Gato

"Doença do Gato": veterinária desbanca os mitos sobre a toxoplasmose

Publicado - 22 Setembro 2023 - 18h08

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Você já ouviu falar por aí sobre a 'doença do gato'? A toxoplasmose é muito associada com a transmissão de felinos para humanos, mas esse é o primeiro mito em relação à doença. Na verdade, é importante entender como acontece o desenvolvimento da doença do gato antes de culpar os bichanos. O ciclo da toxoplasmose passa por muitas etapas e, por mais que os felinos domésticos sejam considerados hospedeiros definitivos do parasita, pode-se dizer que a toxoplasmose tem cura e é possível conviver com um pet diagnosticado de forma segura.

Que tal entender melhor sobre a doença do gato? A seguir, o Patas da Casa te explica tudo que você precisa saber sobre a toxoplasmose: o que é, sintomas, diagnóstico, tratamento e cuidados preventivos. Dá só uma olhada!

O que é toxoplasomose?

A toxoplasmose é uma doença causada pelo parasita Toxoplasma gondii, que se hospeda no gatinho quando ele ingere fezes ou carne crua contaminada. Para ter um gato com toxoplasmose, transmissão também pode acontecer via placentária - ou seja, passar da mãe para o filhote. Por outro lado, em questão de sintomas, toxoplasmose nem sempre se manifesta nos bichanos infectados, como veremos mais adiante.

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Já quando falamos da doença do gato em humanos, a transmissão ocorre pelo contato direto com as fezes do gato. Para simplificar: você só pode pegar a toxoplasmose de um gato se ingerir o cocô dele. Portanto, é recomendado lavar bem os alimentos e higienizar as mãos depois de manipular a caixa de areia.

Por que 'doença do gato'?

Nós conversamos com a veterinária Monike Soares, do Rio de Janeiro, para desmistificar algumas dúvidas sobre essa doença. Talvez, um dos grandes motivos da toxoplasmose ser negativamente associada aos felinos é o termo ‘doença do gato’. Mas por que a toxoplasmose é conhecida assim? "O gato é o único indivíduo onde o parasita realiza sua reprodução sexuada gerando a produção de oocistos, que são a forma infectante. Eles são eliminados nas fezes e, assim, vão infectar outros hospedeiros", explica a Monike.

Doença do gato tem cura? 

A toxoplasmose tem cura! Ao contrário do que muita gente pensa, a toxoplasmose não é uma doença que leva a óbito. Na verdade, ela se fortalece na queda do imunidade do gato. Então, em casos onde o sistema imunológico já está enfraquecido, a doença consegue se estabelecer com mais força. Mas é raro que os gatos infectados manifestem a doença.

Os gatos imunossuprimidos, que têm a imunidade mais baixa, acabam sentindo mais esses efeitos, ocasionando problemas neurológicos, problemas oculares, pancreatite em gatos e hepatite. Existem tratamentos para toxoplasmose bastante efetivos para a doença e o animal vai responder melhor se, em paralelo, não há nenhuma outra condição que pode comprometer a sua saúde. O medicamento para toxoplasmose deve ser prescrito por um veterinário de confiança!

doença do gato: dona limpando caixa de areia para gato

Doença do gato: sintomas são essenciais para o diagnóstico!

Quando falamos da toxoplasmose, sintomas - quando presentes - devem ser avaliados por um profissional. Qualquer alteração no comportamento ou na saúde física deve ligar o alerta. A veterinária Monike explica que os sinais clínicos nos gatinhos são determinados de acordo com os órgãos afetados pelo parasita.

O diagnóstico é feito pelo exame de sangue. “Geralmente, os sintomas incluem depressão, anorexia, gato com febre seguida de hipotermia, efusão peritoneal, icterícia, dificuldade em respirar e, em casos mais severos, até mesmo encefalites.” Além disso, o gatinho também pode apresentar infecções respiratórias e gastrointestinais. Em caso de suspeitas da doença, leve o seu gato ao veterinário imediatamente.

Doença do gato: felinos sem acesso à rua não oferecem perigos

A criação indoor é a melhor maneira de cuidar da saúde do seu amigo. Há muitos motivos para manter um gato em ambientes internos e seguros, um deles é a baixa chance do bichano ser contaminado pelo parasita da toxoplasmose. “Gatos domésticos, que são mantidos no interior de residências com o mínimo de contato com o meio externo, dificilmente se contaminam para que possam se tornar um risco para seus tutores”, conta Monike. Uma alimentação do gato controlada também é um fator de prevenção da doença.

Agora, se o seu gatinho é criado mais ao ar livre, fique de olho para que ele não se alimente sem supervisão. Outra dica é que não pode dar carne crua para gatos, nem mesmo frango. Se optar pela alimentação natural para gatos, certifique-se de cozinhar bem os alimentos para erradicar todas as bactérias.

toxoplasmose felina: dona fazendo carinho no gato

Você pode conviver com um gato com toxoplasmose e não ser contaminado!

O principal de tudo quando falamos da doença do gato é que você não precisa se desfazer do seu bichinho depois do diagnóstico! Inclusive, grávidas e recém-nascidos podem tranquilamente conviver com os gatinhos na mesma casa - já que a contaminação ocorre pelo contato direto com as fezes e não com o animal em si. Nesse caso, as gestantes devem pedir que outra pessoa faça a limpeza da caixa de areia do bichano. 

Como prevenir a doença do gato?

Além de manter o seu gatinho dentro de casa, é muito importante manter uma rotina de limpeza diária das caixinhas de areia para evitar que as fezes fiquem em contato com o ambiente por mais de três dias. Na hora do descarte, use um saco plástico bem fechado ou jogue diretamente na privada, com o uso de uma pá. 

De forma geral, humanos também precisam saber como prevenir toxoplasmose e as dicas são pontuais: não comer carne mal passada, ter atenção com água e outros líquidos que possam estar contaminados, higienizar as mãos após mexer na terra ou em resíduos dos gatos e manter o ambiente sempre limpo, evitando moscas e baratas, que podem contaminar alimentos com ovos do parasita. 

Perguntas frequentes sobre a doença do gato em humanos

Qual é o sintoma da doença do gato no ser humano?

Quando falamos da toxoplasmose, sintomas em humanos geralmente lembram uma gripe. Dores musculares são bem comuns também. Já se for um paciente imunossuprimido, pode haver a presença de febre, dor de cabeça, falta de coordenação e até convulsões.

Tem cura a doença do gato?

Sim, a toxoplasmose tem cura! Para se recuperar de um quadro de toxoplasmose, tratamento pode envolver a administração de medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios, corticosteroides, entre outros. Consulte um médico de confiança para ter o diagnóstico e tratamento individualizado! 

Como se contrai a doença do gato?

Muitos se perguntam como pega toxoplasmose. A doença é causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, e sua transmissão acontece por meio das fezes de animais contaminados (gatos, em sua maioria). Por isso é recomendado sempre lavar as mãos depois de higienizar a caixa de areia, e limpar muito bem todos os alimentos.

Qual o órgão que a toxoplasmose ataca?

A infecção pela toxoplasmose pode afetar diferentes órgãos. Existe a toxoplasmose ocular, que afeta os olhos do paciente, assim como a doença também pode se espalhar para ouvidos, pulmão, fígado, músculos e outros órgãos.

Quais são os riscos da toxoplasmose na gravidez?

Mulheres que são infectadas pela toxoplasmose durante a gestação correm o risco de ter um abortamento ou nascimento de criança com problemas de saúde. Mas para quem pensa que a gravidez é motivo para abandono de gatos, está muito enganado. Para a gestante ser contaminada pela toxoplasmose, gatos não são os maiores vilões. Na verdade, o maior cuidado deve ser com a ingestão de carnes cruas ou mal cozidas, o consumo de verduras e legumes mal lavados e a pela ingestão de fezes do felino. 

Publicado originalmente em: 11/10/2019
Atualizado em: 22/09/2023

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Adote um animal

Esses são os gatos mais caros do mundo - e filhote de um deles pode custar mais de R$600 mil

Os gatos de origem genética rara e aparência exótica conquistam cada vez mais o coração dos gateiros. Além de encantadores na aparên...

Gato

Areia para gato que não deixa cheiro: tutora de 10 gatos indica o melhor tipo e dá dicas de como limpar

Para tutores de muitos gatinhos, a escolha de uma areia para gato que não deixa cheiro por toda a casa é crucial para manter o ...

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Ver todas