Cachorro

Displasia de quadril em cães: o que é, causas, sintomas e tratamentos

Publicado - 28 Junho 2022 - 17h37

Atualizado - 19 Abril 2024 - 18h49

Cachorro mancando, dores na articulação, desequilíbrio… esses são alguns dos sintomas mais comuns de displasia de quadril. O cachorro com a doença apresenta um problema no encaixe dos ossos que formam a articulação do quadril, causando vários desconfortos no animal. A displasia de quadril em cães - ou displasia coxofemoral, como também é chamada - é ainda mais comum em certas raças, apesar de que qualquer cãozinho pode desenvolver o temido problema. Felizmente, existem algumas maneiras de aliviar a condição e melhorar a qualidade de vida do pet que sofre com a doença. O Patas da Casa te conta tudo sobre a displasia de quadril em cães, desde as causas até as formas de tratamento. Confira!

O que é a displasia de quadril em cães?

A displasia de quadril em cães ocorre quando há um desencaixe dos ossos que formam a articulação do quadril. O fêmur (principal osso da perna) não consegue se encaixar perfeitamente no acetábulo (parte da pelve onde ele deveria se fixar). Por isso, a doença também recebe o nome de displasia coxofemoral. A principal causa da displasia de quadril em cães é genética. Porém, outros fatores também podem levar à displasia. Cachorro obeso, sedentário e que senta se apoiando em apenas uma das patas também pode sofrer com a condição. Além disso, a má alimentação, principalmente quando filhote, compromete o desenvolvimento ósseo, o que pode levar a problemas na sua formação.

Por fim, pisos muito escorregadios podem fazer o cão derrapar e escorregar com mais facilidade, favorecendo também o aparecimento da displasia de quadril. Cachorro com a doença, independentemente da causa, passa a sofrer com fortes atritos na região, podendo desenvolver até mesmo outras doenças ósseas caninas.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Displasia de quadril: Labrador e outras raças de cachorro grande têm maior predisposição

Qualquer cão pode sofrer com a displasia, mas algumas raças estão mais propensas ao desenvolvimento da doença. Normalmente, cães de porte grande são os que mais sofrem com a displasia de quadril. Labrador, Rottweiler, Golden Retriever e Pastor Alemão são algumas das raças mais comuns. Mas nenhum pet está imune à displasia: cachorro Bulldog, Spitz Alemão e Border Collie não são grandes, mas têm fortes tendências a sofrer com a doença. Se você tem alguma dessas raças é importante ter cuidado redobrado quanto à displasia de quadril. Labrador e todos esses outros cães precisam de acompanhamento veterinário frequente, com exames de raio-x e avaliação dos ossos regularmente.

Cachorro mancando é um dos sintomas mais comuns da displasia de quadril

Quando se desenvolve displasia de quadril, o cachorro sofre com um deslocamento (pequeno ou grande) dos ossos da região sempre que anda ou se movimenta. Por isso, o cachorro mancando é um dos primeiros sinais que o pet com a doença demonstra. É simplesmente muito difícil andar e se apoiar com a pata já que o atrito é intenso. O cachorro mancando passa a apresentar muita dificuldade para realizar exercícios e até mesmo para se levantar. Também vemos o cachorro com dor no quadril, já que toda vez que ele anda é um novo atrito dos ossos. Os sintomas mais comuns de displasia de quadril em cães são:

  • Cachorro mancando
  • Cachorro com dor no quadril
  • Cachorro se desequilibrando
  • Calcanhares voltados para dentro
  • Cachorro sentando com as patas mais abertas, voltadas para o lado
  • Ossos estalando ao andar
  • Dificuldade em fazer atividades simples, como subir escadas e correr
displasia de quadril em cães: cachorro deitado no chão
<strong>Displasia de quadril causa no cachorro um deslocamento dos ossos que o deixa com dificuldade para andar e ficar de pé</strong>

Displasia de quadril: cachorro pode tomar medicamentos ou fazer cirurgia como tratamento

Felizmente, a displasia de quadril em cães pode ser controlada de algumas formas. Apesar de não ter cura, alguns medicamentos aliviam bastante o cachorro com dor no quadril e outros sintomas. Normalmente, são utilizados analgésicos e anti-inflamatórios para tratar a displasia. O cachorro pode também passar por uma cirurgia de fixação da cabeça do fêmur na coxa, corrigindo assim o desencaixe. Porém, se o quadro já estiver muito avançado, ela pode não ser indicada. É importante conversar com o veterinário para conhecer todas as opções e ver qual se adequa melhor ao caso do seu pet.

Outra forma de tratamento para a displasia de quadril em cães muito eficiente é a fisioterapia para cachorro. Ela utiliza diversas técnicas que promovem o ganho de massa muscular. Isso dá mais força para o animal realizar movimentos e oferece uma maior estabilização da articulação. Com a fisioterapia, temos uma diminuição do cachorro mancando na hora de andar e das dores que ele sente ao longo do dia, garantindo a ele mais qualidade de vida.

Algumas mudanças na rotina são necessárias quando se desenvolve displasia de quadril em cães

Quando se tem o diagnóstico de displasia, o cachorro deve passar por algumas mudanças no estilo de vida. Além dos medicamentos e cirurgia, é preciso alterar certos detalhes na rotina, a começar pela alimentação. O excesso de peso pode causar a doença e/ou prejudicar o tratamento e, por isso, é importante ter uma dieta controlada com os nutrientes essenciais para o bom desenvolvimento. O veterinário pode indicar uma ração light ou ainda uma suplementação alimentar. Além disso, é importante adaptar a casa para o animal com displasia de quadril. Escada para cachorro ou rampas vão facilitar sua movimentação na hora de subir e descer da cama ou sofá. Também e é fundamental evitar pisos escorregadios. 

A displasia de quadril em cães pode ser prevenida com cuidados básicos no dia a dia

Quando a displasia de quadril em cães tem causa genética, não tem como prevenir a doença. Porém, é possível tomar alguns cuidados especiais que diminuem bastante a gravidade da displasia de quadril. Labrador, Border Collie e todas as raças predispostas precisam dessas medidas no dia a dia. Esses cuidados não ficam restritos somente a essas raças pois, como explicamos, qualquer uma pode desenvolver o problema ao longo da vida. Para prevenir a displasia de quadril, cachorro precisa ter uma alimentação saudável desde filhote, sem exageros que possam causar sobrepeso ou comprometer sua saúde. 

Além disso, a escolha do piso em casa deve ser feita de forma sábia, pois pisos escorregadios causam não só a displasia como outros problemas ósseos, além de aumentar o risco de fraturas. Atividades físicas regularmente (com intensidade moderada nas raças predispostas) também são indicadas para evitar a obesidade e o sedentarismo, causas comuns de displasia. Cachorro precisa, acima de tudo, de um acompanhamento frequente com o veterinário. A realização de check-ups permite que qualquer doença, como a displasia de quadril em cães, seja descoberta cedo, o que garante um tratamento muito mais eficaz.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Ver todas