Gato

Como limpar a caixa de areia do gato? 5 dicas que vão facilitar a sua vida - mesmo em apartamento!

Publicado - 01 Julho 2019 - 15h03

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Não adianta: ter um animal de estimação em casa aumenta consideravelmente a quantidade de tarefas diárias que você precisa fazer para manter tudo em ordem. O trabalho compensa no final, mas para garantir um ambiente confortável tanto para você, quanto para o bichinho, a limpeza não pode ser deixada de lado — principalmente se ele for um gato. Como os felinos são bem organizados e higiênicos, a caixa de areia do gato precisa ser limpa regularmente, já que, se ele não se sentir confortável no lugar certo, vai acabar fazendo xixi e cocô em outros lugares da casa. Confira, aqui embaixo, cinco dicas que vão tornar essa rotina mais simples (mesmo se você morar em apartamento)!

Dica 1: A melhor forma de descobrir como limpar a caixa de areia do gato é estabelecendo uma rotina

Não importa se você mora em casa ou apartamento: para começar, o ideal é estabelecer uma rotina de limpeza da caixa de areia que seja confortável tanto para você, quanto para o seu gatinho. É comum que todos eles tenham uma baixa tolerância à sujeira e aos odores fortes, mas é a personalidade do seu gato (e a sua disponibilidade) que vai determinar se a limpeza superficial e diária deve acontecer uma ou duas vezes ao dia, por exemplo — de qualquer forma, ela deve acontecer obrigatoriamente todos os dias. Adapte os momentos de limpeza ao seu dia a dia, mas também leve em consideração os momentos em que os gatos fazem as necessidades.

Dica 2: Tenha os utensílios corretos para te ajudar na limpeza da caixa de areia

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

dono limpando caixa de areia para gatos

Na hora da limpeza superficial, do dia a dia, ter os utensílios certos vai fazer toda a diferença e facilitar o processo para você. Confira, aqui embaixo, as diferentes opções de produtos que você pode comprar:

 

  • Bacia grande: para facilitar o processo de limpeza, o ideal é passar a areia da caixa para uma bacia maior, em que vai ser mais simples visualizar e separar as partes que vão para o lixo: é só sacudir o recipiente delicadamente e tirar os torrões formados assim que eles se destacarem entre o conteúdo;
  • Pá para caixa de areia: o utensílio que separa os dejetos sólidos e os blocos que alguns tipos de areia formam com o xixi é a primeira coisa que você precisa comprar. Essa pá vai te ajudar a definir o que precisa ser descartado e a parte da areia que pode permanecer na caixa por mais alguns dias;
  • Caixa de areia com peneira: se você quiser investir um pouco mais na caixa de areia do seu gato buscando mais praticidade na hora da limpeza, existem versões mais incrementadas que têm uma espécie de peneira grande: você só vai precisar desencaixar as duas partes para recolher os torrões de areia que devem ser descartados;
  • Saquinhos higiênicos: pensando na hora da limpeza mais profunda, em que toda a areia do gato deve ser trocada, os saquinhos higiênicos são uma mão na roda. Colocados por baixo da areia limpa, na hora do descarte você só vai precisar dar um nó e jogar todo o material direto no lixo.

Dica 3: Granulado, madeira e sílica: escolha preenchimentos mais duráveis para a caixa de areia

Uma das formas de facilitar o processo de limpeza da caixa de areia do seu gato é escolhendo preenchimentos mais duráveis do que os granulados mais simples, que precisam ser trocados com um intervalo de poucos dias. A areia para gato sílica é composta por um gel que tem alto poder de absorção e, por isso, segura a umidade e o odor da urina do gato por mais de duas semanas sem precisar de substituição. O que sinaliza esse momento é a coloração do produto, que fica mais amarelada conforme vai absorvendo xixi. Ela é a opção ideal para quem passa muito tempo fora de casa e precisa de mais praticidade na hora de limpar a caixa de areia — basta retirar, diariamente, os resíduos sólidos da caixa.

Se você optar pelo granulado de madeira para a caixa de areia do seu gato, vai levar para casa um produto biodegradável, sustentável e que não é tóxico. Os grãos de madeira Pinus viram um pó quando entram em contato com o xixi do seu gato e, por isso, devem ser peneirados diariamente para evitar o mau cheiro.

Uma ótima opção também é apostar na areia para gatos granulada, que por ser bem comum, tem um ótimo custo-benefício. Ela tem um ótimo controle de odores para o xixi do gato, alto poder de absorção (ou seja: não gera lama dentro da caixa de areia), não gruda nas patinhas e não oferece nenhum risco à saúde do animal. Na hora de escolher, prefira as que são compostas por grãos minerais e naturais, já que essas são mais sustentáveis.

Dica 4: Lave completamente a caixa de areia uma vez por semana

 

gato olhando a caixa de areia para gatos

Mesmo que você use os saquinhos higiênicos para a caixa de areia, vai precisar fazer uma higienização mais profunda na caixa de areia. Depois de esvaziar, lave com água corrente e um sabão neutro, para não correr o risco de deixar um odor forte e incômodo para os gatos no recipiente. Se você quiser, depois disso, pode usar um pouco de bicarbonato de sódio ou um aditivo próprio para bloquear os odores na caixa. Basta colocar um pouco antes da areia e eles vão evitar que o utensílio fique com cheiro impregnado.

 

Dica 5: Mantenha uma caixa de areia reserva em um ponto diferente da casa

Se a sua rotina envolve passar uma boa parte do dia fora de casa, uma das melhores formas de garantir que seu gato vai ter sempre um lugar confortável para fazer as necessidades é tendo uma caixa de areia extra em um ponto diferente da casa. Assim, se ele não quiser mais usar uma, pode ir para a outra sem causar acidentes pelo chão. A quantidade varia, obviamente, de acordo com a quantidade de gatos que você tem: o recomendado é ter uma além do número de animais, ou seja, duas caixas para um gato, três caixas para dois gatos, quatro caixas para três animais e por aí em diante. Além de ser mais confortável para eles, com mais opções de caixas você ainda pode aumentar os intervalos entre os momentos de limpeza.

Redação: Ariel Cristina Borges

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Comportamento

Como saber se o gato te escolheu como dono: 6 coisas para observar e descobrir se você é o humano favorito do seu pet

O sonho de todo gateiro é ser a pessoa favorita dos bichanos. Mas como saber se o gato te escolheu como dono? Será que existem indíc...

Comportamento

Sonhar com gato é bom ou ruim? Veja o que os especialistas têm a dizer sobre o significado desses sonhos

Existem diferentes formas de se interpretar um sonho, principalmente quando envolvem animais de estimação. Sonhar com gato, por exem...

Adoção

Gato frajola dá trabalho? Veja como é a convivência com um gato preto e branco dentro de casa

Com manchas brancas e pretas espalhadas pelo corpo, o gato frajola tem um charme que não passa despercebido. Donos de uma personalid...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Ver todas