close
Filhotes

Filhotes de gato: quais os comportamentos mais esperados nessa fase?

Atualizado em 07 de julho de 2021 às 18h35

Publicado em 07 de julho de 2021 às 18h34

O comportamento de gatos filhotes passa por várias mudanças no primeiro ano. Veja abaixo
O comportamento de gatos filhotes passa por várias mudanças no primeiro ano. Veja abaixo

Os filhotes de gato são sempre uma grata surpresa na família. Além de serem incrivelmente fofos e apertáveis, eles têm sede de conhecer o mundo ao seu redor e não perdem tempo para explorar tudo que encontram pela frente. Por conta disso, observar o comportamento dos gatos nessa fase inicial costuma ser uma experiência muito interessante (e divertida!). Da amamentação ao primeiro cio, nossos amigos felinos passam por diferentes estágios no primeiro ano de vida que são marcados por atitudes bem expressivas. Ficou curioso para entender melhor o comportamento de gatos filhotes? Então vem com a gente!

1 a 3 meses: filhote de gato ainda dorme muito, mas já está com a curiosidade aflorada

Logo nos três primeiros meses de vida, o filhote de gato passa por várias mudanças. De início, ele ainda fica muito grudado na mãe e nos seus irmãos. A primeira semana é marcada pela amamentação, de forma que cada gatinho da ninhada escolhe uma mama específica para se alimentar e permanece nela até o final do aleitamento materno. Já a partir da segunda semana, o bichano tenta se erguer sobre as patas e começa a dar os primeiros passos, embora ainda passe boa parte do tempo dormindo. Sim, os filhotes de gato dormem muito e é algo totalmente normal nessa fase.

Após o primeiro mês, o gatinho começa a se interessar por alimentos com consistências mais sólidas. É uma boa hora para iniciar o desmame e introduzir a ração de gato na dieta do bichano. Vale destacar que durante o segundo e terceiro mês, o comportamento de gato começa a ser mais sociável e interativo. Ele vai querer brincar com seus irmãos e passa a explorar ativamente o ambiente.

4 a 6 meses: o comportamento de gato é cheio de energia e ele se torna mais independente

Ao chegar aos quatro meses, o horário de sono do filhote de gato começa a ficar mais parecido com o de um gato adulto - entre 12 e 16 horas por dia - e os bichanos aprimoram ainda mais as suas habilidades sociais. Geralmente, é o momento ideal para a adoção, já que a amamentação não será mais necessária e esse é o período em que o animal assume uma postura mais independente. Também é nesta fase que o comportamento do gato fica ainda mais divertido, com picos de energia. As brincadeiras devem fazer mais parte da rotina dele, o que é ótimo para fortalecer os vínculos entre vocês dois.

É importante que a alimentação do animal seja de acordo com a sua faixa etária durante esse período. A ração para gato filhote proporciona a quantidade certa de nutrientes que o organismo felino precisa para se desenvolver corretamente. Ah, nessa época também é normal observar um crescimento repentino do filhote de gato.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Comportamento dos gatos: quando começa a andar, o filhote de gato fica mais interativo
    Comportamento dos gatos: quando começa a andar, o filhote de gato fica mais interativo

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    7 a 9 meses: nessa fase dos gatos, comportamento é marcado por mordidas e o primeiro cio

    Assim como os cães, os filhotes de gato também passam pela fase de troca da dentição. O processo costuma acontecer entre o terceiro e o sétimo mês de vida do animal, então enquanto os novos dentinhos não nascem, o gato explora bastante a cavidade bucal. Eles vão morder tudo que encontrarem pela frente para aliviar o nascimento dos dentes permanentes. É bom direcionar o comportamento de gato para os objetos certos, como mordedores e acessórios apropriados para isso. Não naturalize as mordidas, ou elas podem se tornar comuns na vida adulta do animal. 

    A partir de 8 meses, o bichano atinge a puberdade. Por isso, também é nessa fase que costuma acontecer o primeiro cio das fêmeas, se ele ainda não for castrada. Tanto a fêmea quanto o macho passam a miar de forma mais forte e persistente para chamar a atenção do sexo oposto. No caso das fêmeas, elas ficam se esfregando em todos que se aproximam e andam rebolando. Já os machos adotam uma postura mais territorialista e agressiva ao identificarem uma gata no cio.

    10 a 12 meses: os filhotes de gato estão se preparando para entrar na fase adulta

    Depois de completar 10 meses, não tem muito mistério. Tanto a personalidade quanto o comportamento de gatos filhotes finalmente começam a ganhar uma forma mais contundente. A partir daqui, seu amiguinho já vai estar pronto para iniciar a fase adulta e já vai ter passado por praticamente todas as etapas do seu desenvolvimento. Já será possível saber se ele é um gato mais ativo e brincalhão, ou um gato mais tímido e reservado, por exemplo. Ele também já vai estar bem crescidinho, mas é importante ter em mente que entre os 12 e 15 meses o filhote de gato pode continuar crescendo até atingir sua estatura final. Depois de completar 1 ano de vida, o animal já é considerado um jovem adulto, uma fase que dura até os três anos.

    Redação: Juliana Melo

    Cachorro entende quando o outro morre? Como os cães reagem quando perdem um amigo de quatro patas?

    Próxima matéria

    Cachorro entende quando o outro morre? Como os cães reagem quando perdem um amigo de quatro patas?

    Idade dos gatos: quais as doenças mais comuns em cada fase?
    Saúde

    Idade dos gatos: quais as doenças mais comuns em cada fase?

    A contagem da idade dos gatos é bem diferente do que a gente imagina: depois de completar um ano, o felino já atinge a fase adulta. O que poucas pessoas sabem é que algumas doenças de gato são mais comuns quando o animal é filhote, e outras são mais frequentes quando ele é adulto ou idoso. Por isso, depois de adotar um pet, é fundamental ficar atento a saúde do gato e saber quais patologias são mais comuns em cada fase de vida.

    Ração para gatos: quais os melhores tipos para filhotes, castrados, idosos ou com insuficiência renal
    Ração

    Ração para gatos: quais os melhores tipos para filhotes, castrados, idosos ou com insuficiência renal

    Alimentação é uma das principais preocupações dos donos de gatos. Não só pela quantidade, mas também qualidade. Assim como humanos, cada fase da vida do felino precisa de nutrientes que auxiliem no desenvolvimento do animal, no bem estar e na qualidade de vida. A proporção correta de vitaminas, sais minerais, proteínas e fibras são essenciais para a longevidade do seu gatinho. Para ajudar, vamos especificar os diferentes tipos de ração presentes nos pet shops, supermercados e lojas especializadas.

    Até quando um gato é filhote? Aprenda a reconhecer os traços que indicam a transição para a fase adulta
    Comportamento

    Até quando um gato é filhote? Aprenda a reconhecer os traços que indicam a transição para a fase adulta

    Saber diferenciar as fases da vida de um felino pode ser complicado. A transição entre o gato filhote e o gato adulto é bem sutil. Como sua contagem de anos é diferente da contagem humana, muitos tutores se confundem ao calcular quantos anos seu bichinho tem. Saber com que idade o gato se torna adulto é fundamental. A mudança de fase indica que o animal está mais desenvolvido e precisa de mudanças na alimentação - no caso, fazer a transição para a ração para gato adulto - e na rotina do pet. 

    Cachorro vira-lata filhote: quais os cuidados mais importantes durante essa fase?
    Filhotes

    Cachorro vira-lata filhote: quais os cuidados mais importantes durante essa fase?

    Quem não ama filhotes de cachorro? Quando é um filhote de vira-lata então, não tem quem resista! Esses cachorros, também conhecidos como cães sem raça definida (SRD), têm um espaço especial no coração dos brasileiros, considerado por muitos um patrimônio nacional. Felizmente, cada vez mais as pessoas têm vontade de adotar um cachorro vira-lata filhote. Porém, existem alguns cuidados importantes que devem ser tomados nessa fase. 

    Ver Todas >

    Pastor Alemão: 11 curiosidades sobre a personalidade dessa raça de cachorro grande
    Comportamento animal

    Pastor Alemão: 11 curiosidades sobre a personalidade dessa raça de cachorro grande

    O Pastor Alemão é um dos cachorros mais populares e queridos do Brasil. Embora carregue a fama de bravo, o cão desta raça conta com uma personalidade amável e brincalhona que resulta em um verdadeiro combo de energia. Além disso, quando se trata do Pastor Alemão, personalidade obediente e o seu nível de inteligência fazem dele um ótimo candidato a cão de guarda. 

    Matatabi X Catnip: qual é o melhor para o seu gato e quais as diferenças?
    Comportamento animal

    Matatabi X Catnip: qual é o melhor para o seu gato e quais as diferenças?

    O matatabi e a erva do gato (catnip) são plantas capazes de causar alguns eveitos no comportamento dos bichanos. Ao usar o catnip ou o matatabi, o gato costuma ficar mais relaxado, o que impacta muito na sua saúde ao deixá-lo menos estressado. Apesar de serem produtos naturais e provocarem efeitos parecidos, não são a mesma coisa. O matatabi e a erva para gato possuem origens em plantas distintas e têm intensidades diferentes. Além disso, um mesmo gato pode não gostar ou não sentir os efeitos de uma, mas se apaixonar pela outra. 

    Gato Persa branco: o que esperar do bichano com essa cor?
    Comportamento animal

    Gato Persa branco: o que esperar do bichano com essa cor?

    O gato Persa branco é aquele animal que nunca vai passar despercebido. Além de ser lindo, o Persa também tem uma personalidade única. O gato Persa é conhecido pela variedade de cores dos pelos. A pelagem branca, inclusive, está ligada a alguns traços comportamentais (com respaldo científico, heim?!). É por isso que fomos atrás de informaçõespara descobrir o que esperar do temperamento do Persa branco. 

    O que esperar do comportamento da Pitbull fêmea?
    Comportamento animal

    O que esperar do comportamento da Pitbull fêmea?

    Apesar de todos os mitos que rondam o comportamento do Pitbull, os cães dessa raça podem ser muito dóceis se forem criados da forma correta. Mas será que o fato de ser um Pitbull fêmea ou macho faz diferença? Assim como em outras raças de cachorro (e até mesmo no vira-lata), é normal que cadelas e cães machos apresentem comportamentos diferentes, já que a espécie também recebe influência dos hormônios produzidos pelo organismo. Então, fica a dúvida: o que esperar do comportamento da Pitbull fêmea?

    Ver Todas >