Saúde de cachorro

O que é a síndrome de Wobbler em cães, muito comum na raça Doberman?

Publicado - 21 Setembro 2022 - 17h27

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

A síndrome de Wobbler é uma doença que atinge a coluna cervical dos cães e pode acometer animais de porte grande ou gigante. A incidência no Doberman é ainda maior, de forma que os tutores dessa raça devem ter uma atenção especial com o cachorro e realizar exames periódicos para saber se o quadro se desenvolveu ou não. Algumas condições - como a hérnia de disco - favorecem o aparecimento da síndrome de Wobbler, por isso não ignore os sinais. Veja abaixo do que se trata esse problema, sintomas, tratamento e dicas de como cuidar do cachorro Doberman filhote e adulto!

O que é a síndrome de Wobbler?

Também chamada de espondilomielopatia cervical, a síndrome de Wobbler é uma doença complexa e multifatorial comum em cães da raça Doberman. Ela acontece quando há o estreitamento da coluna vertebral causada por alguma alteração na anatomia do cachorro. Como consequência, ocorre a compressão da medula espinhal, que pode provocar problemas motores e lesões neurológicas.

Acredita-se que o rápido crescimento do cachorro Doberman e outras raças grandes possa desencadear o problema. Questões genéticas, má formação óssea e predisposição a problemas articulares também podem estar atrelados ao surgimento da síndrome de Wobbler, embora não seja comprovado cientificamente. O Doberman, por exemplo, é mais suscetível a problemas de angulação nas articulações, que levam à degeneração e aumenta as chances de hérnia de disco em cães. Essas condições facilitariam o desenvolvimento da síndrome.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Quais são os sintomas da síndrome de Wobbler em cachorro Doberman?

É difícil ver um Doberman filhote desenvolvendo a síndrome de Wobbler, pois essa é uma doença que atinge geralmente cães jovens adultos e idosos. Ainda assim, é importante observar se o seu cachorro apresenta os seguintes sinais:

  • Falta de coordenação motora dos membros traseiros e pélvicos;
  • Cachorro mancando e cambaleando;
  • Instabilidade ao se locomover;
  • Dificuldade em realizar movimentos básicos, como andar, levantar e saltar;
  • Dores na cervical;
  • Inchaço nas pernas;
  • Fraqueza excessiva dos membros;
  • Paralisia parcial ou completa;
  • Inchaço nas pernas dianteiras e traseiras.

Cachorro Doberman - filhote ou adulto - deve ser levado ao veterinário regularmente
Cachorro Doberman - filhote ou adulto - deve ser levado ao veterinário regularmente

O diagnóstico e tratamento da síndrome de Wobbler

Quando há suspeita de um Doberman com síndrome de Wobbler é fundamental levá-lo ao veterinário para uma avaliação. O diagnóstico geralmente é feito por meio de raio-x e exames clínicos. Em alguns casos, pode-se solicitar um mielograma ou tomografia computadorizada também. Com a confirmação da doença, o profissional indicará o melhor tratamento para o caso.

Se não for muito grave, a síndrome de Wobbler pode ser tratada com a administração de corticosteróides e medicamentos para amenizar a dor. Já em casos mais avançados ou que estão progredindo muito rapidamente, é necessário fazer uma intervenção cirúrgica para diminuir a compressão da medula espinhal. Aliadas ao tratamento e com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos doguinhos, a fisioterapia e a acupuntura veterinária são muito recomendadas!

Doberman não é a única raça a sofrer com o problema

Mesmo que seja bem mais comum no Doberman, outros cães também podem desenvolver a síndrome de Wobbler (em especial os de porte grande ou gigantes). O Dogue Alemão, por exemplo, é outro cachorro que carrega o “fardo” de também sofrer com a doença. Além dele, Rottweiler, Mastiff e Basset Hound são outros doguinhos que entram nessa lista.

Ao adquirir um Doberman, o preço deve levar em consideração os problemas de saúde que a raça pode vir a ter futuramente, como a síndrome de Wobbler. Ter um cãozinho é uma responsabilidade para o resto da vida. Ou seja, você precisa cuidar e zelar por ele na saúde e na doença.

Redação: Juliana Melo

Edição: Luana Lopes

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Ver todas