O olho do gato é uma parte que desperta muita curiosidade. Você já deve ter se perguntado por que o olho do gato brilha no escuro, se ele consegue ver todas as cores e se ele é capaz de enxergar no escuro. Mas um detalhe que chama muita atenção é a pupila do gato: se reparar bem, ela dilata ou se retrai de acordo com a hora do dia e até em diversas situações do cotidiano. Em alguns momentos, a pupila ocupa praticamente o olho inteiro. Já outras vezes, o olho do gato se retrai tanto que parece apenas um feixe. Mas afinal, por que a pupila do gato dilata e retrai? Isso é um sinal de que há algum problema com sua visão ou é algo normal? A verdade é que pode ser os dois. O Patas da Casa te explica o que o gato com pupila dilatada ou retraída pode significar. Confira!

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O que significa quando a pupila do gato dilata no escuro?

O principal motivo da pupila de gato mudar de formato é a quantidade de luz no ambiente. O  gato enxerga no escuro, tendo inclusive uma ótima visão noturna Quando o bichano está em um local com baixa luminosidade, precisa fazer um esforço extra para realizar essa captação. Isso explica porque a pupila do gato dilata no escuro: a expansão ajuda a perceber a luz e, consequentemente, enxergar melhor. O fenômeno da pupila do gato dilatada se chama midríase.

Em ambientes de muita luz, não é necessário dilatar a pupila. Olho de gato fica, então, retraído. Se a luminosidade for muito intensa, podemos ver que a pupila do gato fica bem estreita, parecendo apenas um feixe. O fenômeno da pupila dos gatos retraída se chama miose.

O olho do gato pode dilatar ou retrair de acordo com suas emoções

O olho felino diz mais do que a gente imagina. Além de mudar de acordo com a luminosidade, a pupila de gato também altera de acordo com diversas situações, sendo uma ótima forma de reconhecer alguns comportamentos. Pode reparar: quando seu bichano está empolgado, é possível ver a pupila dilatada. Gato se divertindo e querendo brincar fica com os olhos bem grandes e expressivos. Porém, a pupila do gato dilatada não é sinal apenas de empolgação. O gato com medo ou ansioso também fica com a pupila dilatada

Por outro lado, a pupila de gato fica retraída em momentos de tensão. Além disso, ela também ganha esse formato caso o pet esteja alerta a alguma situação ou perseguindo uma presa. Quando o bichano contrai bastante a pupila, ele pode estar pronto para atacar.

 

O gato com pupila dilatada pode significar baixa luminosidade, empolgação ou alguma doençaO olho do gato retraído é comum em ambientes com mais luz e quando o bichano está em alerta

 

Gato com pupila dilatada é um sintoma de glaucoma

 

Apesar da pupila dilatada em gatos ser uma reação natural à luz e emoções, em certos casos pode ser sintoma de alguma doença. Esse é o caso do glaucoma em gatos, doença que acomete o olho do gato e causa o aumento da pressão intraocular. Com o tempo, o olho do gato se degenera, e o animal pode até mesmo perder a visão. Um dos sintomas mais específicos do glaucoma é a dilatação da pupila. Gato apresenta também outros sinais, como vermelhidão no olho e opacidade da córnea. Por isso, se reparar que o olho felino está dilatado e com essas características, leve-o para fazer exames o quanto antes.

Pupila de gato idoso costuma ficar mais dilatada 

Se você tem um gatinho envelhecendo, provavelmente vai reparar algumas mudanças na pupila. Gato idoso costuma ter mais dificuldade na captação de luz. É por isso que, com a idade, é normal ocorrer uma dilatação da pupila. O olho de gato passa a ficar expandido até mesmo durante o dia, pois é uma forma de melhorar a visão que vai diminuindo com o tempo. É importante fazer check-ups no gato com frequência para monitorar a saúde ocular. Dessa forma, você descobre com antecedência caso o pet idoso comece a ter problemas mais sérios na visão.

Anisocoria na pupila: gato com uma pupila maior que a outra pode ser sinal de lesões

Nós já explicamos porque a pupila do gato dilata e retrai. Mas e quando isso acontece ao mesmo tempo? Existe uma condição chamada anisocoria, fenômeno que acontece quando o  gato apresenta uma pupila maior que a outra. Apesar de não ser uma doença em si, é um sinal de alerta para outras enfermidades. A anisocoria pode ser sintoma de glaucoma, lesões no olho, alterações na retina, lesões no cérebro, derrame e, em alguns casos, tumor no gato.  Por isso, se reparar que cada pupila do gato está com tamanhos diferentes, é bom levá-lo ao veterinário para fazer exames.

Redação: Maria Luísa Pimenta