Cachorro

Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?

Publicado - 28 Julho 2021 - 16h55

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Uma doença conhecida entre os humanos que também atinge os nossos amigos de quatro patas é o lúpus em cachorro. Essa doença autoimune em cães acontece quando células saudáveis do organismo atacam a si mesmas, deixando o sistema imunológico canino fragilizado e propenso a contrair diversos problemas de saúde. O lúpus canino não é muito conhecido e nem sempre é fácil detectar os sintomas clínicos. Por isso, é importante entender como o lúpus em cachorro se desenvolve, quais as raças mais afetadas e como ele pode se manifestar no seu pet.

O que é lúpus canino: entenda as causas dessa doença que atinge os cães

O lúpus canino é uma doença autoimune. Isso significa que é o próprio sistema imunológico do animal que ataca as células saudáveis do seu corpo, deixando a saúde animal fica bastante abalada. A causa dessa doença autoimune em cães ainda não é muito conhecida. Porém, acredita-se que alguns cachorros têm predisposições genéticas para desenvolver a doença, que é intensificada devido a fatores externos - como exposição solar - ou pela ingestão de certos medicamentos. Como a exposição ao sol tem relação com o aparecimento do lúpus, cães ficam mais vulneráveis a doença no verão e a remissão nos meses de inverno.

Algumas raças de cachorro estão mais suscetíveis a desenvolver o lúpus canino

O lúpus em cães não é uma condição tão comum, mas existem algumas raças de cachorro que têm maior predisposição a desenvolvê-la por questões genéticas. Dentre elas, estão: Poodle, Pastor Alemão, Beagle, Border Collie, Husky Siberiano, Afghan Hound, Shetland Sheepdog, Setter Irlandês e Old English Sheepdog. Mesmo sendo mais frequente nessas raças, outros cães também podem desenvolver o lúpus canino. Portanto, é sempre bom ficar atento aos sinais, independentemente da raça do seu pet.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

O lúpus em cachorro pode se apresentar de duas maneiras

O lupus em cachorro se manifesta de duas formas, que vão depender dos órgãos afetados. A primeira é o Lúpus Canino Eritematoso Discoide (LED). Essa é a forma mais leve da doença, pois atinge somente a pele do animal, principalmente nas regiões da face, orelha e focinho. A outra forma é o Lúpus Canino Eritematoso Sistêmico (LES). O LES é multissistêmico, o que significa que pode afetar qualquer órgão do animal e não apenas a pele. Dentre os principais estão pele, rins, articulações e coração.

lúpus canino: cachorro enrolado na coberta

 

Como identificar o lúpus em cães?

 

No lúpus, cães apresentam sintomas de acordo com o órgão que for atacado. No caso da LED, cujo único órgão afetado é a pele, os sintomas costumam ser lesões, feridas, despigmentação do focinho e descamações que podem levar a úlceras e sangramentos. A aparência do cão pode até ser alterada em virtude dessas lesões.

Na LES, esses mesmos sintomas podem aparecer, além de insuficiência renal, dor articular, febre, estomatite, broncopneumonia, anemia, gengivas pálidas, artrite, músculos inflados (inclusive o do coração), problemas de circulação que levam a dores musculares, letargia, problemas gástricos, perda de pelo, anorexia, convulsões e aumento de órgãos como fígado e baço. O animal com lúpus canino não necessariamente vai apresentar todas essas condições, pois isso vai depender de quais órgãos foram atingidos.

O diagnóstico do lúpus canino nem sempre é fácil

Como os sintomas do lúpus canino são muito variados, o diagnóstico pode demorar, pois a doença muitas vezes é confundida com outras patologias. Para diagnosticar corretamente o lúpus em cães, é preciso observar atentamente o comportamento do animal. O veterinário muitas vezes começa com uma hipótese de doença e vai descartando até chegar ao lúpus canino por meio de exames laboratoriais. Os mais comuns são exame de sangue, de urina, radiografias, teste de anticorpos e biópsias dos órgãos afetados, principalmente da pele. O lúpus canino é diagnosticado corretamente após os resultados desses exames.

O tratamento do lúpus em cachorro ajuda a melhorar  qualidade de vida do animal 

Não existe uma cura para o lúpus canino, mas existe tratamento que ajuda a controlar os sintomas. Como se trata de uma doença autoimune em cães, o sistema imunológico é constantemente atacado e, por isso, o animal têm mais chances de adquirir outras doenças. Por isso, o tratamento se faz necessário ao longo de toda a vida do pet. Geralmente é feito através de medicamentos anti-inflamatórios, suplementos vitamínicos (principalmente vitamina E) e imunossupressores. O veterinário é quem prescreve o tratamento para cada cão, dependendo da gravidade e dos órgãos mais afetados. Em caso de piora do lúpus, o cachorro pode precisar ser internado. Além disso, é muito importante evitar a exposição do animal ao sol e sempre aplicar protetor solar para cães. Seguindo o tratamento corretamente, o animal com lúpus canino consegue ter os sintomas controlados e ter uma boa qualidade de vida. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Raças

Inteligência Artificial imagina como seriam os cachorros famosos de desenhos animados: Scooby-Doo, Snoopy, Patrulha Canina…

Vários cachorros famosos da ficção são inspirados em raças de cachorros reais. A raça do Scooby Doo, por exemplo, é o Dogue Alemão, ...

Cachorro

Cientistas usam Inteligência Artificial para traduzir o que os cachorros "falam" quando estão latindo

Existem pesquisas que apontam que o cachorro entende o que a gente fala — mas seria muito bom entender exatamente o que eles ‘falam’...

Adestramento

Dia dos Namorados Pet: Golden Retriever teve a missão de entregar um presente especial para a dona

No Dia dos Namorados, vários casais que têm bichinhos de estimação gostam de incluir os pets nesse momento especial. Afinal, muitas ...

Raças

Bull Terrier, um cachorro misterioso e encantador: 8 curiosidades impressionantes sobre a raça de focinho "estranho"

O Bull Terrier é uma raça de aparência exótica que nunca passa despercebida. Isso porque o cãozinho tem uma cabeça com formato oval ...

Comportamento

Mais rápido do mundo: gato skatista quebra recorde impressionante e entra para o Guinness

Sabia que existem vários gatos recordistas por aí? Algum tempo atrás, uma gata de 27 anos foi reconhecida pelo Guinness Book como o ...

Comportamento

São mais de 100 sons diferentes: a incrível capacidade de comunicação dos gatos vai te deixar de queixo caído

Com certeza o som de gato mais conhecido é o miado. Mas você sabia que os gatos são capazes de emitir mais de 100 sons diferentes? I...

Brinquedos

Esse brinquedo de gato faz tanto sucesso na minha casa que meus gatos não querem parar de brincar: diversão garantida!

Não é preciso muito para deixar os felinos felizes e relaxados. Basta um brinquedo de gato que instigue os instintos da espécie e os...

Raças

Inteligência Artificial imagina como seriam os cachorros famosos de desenhos animados: Scooby-Doo, Snoopy, Patrulha Canina…

Vários cachorros famosos da ficção são inspirados em raças de cachorros reais. A raça do Scooby Doo, por exemplo, é o Dogue Alemão, ...

Ver todas