A caixa de areia é um dos primeiros acessórios que você precisa comprar quando um gato se torna o novo integrante da família. Super higiênicos e inteligentes, os felinos precisam de um local específico para as necessidades por instinto: se vivessem na natureza, eles esconderiam seus dejetos para se proteger de predadores e não espantar as presas. No dia a dia do gatinho que vive na casa ou apartamento, isso acontece com a areia e, justamente por ser algo tão importante para ele, é comum ter dúvidas sobre qual é a melhor opção disponível no mercado. Aqui embaixo, nós vamos te ajudar escolher entre sílica, madeira ou granulado para a caixa de areia: dá uma olhada!

Granulado de argila ou areia: perfeito para quem precisa economizar

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

A opção mais comum para preencher a caixa de areia do seu gato, o granulado costuma ser bem barato e composto por diferentes materiais. Um dos mais comuns é à base de argila, que forma torrões ao entrar em contato com a urina, tornando a limpeza muito mais prática. A areia para gatos, por sua vez, pode gerar uma espécie de lama que, por mais higiênico que seu gatinho seja, pode acabar indo parar em outros locais da casa pelas patinhas do seu bichano.

Ah, importante! Mesmo que a areia granulada que você encontra em pet shops seja bem parecida com a areia para obras, nunca faça essa substituição; o modelo específico já vem higienizado e protege seu gato de contaminações diversas. Outra versão que é melhor evitar é a areia perfumada, já que o cheirinho pode incomodar o olfato apurado do gato e fazê-lo se recusar a usar a caixa. Os granulados higiênicos de qualquer tipo têm propriedades para segurar o odor, não precisa se preocupar!

Granulado de madeira: a melhor escolha para quem deseja ser sustentável

A principal vantagem de apostar no granulado de madeira na caixa de areia para gatos é que ele é biodegradável, então você pode até jogar o resto no vaso sanitário e dar descarga. São grãos de pinus - muitas vezes de reflorestamento - que não causam nenhum impacto ao meio ambiente depois de descartados e, além disso, também controlam bem os odores. Além disso, esse preenchimento para caixa de areia também tem a vantagem do custo baixo e da alta absorção de líquidos. Ao entrar em contato com a urina, a madeira se transforma num pó que pode ser facilmente coletado ou peneirado no momento da limpeza, ou seja: a manutenção é bem prática, mesmo que exija mais frequência do que a sílica.


Sílica, granulado de madeira, argila ou areia são opções para a caixa de areia
Sílica, granulado de madeira, argila ou areia são opções para a caixa de areia

Sílica para gatos: é uma opção durável e prática para caixa de areia 

Se você passa bastante tempo fora de casa e precisa tornar o dia a dia cuidando do seu animalzinho mais prático, a areia para gato sílica pode ser ideal. Isso acontece porque os cristais ou bolinhas de sílica são formados por um gel que têm alto poder de absorção de líquidos e podem ser usados por mais de duas semanas sem necessitar de substituição, segurando bem o odor da urina do gato. Além da praticidade, esse intervalo de troca maior também serve para validar o investimento, já que a sílica costuma ser mais cara que os outros produtos para caixa de areia. Mesmo assim, você precisa ficar atento a um possível ponto negativo: caso sejam ingeridos, os componentes da sílica podem causar intoxicação ou outros problemas no intestino e nos rins do seu gatinho. Por isso, o cuidado e a atenção são necessários. O mesmo vale para quem tem cachorros que têm interesse no conteúdo da caixa de areia do seu gato.

Fique atento ao tipo de granulado preferido do seu gato

Mesmo depois de escolher a melhor opção para a caixa de areia para gatos, preste atenção à fase de adaptação do bichano. Se você tem limpado na frequência certinha e, ainda assim, ele tem feito as necessidades em tapetes, almofadas ou em qualquer outro lugar pela casa, pode ser que a sua escolha não tenha sido a melhor para seu felino. Nesse caso, vale a pena testar outras opções colocando, ao mesmo tempo, duas caixas de areia com preenchimentos diferentes por alguns dias. Depois disso, basta observar em qual delas ele tem preferido fazer as necessidades do dia a dia. 

Redação: Ariel Cristina Borges