Saúde de gato

Gato com diarreia: o que fazer?

Publicado - 09 Agosto 2022 - 15h06

Atualizado - 22 Maio 2024 - 14h16

O gato com diarreia é motivo de preocupação, pois este é um forte indicativo de que algo não vai bem no sistema digestivo do seu felino. A diarreia em gatos pode atingir desde o filhote ao gato adulto e saber como prevenir ou agir neste momento, até a próxima visita ao veterinário, pode ajudar o seu pet a lidar com esse problema que pode ser muito desagradável aos felinos e tutores. O Patas da Casa reuniu algumas informações muito importantes para ajudar você, que busca evitar mais sofrimento ao felino, mas não sabe oque fazer ao ver seu gato com diarreia.

Gato com diarreia: o que fazer ao perceber que o gato está com dores?

Seja em filhotes ou adultos, a diarreia felina pode ser um problema de adaptação com ração nova, vermes, obstrução ou reação de alguma doença no sistema digestivo. A troca de ração do gato repentinamente também pode causar diarreia. E todos os casos, é importante sempre ficar atento à alimentação do gato e limpeza do ambiente, evitando também que ele tenha contato com agentes que possam causar obstrução intestinal ou intoxicação. 

De qualquer forma, algo na saúde do gato não está legal. Inspecionar imediatamente a ração e o comedouro, bem como também buscar manter o gato hidratado com muita água limpa e fresca, são atitudes que aliviam e mantêm o gato mais confortável. Além disso, é importante verificar a frequência das fezes mas pastosas e se o pet apresenta outros sinais de que não está bem, como evacuação com sangue, falta de apetite, vômito ou febre. Nesses casos ele pode precisar de um atendimento veterinário de urgência.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Agora se o gato com diarreia fez cocô apenas uma vez e não apresenta apatia ou outro sinal de que está doente, não se trata de um caso urgente. Mas é importante continuar observando as fezes do animal e, caso perceba a volta da diarreia, aí sim é uma boa levar o gato no veterinário.

E quando é um gato filhote com diarreia, como tratar?

No caso do gato filhote com diarreia, o diagnóstico pode ser mais complicado pois o quadro pode estar relacionada ao desmame prematuro ou a introdução de ração de forma errada. Para evitar isso é interessante saber o que dar para gato filhote comer, além de aplicar o vermífugo no intervalo recomendado pelo veterinário.

A toxoplasmose, conhecida por aí como a doença do gato, pode atingir tanto os adultos como os filhotes e tem a diarreia como sintoma. Essa famosa “doença do gato” ocorre devido a uma falta de higiene adequada do ninho e o filhote acaba entrando em contato com as fezes, ou até mesmo a placenta infectada. É conhecida por ser transmissível aos humanos, mas o contágio não ocorre ao ter contato com o animal, mas sim ao ingerir as fezes contaminadas ou ao não lavar bem as mãos após limpar a caixa de areia do gato.

A diarreia no filhote também é um fator que apresenta a predisposição do pequeno a doenças futuras, tais como a FeLV, que pode ter sido transmitida da mãe para o filhote, ou a panleucopenia felina, doença viral que atinge filhotes não vacinados.

O que fazer quando a diarreia no gato é frequente?

O gato com diarreia constante, que vai e volta de tempos em tempos, merece uma atenção e cuidado especial. Para ajudar a amenizar, é interessante investir numa fonte de água para gatos, principalmente no calor, onde os sintomas podem se agravar. Nesta época, também é comum o aumento de casos de salmonella em gatos, doença que o felino adquire ao consumir ração ou sachês contaminados e resulta em diarreia.

No caso dos gatos filhotes, principalmente aqueles com menos de um ano, essa frequência pode ser o caso de uma tricomoníase felina, uma condição super desagradável que chega a ferir o ânus do animal, além de deixar sequelas. O tratamento depende de uma série de fatores e cada caso vai variar, pois esta é uma complicação que deixa vestígios e mesmo após expelir o parasita responsável pela diarreia, o gato ainda pode ter o intestino afetado. 

 

Gato filhote dentro de caixa de areia azul
Gato filhote com diarreia pode ser alimentação, contato com parasitas ou doenças transmissíveis

 

Gato com diarreia amarela x gato com diarreia verde

Gatos com as fezes moles, líquidas, sem consistência ou cor marrom, bem como a presença de sangue ou fezes muito escuras, são indícios de uma diarreia. O gato nesse momento também costuma se curvar para defecar, indicando todo o seu desconforto. Agora se além da diarreia, o gato está vomitando, os cuidados devem ser redobrados, pois gato com diarreia e vômito pode indicar uma piora no quadro, além de ser a manifestação de alguma doença mais grave que pode necessitar até mesmo de uma internação para amenizar a situação e reverter uma piora do peludinho.

As fezes do gatos amarelas e líquidas são sinais de que o sistema digestivo do bichano busca uma defesa e está trabalhando de forma mais intensa e rápida, sendo uma forma de expelir a bactéria ou o agente que pode danificar a saúde do gato. Essa é mais fácil de lidar, pois as causas do gato com diarreia amarela são alimentos estragados, sendo maior nos períodos mais quentes, pois todos os alimentos estão propensos a não resistir por muito tempo durante o calor. O tratamento da diarreia em gatos amarela é feito com muita água e uma alimentação menos pesada, até aliviar os sintomas. Evite o jejum nesta situação, o gato sem comer por longos períodos pode agravar o quadro, além de não resultar na melhora da diarreia.

Já as fezes do gato esverdeadas podem não ser líquidas, mas moles e com um forte odor característico. O cocô do gato verde pode indicar desde uma inflamação no estômago do felino até quadros mais graves, como câncer ou outras doenças, como a hipertireoidismo. Ao perceber o gato com diarreia verde, suspenda a alimentação e não hesite em visitar um veterinário imediatamente. 

Evite a diarreia do gato com bom senso e alguns cuidados

Em hipótese alguma busque soluções caseiras para tratar o seu amigo de quatro patas! Lembramos a importância de manter o felino hidratado, com a alimentação adequada, higiene do ambiente em que vive, criação indoor do gato e as vacinas em dia. Muito melhor que lidar com o desespero de ver o seu bichano sofrer e não saber oque fazer para ajudar ele, não é mesmo?! Por isso, se certifique de manter a saúde do pet! 

Redação: Erika Oliveira

Edição: Luana Lopes

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cachorro

Vacina v10: as doses que vão afastar as doenças mais graves que existem e salvar a vida do seu cachorro

A vacina v10 para cachorro é uma das mais importantes no ciclo de imunização canina.  Fundamental na prevenção de diversas doen...

Gato

Como dar comprimido para gato: veterinária especialista em felinos dá 5 dicas infalíveis pra medicar o pet sem perrengue

Saber como dar comprimido para gato não costuma ser nada fácil. Os bichanos se estressam e muitas vezes rejeitam o medicamento, prin...

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cuidados

Como fazer o gato beber mais água: essas são as 6 dicas dadas por um veterinário para aumentar a hidratação do pet

Saber como fazer o gato beber água é uma das grandes preocupações entre os tutores. Isso porque é da natureza dos felinos não se hid...

Ver todas