Vômito

Cachorro vomitando amarelo? Veja as possíveis causas!

Cachorro vomitando amarelo pode significar uma série de coisas diferentes: descubra como lidar com o animal quando isso acontecer
Cachorro vomitando amarelo pode significar uma série de coisas diferentes: descubra como lidar com o animal quando isso acontecer

Assim como acontece com os humanos, o vômito de cachorro nunca é um fim nele mesmo, ou seja: sempre mostra que tem alguma coisa acontecendo no organismo do animal. Cada tipo e cor de vômito costuma apontar para uma razão diferente e, assim como o de espuma branca, o amarelo costuma ser bem comum. Para te ajudar a descobrir o que fazer com o cachorro vomitando amarelo, nós conversamos com a veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular, Caroline Mouco Moretti. Dá uma olhada aqui embaixo! 

Patas da Casa: O que pode significar o cachorro vomitando amarelo? 

Caroline Mouco Moretti: Embora possa ser uma experiência preocupante, o fato de encontrar o seu cãozinho vomitando ou então vomitando amarelo não é suficiente para determinarmos se o problema é grave ou não. Essa coloração no vômito representa, na maioria das vezes, a eliminação da bile, que pode estar acontecendo por diversos motivos.

PC: O vômito amarelo de cachorro pode vir acompanhado de outros sintomas que precisam chamar a atenção dos tutores?

CMM: O vômito por si só já representa um sinal de alerta, independente de sua coloração. Existe um agravante no cachorro estar expelindo a bile, já que esta substância é produzida pelo fígado para ajudar na digestão. Sempre é necessário investigar com o veterinário a causa desses vômitos, que podem ser desde um jejum prolongado até doenças mais sérias que impossibilitam a digestão adequada ou que tiram o apetite do pet.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Cachorro vomitando amarelo pode ter relação com jejum prolongado ou doenças que tiram o apetite do pet e prejudicam a digestão
    Cachorro vomitando amarelo pode ter relação com jejum prolongado ou doenças que tiram o apetite do pet e prejudicam a digestão

    Mais Lidas

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio
    Saúde animal

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio

    Você certamente já ouviu falar em vermífugo para cães. Mas sabe, exatamente, para que ele serve? Quem tem animal de estimação precisa estar atento a uma série de cuidados para manter a saúde do bichinho em dia - e usar esse remédio no período certo é uma dessas medidas indispensáveis para a proteção do pet. Como o nome já indica, o medicamento previne doenças causadas por vermes, como a Dirofilaria immitis, Toxocara canis e Giárdia sp.

    PC: “Meu cachorro está vomitando amarelo e se recusa a comer”, o que fazer neste caso?  

    CMM: Na realidade, uma das causas mais comuns do vômito amarelo de cachorro é justamente o excesso de tempo que o animal passa sem se alimentar ou, então, a ingestão de alimentos que ele não está habituado a comer, por exemplo. Caso esse vômito persista ou venha com demais sintomas como a anorexia (quando o cachorro não quer comer), deve-se procurar o médico veterinário de sua confiança para administração de medicamento que podem ser, até mesmo, intravenosos, e para a investigação do motivo desses vômitos.

    PC: Como as causas do vômito amarelo de cachorro são tratadas?

    CMM: Caso esse vômito aconteça eventualmente, se atente em dar a ração indicada pelo veterinário na quantidade certa e não permita que o animal faça a ingestão de alimentos humanos, objetos, terra e areia. Se os vômitos se tornarem frequentes, busque imediatamente o médico veterinário para o tratamento dos problemas gástricos o mais cedo possível.

    Lembre-se sempre! Vômito não é comum e não pode se tornar algo corriqueiro, seja em cães ou em gatos. Se o pet está vomitando, não importa a coloração: você deve avisar ao médico veterinário para que ele julgue se é necessário um check-up ou uma investigação mais avançada pela ultrassonografia ou até mesmo uma endoscopia diagnóstica.

    PC: Existe alguma forma de evitar os casos do cachorro vomitando amarelo?

    CMM: Se a razão desses vômitos amarelados for uma má alimentação ou o manejo inadequado dela (o prolongamento de jejum ou alimentação caseira rica em gordura, por exemplo), basta se informar com o médico veterinário sobre a melhor dieta que se alie com a rotina dos moradores da casa. Agora, se a alimentação oferecida é de qualidade e o manejo é feito corretamente, esses vômitos podem ser sintomas de alguma patologia a ser investigada. Lembrando que vômito não é diagnóstico e sim sintoma!

    Redação: Ariel Cristina Borges

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?

    Próxima matéria

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!
    Vômito

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!

    O gato vomitando não é motivo para desespero! Quem tem um felino para chamar de seu sabe que não é nada raro encontrar um vômito de gato espalhado pela casa, né? Felizmente, na maioria das vezes, a surpresinha desagradável pode estar associada a causas bem corriqueiras, tipo a bola de pelos ou uma simples regurgitação. Mesmo assim, é muito importante ficar atento ao comportamento do gato e se certificar de que o problema não é resultado de algo mais grave.

    Gato vomitando amarelo: veja as possíveis causas e o que fazer
    Vômito

    Gato vomitando amarelo: veja as possíveis causas e o que fazer

    Não é incomum ver o seu gato vomitando. A causa mais comum é a famosa bola de pêlos, resultado cumulativo dos banhos de língua que os peludinhos adoram tomar durante o dia. No entanto, o gato vomitando um líquido amarelo ou espumoso deve ser um motivo de alerta para os tutores. Saiba aqui as possíveis causas para que seu felino esteja com essa coloração preocupante do vômito e quando é a hora certa para levá-lo ao veterinário, se necessário.

    Cachorro vomitando? Saiba identificar os diferentes tipos de vômito e quando é preciso levar ao veterinário
    Vômito

    Cachorro vomitando? Saiba identificar os diferentes tipos de vômito e quando é preciso levar ao veterinário

    Assim como acontece com humanos, o cachorro vomitando sinaliza uma condição que pode ter diferentes causas: desde a ingestão de alguma coisa que não devia até uma doença bacteriana mais grave. Como ainda não inventaram uma forma de comunicação efetiva entre humanos donos e os cachorrinhos, fica difícil de saber o que está acontecendo de verdade. Ainda assim, existem formas de identificar o problema e ajudar o seu amigo de quatro patas da melhor forma possível. Por isso, hoje o Patas da Casa vai te ajudar: continue com a gente para aprender a separar os diferentes tipos de vômito de cachorro e saber quando é necessário fazer uma visita ao veterinário!

    Observou seu cachorro quieto e triste? Veja possíveis causas do comportamento
    Cuidados

    Observou seu cachorro quieto e triste? Veja possíveis causas do comportamento

    Os cachorros geralmente são animais espirituosos, alegres e que adoram se divertir. Não tem clima ruim com eles! Por isso, quando percebemos um cachorro quieto e triste, muitas dúvidas começam a aparecer. Afinal, não é do feitio deles ficar isolado em um cantinho, e é totalmente normal se preocupar com essa mudança de comportamento. Vários motivos diferentes podem estar por trás de um cachorro muito quieto, como mudanças de lar, chegada de novos membros na família ou até mesmo a perda de entes queridos. Em alguns casos, pode até ser indicativo de algo mais sério, como uma doença. Por isso, separamos os principais motivos que podem deixar um cachorro triste e quieto. Vem que a gente te explica!

    Ver Todas >

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos
    Saúde animal

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos

    Quando se trata da saúde de gato, uma coisa é certa: todo o cuidado é pouco. Embora exista a lenda de que os bichanos possuem sete vidas, alguns cuidados específicos influenciam diretamente no bem-estar e, principalmente, na expectativa de vida do seu amigo. Ainda assim, é comum que alguns tutores tenham dúvidas sobre as medidas necessárias para proteger o seu pet e evitar as principais doenças de gato, especialmente os gateiros de primeira viagem. 

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?
    Saúde animal

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?

    Todo mundo sabe que os cães são donos de um enorme coração, sempre dispostos a dar muito amor e carinho para quem quiser receber. Contudo, é sempre importante ficar atento a possíveis alterações no coração de cachorro, e saber como medir os batimentos cardíacos do animal pode ajudar bastante nessas horas. Mas então, como analisar isso da forma correta? Qual é a frequência considerada normal quando se trata dos batimentos cardíacos de um cachorro?

    Infecção urinária em gatos: quais são as mudanças comportamentais mais comuns?
    Saúde animal

    Infecção urinária em gatos: quais são as mudanças comportamentais mais comuns?

    A infecção urinária em gatos é um quadro mais comum do que se imagina quando se trata da saúde dos bichanos. Embora seja associada à baixa ingestão de água, a doença pode ser causada por uma série de fatores, que variam desde causas bacterianas à estresse e ansiedade. Quando não tratada, a patologia pode causar bastante incômodo ao animal, o que pode ser percebido com algumas mudanças no comportamento do gato. 

    Conheça algumas vacinas para gatos não obrigatórias
    Saúde animal

    Conheça algumas vacinas para gatos não obrigatórias

    As vacinas para gatos são fundamentais na prevenção de diversas doenças felinas. Por isso, ao adotar um bichano, uma das principais orientações dos veterinários é que o seu pet passe pela atualização de vacinas obrigatórias, como a antirrábica e a quádrupla felina, que previne doenças como a panleucopenia e rinotraqueíte. Ainda assim, elas não são suficientes para proteger o animal de todas as patologias que ele pode adquirir ao longo da vida.

    Ver Todas >