Saúde

Gato com heterocromia: entenda o fenômeno e os cuidados necessários com a saúde

Gato com Heterocromia: essa condição não costuma apresentar problemas aos felinos, mas é importante observar caso o bichano seja branco de olho azul.
Gato com Heterocromia: essa condição não costuma apresentar problemas aos felinos, mas é importante observar caso o bichano seja branco de olho azul.

Você já deve ter visto por aí gatinhos com um olho de cada cor, não é?! Essa característica, chamada de heterocromia, é uma condição genética que pode ocorrer tanto em gatinhos, quanto em cães e humanos. Mas você sabia, que em alguns casos, esse charminho no olhar pode ocasionar alguns problemas na saúde do gato? Conversamos com a veterinária Andrea Barbosa, que é docente do curso de Medicina Veterinária da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. Ela explicou tudo sobre gato com heterocromia!

Gato com heterocromia: como se desenvolve?

Também conhecido como “gato de olho ímpar”, o fenômeno da heterocromia é uma alteração na coloração da íris - pode ocorrer nos dois olhos ou somente em um. Não necessariamente o olho deve ser 100% da mesma cor: a heterocromia parcial é um caso em que o olho do animal possui a cor majoritária, com realces de outros tons. Essa condição é congênita, de caráter hereditário, e não deve causar nenhum espanto ou preocupação ao tutor, já que o gatinho não sente nenhum desconforto ou incômodo. De qualquer forma, é necessário observar e tomar alguns cuidados com os felinos, principalmente o gato de olho azul.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Heterocromia: gatos podem ter esse fenômeno nos dois olhos ou em um. Também pode ocorrer de maneira parcial.
    Heterocromia: gatos podem ter esse fenômeno nos dois olhos ou em um. Também pode ocorrer de maneira parcial.

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Gato com heterocromia: condição pode gerar alguns problemas no bichano

    Na maioria dos casos, a heterocromia não causa nenhum problema ao animal, mas há a possibilidade do surgimento de doenças que podem estar associadas com genética e raças de gatos. “Na maioria das vezes, a heterocromia dá um aspecto incomum para o olho do animal, mas não tem significado clínico. Ou seja, não causa nenhuma alteração de função ou desconforto no olho acometido. Mas alguns animais podem apresentar heterocromia da íris associada a outras anomalias congênitas oculares mais graves, como catarata, microftalmia, displasia de retina, dentre outras. Nesses casos, pode haver comprometimento da visão”, explica Andrea. 

    Por outro lado, se você perceber alguma mudança repentina na cor do olho do gato, é necessário procurar um veterinário para diagnosticar se não há algum problema. Segundo a veterinária, no caso de alteração de coloração do olho, gato pode estar diante de várias doenças oculares, como uveítes (lesões no tecido ocular), neoplasias oculares (na terceira pálpebra), dentre outras. 

    Gato branco de olho azul pode apresentar surdez!

    No caso do gato branco, olho azul pode ser indicativo de surdez. Essa característica é denominada geneticamente. A condição da heterocromia é apresentada com mais frequência em algumas raças de gatos específicas, que costumam ter a pelagem clara e os olhos azuis. É o caso do Siamês, do Birmânes, do Abissínio e do gato Persa. Isso também pode ocorrer quando o gato apresenta somente um dos olhos azuis. Nesse caso, a condição da surdez pode estar presente somente do lado do olho mais claro.

    Redação: Júlia Cruz

     

    Quais são os cuidados com gatos renais crônicos?

    Próxima matéria

    Quais são os cuidados com gatos renais crônicos?

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!
    Saúde

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!

    O plano de saúde para gatos pode ser uma ótima alternativa para quem tem um felino em casa! Os pets fazem parte da família e, como qualquer ente querido, demandam atenção e cuidados especiais. No caso dos gatinhos, essa série de precauções inclui check-ups anuais, vacinas e visitas frequentes ao consultório veterinário. Manter essa rotina saudável não precisa, necessariamente, ser um peso no orçamento.

    Saúde do filhote de gato: tudo sobre as primeiras consultas no veterinário, vacinas e cuidados
    Filhotes

    Saúde do filhote de gato: tudo sobre as primeiras consultas no veterinário, vacinas e cuidados

    Receber um filhote de gato em casa te trará muita alegria, mas também muitas responsabilidades. Quem é pai de pet, sabe que uma das principais tarefas é se tornar quase que um especialista em saúde animal. Estar atento às vacinas, alimentação, doenças comuns e outros cuidados preventivos serão de grande ajuda para evitar que gatinho fique doente. Quando o felino ainda é filhote, esse cuidado precisa ser redobrado. Até porque, os bichanos filhotes ainda estão em desenvolvimento e podem correr um maior risco de ficarem doentes se não forem tomadas as precauções necessárias. Cuidados como a primeira visita ao veterinário, vermifugação, vacinação e castração são essenciais para a evolução saudável do filhote de gato. Além de tudo isso o tutor precisa saber a alimentação adequada para o gato filhote, como detectar sintomas de saúde comuns e muito mais. Se você ainda tem dúvidas de como cuidar de gato filhote, não se preocupe. O Patas da Casa reuniu informações sobre como promover bem-estar aos gatos filhotes. Não deixe de conferir!

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro

    O cachorro Bulldog Inglês sempre conquista corações por onde passa! Não necessariamente por causa da sua aparência, já que eles têm uma carinha de rabugento, mas sim por causa do seu jeito doce e carinhoso. Parentes distantes do Bulldog Francês, essas duas raças são muito confundidas, mas cada uma delas tem uma essência única. Saiba tudo sobre o Bulldog Inglês.

    Ver Todas >

    Icterícia em cães: entenda o que é o problema e os sinais mais comuns
    Saúde animal

    Icterícia em cães: entenda o que é o problema e os sinais mais comuns

    Se você nunca ouviu falar na icterícia em cães, chegou a hora de entender um pouco mais sobre o problema que, embora não seja uma doença, é um sinal clínico que pode indicar que a saúde do cachorro não vai muito bem. Mas então, como identificar a icterícia canina e quais são as principais causas associadas a esse sintoma?

    Quais são as doenças de cachorro mais comuns no verão e como evitá-las?
    Saúde animal

    Quais são as doenças de cachorro mais comuns no verão e como evitá-las?

    Com a chegada do verão, é necessário redobrar os cuidados com o cachorro e também com a sua saúde. Os peludos costumam aproveitar bastante essa época, já que os passeios e banhos de mar ou piscina são mais frequentes. No entanto, a mudança de rotina vem acompanhada de uma grande preocupação, que é a proliferação de certas doenças de cachorro que ocorrem nessa época. Otite canina, desidratação e até mesmo infestação de pulgas e carrapatos são problemas bastante comuns no verão. 

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Saúde animal

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Otite canina: qual a diferença entre a inflamação interna, média e externa?
    Saúde animal

    Otite canina: qual a diferença entre a inflamação interna, média e externa?

    Ter um cãozinho é tudo de bom, mas além da parte divertida e do companheirismo que o animal nos oferece, é preciso ficar atento a alguns detalhes a respeito da saúde do cachorro. A otite canina é um problema bastante comum que pode afetar o ouvido dos cães e que costuma vir acompanhada de muita coceira e incômodo na região. Existem três tipos de inflamação, e cada um deles é associado a um diferente grau de gravidade. 

    Ver Todas >