Gato

Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!

Publicado - 25 Setembro 2023 - 17h27

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

O gato vomitando nem sempre é motivo para desespero. Quem tem um felino para chamar de seu sabe que não é nada raro encontrar um vômito de gato espalhado pela casa, né? Felizmente, na maioria das vezes, a surpresinha desagradável pode estar associada a causas bem corriqueiras, tipo a bola de pelos ou uma simples regurgitação. Por outro lado, se você tem um gatinho vomitando frequentemente e o líquido tem um aspecto esquisito, pode ser bom redobrar a atenção com ele.

Também é muito importante ficar atento ao comportamento do gato e se certificar de que o problema não é resultado de algo mais grave. Para tirar todas as dúvidas, o Patas da Casa reuniu informações importantes sobre o gato vomitando: o que pode ser, quando se preocupar e como cuidar do bichano. Veja só!

Gato vomitando: será que é bola de pelos ou algo para se preocupar?

Antes de tudo, é muito importante identificar o que está por trás do gato vomitando. Conseguir reconhecer quando o vômito do seu gato é, na verdade, uma grande bola de pelo vai te salvar de muita dor de cabeça no futuro. A má notícia é que a única forma de ter certeza é analisando o conteúdo bem de perto. Pode até parecer nojento para algumas pessoas, mas não tem outra escapatória, viu? Só assim para se certificar e ter certeza de é normal gato vomitar nesses casos!

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não é bola de pelo? Veja outras causas para o vômito em gatos!

  • Regurgitação: bastante comum, acontece normalmente após as refeições. Nestes casos, o alimento nem chega no estômago do animal e é expelido diretamente da boca ou do esôfago. Na maioria das vezes,se o gato vomitar não apresenta grandes ameaças à saúde do pet. Porém, em algumas situações, pode ser um indício de má formação no canal esofágico.

  • Alergia: outra explicação para o vômito logo após as refeições é uma possível alergia à ração. Diferente da regurgitação, a alergia deve se manifestar sempre que o gato ingerir o alimento (ou medicamento) em questão. Como resultado, o gato vomita para expulsar o que causou a alergia.

  • Ingestão de algum objeto: os gatos não podem ver uma novidade que já querem sair por aí mordendo e brincando. Caso o pet engula algum objeto indesejável, é bem provável que ele tente vomitar algumas vezes até que finalmente consiga se livrar do incômodo. Na pior das hipóteses, o problema deverá ser resolvido com uma cirurgia.

  • Insuficiência renal: a condição atinge principalmente gatos mais velhos e de algumas raças específicas, como os Persas. Nesse tipo de vômito, gato costuma expelir um líquido de tom avermelhado ou amarronzado, parecido com uma borra de café.

Várias outras enfermidades podem deixar os gatos vomitando, como pancreatite, diabetes, lipidose hepática e até envenenamento. Portanto, na dúvida, procure um veterinário!

 

Gato vomitando ao ar livre
Gato vomitando: bolas de pelo e regurgitação são as principais causas

Gato vomitando amarelo: o que pode ser?

 

Na maioria das vezes, o gato vomitando amarelo significa que ele está expelindo bile, um líquido produzido para ajudar na digestão. Esse indício por si só já pode te ajudar a descobrir com mais facilidade porque o seu bichinho está passando mal. Algumas das principais causas são: longos períodos de jejum, ingestão de um corpo estranho e presença de parasitas em gatos

Além disso, alguns problemas patológicos também podem ser os responsáveis pelo mal-estar do gatinho. Como, por exemplo, complicações hepáticas, pancreatite e doença inflamatória intestinal. Se os vômitos são frequentes, leve o seu bichinho ao veterinário.

 

Gato vomitando: bolas de belo e regurgitação são as principais causas!Gato vomitando amarelo significa que o felino está expelindo bile, um líquido que ajuda na digestão. As principais causas são longos períodos de jejum, parasitas ou algum objeto que ele tenha engolido.Já o gato vomitando espuma branca pode ter relação com irritações no sistema digestivo, como a gastrite.O gato vomitando um líquido marrom (e ás vezes com pedaços de ração) pode indicar problemas alimentares. O ideal é buscar ajuda veterinária, pois pode significar um problema mais grave.

 

Gato vomitando espuma branca: observe a frequência!

Gato vomitando espuma branca pode ser o indício de alguma irritação no sistema digestivo. A gastrite, por exemplo, está entre as possíveis motivações para esse problema. Outras possibilidades incluem insuficiência hepática, insuficiência renal e diabetes. Para não errar no diagnóstico, lembre-se: a opinião de um profissional é sempre indispensável.

Gato vomitando marrom pode ter esse aspecto por causa da ração

No gato, vômitos de cor marrom geralmente estão associados com a ração ingerida pelo pet. Então, o vômito marrom pode indicar um simples problema alimentar. Em situações mais graves de um gato vomitando ração, a coloração pode acusar algumas doenças sérias, como complicações no sistema gastrointestinal, linfomas alimentares, parasitas e gastrites. 

Gato vomitando vermelho precisa ser examinado com urgência

Se perceber a cor vermelha ao ver um gato vomitando, o que fazer é correr para o veterinário o quanto antes! O seu gatinho pode estar com problemas de coagulação, úlceras estomacais, tumores, lombrigas, tênias e outras questões mais sérias. Por isso, tenha muita atenção: o gato vomitando sangue requer um diagnóstico o mais rápido possível.

Gato vomitando líquido transparente pode ter diferentes razões

Quando o conteúdo é transparente, geralmente é porque você tem um gato vomitando água. Isso pode acontecer se o animal beber muita água de uma vez só. Como eles têm o estômago pequeno, o excesso do líquido pode resultar em um vômito transparente composto de água e secreções gástricas. O jejum prolongado também pode ser uma das causas porque os gatos vomitam nesses casos, bem como indigestão e estresse.

Meu gato vomitou: o que fazer de imediato?

Saber o que fazer quando o gato vomita é fundamental para não tomar nenhuma medida errada. O primeiro passo é tirar a ração e a água de perto do pet por, aproximadamente, uma hora. Se durante esse período os vômitos cessarem, comece a oferecer, aos poucos, comida e água.

Em casos leves de desidratação, outra possibilidade do que dar para o gato quando ele está vomitando é o soro caseiro para gatos. No entanto, é importante não forçá-lo a beber nada, pois isso pode deixar o gato estressado e causar mais vômitos. Além disso, se tiver um gato vomitando muito, o soro e a água não vão funcionar: o animal precisa ser avaliado por um veterinário e provavelmente precisará de fluidoterapia.

Quando devo me preocupar? Fique atento aos sintomas do gato vomitando! 

Para os pais de pets, qualquer coisa diferente no comportamento do animal já é motivo de atenção. E você não está errado, pois esse cuidado pode salvar a vida do seu gatinho. Veja alguns indícios que devem ser observados paralelamente aos vômitos:

  • Presença de sangue no vômito; 
  • Gato com ânsia de vomito, mas não vomita; 
  • Inchaço;
  • Suspeita de ter engolido algo tóxico;  
  • Febre ou sinais de depressão; 
  • Gengivas pálidas ou amareladas; 
  • Falta de vacinas
  • Aparente dor; 
  • Gato com diarreia

Gato vomitando: tratamento depende do diagnóstico certo!

"Meu gato está vomitando" é uma situação que ninguém quer passar. Em casos isolados, não há muito o que fazer, mas se o gato estiver vomitando com muita frequência, não hesite em procurar um veterinário. Soluções caseiras podem acabar atrasando a melhora do seu animalzinho. Mas, se for um episódio isolado e sem a presença de outros sintomas, algumas providências podem ser tomadas em casa mesmo. Alguns exemplos são: tirar a comida e a água do alcance do pet por, pelo menos, uma hora e evitar gorduras e açúcares em sua dieta.  

Em casos mais graves, o diagnóstico deverá ser feito em um consultório veterinário. Se tiver um gato desidratado, líquidos na veia ou subcutâneos podem ser uma solução. Além disso, antibióticos e medicamentos mais leves também podem ser indicados, dependendo da causa.  

Publicado originalmente em: 14/10/2019
Atualizado em: 25/09/2023

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Comportamento

Meu gato está intimidando meu cachorro: 7 dicas aprovadas por um vet para lidar com a situação

Ter um cachorro e gato convivendo em harmonia em casa é o sonho de qualquer tutor - mas a realidade pode ser bem diferente. Por sere...

Comportamento

Aprenda a interpretar cada miado de gato: foi com essas dicas que consegui me aproximar mais ainda do meu pet

Mesmo que os gatos não saibam falar, a linguagem felina é muito rica e expressiva. Além da postura corporal, o miado de gato tem uma...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Ver todas