está em alerta e/ou pronto para atacar.

    Mesmo sabendo o significado dos diferentes olhares de gato, não esqueça que é importante saber o mínimo de linguagem felina nessas horas. Essa é a melhor maneira de interpretar e entender o que o seu gatinho quer dizer com cada atitude. Além disso, se uma pupila de gato estiver com um tamanho diferente da outra, pode ser um indicativo de lesão ocular e é necessário visitar um veterinário especializado em oftalmologia.

    O gato pisca para se comunicar com os humanos? Entenda!

    Já deu para perceber que uma das formas de comunicação dos gatos é por meio do olhar, mas isso vai além da dilatação da pupila. O gato piscando também pode ter diferentes interpretações e refletir o estado emocional do seu pet. E isso não é só mera especulação: uma pesquisa desenvolvida pela Universidade de Sussex, no Reino Unido, foi capaz de desvendar que as piscadelas são um tipo de interação no universo felino e podem ser lidas como uma forma de demonstrar afeto.

    A pesquisa foi feita com 45 gatos, e foi dividida em dois processos. Primeiro, a proposta era observar se o gato piscando lentamente poderia ser uma resposta a estímulos de piscadas lentas iniciados por humanos. A segunda parte da experiência consistiu em investigar se os animais eram mais propensos a se aproximar de uma pessoa desconhecida após uma interação de piscar lento. Como resultado, pôde-se concluir que as piscadas são um gesto importante para os gatos, e eles podem, inclusive, ser mais receptivos com estranhos após essa troca. Mas não é qualquer piscada que tem esse efeito: o movimento tem que ser lento. Se for muito rápido, pode ser encarado como ameaça.

    Por isso, se você já notou seu gato piscando devagar enquanto te olhava, pode se considerar sortudo! Essa é uma clara demonstração do amor de gato, e é basicamente como se o bichinho estivesse te dizendo o quanto ele confia em você e se sente feliz ao seu lado.

    Veja algumas dúvidas comuns sobre o olho de gato

    Remela no olho do gato é sempre indicativo de doença?

    Não. Apesar de ser comumente associada com algumas doenças no olho de gato, a remela nem sempre é sinal de algum problema. Às vezes ela é resultado de um processo natural do corpo, principalmente após uma soneca. Mas é importante ficar atento: a remela no olho do gato é considerada normal somente se estiver branquinha, dura e fora do olho.

    Gato branco de olho azul tem tendência à surdez?

    Muitos tutores se perguntam se gatos brancos têm mais chances de serem surdos, e a resposta é sim. Isso acontece por causa do gene W, que é dominante sobre a audição e a pelagem. Dessa forma, quanto mais clara for a cor da pelagem do gato, mais forte é o gene W. Consequentemente, maiores serão as chances do gato branco ser portador da surdez congênita, ainda mais se ele tiver os olhos azuis

    Algumas raças que apresentam essa característica são:

    • Angorá
    • Burmilla
    • Khao Manee
    • Ragdoll
    • Van Turco

    Vale destacar que nem todo gato branco de olho azul é surdo, então é importante avaliar a condição do seu bichano.

    Por que o olho de gato brilha no escuro?

    Você já sabe que o gato enxerga no escuro e entendeu o processo de como isso funciona, certo? Então, o olho de gato brilha no escuro porque é o reflexo da luz captada pelo tapetum lucidum! Ou seja, se tiver qualquer resquício de luz em um ambiente - mínimo que seja -, essa membrana vai captar e refletir, deixando o olhar felino mais brilhante. Já se não tiver nenhuma luminosidade, o olho de gato não vai brilhar.

    Qualquer doença no olho de gato precisa ser investigada
    Qualquer doença no olho de gato precisa ser investigada

    6 doenças no olho de gato que precisam de atenção

    1) Catarata

    A catarata em gatos é uma doença que afeta uma parte específica do olho: o cristalino. É essa estrutura que permite uma visão nítida e ajuda a formar as imagens, então qualquer problema que afete a região vai dificultar a visão do animal e pode até levar à cegueira. Um dos principais sintomas é a opacidade do cristalino, deixando o olho de gato esbranquiçado ou azulado.

    2) Clamidiose felina

    É uma infecção ocular causada por uma bactéria de fácil transmissão e considerada muito perigosa. Geralmente, um dos sinais que indicam o problema é o gato com olho vermelho, mas outros sintomas também podem ser percebidos, como secreção e úlceras no globo ocular. Além disso, a clamidiose felina também se manifesta como uma infecção respiratória, provocando tosse e espirros nos gatos.

    3) Conjuntivite

    A conjuntivite felina é um quadro caracterizado pela inflamação da conjuntiva, membrana que reveste o olho de gato. Ela pode ter diferentes causas, podendo ser infecciosa ou não infecciosa, e costuma se manifestar quando a imunidade está baixa. O gato com olho vermelho, coçando e remelando são os principais indicativos da doença. Lacrimejamento excessivo, piscadas constantes e inchaço da região também podem ser observados.

    4) Glaucoma

    O glaucoma em gatos é definido pelo aumento da pressão intraocular do olho, podendo levar à degeneração do nervo óptico e causar a perda progressiva da visão. Além do olho avermelhado, a doença pode deixar a pupila de gato dilatada e provocar a opacidade da córnea. É necessário uma avaliação médica o quanto antes para retardar a progressão do glaucoma e oferecer melhor qualidade de vida ao pet. 

    5) Toxoplasmose ocular

    A toxoplasmose ocular é uma doença no olho de gato bem perigosa e que causa muita preocupação. Causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, a toxoplasmose pode se alojar em diferentes partes do corpo, inclusive nos olhos. Nesses casos, o gato com olho vermelho, sensível à claridade e com dificuldade de enxergar são os principais sintomas. Apesar de não ser muito comum, exige atenção e deve ser tratada o quanto antes, ou pode levar o animal a ficar cego.

    6) Uveíte

    A uveíte felina consiste na inflamação da úvea, uma área do olho de gato que tem muitos vasos sanguíneos e tem a função de proteger o fluido intraocular. Ela pode ser causada por lesões e pequenos ferimentos, como também pode ser derivada de uma doença pré-existente, como a catarata. O olho de gato remelando e lacrimejando é um dos indícios da doença, assim como fotofobia (sensibilidade à luz), dor e piscadas excessivas.

    Saiba como cuidar do olho de gato no dia a dia

    Muita gente pensa que não tem a necessidade de cuidar ou limpar o olho de gato sempre, mas isso é um erro. Mesmo que não seja uma área que precisa de limpeza intensa, é bom ter uma rotina de higiene básica com a visão do seu bichinho de estimação. Você pode fazer isso com o auxílio de soro fisiológico, retirando sujeirinhas incômodas e evitando o acúmulo de remela no olho do gato (que, a longo prazo, pode acabar prejudicando a visão do pet). 

    Visitas regulares a um médico veterinário oftalmologista também são bem-vindas! O especialista pode, inclusive, incluir um colírio próprio para gatos para ajudar na lubrificação da região, ajudando a manter alguns problemas afastados. Mas lembre-se: tudo deve ser feito com a orientação de um profissional da área.

    Redação: Juliana Melo

    Cocô de gato: o que indica sobre a saúde do pet e muito mais

    Próxima matéria

    Cocô de gato: o que indica sobre a saúde do pet e muito mais

    Olho de cachorro: como os cães enxergam, doenças oculares mais comuns, cuidados e mais
    Saúde

    Olho de cachorro: como os cães enxergam, doenças oculares mais comuns, cuidados e mais

    Umas das grandes dúvidas sobre o universo canino é como o cachorro enxerga e quais cores podem ser percebidas por esses animais. Alguns acreditam que eles veem tudo em preto e branco, mas será que é verdade? Independentemente da resposta, é inegável que o olho de cachorro cumpre uma função muito importante na vida do seu pet. Por isso, é fundamental ter um cuidado especial com a visão canina! 

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?
    Cuidados

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?

    Ter um gatinho em casa vai muito além da parte divertida. Isso porque, na prática, adotar um gato requer uma série de responsabilidades e cuidados com o seu novo amigo de quatro patas. Afinal de contas, você quer que ele tenha uma boa qualidade de vida, certo? Por isso, para cuidar de gato, alguns custos devem fazer parte da sua rotina. Para saber mais sobre isso e te ajudar a se planejar financeiramente, preparamos uma matéria com os principais gastos mensais de um gato. Confira!

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir
    Saúde

    Giárdia em gatos: entenda mais sobre a doença, os sintomas mais comuns e como prevenir

    Assim como nos cães, a Giárdia em gatos é uma zoonose muito comum. Os felinos, então, não estão imunes a contrair essa doença, que muitas vezes passa despercebida ao ser confundida com uma simples diarreia. Por isso, é muito importante prestar atenção aos sintomas da giárdia em gatos e, também, buscar formas de prevenir a contaminação. Para esclarecer mais as dúvidas quanto ao assunto, conversamos com a médica veterinária Carolina Mouco Moretti, que é diretora geral do Hospital Veterinário Vet Popular, de São Paulo.

    Ver Todas >

    Fralda para gato com incontinência urinária: como usar?
    Cuidados dos animais

    Fralda para gato com incontinência urinária: como usar?

    Gatos são animais super limpinhos. A maioria deles se adapta bem à caixa de areia para fazerem suas necessidades e gostam desse ritual. Porém, por causa de questões relacionadas à saúde, como incontinência urinária, gatos acabam precisando usar fralda. Imagine o ta

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!
    Cuidados dos animais

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    Os gateiros devem ter um cuidado enorme com a escolha de flores para decorar a casa, principalmente porque existem várias plantas tóxicas para gatos, como é o caso da hera, lírio e espada-de-são-jorge. Mas, ao contrário destas espécies “perigosas”, também existem plantas que gatos podem comer e que são completamente seguras, sem chances de provocar mal estar ou intoxicar os felinos.

    Como construir um canil para cachorro adequado?
    Cuidados dos animais

    Como construir um canil para cachorro adequado?

    Quando falamos de canil para cachorro, o primeiro lugar que nos vem à mente são os abrigos para animais. Porém, canil para cachorro também é o nome dado a um cantinho feito especialmente para seu pet se divertir em uma área externa. Essa é a melhor solução para quem não pode deixar o doguinho dentro de casa ou quer oferecer um cantinho para ele no quintal. Qualquer cão se beneficia desse modelo de casinha para cachorro - grande, pequeno, de raça ou vira-lata. 

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de
    Cuidados dos animais

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de "chulé" do seu cãozinho

    Existem diferentes causas para o chulé em cachorro mas, seja qual for o motivo, o cheiro de “salgadinho” na pata de cachorro pode incomodar bastante quem vive com o pet. Muitos tutores não sabem o que fazer quando o cachorro tem chulé, mas a verdade é que o problema pode ser amenizado de maneiras mais simples do que você imagina. O Patas da Casa te explica como limpar pata de cachorro corretamente e dá dicas de produtos (como o hidratante para patas de cachorro) que vão ajudar - e muito - a acabar com o odor. Confira!

    Ver Todas >