Saúde

Fungo em cachorro: 5 cuidados essenciais para prevenir o problema

Fungos em cachorro: descubra o   que fazer para prevenir o problema e garantir o bem-estar do seu amigo
Fungos em cachorro: descubra o que fazer para prevenir o problema e garantir o bem-estar do seu amigo

Todo cuidado é pouco quando se trata de fungo em cachorro. Com uma transmissão simples, eles são responsáveis por uma série de doenças que vão desde as micoses de pele até infecções mais sérias, que podem prejudicar a saúde do seu amigo. Com alguns cuidados simples e regulares é possível evitar a proliferação desses microorganismos e garantir o bem-estar do seu cãozinho. Quer saber como? A gente te conta! Veja abaixo 5 atitudes que podem evitar os fungos em cachorro.

1) Fungo: cachorro deve receber uma alimentação equilibrada

Uma das melhores formas de evitar um quadro de cachorro com fungo é investindo em uma dieta saudável e rica em nutrientes. Como nutrição é sinônimo de saúde, é importante ficar sempre de olho na quantidade e qualidade dos alimentos para aumentar a imunidade do cão e evitar uma série de doenças, inclusive as fúngicas. Para isso, o ideal é investir em uma ração de qualidade superior, como as rações super premium. Além de altamente nutritivas, elas possuem a concentração adequada dos suplementos que ajudam a manter o organismo do seu bichinho funcionando perfeitamente.

2) Redobre a atenção com a limpeza do ambiente para evitar os fungos em cachorro

Para evitar a disseminação dos fungos em cachorro, assim como de outros microorganismos, é fundamental manter o ambiente em que o seu amigo vive sempre bem limpo e seco. As fezes, por exemplo, devem ser recolhidas e descartadas imediatamente. Além disso, é importante limpar o local onde o seu pet costuma dormir e se alimentar. Vale lembrar que o uso de produtos de limpeza muito fortes podem causar alergia em cães e, por isso, devem ser evitados. Em alguns pet shops, você pode encontrar produtos específicos para ajudar na higienização da casa sem agredir a saúde do animal.

3) Cachorro com fungo: fique atento às orelhas do animal

Se você tem um cãozinho em casa, certamente deve saber que o ouvido é uma parte importante do corpo do animal. Quando não higienizado com frequência, ele pode ser a porta de entrada para fungos em cachorro e ocasionar diversas doenças que vão incomodar o seu amigo, como a otite canina. Para prevenir esse e outros incômodos, o tutor deve certificar-se de que o ouvido do seu cachorro esteja sempre limpo e seco. Você pode estabelecer uma rotina de limpeza, incluindo o uso de produtos específicos para remover o cerúmen, pelo menos uma vez por semana. A melhor forma de limpar a região é começando pela parte externa com o auxílio de uma gaze e, aos poucos, pingar algumas gotas dentro do canal para garantir a remoção completa da cera.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Fungos em cachorro: o problema pode ser evitado com escovação e secagem correta dos pelos
    Fungos em cachorro: o problema pode ser evitado com escovação e secagem correta dos pelos

    Mais Lidas

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio
    Saúde animal

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio

    Você certamente já ouviu falar em vermífugo para cães. Mas sabe, exatamente, para que ele serve? Quem tem animal de estimação precisa estar atento a uma série de cuidados para manter a saúde do bichinho em dia - e usar esse remédio no período certo é uma dessas medidas indispensáveis para a proteção do pet. Como o nome já indica, o medicamento previne doenças causadas por vermes, como a Dirofilaria immitis, Toxocara canis e Giárdia sp.

    4) Se possível, sempre seque o seu cachorro após o contato com água

    Uma boa maneira de evitar a proliferação dos fungos em cachorro é secando o animal após o banho, brincadeiras na água e até mesmo aqueles pingos de chuva inesperados no passeio. Isso porque a umidade facilita a multiplicação desses microrganismos e, consequentemente, o surgimento de doenças. Portanto, é importante que o tutor sempre seque o seu bichinho com uma toalha. Se o seu cãozinho for muito peludo, o indicado é usar um secador em temperatura baixa. 

    5) Mantenha uma rotina de escovação para prevenir fungo no pelo do cachorro

    Só quem tem um bichinho em casa sabe como a escovação pode evitar os pelos espalhados pela casa. Mas, o que poucos tutores sabem é que escovar o seu amigo regularmente também pode ajudar a prevenir o acúmulo de fungos que são prejudiciais à saúde do animal. Além disso, o hábito facilita a identificação de possíveis sinais de infecção por fungo no pelo do cachorro, que se tratados em estágio inicial são mais fáceis de administrar. Para realizar a tarefa, você pode utilizar uma escova ou uma luva de tirar pelos.  

    Redação: Úrsula Gomes 

    Hipotireoidismo e hipertireoidismo em gatos: qual a diferença, como identificar e quais os tratamentos?

    Próxima matéria

    Hipotireoidismo e hipertireoidismo em gatos: qual a diferença, como identificar e quais os tratamentos?

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!
    Saúde

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!

    A possibilidade de um cachorro doente é o pesadelo de todo tutor. Nossos cães são companheiros fiéis que dependem de nós para ter uma vida plena e saudável. Por isso, é importante conhecer os problemas de saúde mais comuns que afetam os bichinhos, seus principais sintomas e métodos de prevenção. Para manter o seu cão sempre feliz e seguro, é fundamental fornecer água e alimentação adequadas, manter uma rotina de exercícios, cuidar da limpeza do ambiente e visitar o veterinário regularmente.

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro

    O cachorro Bulldog Inglês sempre conquista corações por onde passa! Não necessariamente por causa da sua aparência, já que eles têm uma carinha de rabugento, mas sim por causa do seu jeito doce e carinhoso. Parentes distantes do Bulldog Francês, essas duas raças são muito confundidas, mas cada uma delas tem uma essência única. Saiba tudo sobre o Bulldog Inglês.

    Ver Todas >

    Gato idoso pode desenvolver Alzheimer?
    Saúde animal

    Gato idoso pode desenvolver Alzheimer?

    A idade também chega para os animais de estimação. No caso de um gato idoso, a atenção com alimentação e saúde deve ser redobrada nessa fase da vida. No entanto, às vezes mesmo com tantos cuidados, alguns problemas se tornam inevitáveis, como é o caso da demência em gatos. Você já se perguntou se gato tem Alzheimer alguma vez? Na verdade, a condição é conhecida no universo veterinário como Síndrome da Disfunção Cognitiva, uma condição que apresenta sinais semelhantes ao Alzheimer em humanos. 

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?
    Saúde animal

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?

    Cuidar da saúde do cachorro é dever de todo tutor! Por isso, às vezes até mesmo uma simples alteração no apetite do animal pode ser indicativo de que tem algo de errado com o seu amigo de quatro patas. Quando se trata da doença do carrapato, cachorro pode apresentar diferentes sintomas do quadro. O problema pode se manifestar de várias formas no organismo do cachorro - algumas mais comuns do que outras. 

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos
    Saúde animal

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos

    Quando se trata da saúde de gato, uma coisa é certa: todo o cuidado é pouco. Embora exista a lenda de que os bichanos possuem sete vidas, alguns cuidados específicos influenciam diretamente no bem-estar e, principalmente, na expectativa de vida do seu amigo. Ainda assim, é comum que alguns tutores tenham dúvidas sobre as medidas necessárias para proteger o seu pet e evitar as principais doenças de gato, especialmente os gateiros de primeira viagem. 

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?
    Saúde animal

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?

    Todo mundo sabe que os cães são donos de um enorme coração, sempre dispostos a dar muito amor e carinho para quem quiser receber. Contudo, é sempre importante ficar atento a possíveis alterações no coração de cachorro, e saber como medir os batimentos cardíacos do animal pode ajudar bastante nessas horas. Mas então, como analisar isso da forma correta? Qual é a frequência considerada normal quando se trata dos batimentos cardíacos de um cachorro?

    Ver Todas >