Saúde

Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?

O lúpus canino é uma doença autoimune que precisa de tratamento ao longo de toda a vida
O lúpus canino é uma doença autoimune que precisa de tratamento ao longo de toda a vida

Uma doença conhecida entre os humanos que também atinge os nossos amigos de quatro patas é o lúpus em cachorro. Essa doença autoimune em cães acontece quando células saudáveis do organismo atacam a si mesmas, deixando o sistema imunológico canino fragilizado e propenso a contrair diversos problemas de saúde. O lúpus canino não é muito conhecido e nem sempre é fácil detectar os sintomas clínicos. Por isso, é importante entender como o lúpus em cachorro se desenvolve, quais as raças mais afetadas e como ele pode se manifestar no seu pet.

O que é lúpus canino: entenda as causas dessa doença que atinge os cães

O lúpus canino é uma doença autoimune. Isso significa que é o próprio sistema imunológico do animal que ataca as células saudáveis do seu corpo, deixando a saúde animal fica bastante abalada. A causa dessa doença autoimune em cães ainda não é muito conhecida. Porém, acredita-se que alguns cachorros têm predisposições genéticas para desenvolver a doença, que é intensificada devido a fatores externos - como exposição solar - ou pela ingestão de certos medicamentos. Como a exposição ao sol tem relação com o aparecimento do lúpus, cães ficam mais vulneráveis a doença no verão e a remissão nos meses de inverno.

Algumas raças de cachorro estão mais suscetíveis a desenvolver o lúpus canino

O lúpus em cães não é uma condição tão comum, mas existem algumas raças de cachorro que têm maior predisposição a desenvolvê-la por questões genéticas. Dentre elas, estão: Poodle, Pastor Alemão, Beagle, Border Collie, Husky Siberiano, Afghan Hound, Shetland Sheepdog, Setter Irlandês e Old English Sheepdog. Mesmo sendo mais frequente nessas raças, outros cães também podem desenvolver o lúpus canino. Portanto, é sempre bom ficar atento aos sinais, independentemente da raça do seu pet.

O lúpus em cachorro pode se apresentar de duas maneiras

O lupus em cachorro se manifesta de duas formas, que vão depender dos órgãos afetados. A primeira é o Lúpus Canino Eritematoso Discoide (LED). Essa é a forma mais leve da doença, pois atinge somente a pele do animal, principalmente nas regiões da face, orelha e focinho. A outra forma é o Lúpus Canino Eritematoso Sistêmico (LES). O LES é multissistêmico, o que significa que pode afetar qualquer órgão do animal e não apenas a pele. Dentre os principais estão pele, rins, articulações e coração.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O lúpus em cachorro tem mais chance de aparecer em certas raças como Pastor Alemão, Beagle e Poodle
    O lúpus em cachorro tem mais chance de aparecer em certas raças como Pastor Alemão, Beagle e Poodle

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Como identificar o lúpus em cães?

    No lúpus, cães apresentam sintomas de acordo com o órgão que for atacado. No caso da LED, cujo único órgão afetado é a pele, os sintomas costumam ser lesões, feridas, despigmentação do focinho e descamações que podem levar a úlceras e sangramentos. A aparência do cão pode até ser alterada em virtude dessas lesões.

    Na LES, esses mesmos sintomas podem aparecer, além de insuficiência renal, dor articular, febre, estomatite, broncopneumonia, anemia, gengivas pálidas, artrite, músculos inflados (inclusive o do coração), problemas de circulação que levam a dores musculares, letargia, problemas gástricos, perda de pelo, anorexia, convulsões e aumento de órgãos como fígado e baço. O animal com lúpus canino não necessariamente vai apresentar todas essas condições, pois isso vai depender de quais órgãos foram atingidos.

    O diagnóstico do lúpus canino nem sempre é fácil

    Como os sintomas do lúpus canino são muito variados, o diagnóstico pode demorar, pois a doença muitas vezes é confundida com outras patologias. Para diagnosticar corretamente o lúpus em cães, é preciso observar atentamente o comportamento do animal. O veterinário muitas vezes começa com uma hipótese de doença e vai descartando até chegar ao lúpus canino por meio de exames laboratoriais. Os mais comuns são exame de sangue, de urina, radiografias, teste de anticorpos e biópsias dos órgãos afetados, principalmente da pele. O lúpus canino é diagnosticado corretamente após os resultados desses exames.

    O tratamento do lúpus em cachorro ajuda a melhorar  qualidade de vida do animal 

    Não existe uma cura para o lúpus canino, mas existe tratamento que ajuda a controlar os sintomas. Como se trata de uma doença autoimune em cães, o sistema imunológico é constantemente atacado e, por isso, o animal têm mais chances de adquirir outras doenças. Por isso, o tratamento se faz necessário ao longo de toda a vida do pet. Geralmente é feito através de medicamentos anti-inflamatórios, suplementos vitamínicos (principalmente vitamina E) e imunossupressores. O veterinário é quem prescreve o tratamento para cada cão, dependendo da gravidade e dos órgãos mais afetados. Em caso de piora do lúpus, o cachorro pode precisar ser internado. Além disso, é muito importante evitar a exposição do animal ao sol e sempre aplicar protetor solar para cães. Seguindo o tratamento corretamente, o animal com lúpus canino consegue ter os sintomas controlados e ter uma boa qualidade de vida. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?
    Saúde

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

    É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?
    Saúde

    Doença renal em cães: quais são as raças de cachorro com mais predisposição para o problema?

    Assim como acontece com os humanos, a doença renal em cães é um problema bastante delicado e que, no geral, surge silenciosamente. Por isso, é importante redobrar a atenção com o seu amigo de quatro patas, principalmente se ele fizer parte de algumas das raças de cachorro que têm maior predisposição para essas doenças, como o Poodle, o Beagle ou o Golden Retriever. Para te ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, preparamos uma matéria com os principais tipos de doença renal que atingem os doguinhos e quais são as raças mais afetadas por cada um desses problemas. Tire suas dúvidas e saiba como identificar um cachorro com insuficiência renal a seguir!

    Hipotireoidismo em cães: entenda como a doença afeta os caninos!
    Saúde

    Hipotireoidismo em cães: entenda como a doença afeta os caninos!

    Assim como as pessoas, os cachorros também podem desenvolver um quadro de hipotireoidismo. O problema acontece quando a tireoide, glândula responsável por produzir hormônios, passa a não funcionar corretamente. Embora não seja considerada uma doença grave, a condição exige acompanhamento veterinário regular e bastante atenção por parte dos tutores. Para entender melhor o assunto e tirar todas as dúvidas a respeito do hipotireoidismo canino, o Patas da Casa conversou com a Dra. Cristina Elillo, que trabalha como veterinária há mais de vinte anos. Confira!

    Vira-lata: tudo o que você precisa saber sobre os cães sem raça definida (SRD)
    Adoção

    Vira-lata: tudo o que você precisa saber sobre os cães sem raça definida (SRD)

    O vira-lata é o cachorro mais querido e presente nos lares brasileiros. E não é pra menos, né? Esperto, brincalhão e cheio de amor para dar, ele é um ótimo candidato a transformar a sua casa em um lugar mais divertido e, de quebra, ser um companheiro para todas as horas. Oficialmente chamado de sem raça definida (SRD), o cachorro vira-lata não tem uma origem clara e possui características que o tornam único. O cãozinho SRD desperta muitas dúvidas entre os tutores: quanto tempo vive um vira-lata? 

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >