close
Comportamento

Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?

Atualizado · 23 de maio de 2022 · 18h09

Publicado · 23/05/2022 · 18h08

O enriquecimento ambiental para gatos é uma atitude necessária para cuidar do bem-estar dos animais
O enriquecimento ambiental para gatos é uma atitude necessária para cuidar do bem-estar dos animais

O enriquecimento ambiental para gatos é um cuidado necessário para oferecer uma boa qualidade de vida aos nossos amigos de quatro patas. Apesar da domesticação ter acontecido há bastante tempo, vários instintos permaneceram com os felinos ao longo dos anos e é importante não inibir isso. Na verdade, os tutores devem saber como direcionar o comportamento do animal para os lugares certos - e é aí que entra a ideia de enriquecimento ambiental. Gatos precisam ser estimulados para manterem a saúde física e mental em dia.

Mas como fazer isso? A gatificação de ambientes ajuda nesse aspecto? Qual a importância de oferecer um espaço adequado para que os gatos exerçam seus instintos e o que precisa ser levado em consideração? Para tirar todas as dúvidas sobre o enriquecimento ambiental e explicar a importância desta prática, preparamos uma matéria especial sobre o assunto. Confira!

O que é o enriquecimento ambiental para gatos?

O enriquecimento ambiental para gatos é o ato de deixar o ambiente mais atrativo para os felinos, levando em consideração suas necessidades e instintos selvagens. Dessa forma, o espaço é adaptado com brinquedos e outros elementos lúdicos que buscam se assemelhar a vida na natureza. Como consequência, os animais se sentem estimulados a se comportar de forma mais natural e vão adorar explorar os novos ambientes para gatos.

Ah, e não se preocupe: não quer dizer que você precisa morar em uma casa com quintal e árvores para deixar o seu gatinho satisfeito. Tudo que você precisa é observar as preferências do pet para tentar oferecer aquilo que ele necessita. Por exemplo, se você tem um gato vertical que adora passar horas escalando os móveis de casa, uma boa opção é investir na instalação de nichos e prateleiras. Já se ele gosta de passar a maior parte do tempo no chão, vale a pena investir em uma rede para gatos de cadeira.

Independentemente do padrão de comportamento do gato, todo felino precisa de um ambiente enriquecido e gatificado. Fazer isso ajuda a manter o bem-estar dos bichanos, aumenta a qualidade de vida deles e diminui as chances de ter um gato estressado, ansioso e entediado.

Entenda o que acontece sem a gatificação dos ambientes

Quando o bichinho não tem estímulos suficientes na sua rotina, pode acabar desenvolvendo uma série de problemas comportamentais e de saúde. Estresse, apatia, nervosismo, ansiedade e depressão são alguns deles. O gato tende a adotar uma postura compulsiva, como lambeduras em excesso, e às vezes até para de se alimentar adequadamente. Ele também pode ficar mais agressivo e menos receptivo, além de vocalizar mais do que o normal - os miados de gato excessivos e sem motivo aparente são sempre um alerta.

Além disso, é importante reforçar que o gato estressado tem mais chances de ficar doente. O estresse muitas vezes causa uma queda na imunidade e deixa o animal vulnerável, o que é um risco para doenças. Para evitar que isso aconteça, o enriquecimento ambiental para gatos é uma estratégia que pode - e deve - ser implementada em toda casa de gateiros para entreter e satisfazer as necessidades de cada animal.

Como surgiu a ideia de enriquecimento ambiental? Gatos são os únicos beneficiados?

O enriquecimento ambiental para gatos é um conceito que tem sido amplamente usado nos últimos anos, mas não é bem uma novidade no universo animal. A ideia vem desde a década de 1920 e foi implementada pela primeira vez na década de 1970, mas inicialmente não foi direcionada aos animais domésticos. Tudo começou nos zoológicos, onde biólogos e veterinários decidiram promover espaços mais “naturais” para os bichinhos que viviam em cativeiro. O objetivo principal era amenizar problemas comportamentais nas espécies.

O tempo passou, e foi possível concluir que o enriquecimento ambiental é, de fato, muito benéfico para os animais no geral. Com isso, a ideia passou a ser adotada por pais de pet, que, em conjunto com veterinários, começaram a desenvolver técnicas e estratégias de enriquecimento ambiental para gatos, cachorros e outros animais domésticos.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Sem enriquecimento ambiental, gatos podem sofrer com depressão, estresse e problemas de saúde
    Sem enriquecimento ambiental, gatos podem sofrer com depressão, estresse e problemas de saúde

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Com o enriquecimento ambiental, gatos exercem seus instintos naturais

    A proposta do enriquecimento ambiental é fazer com que os gatos se sintam mais próximos da natureza e possam explorar seus sentidos de diferentes formas. Segundo uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, os gatos têm uma variedade de comportamentos e necessidades únicas. Mesmo vivendo em espaços fechados e sem acesso às ruas, eles mantêm comportamentos naturais, como arranhar, coçar, mastigar e explorar lugares altos. Quando são privados de exercer seus instintos selvagens, eles podem ter problemas de saúde e comportamentais.

    Para entender as necessidades da espécie, o estudo formulou um questionário online que deveria ser respondido pelos tutores. O questionário levantou questões como quanto tempo o animal passa sozinho em casa, se recebe visitas frequentes, nível de exposição à rua e o tempo de convivência do animal com a família, além de outras perguntas. O objetivo é identificar e mostrar os diferentes tipos de enriquecimento ambiental para gatos que são necessários e como eles podem transformar positivamente a vida dos felinos em diferentes aspectos.

    Quais são os tipos de enriquecimento ambiental para gatos?

    • Enriquecimento ambiental alimentar

    Nesse tipo de enriquecimento ambiental, gatos precisam se sentir desafiados para atingirem o objetivo final, que é a comida. Um exemplo disso são aqueles comedouros interativos: os grãos de ração geralmente ficam dentro de um recipiente, e o animal precisa saber como liberá-los para conseguir se alimentar. Além disso, oferecer petiscos para gatos com diferentes texturas e sabores é outra forma de promover esse tipo de enriquecimento.

    • Enriquecimento ambiental cognitivo

    É um tipo de enriquecimento ambiental para gatos que tem como principal objetivo estimular o raciocínio, aprendizado e a memória do gato. Ele trabalha as habilidades intelectuais do animal como um tempo, deixando o pet com a mente ativa enquanto se diverte. Existem várias formas de fazer a gatificação, sendo que os brinquedos interativos para gatos são as melhores opções. Além disso, o adestramento também é uma possibilidade que estimula a inteligência dos gatos, e você pode ensiná-los a dar a pata, sentar e muito mais.

    • Enriquecimento ambiental físico

    Aqui a ideia é gastar a energia do pet ao mesmo tempo em que ele interage com o ambiente. Estimular essa relação entre o animal e o lugar onde ele mora é muito importante e pode ser feito com a combinação de diferentes estruturas: caixa de areia para gatos, arranhadores com andares, prateleiras, redes, cama suspensa, entre outros. Você também pode provocar esses estímulos com gramas para gatos, catnip, matatabi e atividades físicas no geral. O ideal mesmo é fazer o bichano se movimentar dentro de casa!

    • Enriquecimento ambiental social

    A gatificação da casa vai além de simplesmente adaptar o ambiente com mobílias e acessórios para gatos. O enriquecimento ambiental para gatos também envolve um nível de socialização, que é uma das partes mais importantes na convivência com felinos. O tutor deve, portanto, incentivar a integração do animal com outras pessoas e animais de estimação, tornando-o mais receptivo e amigável. Para socializar gatos corretamente, o recomendável é dar início a esse processo durante a fase de filhote.

    Ambientes para gatos: o enriquecimento ambiental alimentar estimula os felinos de diferentes formas
    Ambientes para gatos: o enriquecimento ambiental alimentar estimula os felinos de diferentes formas
    Uma casa gatificada precisa de um arranhador para o animal exercer seus instintos naturais de arranhar
    Uma casa gatificada precisa de um arranhador para o animal exercer seus instintos naturais de arranhar
    Além de gatificar ambientes, você deve promover a socialização do gato com outros animais e pessoas
    Além de gatificar ambientes, você deve promover a socialização do gato com outros animais e pessoas
    Um claro exemplo de gatificação é quando a casa possui estantes e nichos próprias para os gatos
    Um claro exemplo de gatificação é quando a casa possui estantes e nichos próprias para os gatos
    Enriquecimento ambiental para gatos: petiscos diferentes entram na lista
    Enriquecimento ambiental para gatos: petiscos diferentes entram na lista
    Para gatificar o lugar onde você mora, não pode faltar uma toca ou casinha para gatos
    Para gatificar o lugar onde você mora, não pode faltar uma toca ou casinha para gatos
    A gatificação inclui brinquedos para gatos que afloram os instintos naturais do animal, como a caça
    A gatificação inclui brinquedos para gatos que afloram os instintos naturais do animal, como a caça
    Ambientes para gatos: o enriquecimento ambiental alimentar estimula os felinos de diferentes formas
    Uma casa gatificada precisa de um arranhador para o animal exercer seus instintos naturais de arranhar
    Além de gatificar ambientes, você deve promover a socialização do gato com outros animais e pessoas
    Um claro exemplo de gatificação é quando a casa possui estantes e nichos próprias para os gatos
    Enriquecimento ambiental para gatos: petiscos diferentes entram na lista
    Para gatificar o lugar onde você mora, não pode faltar uma toca ou casinha para gatos
    A gatificação inclui brinquedos para gatos que afloram os instintos naturais do animal, como a caça

    A gatificação é uma maneira de enriquecer o ambiente. Saiba como fazer isso!

    Gatificar o espaço onde o animal vive é a principal forma de enriquecimento ambiental para gatos. Para isso, é importante entender qual é o padrão de comportamento do seu amigo e o que ele prefere no dia a dia. Seu gatinho gosta mais de escalar móveis, ou ele prefere passar as horas do dia deitado no sofá da sala? Ele é mais reservado ou interativo? Com o que ele mais gosta de brincar e o que desperta a atenção dele? Saber responder a essas perguntas é muito importante para saber de que forma você vai conseguir gatificar ambientes.

    5 dicas para deixar a casa gatificada

    1) Nichos e prateleiras para gatos

    A instalação de nichos e prateleiras para gatos é uma alternativa super válida se você vive com um gatinho que gosta de viver nas alturas. Subir em móveis, apesar de ser uma opção instigante para os felinos, nem sempre é seguro. Por isso, o tutor deve estabelecer um lugar que seja adequado para atender as necessidades do pet sem o risco de ele cair ou derrubar alguma coisa.

    Uma curiosidade é que os felinos gostam de ficar localizados nesta posição por instinto, já que que conseguem ter uma ampla visão do ambiente e se sentem menos expostos à possíveis predadores.

    2) Tocas para gatos

    A maioria dos gatos ama passar um tempo longe da nossa vista (não é à toa que as histórias de gatos “perdidos” pela casa são inúmeras!). Esse hábito de se esconder tem muito a ver com proteção e conforto, então uma forma de deixar seu amiguinho satisfeito é com as famosas tocas para gatos.

    Você pode comprar um produto pronto, ou improvisar um cantinho com uma caixa de papelão (que é um material que os gatos amam) ou na própria caixa de transporte para gatos. Não esqueça de deixar o espaço o mais aconchegante possível - uma forma de fazer isso é colocando algumas almofadas, cobertores e brinquedos dentro do acessório.

    3) Arranhadores para gatos

    Os gatos têm a necessidade instintiva de afiar as unhas. É uma forma de o animal ficar mais relaxado e, consequentemente, diminuir o estresse. Mas não adianta ficar bravo se encontrar o gato arranhando o sofá, colchão e móveis de casa: o ideal é mudar o foco do pet com a gatificação da casa. É aí que entra o arranhador para gatos, um acessório que é feito exclusivamente para atender esse hábito felino.

    O melhor de tudo é que existem diferentes modelos de arranhadores! Além da variação de materiais, existem versões que são próprias para gatos horizontais - como o arranhador para gato em forma de tapete ou rampa - e outras que são ideais para gatos verticais - como o arranhador com andares.

    4) Brinquedos para gatos

    Os brinquedos para gatos são excelentes para estimular os instintos felinos! Tem de todos os tipos e para todos os gostos, mas como o instinto caçador dos gatos é um dos aflorados, a dica é apostar em acessórios que instigam ainda mais esse lado do animal. Algumas opções que podem funcionar são:

    No caso das varinhas e brinquedos com catnip, a gatificação vai além de estímulos físicos e cognitivos, pois também exige a interação com o tutor e explora as habilidades sociais do bichano. Ou seja, é uma ótima maneira de estreitar os laços com seu animal de estimação!

    5) Fontes de água para gatos

    A fonte de água para gatos é uma das formas de gatificar o ambiente e deixá-lo mais interessante para o seu amigo de quatro patas. Todo mundo sabe que os felinos amam bebericar a água da torneira, e isso acontece porque esses animais têm uma clara preferência por água corrente e fresca. Então se você quer saber como fazer o gato beber mais água e manter a hidratação em dia (o que muitas vezes parece ser uma missão impossível), a resposta é muito simples: basta adquirir uma fonte de água! O acessório atrai a atenção dos bichanos justamente por causa da água corrente, e eles amam.

    Redação: Juliana Melo

    Gatos do Egito: por que eles eram considerados seres sagrados pelos egípcios?

    Próxima matéria

    Gatos do Egito: por que eles eram considerados seres sagrados pelos egípcios?

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça
    Raças

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça

    Com uma beleza extraordinária, o gato Singapura deixa qualquer um babando. Esse felino de pequeno porte é considerado uma das menores raças de gato que existem. Entretanto, suas características físicas singulares não param por aí: os olhos grandes e expressivos são outra particularidade da raça. Além disso, a raça Singapura possui uma personalidade dócil e amigável. Ficou curioso para conhecer mais sobre essa raça de gato?

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa
    Raças

    Ragamuffin: características, temperamento, cuidados... conheça essa raça de gato que tem a pelagem longa

    O Ragamuffin é uma raça de gato muito amável e carinhosa. Não muito conhecido no Brasil, o gato ragamuffin se originou a partir do cruzamento com felinos da raça Ragdoll. É considerado um gato gigante e pode chegar até os 9kg. O "Ragamuffin cat" pode ter a pelagem e olhos de diferentes cores. Uma característica marcante é o jeito brincalhão e o fato de amar colo. O Ragamuffin é ideal para famílias com crianças e outros animais.

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?
    Comportamento

    Gato laranja: o que essa cor de pelagem pode indicar sobre a personalidade do pet?

    Não tem quem resista à fofura de um gato laranja. Mas você já parou para se perguntar como é a personalidade do gato alaranjado? Muitas pessoas acreditam que algumas características dos felinos estão intimamente relacionadas com a cor da sua pelagem e, segundo um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, há evidências de que isso é verdade. 

    Ver Todas >

    Acessórios de gato: 6 itens que vão estimular os instintos do bichano
    Comportamento animal

    Acessórios de gato: 6 itens que vão estimular os instintos do bichano

    Alguns acessórios para gatos são totalmente indispensáveis na rotina dos bichanos. Mas se você pensa que isso se resume somente a cuidados básicos, como alimentação e higiene, está enganado. Na verdade, existem produtos para gatos que são bem importantes na rotina dos pets por uma outra questão: eles estimulam os instintos selvagens dos gatos e ajudam a manter o bem-estar e qualidade de vida destes animais.

    Pode levar cachorro no transporte público?
    Comportamento animal

    Pode levar cachorro no transporte público?

    Uma dúvida que muitos tutores têm é se pode levar cachorro no transporte público. Diversas vezes precisamos nos deslocar com o pet para algum lugar, mas não é possível fazer o trajeto a pé. Nesses casos, o uso de transportes públicos ou aplicativos de transporte se faz necessário. Mas afinal, pode levar cachorro no ônibus coletivo? E quanto a aplicativos de transporte: pode levar cachorro no uber? 

    Descubra a raça do Scooby-Doo e outros cães famosos da ficção
    Comportamento animal

    Descubra a raça do Scooby-Doo e outros cães famosos da ficção

    Existem vários filmes de cachorro, séries, desenhos animados e quadrinhos que adoram retratar os nossos amigos de quatro patas. Nada mais justo, já que o cachorro é considerado o melhor amigo do homem. Mas você já parou para pensar a que raças alguns personagens pertencem? Mesmo que seja na ficção, todos os doguinhos que vemos na televisão ou em revistas são inspirados em um cachorro da vida real. 

    Cachorro roncando é normal?
    Comportamento animal

    Cachorro roncando é normal?

    Você já ouviu seu cachorro roncando? Assim como nós, os pets podem roncar durante a noite ou até mesmo em outras situações do dia a dia. O cachorro fazendo barulho de ronco chega a ser fofo e divertido, mas também pode preocupar os tutores quando acontece com frequência. Muitas vezes, o cachorro ronca por problemas de saúde mas também é possível que o barulhinho seja causado por questões comportamentais também. 

    Ver Todas >