A toxoplasmose é uma doença de gatos causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. Essa condição de saúde grave, também conhecida como “doença do gato”, pode levar os felinos a desenvolverem hepatite, pneumonia e outros problemas. Além de tudo isso, a toxoplasmose felina é uma zoonose, ou seja, pode infectar também os humanos. Para que você entenda mais sobre essa doença e a sua gravidade, o Patas da Casa reuniu algumas informações sobre os sintomas de toxoplasmose em gatos. Dá só uma olhada!

Toxoplasmose: como ocorre a infecção do gato?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Os gatinhos entram em contato com o parasita a partir da alimentação. A infecção ocorre quando o gato come carne crua ou mal cozida de um animal infectado. Por isso, é muito importante prestar atenção no cozimento dos ingredientes ao fazer receitas como o patê caseiro. Além disso, é necessário enfatizar a importância da criação indoor. Gatinhos que vivem sem acesso à rua têm menos chances de se contaminarem com o parasita, já que seguem uma alimentação balanceada e bem preparada.

Ainda assim, quando a contaminação da toxoplasmose felina ocorre, se passam cerca de 15 dias até o protozoário se reproduzir. O parasita se aloja no intestino do gatinho e forma ovos (chamados de oocistos), que são eliminados pelas fezes dos gatos. O contato com as fezes contaminadas é uma das principais formas de contágio da doença para os seres humanos, que também podem ser acometidos pelo consumo de água e alimentos infectados.


Toxoplasmose: tratamento em gatos normalmente é feito com antibióticos prescritos por um médico veterinário
Toxoplasmose: tratamento em gatos normalmente é feito com antibióticos prescritos por um médico veterinário

Como são as manifestações clínicas da toxoplasmose felina?

A toxoplasmose felina é difícil de ser identificada no início, pois os gatos não apresentam sintomas claros. Ao decorrer do desenvolvimento do parasita no organismo, o gato pode apresentar sinais como vômitos e diarreia. No estágio avançado da doença, os sintomas de toxoplasmose em gatos mais comuns são:

  • febre
  • falta de ar
  • anorexia
  • tosse
  • icterícia
  • dor muscular

Ao observar a junção desses sinais, principal orientação é levar o pet ao médico veterinário de confiança, já que a doença pode ser transmitida para os humanos. Alguns mitos são associados à toxoplasmose felina, o que pode gerar desinformação e abandono animal: grávidas e recém-nascidos podem tranquilamente conviver com os gatinhos na mesma casa - já que a contaminação ocorre pelo contato direto com as fezes e não com o animal em si. Nesse caso, as gestantes devem pedir que outra pessoa faça a limpeza da caixa de areia do bichano.

Tratamento: toxoplasmose em gatos é tratada com antibióticos

Ao ser diagnosticado com toxoplasmose, o tratamento do gato é feito com o antibiótico receitado pelo médico veterinário. Geralmente a medicação é indicada pelo período de duas semanas, sendo importante observar a evolução e a recuperação do felino.

A melhor forma de prevenir a toxoplasmose é prestando atenção nas atividades do gato, principalmente se ele tiver acesso à rua. Ao limpar o banheiro do gatinho infectado é necessário que o tutor tenha cuidado para não ter contato com as fezes, usando luvas, principalmente porque - como dito anteriormente - a toxoplasmose é uma zoonose e pode ser transmitida para os humanos. 

Redação: Hyago Bandeira