xixi

O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

O que fazer para o cachorro parar de marcar território? Entenda os motivos do xixi fora do lugar e como corrigir.
O que fazer para o cachorro parar de marcar território? Entenda os motivos do xixi fora do lugar e como corrigir.

Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

Xixi de cachorro fora do lugar: por que eles marcam território?

O primeiro passo para corrigir o comportamento do seu amigo peludo é entender o motivo da marcação de território para o cachorro. Os cães têm o olfato bastante apurado e podem descobrir várias coisas pelo cheiro da urina, como a ordem da hierarquia social e a presença de uma cadela no cio. Por isso, fazer xixi em lugares e objetos é uma forma de demarcar o território e provar que é o dominante daquele espaço.

É essencial observar os costumes do seu bichinho para identificar possíveis alterações de conduta, como, por exemplo, quando o cachorro passa a fazer xixi onde não fazia antes. Essa atitude pode significar que o seu companheiro de quatro patas está passando por uma fase de estresse. Qualquer mudança no ambiente ou na dinâmica da casa, como a chegada de um novo integrante da família, pode provocar sentimentos como ansiedade e insegurança.

Como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo? Veja 7 dicas resolver o problema!

  • Pegar no flagra: o cachorro só vai entender que está fazendo algo errado se for corrigido instantaneamente. Portanto, o tutor deve se dedicar e supervisionar o bichinho pelo máximo de tempo possível, visando estar presente no momento exato em que o animal fizer xixi onde não deve. Seja firme e enfatize a palavra “não”. Com sorte e muito empenho, uma ou duas semanas de treinamento serão o suficiente para resolver o problema;
  • Use distrações a seu favor: uma boa ideia é distrair o cão com barulhos e movimentos, como balançar uma garrafa cheia de pedras, por exemplo, bem na hora H. Para isso, o tutor precisa estar atento aos sinais que o cachorro manifesta quando está prestes a cometer o erro. Cheirar muito algum lugar ou dar várias voltas no local podem ser alguns indícios de que o erro está prestes a acontecer;
  • Não suspenda a água: muitas pessoas cometem o engano de achar que devem limitar o acesso do bichinho à água. Isso é um erro! Quanto mais água o cachorro beber, melhor. Isso porque a ingestão do elemento ajuda a depurar o sistema urinário e evita a acumulação de bactérias e outros agentes;
  • Limpe bem o local: se o cheiro do xixi permanecer no local, é bem provável que o cachorro sinta vontade de marcar o território ali novamente. Sendo assim, limpe a urina imediatamente e se certifique de não deixar rastros de cheiro!
Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Xixi de cachorro: é importante saber reconhecer a diferença entre esse tipo de urina (geralmente associada à dominância) e aquela para esvaziar a bexiga.
    Xixi de cachorro: é importante saber reconhecer a diferença entre esse tipo de urina (geralmente associada à dominância) e aquela para esvaziar a bexiga.

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    7 motivos que causam coceira em cachorro
    Cuidados dos animais

    7 motivos que causam coceira em cachorro

    Nossos cães expressam alguns comportamentos naturais da espécie que, para nós humanos, podem não fazer muito sentido. Um desses comportamentos é o ato de se coçar com muita frequência. Às vezes, sem nenhum motivo aparente, o peludo começa a se coçar e logo para. Existem casos, porém, em que a coceira em cachorro pode significar um problema mais grave e precisa da intervenção de um médico veterinário. Quer saber quais os motivos que podem causar coceira no seu cãozinho? O Patas da Casa preparou um guia para te ajudar.

    Como tirar o cheiro do xixi de cachorro?

    Retirar todo o xixi de cachorro e limpar bem o local pode evitar que ele fique obcecado em urinar sempre no mesmo lugar. O primeiro passo é secar a área com um pano específico para o animal, que não seja usado normalmente na limpeza da casa. Apenas quando a região estiver completamente seca, passe para a próxima fase: o uso de desinfetante. 

    O produto jamais deve ser colocado sobre uma superfície que ainda esteja suja com restos de urina. Além de anular o efeito da substância, a mistura de cheiros também pode ser bem desagradável. Opte sempre por um desinfetante sem amônia, o composto está presente na urina no cachorro e pode tornar o local ainda mais atraente para o dog. 

    Também é muito importante tomar cuidado com a soluções caseiras. O seu pet pode apresentar alguma alergia ou reação pelo contato com produtos desconhecidos. Portanto, produtos como vinagre e bicarbonato não devem ser utilizados sem a recomendação de um veterinário. 

    Aprenda a identificar a marcação de território 

    Outro detalhe importante é saber reconhecer a diferença entre esse tipo de xixi e a urina para esvaziar a bexiga. Normalmente, quando o cão quer mostrar a sua dominância no local, a urina vem em pequenas quantidades e é feita sobre superfícies verticais, incluindo portas, mesas, móveis e outros objetos. É imprescindível entender essa particularidade para conseguir identificar possíveis problemas na saúde do seu pet, como alguma infecção na bexiga ou no trato urinário. Procure um veterinário se observar qualquer comportamento diferente no seu cãozinho. 

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território? Castração pode ser a solução!

    Cachorros castrados antes da maturidade sexual não costumam ter o hábito de marcar o território pela casa. Embora os machos sejam mais propensos a ter esse comportamento, as fêmeas no cio também podem dar trabalho. Ou seja, evitar esse problema é mais um ponto positivo da castração!  

    Redação: Dóris Marinho

    5 partes do corpo do gato que todo tutor precisa prestar atenção

    Próxima matéria

    5 partes do corpo do gato que todo tutor precisa prestar atenção

    Cachorro castrado marca território? O que fazer?
    xixi

    Cachorro castrado marca território? O que fazer?

    O cachorro marcando território é um instinto natural do comportamento canino - e também uma das principais dores de cabeça dos tutores, principalmente se estamos falando de filhotes. Nada passa batido pela necessidade do cãozinho de dominar o mundo: árvores na rua, muros, portões, rodas de carros e às vezes até móveis dentro de casa são marcados com a urina do pet. A castração de cachorro costuma ser o método mais recomendado para corrigir o comportamento, mas nem sempre funciona assim.

    Meu cachorro tem medo de passear na rua, o que fazer? Dicas parar preparar o cão para o passeio
    Passeio

    Meu cachorro tem medo de passear na rua, o que fazer? Dicas parar preparar o cão para o passeio

    Todos os cachorros, independente de raça e porte, precisam passear na rua. Além de ser um ótimo exercício físico, ajuda o cachorro a desestressar, liberar energia, socializar com outros cães e estreitar os laços com seus donos. Os cachorros são animais muito sociáveis e ativos e, por isso, a hora do passeio é sempre de muita euforia. Se esse é o caso do seu cachorro, aproveite cada minuto e o leve para dar uma volta na rua sempre que possível. Mas alguns cachorrinhos podem desenvolver o medo de passear. Nesses casos, você precisa ler essa matéria porque nós vamos te ajudar com algumas dicas!

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Veja em infográfico 6 dicas para escovar os pelos do gato
    Cuidados dos animais

    Veja em infográfico 6 dicas para escovar os pelos do gato

    Manter a pelagem de gatos saudável requer uma série de cuidados. Um deles - e talvez o mais importante - é a escovação, que deve ser feita regularmente com uma escova específica para isso, principalmente nas épocas em que a queda de pelo em gatos fica mais intensa, como na primavera. O hábito ajuda a remover os pelos mortos e desembaraçar possíveis nós na pelagem. Mas você sabe como fazer isso da maneira certa? Vários fatores influenciam na hora de escovar o pelo de gato, desde a escolha do melhor acessório até o sentido certo da escovação.

    Cachorro comendo capim: esse comportamento é normal?
    Cuidados dos animais

    Cachorro comendo capim: esse comportamento é normal?

    Se o seu cachorro come capim, você provavelmente já parou para se perguntar o motivo desse comportamento, né? Muitos tutores se preocupam com esse hábito, mas a verdade é que na maioria das vezes isso não quer dizer nada demais. Muito pelo contrário, o cachorro comendo capim é algo totalmente natural e instintivo para os cães, então não costuma fazer mal - desde que seu consumo seja moderado. 

    Cachorro vira-lata filhote: quais os cuidados mais importantes durante essa fase?
    Cuidados dos animais

    Cachorro vira-lata filhote: quais os cuidados mais importantes durante essa fase?

    Quem não ama filhotes de cachorro? Quando é um filhote de vira-lata então, não tem quem resista! Esses cachorros, também conhecidos como cães sem raça definida (SRD), têm um espaço especial no coração dos brasileiros, considerado por muitos um patrimônio nacional. Felizmente, cada vez mais as pessoas têm vontade de adotar um cachorro vira-lata filhote. Porém, existem alguns cuidados importantes que devem ser tomados nessa fase. 

    Cocô de cachorro: qual a importância de sempre recolher as fezes durante o passeio?
    Cuidados dos animais

    Cocô de cachorro: qual a importância de sempre recolher as fezes durante o passeio?

    Recolher o cocô de cachorro durante o passeio é um ato de cidadania e a oportunidade de inserir os pets cada vez mais na sociedade. Passear com cachorro ao ar livre é sempre muito divertido e saudável para o pet, mas não recolher fezes do animal é, além de uma falta de respeito com os pedestres, um fonte de inúmeras doenças - para cães, outras espécies de animais e até para os humanos. 

    Ver Todas >